Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O dilema "Bruma" continua

Rui Gomes, em 26.08.13

Estava a tentar evitar escrever outro texto sobre esta já cansativa temática, mas parece que não me faço compreender respondendo apenas aos comentários dos leitores.

 

A decisão da CAP foi óptima para o Sporting, em diversos aspectos, mas só por si nada resolve, já que não creio que o Clube esteja em muito melhor posição hoje, em contexto, do que estava quando o todo do processo começou. A validade do contrato do jogador até Junho de 2014 foi reconhecida, mas isto não altera a disposição de que salvo haver um entendimento entre as partes para renovação, Bruma ficará livre em Janeiro para assinar por quem desejar e poderá sair em Julho a custo zero.

 

Esta disposição, na minha opinião, é a única realidade que confronta o Sporting neste momento, tendo este como alternativa a transferência do jogador até ao fecho do mercado daqui a uma semana. Como empregado do Clube, era de facto o dever de Bruma apresentar-se ao serviço esta segunda-feira e as explicações dadas pelo seu empresário e tutor, Catio Baldé. são inaceitáveis. Dito isto, dado as circunstâncias excepcionais do caso, não vejo esta ocorrência como crucial para o quer que seja, uma vez que a lógica e o bom senso indicam que teria sido prudente dar início ao processo de reintegração convocando uma reunião entre as partes a fim de esclarecer posições e definir o rumo a seguir.

 

A decisão da CAP terá reforçado a posição negocial do Sporting no imediato mas, para o efeito, é necessário que o Sporting se disponibilize para negociar. Desconheço as comunicações que terão havido entre o Sporting e o jogador desde que a decisão foi anunciada, mas se nada surgiu da parte do Clube e os dirigentes ficaram apenas à espera para ver a reacção do jogador, foi mais um erro de cálculo e já tiveram a devida resposta.

 

O futebol é uma indústria e este caso do Bruma é, sobretudo, um negócio. Como em qualquer outro negócio, é preciso diálogo para permitir um entendimento e para haver diálogo exige-se, no mínimo, dois intervenientes com as "cartas" em cima da mesa.

 

Adenda: Uma declaração clarividente de Bruma, especialmente perante as alegações sobre a sua "incapacidade intelectual": «O Sporting pressionou-me para deixar o empresário Pini Zahavi, e eu, achando que era esse o grande obstáculo, rescindi com ele. Depois queriam que fizesse o mesmo com Catio Baldé e o meu advogado Bebiano Gomes. Percebi que estavam mais preocupados com empresários do que em resolver a situação.»

 

Recorde-se que exactamente o mesmo foi tentado pelo Sporting em relação a Tiago Ilori, que recusou. Será que vamos agora também acusá-lo de "incapacidade intelectual" ?

 

 

publicado às 22:41

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Posts recentes


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo