Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

download.jfif

 

 PRESIDENTE DA MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

DO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL

 

Ao dia de hoje, 10/08/2018, pelas 22h30, foram devidamente verificadas como elegíveis para o acto eleitoral do próximo dia 08/09/2018 as candidaturas do Dr. Frederico Varandas (UNIR O SPORTING) e do Dr. José Maria Ricciardi (“A SOLUÇÃO PARA 9 DE SETEMBRO”).

 

As candidaturas que foram apresentadas pelo Dr. Pedro Madeira Rodrigues (“O GRANDE SPORTING), Dr. João Benedito (“RAÇA E FUTURO”), Dr. Eugénio Dias Ferreira (“PELO TEU AMOR), Sr. Fernando Tavares Pereira (“UNIDOS VENCEREMOS) e Dr. Rui Jorge Rego (“PROJECTO E FUTURO”) padecem de irregularidades formais que carecem ser rectificadas num prazo máximo de 48 horas por forma a que possam ser consideradas.

 

Por último, a candidatura apresentada pelo Dr. Bruno de Carvalho (“FEITOS DE HONRA, LEAIS AO SPORTING”) foi rejeitada.

   

O Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting Clube de Portugal,

 

O Comendador Jaime Marta Soares

 

***Reconheço que este assunto não é para brincadeiras, mas não resisto apontar que o Fernando Tavares Pereira deve sentir-se deslocado neste comunicado, sendo o único que não beneficia do título de "doutor".

 

publicado às 04:16

Uma reportagem de Rui Frias, do Diário de Notícias, em que o autor apresenta as suas ideias sobre as candidaturas de momento à presidência do Sporting. Neste trabalho estava incluído o destituído presidente, consideração que eu ignoro por completo. Note-se que que as opiniões adiantadas são do autor e não correspondem, necessariamente, com as minhas. Os candidatos são apresentados pela ordem de candidaturas oficializadas.

 

image (3).jpg

 

Frederico Varandas


O médico que ajudou à queda da última direcção de Bruno de Carvalho, ao demitir-se da chefia do departamento clínico assumindo a sua disponibilidade para ser alternativa ao então presidente, foi o primeiro a apresentar oficialmente uma candidatura às eleições de 8 de Setembro.

 

Sob o lema "Unir o Sporting", apresentou um extenso rol de apoios sonantes, com vários ex-jogadores leoninos (Slimani, Daniel Carriço, Hugo Viana, Carvalho...) entre a sua Comissão de Honra, tal como o anterior técnico Jorge Jesus.

 

Na sua equipa conta com Francisco Salgado Zenha para a área financeira, Rogério Alves para a Mesa da Assembleia Geral e Miguel Albuquerque, actual director do futsal verde e branco.

 

Frederico Varandas promete transparência na gestão do clube, diz que todos os dirigentes terão de entregar declarações de rendimentos e que o Conselho Fiscal do Sporting vai funcionar como uma espécie de Tribunal Constitucional.

 

Crítico da parte final da gestão de Bruno de Carvalho, também elogia alguma obra do anterior presidente, como "o Pavilhão João Rocha, títulos internacionais e nacionais nas modalidades e, sobretudo, alguns dos momentos mais espectaculares de mobilização". Quer "um clube ecléctico e gigante, com corpo e com alma".

 

Sobre a actual equipa de futebol, promete que José Peseiro será também o seu treinador.

 

image (4).jpg

 

Fernando Tavares Pereira


O empresário da zona centro (natural de Tábua) foi o segundo candidato a fazer-se anunciar, numa conferência de imprensa em Coimbra, sublinhando que apresenta uma candidatura transversal a todo o país.

 

Sob o lema "Unidos Venceremos", disse querer um Sporting assim, unido. Bruno de Carvalho incluído, frisou. E prometeu rigor e estabilidade.

 

Afirmando que é uma candidatura de fora para dentro, sublinhou que vai "tentar dar voz aos núcleos do Sporting" e fazer com que alguns deles possam integrar o Conselho Leonino do Sporting.

 

Empresário nas áreas do turismo, agricultura, metalomecânica, entre outras, Tavares Pereira conta com o apoio do ex-presidente da Câmara de Loures, Carlos Teixeira, o antigo campeão mundial de kickboxing Fernando Fernandes e do antigo ciclista Marco Chagas.

 

Em relação à actual comissão de gestão, ao líder da SAD José Sousa Cintra e ao treinador José Peseiro, Tavares Pereira referiu que "tem de se dar o benefício a quem está neste momento a gerir o Sporting".

 

image (5).jpg

 

Pedro Madeira Rodrigues


Ancorado numa política de três vês - "Valores, visão e vitórias" - o gestor volta a apresentar-se às urnas, depois de em 2017 ter sido derrotado por Bruno de Carvalho, obtendo apenas 9,49% dos votos. Garante estar " muito mais preparado" do que nessa altura, com "a maturidade certa e as características para liderar" o Sporting e fazer do clube "uma referência mundial".

 

Foi o terceiro a apresentar-se publicamente e fê-lo sobretudo com uma novidade para o futebol: a aposta no treinador italiano Claudio Ranieri, que substituirá José Peseiro caso Madeira Rodrigues ganhe as eleições. "Tem o perfil de que o Sporting precisa", justificou.

 

Sem revelar nomes de apoiantes ou membros da sua equipa, prometeu investimento do Médio Oriente, embora o valor exacto "dependa das auditorias" a realizar no clube e SAD. Garantiu igualmente que vai avançar com um empréstimo obrigacionista de 100 milhões de euros, caso seja eleito. E revelou a intenção de ficar com 80% do capital social da SAD sob controlo do clube.

 

image (6).jpg

 

Dias Ferreira


Outro nome que repete uma candidatura, depois de ter concorrido às eleições de 2011, ganhas por Godinho Lopes. Tal como na altura, também desta vez conta com o apoio de Paulo Futre, que considera "um grande sportinguista e uma pessoa indispensável".

 

Dias Ferreira formalizou na sexta-feira a intenção de se candidatar, surgindo como o quarto nome na corrida às eleições de 8 de Setembro. Vai às urnas sob o mote "Somos todos Sporting". Antigo presidente da Mesa da Assembleia Geral, o advogado justificou a opção de avançar, após um período de reflexão, com o facto de não se rever em nenhuma das candidaturas já apresentadas anteriormente.

 

O antigo dirigente alega conhecer muito bem a actual situação financeira do Sporting e a respectiva reestruturação e diz não estar arrependido de ter apoiado Bruno de Carvalho em momentos anteriores: "Todos fazemos juízos errados."

 

Defendendo a estabilidade possível da equipa de futebol, Dias Ferreira diz preferir fazer "um debate de ideias", mais do que discutir nomes de treinadores ou jogadores. Até porque as eleições ocorrem já depois do fecho de mercado.

 

publicado às 13:59

As candidaturas e afins

Rui Gomes, em 11.03.13

Podem-me acusar de ser parcial a José Couceiro, sou e já deixei expressa essa posição nos meus escritos de forma muito clara. Temos de assumir posições perante o que conhecemos dos candidatos e eu não me dou bem com declarações de desinteresse, para depois andar  hipocriticamente a apoiar quem é a minha real preferência com escritos finórios. Dito isto, gostaria de ver mais específicos da parte de todos quanto às medidas exactas que pretendem assumir para viabilizar a recuperação desportiva e financeira do Sporting.

A plataforma de Carlos Severino tem-se evidenciado pelas afirmações bombásticas, sucessivamente, ameaças aos dirigentes cessantes e até críticas a Jesualdo Ferreira, esquecendo ele que pela sua menor credibilidade como adminstrador, em geral, e gestor desportivo, em particular, tem muito que provar para convencer os sócios da sua competência para liderar o Clube. O candidato da lista B tem-se limitado ao que já faz há mais de dois anos: a diabolização de tudo e de todos, postura esta que obriga os outros a desperdiçar tempo e energias a responder, para não correrem o risco de consentirem as acusações pela ausência de resposta.

Assente na premissa que a recuperação financeira passa pela recuperação desportiva, sinto enorme dificuldade em compreender a composição da estrutura do futebol sob Bruno de Carvalho, começando pelo próprio, que nem um dia de currículo oferece nessa esfera de actividade. Se já há dois anos não aceitei a designação de Augusto Inacio para o cargo de administrador-geral da SAD, também agora não o aceito como dirigente. Bruno de Carvalho terá reconhecido o erro estratégico e, desta vez, recusa definir cargos e funções. Por conseguinte, sabemos que Inácio é treinador com vasta experiência mas ainda não fomos informados quanto à especificidade do que se pretende dele no futuro. Segue Virgílio Lopes; estranhei a aua nomeação porque nada consta do seu passado além de jogador, mas admiti que haveria algo que não seria do meu conhecimento. Quando questionado sobre esta exacta questão na recém-entrevista concedida ao Record, Bruno de Carvalho limitou-se a reiterar que Virgílio Lopes é um homem que «sabe, vive e respira futebol», deixando o balanço das suas habilitações à imaginação da plateia. Em resumo, depreende-se que terá aguma actividade empresarial na sua vida particular e que a sua real associação ao futebol é a carreira como jogador que deixou há 23 anos.

E, por fim, temos uma terceira muito misteriosa pessoa para a estrutura, que Bruno de Carvalho recusa nomear por ainda se encontrar em funções na Academia. Isto tem levado os curiosos a mil e uma conjecturas e também não compreendo como contribui para a validação do projecto do candidato, ficando anónimo. Em soma, o que sabemos do que Bruno de Carvalho pretende para o futebol, é uma maior aposta na formação - até um jovem do ensino primário diria o mesmo pela evidência à vista - manter Jesualdo Ferreira se este concordar com o projecto ainda não divulgado que lhe será apresentado - criar um departamento à parte para a preparação física dos jogadores, proposição de mérito discutível - e atrair investimento sem o investidor assumir posição maioritária na SAD, algo que escapa o escopo da realidade sendo esse investimento substancial. Tudo isto sob o comando de um homem que não tem e nunca teve o mínimo de ligação à modalidade, desporto e indústria. Se eu estivesse indeciso quanto à minha preferência, Bruno de Carvalho teria de recorrer a argumentos muito mais fortes e concretos para me convencer.

 

publicado às 12:56

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo