Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ditadura ou democracia, no futebol?

Naçao Valente, em 03.02.21

naom_5790b6f1198e9.jpg

Quem não viveu numa ditadura, pode imaginá-la mas nunca vai conhecê-la. A experiência é a mãe de todas as coisas. Vivi numa ditadura e sei bem o que é. Por isso, quando em 25 de Abril de 1974, se iniciou o processo que levaria à construção de uma democracia em Portugal, pude ver qual a real diferença.

Ao fim de quarenta anos, temos um país melhor, mais desenvolvido, mais justo e livre. Mas os resquícios do poder ditatorial continuam a viver na mente de muita gente. No seu dia a dia, nos seus comportamentos, vêm muitas à superfície tiques ditatoriais. Digamos que a ditadura não está na Lei, mas continua nas mentalidades.

No desporto em geral, e no futebol muito em particular, os tiques de poder totalitário são constantes. Atrevo-me até a dizer, que as diversas formas de poder ditatorial ainda se encontram plasmadas na própria lei que rege o sector desportivo. Pergunto: haverá algum clube desportivo, onde se pratica, em pleno, uma verdadeira democracia?

Mas muito do que se passa nos diversos órgãos que regem o futebol, leva a questionar se ali se pratica autêntica democracia. Qual o processo que leva à composição desses órgãos? Arranjinhos, compadrios, pressões, influências? 

Vem isto a propósito, mais especificamente, dos órgãos que dirigem a arbitragem. Não se parecem com corporações próprias de um poder totalitário? E os árbitros na sua actuação, que limites têm eles ao poder discricionário? Não será mais um sector onde o erro não tem consequências? Ou faz de conta que tem?

Os árbitros são necessários, como juízes, claro, para a realização do jogo. Mas será que não confundem arbitrar com tornar-se os artistas do espectáculo? Os artistas não têm que ser exclusivamente os atletas no campo? Será que sem estes, os homens do apito teriam razão para existir? Pergunta retórica.

No entanto, analisando o problema por outra perspectiva, não terão os clubes também responsabilidade, por muito do que acontece, ao aprovarem os regulamentos, que o sector da arbitragem aplica, a seu belo prazer? Ou de uma forma dogmática? Não serão os clubes que lhes dão o excesso de poder de que se queixam?  

Em jeito de conclusão, pergunto simplesmente: não estará o mundo do futebol a precisar de uma revolução? Não estará o sector da arbitragem a precisar do 25 de Abril que nunca teve?

publicado às 03:34

 

img_920x519$2019_02_25_21_14_20_1510617.jpg

 

Marcel Keizer foi esta terça-feira condenado pelo Conselho de Disciplina da FPF ao pagamento de uma multa no valor de 287 euros pela expulsão diante do Marítimo.

 

O mapa de castigos revelou ainda as palavras em inglês que o treinador do Sporting é suposto ter proferido e que levaram à ordem de expulsão: "This shit is a joke" ("Esta m**** é uma farsa/anedota", em português).

 

Se de facto disse isso, até tem cem por cento razão, contudo, ficamos a pensar que se este tipo de fraseologia justifica expulsão, quantas expulsões no passado ficaram por ordenar e quantas no futuro, por idêntica causa, passarão impunes.

 

image.jpg

 

Além do mais, Marcel Keizer não terá dito nada directamente ao apitador porque estava bem longe dele. O "gracejo" terá sido comunicado pelo quarto árbitro.

 

O treinador de guarda-redes Nélson Pereira, que também foi expulso, vai pagar 765 euros de multa, depois de ter saído do banco e protestar com a equipa de arbitragem através de gestos, segundo o mapa de castigos.

 

Já o director desportivo, Hugo Viana, que terá sido muito mais expressivo, paga o mesmo que Keizer, 287 euros, depois de já no final do jogo se ter dirigido ao apitador: "A primeira falta do Coates nem sequer era falta, quanto mais amarelo", referiu, acrescentando posteriormente: "És um arrogante, tens a p*** da mania, não vales um c******".

 

E assim anda o futebol português, ou talvez... apenas o futebol do Sporting.

 

publicado às 03:02

 

aid47845-v4-728px-Dive-in-Soccer-Step-3-Version-3.

 

English Premier League anunciou esta quinta-feira que vai penalizar com dois jogos de suspensão simulações de lesão ou mergulhos na grande área. Em comunicado, foi explicado o seguinte: 

 

«Os jogadores que mergulhem ou simulem lesões vão enfrentar uma suspensão de dois jogos a partir desta época. A Liga só poderá impor a suspensão se a decisão do painel for unânime».

 

O organismo explicou ainda que as imagens dos jogos serão analisadas todas as segundas-feiras por um painel de três elementos, formado por um ex-dirigente, um ex-treinador e um ex-jogador.

 

A novidade é mesmo a implementação do processo, uma vez que a medida foi aprovada pela Federação Inglesa de Futebol e referida no Camarote Leonino neste post, no dia 18 de Maio de 2017.

 

publicado às 17:24

 

rsz_fa_lcfa.jpg

 

A Federação Inglesa de Futebol (F.A.: Football Association) aprovou, esta quinta-feira, a introdução de castigos a aplicar a jogadores que efectuem simulações com o intuito de conquistar grandes penalidades ou promover a expulsão de adversários. A medida foi carimbada no comité anual do organismo.

 

Desta forma, as suspensões podem ir até dois jogos de inactividade, sendo que a decisão final será tomada por um painel constituído por um ex-árbitro, um antigo jogador e um antigo treinador. Todavia, os castigos só serão aplicados sempre e quando haja uma votação unânime entre os três agentes da F.A..

 

Pela explicação disponibilizada, não é claro se o lance a punir terá primeiro de ser alvo de acção disciplinar do árbitro, designadamente através de cartão amarelo.

 

Uma medida inovadora a ponderar para aplicação no futebol português, muito embora seja algo surpreendente que a F.A. venha a implementar esta introdução disciplinar sem o selo de aprovação da FIFA, nomeadamente do International Board.

 

publicado às 04:22

 

fpp.png

 

Reunião do Conselho Disciplinar de 30/11/2016

Disciplina

Comunicado Semanal de Castigos a Patinadores e outros

 

Campeonato Nacional Séniores 1ª Divisão

0037/16 Sporting CP 6 - CD Paço Arcos 4

Sporting Clube de Portugal, foi punido(a) com, Falta de Comparência, Derrota, Resultado de 0-10 e Zero Pontos, multa de €530,00 (quinhentos e trinta euros), Nos termos do disposto no Artº 36º-A nº 14 do RGHP-FPP , nos termos do(s) artigo(s) 61º 2 e artigo 20º 2 e 3 , 28º 3, do Regulamento de Justiça e Disciplina.

Utilização irregular de patinador.

________________________________________________________________________

 

Campeonato Nacional Séniores 1ª Divisão

0037/1617 Sporting CP 6 - CD Paço Arcos 4

José Diogo M. P. Barreiros Macedo, patinador do Sporting Clube de Portugal, foi punido(a) com oito dias de suspensão de actividade a contar da data da presente notificação, - Suspensão da execução da pena de inactividade pelo período de 15 dias (Artº 41º RJD-FPP), Nos termos do  disposto no Artº 36-A nº 14 RGHP-FPP, nos termos do artigo 61º 3.1, do Regulamento de Justiça e Disciplina.

________________________________________________________________________

 

Campeonato Nacional Séniores 3ª Divisão

0936/16 CD Boliqueime - Sporting CP “B”

Sporting Clube de Portugal, foi punido(a) com, Falta de Comparência, Derrota, Resultado de 0-10 e Zero Pontos, multa de €1060,00 (mil e sessenta euros), Nos termos do disposto no Artº 36º-A nº14 do RGHP-FPP, nos termos do(s) artigo(s) 61º 2 e artigo 20º 2 e 3, 28º 3, do Regulamento de Justiça e Disciplina.

Utilização irregular de patinador.

 

A confirmar-se e pela inexistência de uma justificação lógica, alguém no departamento de hóquei em patins do Sporting cometeu erros inadmissíveis, especialmente a este nível de competição.

 

Que eu tenha conhecimento, o Sporting ainda não comentou esta situação. Vamos esperar para tentar compreender melhor o que ocorreu.

 

publicado às 04:35

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo