Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Só uma pergunta...

Rui Gomes, em 17.05.13

 

O Capela de Carnide apitou a final da Taça do Rei ?

 

publicado às 23:13

Sempre a arbitragem

Rui Gomes, em 11.05.13

Pelo que é possível apurar pelos comentários nos espaços noticiosos, os adeptos do clube de Carnide não estão inteiramente satisfeitos com a nomeação de Pedro Proença para o clássico do Dragão, especialmente depois de Jorge "Azia" Coroado ter vindo a público arrasar o árbitro: "Ele gosta de passear a brilhantina pelos relvados portugueses. É só isso que ele faz".

 

A apreciar o que o incontornável papagaio Rui Gomes da Silva tem vindo a apregoar, até era de pensar que a escolha agrada aos encarnados mas, aparentemente, a preferência recai sobre o apitador João Capela. Nem dá para imaginar porquê !!!

 

Ironizou Pinto da Costa: "Se aqui aparecer um qualquer Capela nem vou ver o jogo... "

 

publicado às 12:05

O "leão" está furioso

Rui Gomes, em 06.05.13

 

O apitador Capela - o tal do jogo limpinho e que continua a ser limpinho do dia 19 de Abril - tendo cumprido a pena pelos seus pecados durante duas semanas, já foi hoje nomeado para apitar o jogo desta quarta-feira entre o SC Braga B e o Santa Clara da II Liga e, pelo notório historial do futebol português, é de esperar vê-lo novamente nas duas últimas jornadas da I Liga. Justiça desportiva no seu esplendor !

 

publicado às 19:01

Pedro Henriques elogia Capela

Rui Gomes, em 30.04.13

 

O árbitro que proporcionou uma vitória «limpinha» ao clube de Carnide sobre o Sporting, foi alvo de fortes elogios por Pedro Henriques, ele próprio antigo árbitro internacional e actual comentador televisivo: «Gosto muito do João Capela, é talvez o árbitro que em Portugal melhor conhece as leis em termos teóricos, é uma pessoa íntegra, honesta e com um sentido de competência muito grande. Já tive oportunidade de dizer que acho que não foi um desempenho completamente bem seguido, há dois lances de grande penalidade por marcar.  E quando assim é os árbitros não se sentem felizes nem realizados. O João Capela já terá analisado o jogo e terá tirado as suas ilações.»

 

Palavras muito simpáticas de Pedro Henriques mas nada convincentes. Diz ele que Capela não teve um «desempenho completamente bem conseguido»; não sei o que seria, na sua consideração, um desempenho desastroso, para um juiz que assinala sistematicamente só para um lado ao longo dos 90 minutos e que deixa por assinalar não duas, mas sim quatro grande penalidades e as expulsões de Maxi Pereira e Matic.

É impossível aceitar que foi apenas um dia infeliz para Capela, pela gravidade dos erros e por terem sido todos em detrimento do Sporting. Ele pode ser o homem mais honesto do mundo, mas aquele seu desempenho na Luz deixa muitas dúvidas sobre a sua pessoa. No final das contas, veremos qual o preço que o Sporting pagou pela suposta competência, integridade e honestidade deste apitador.

 

publicado às 10:10

 

O Sporting apresentou um processo formal de reclamação na Federação Portuguesa de Futebol sobre a arbitragem de João Capela, no último dia permitido para o efeito - sexta-feira - e antes de tomar conhecimento do relatório do observador Luis Ferreira. Pelas informações disponíveis, a reclamação foi acompanhada por um vídeo destacando os lances mais polémicos do «derby». Veremos, então, o parecer do órgão federativo, mas uma coisa é certa: o jogo e os três pontos estão perdidos e agora só poderemos esperar que haja algum sentido de justiça ao que concerne os principais pecadores. Pelos antecedentes, não será prudente manter muito optimismo.

 

publicado às 02:19

Não é para esquecer nem branquear

Rui Gomes, em 25.04.13

 

Apesar da irrefutável evidência, a comunicação social desportiva e afins tem vindo a lidar com a actuação de João Capela no "derby" da Luz de luvas brancas, com o evidente intuito de minimizar danos e fazer esquecer o que não deve ser esquecido. Muito do que se tem lido e ouvido faz referência a erros cometidos pelo árbitro mas, logo de seguida, vem um "mas", sempre um "mas". Os exemplos são muitos, mas para o efeito transcrevo parte de um comentário da autoria do antigo árbitro e actual comentador televisivo Pedro Henriques:

 

«João Capela teve uma noite difícil com tomadas de decisão ao nível das áreas, onde nem sempre decidiu bem. É justo e admissível que o critiquem ao nível da competência e do desempenho, "MAS" merece o respeito e a consideração, pelo ser humano digno, honesto, íntegro e com carácter que eu sei que é. Casos de jogo no dérbi, foram cinco e todos ao nível das áreas. Ficaram duas grandes penalidades por assinalar, nomeadamente ao minuto 8, numa falta cometida por Maxi Pereira sobre Capel e ao minuto 88, quando Maxi Pereira com o braço impediu a progressão de Viola no interior da área.»

 

Para completar o branqueamento, Pedro Henriques ainda sublinhou o mérito de João Capela por «deixar jogar» e «dar fluidez ao jogo». Além das outras faltas para grande penalidade que o comentador menosprezou, ainda ficaram diversos outros lances por salientar, além da vertente disciplinar. A parte que Pedro Henriques evade, é o facto de Capela só ter deixado jogar para um lado e de os lances de maior impacto no jogo terem sido todos ajuizados em detrimento do Sporting. Igualmente pouco convincente é o argumento de defesa sobre honestidade e integridade. Seria aceitável se os erros tivessem sido equilibrados, mas não foram, portanto essa tese cai num vazio obscuro.

 

Mas este é o estado das coisas no futebol português. João Capela estará uma ou duas jornadas sem apitar e depois regressará como se nada fosse. Quem foi prejudicado terá de continuar a lidar com os prejuízos.

 

publicado às 15:58

Inconfundível !

Rui Gomes, em 25.04.13

 

Admite-se que se há alguém que não tem moral para falar

 é Pinto da Costa, mas ninguém consegue dizer as coisas como ele.

 

publicado às 03:51

Três ?

Rui Gomes, em 25.04.13

 

 

publicado às 02:24

Capela não é esquecido

Rui Gomes, em 23.04.13

 

publicado às 11:12

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds