Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Naldo-Ewerton-Paulo-Oliveira-e-Tobias.png482246566 (2).jpg509074264 (2).jpg

 

Não será segredo algum, mas o Sporting esta época tem-se excedido a lançar em campo um bom número de duplas de centrais, ora por opção do treinador ora por lesão.

 

Paulo Oliveira, que sofreu uma lesão muscular no jogo com o Rio Ave, está em dúvida para o embate na Madeira. Caso venha a estar impedido de jogar, será a 11.ª dupla esta época em 36 jogos oficiais, sendo que em quatro jogos a dupla inicial não acabou junta. Ter em conta que num desses jogos (Moreirense) Naldo foi expulso aos 88', e o Sporting acabou o jogo só com um central.

 

Em princípio - pelo menos parece fazer sentido - contra o Nacional, Jorge Jesus deve apostar no recém-chegado Coates e Rúben Semedo, este que até entrou muito bem em substituição de Paulo Oliveira no último jogo.

 

É evidente que Ewerton não pode ser ignorado nas considerações, apesar de ultimamente estar fora das escolhas do treinador, já o mesmo creio que não acontecerá com Tobias Figueiredo, que está clinicamente recuperado e até alinhou durante a semana num jogo-treino, em Alcochete, diante o Lokomotiv de Moscovo, mas ainda está com pouco ritmo de jogo.

 

publicado às 04:21

Vamos ouvir quem sabe do que fala...

Rui Gomes, em 11.11.14

 

25562-jose_shobeir.jpg

 

Invariavelmente, a nossa palavra não tem grande "peso", por sermos vistos apenas como mero adeptos, mesmo quando contamos com largos anos de experiência a liderar equipas de futebol a níveis vários. Vamos, então, acreditar em quem é bem conhecido publicamente e é reconhecido por saber do que fala. Já tive ocasião de referir aqui no Camarote Leonino, que lidei com Manuel José diversas vezes ao longo dos anos. Sensações menos agradáveis, muito pela complexa personalidade do homem, mas nem por isso deixamos de o reconhecer como um dos melhores treinadores de futebol da sua geração, incomparavelmente superior ao actual seleccionador nacional, cargo que não desempenha apenas e tão só pela sua difícil maneira de ser e estar.

 

Manuel José é um profundo conhecedor do futebol português, em geral, e do Sporting, em particular, entre outros motivos, pelas suas passagens pelo Clube. Teve isto para dizer sobre a actual equipa:

 

«Com dez golos sofridos em igual número de jogos no campeonato, o Sporting apresenta um registo defensivo longe do esperado. E apenas em três jogos não sofreu golos. Os resultados explicam isto: muito dificilmente uma equipa que sofre tantos golos e em tantos jogos pode ser candidato ao título. E os golos têm acontecido sobretudo pelo centro da defesa. O Maurício, que na sua primeira época na Europa se apresentou muito forte na marcação e teve uma campanha quase sem mácula, tem estado desastroso; a saída do Rojo teve muito peso. O Sarr também tem tido uma série de problemas e agora surge o Paulo Oliveira, que tem parecido o mais estável, mas ainda é muito jovem.

 

Tem a ver com a falta de qualidade dos centrais. Dou o benefício da dúvida ao Paulo Oliveira, que, apesar da sua inexperiência, procura solidificar a sua posição - penso que vai dar um bom central. Mas os centrais têm tido uma influência decisiva no índice de golos sofridos, sem sombra de dúvidas. A começar pelo empate em cima da hora com o Maribor; o Sarr também fez um autogolo contra o FC Porto; a própria expulsão do Maurício em Gelsenkirchen, contra o Schalke, mostra essa intranquilidade. Mas o meio-campo também tem culpa: agora as equipas têm de defender em bloco e atacar em bloco.

 

Tem de haver uma consciencialização colectiva da equipa, que sabe que tem ali o seu calcanhar de Aquiles. Os problemas têm acontecido, em última instância, no centro da defesa, mas se houver um apoio efectivo dos médios, sobretudo, mas também, até, dos avançados, as probabilidades de sofrer golo descem consideravelmente. Todos têm de ajudar. Só assim os centrais não estarão tão expostos, vão serenar e fazer melhor o seu trabalho.»

 

Análise correcta e sensata de Manuel José que, ao fim e ao cabo, até não sublinha novidade alguma, para os mais conhecedores e atentos. Este estado das coisas com o eixo defensivo do Sporting é uma pura consequência das decisões tomadas no Verão pela SAD, sejam estas pelas mãos de Bruno de Carvalho, Augusto Inácio ou quem quer que seja. A necessidade que sempre foi óbvia, severamente agravada pelas saídas de Marcos Rojo e Eric Dier, não foi devidamente compensada, mesmo tendo em conta os condicionalismos financeiros.

 

Consta na comunicação social - com ou sem fundamento - que o Sporting procura um jogador para a posição "10" no mercado de Janeiro. A prioridade continua a ser um defesa central suficientemente experiente e com a capacidade para fazer a diferença, pelo menos ao nível do que esta defesa leonina necessita.

 

publicado às 15:05

O problema "central" do Sporting

Rui Gomes, em 18.11.13

 

 

Um artigo de opinião escrito por um adepto - que vale a pena ler - em que ele leva a cabo uma análise geral sobre as capacidades da presente equipa do Sporting, focando o que ele considera ser o problema no centro da defesa. Para dar uma ideia do texto, transcrevo este breve parágrafo:

 

«(...) Uma defesa deve ser constituída por um central experiente e um central rápido. Olhamos para o FC Porto e tem um central rápido, como é o caso de Mangala e um experiente, o argentino Otamendi. Olhamos para o Benfica e verificamos o mesmo, com Luisão (central experiente) e Garay (central rápido). O Sporting não consegue reunir nenhuma das duas premissas. Rojo e Maurício apresentam falta de velocidade e não são experientes, aliás, demonstrammuita imaturidade, como é o caso da grande penalidade por Maurício no jogo com o FC Porto e as constantes faltas desnecessárias e expulsões de Rojo.»

 

O artigo completo da autoria de José Pedro Freitas pode ser lido aqui.

 

Poderemos não concordar com o todo da sua apreciação, mas sublinha algumas questões muito válidas sobre o eixo da defesa do Sporting e o respectivo modelo defensivo, nomeadamente o espaço entre sectores que torna o corredor central mais vulnerável.

 

publicado às 15:54

Os 10 centrais mais caros de sempre

Rui Gomes, em 07.07.13

1.º Rio Ferdinand - o mais caro de todos, transferido do Leeds para o Manchester United, em 2002, por 46 milhões de euros.

2.º Thiago Silva - AC Milan recebeu 42 milhões do PSG em 2012.

3.º Lilian Thuram - Juventus pagou 41,5 milhões ao Parma em 2001.

4.º Alessandro Nesta - transferido da Lázio para o AC Milan, em 2002, por 30,5 milhões.

5.º Ricardo Carvalho - transitou do FC Porto para o Chelsea em 2004, por 30 milhões.

6.º Pepe - adquirido pelo Real Madrid em 2007, valendo ao FC Porto 30 milhões.

7.º David Luiz - Chelsea pagou ao Benfica 30 milhões de euros em 2010.

8.º Lescott - transferido do Everton para o Manchester City, em 2009, por 27,5 milhões.

9.º Sergio Ramos - chegou ao Real Madrid do Sevilha em 2005 por 27 milhões.

10.º novamente Rio Ferdinand, do West Ham para o Leeds United, por 26 milhões em 2000.

 

publicado às 03:27

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo