Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

doc2018111525139870miguelalopes_813171461a0.jpg

 

Ganhar, golear e não sofrer golos. A equipa do Sporting conseguiu estes três feitos na primeira jornada da Ronda de Elite da UEFA Futsal Champions League ao bater os russos do Sibiryak por 4-0, com golos de Cardinal e Déo, na primeira parte, e Dieguinho (2), na segunda.

 

Com 1870 espectadores no Pavilhão João Rocha, os tricampeões nacionais entraram nesta fase da competição com o pé direito e abriram boas perspectivas para as partidas de hoje com o NV Makarska e de domingo contra o Benfica.

 

Os leões seguem no segundo lugar do agrupamento, liderado pelo Benfica, que venceu por 5-0 os croatas do Novo Vrijeme.

 

Hoje, o Sporting defronta o conjunto da Croácia, pelas 20h30, enquanto o Benfica mede forças com os russos, pelas 14h00.

 

Os dois conjuntos lusos defrontam-se no domingo na última jornada da fase de grupos da UEFA Champions League de futsal.

 

O treinador Nuno Dias teve isto para dizer no final do encontro:

 

"A vitória é completamente merecida. Os números espelham a nossa qualidade. Foi o primeiro objectivo e não conseguindo manter esta dinâmica amanhã (hoje) nada vai ter sentido. Esperamos dar continuidade a esse trabalho e fazer mais um bom resultado.

 

Se ainda existem bilhetes para esgotar o Pavilhão João Rocha, que aproveitem. Hoje foi um ambiente completamente louco, completamente extraordinário. Estou muito contente pelo que conseguimos dar aos nossos adeptos".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:31

 

O Sporting manteve-se esta quinta-feira na corrida ao playoff de apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões de andebol, ao vencer em casa dos macedónios do Metalurg por 31-24, na sétima jornada da prova.
 

MJI_3657_resize-610x219.jpg

  

Perante o último classificado do Grupo C, o Sporting não desperdiçou a oportunidade de somar os dois pontos em disputa, vencendo o embate e igualando os dinamarqueses do Bjerringbro-Silkeborg na liderança com 10 pontos, embora a equipa portuguesa tenha mais um jogo.
 
Apesar da vitória por sete golos, os leões sentiram algumas dificuldades, principalmente na primeira parte, na qual chegaram ao final em desvantagem por um golo (18-17). Na segunda etapa, revelaram-se mais forte e apenas consentiram sete golos ao adversário, vencendo o embate por 31-24.
 
Com este resultado, o Sporting mantém-se claramente dentro da corrida ao apuramento, sendo que seguem para o playoff os dois primeiros dos grupos C e D, com os primeiros classificados de cada grupo a defrontarem os segundos, rumando para os oitavos de final da prova os dois vencedores, que se juntarão aos apurados dos grupos A e B.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:31

Quem não marca sofre...

Rui Gomes, em 08.11.18

 

img_770x443$2018_11_07_09_37_50_1469507.JPG

 

Quem assistiu ao jogo da Juventus - Manchester United, a contar para a Liga dos Campeões, viu sustentado o velho adágio "quem não marca sofre".

 

A equipa italiana deu um "banho" de bola (expressão a indicar superioridade clara) aos 'red devils', com vários golos falhados de bandeja ao longo do jogo, inclusive 2/3 bolas aos ferros, nos 21 remates que fez à baliza inglesa (contra 9 do Man U), e depois de um golaço de Cristiano Ronaldo aos 65 minutos, acabou por perder o jogo ao cair do pano.

 

Um golo de Mata aos 86' - aqui não há nada a dizer, um livre marcado com perfeição, sem hipótese para o guarda-redes -, e num outro lance de bola parada, no meio da confusão um autogolo, salvo erro de Alex Sandro, aos 90'.

 

No final da partida, José Mourinho a dar mais um exemplo do seu asqueroso carácter, a gozar com os adeptos nas bancadas. Foi necessário ser socorrido para evitar piores males.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:30

 

44668888_305981446662312_3521548478897455104_n.jpg

 

A equipa de futebol de mesa do Sporting Clube de Portugal alcançou, este sábado, um lugar nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, a decorrer em Palma Mallorca. 

 

Após a vitória, por 3-1 – competição realizada em quatro mesas em simultâneo –, frente aos Gregos do Protesto Athens SC, os leões defrontaram, na segunda jornada, a TSC Royal 78 KAISERMUHLEN, da Áustria. Um golo a 20 segundos do fim, ditou o primeiro empate da equipa, por 2-2. 

 

Num dia muito emotivo, no terceiro combate, frente à terceira melhor equipa do ranking Mundial, a equipa leonina acabou mesmo por sofrer a primeira derrota, por 2-0.

 

Por fim, numa conjunção de resultados a formação leonina estava obrigada a vencer por 4-0 e os Tiburones FM tinham de vencer ao TSC Royal 78 KAISERMUHLEN, por uma diferença de dois ou mais golos. Dito e feito. Não só venceram os espanhóis do Móstoles SC por 4-0, como os austríacos perderam por 3-1. 

 

Os leões voltam a entrar em acção este domingo e, em caso de vitória, apuram-se para os quartos-de-final. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00

 

2481530_w1.jpg

 

A equipa de futebol feminino do Sporting estreou-se no grupo 10 de apuramento para a Liga dos Campeões com uma derrota por 3-2 perante as norueguesas do Avaldsnes, numa poule que se disputa em Osijek, na Croácia.

 

As leoas ainda deram a volta a uma desvantagem inicial, mas depois consentiram nova reviravolta frente à rival presumivelmente mais forte de um grupo, que conta ainda com as anfitriãs do Osijek e as macedónias do Dragon 2014.

 

Logo no primeiro ataque das vice-campeãs da Noruega, Gaëlle Enganamouit (3 minutos) inaugurou o marcador, com o empate a surgir por Ana Borges (38'), já depois de Diana Silva (24') ter atirado ao ferro.

 

A reviravolta lusa foi consumada num livre da médio norte-americana Sharon Wojcik (47'), contudo nova igualdade surgiu num alívio infeliz da guarda-redes Patrícia Morais, contra as costas da defesa Maruschka Waldus (61').

 

Quando a igualdade parecia inevitável, em jogo com poucas situações de perigo, Cecilie Pedersen (89') aproveitou espaço na área para sentenciar a partida, um castigo injusto para as portuguesas.

 

São apuradas as primeiras classificadas de cada um dos 10 grupos e as duas melhores segundas, contabilizando apenas os resultados frente ao primeiro e terceiro classificados.

 

Na sexta-feira o Sporting defronta o Osijek e na segunda-feira o Dragon 2014.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:30

Foto do dia

Rui Gomes, em 27.05.18

 

img_FanaticaBig$2018_05_26_22_26_01_1402814.jpg

 5.ª Champions de Cristiano Ronaldo

Na edição 2017/18, marcou 15 golos em 13 jogos

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:47

 

img_770x433$2018_05_02_16_23_26_1393345.jpg

 

José Maria Ricciardi, banqueiro, conhecido sócio do Sporting e accionista da SAD leonina, de passagem pelo recinto do Estoril Open, no Clube de Ténis do Estoril, teceu algumas considerações sobre o dérbi de sábado e o impacte que o desafio terá relativamente ao acesso à Liga dos Campeões:

 

"Claro que desejo que ganhe o Sporting, mas tenho a perfeita consciência de que num dérbi não há favoritos. O Benfica pode perfeitamente ganhar o jogo, que ainda tem a enorme importância de dar o acesso à pré-eliminatória da Liga dos Campeões, que, hoje em dia, vai passar a pagar aos clubes valores consideravelmente mais elevados.

Sporting tem probabilidades de acabar no segundo lugar do campeonato, posição essa que não é apenas essencial para as contas desta época, mas igualmente determinante na planificação de 2018/19. Ou melhoramos o ranking e voltamos a ter três equipas - o que me parece manifestamente difícil - ou isto, do ponto de vista económico, vai ser um problema para os três grandes, porque aquele que ficar de fora da Liga dos Campeões ficará numa grande desvantagem económica face aos outros dois.

Com o aumento dos prémios decretado pela UEFA, as receitas para os clubes serão consideráveis, além do facto de a competição ser uma montra importantíssima para valorizar os jogadores dos plantéis do Sporting, Benfica e FC Porto".
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:50

A Champions cada vez mais milionária

Rui Gomes, em 01.05.18

 

Champions-League-logo.jpg

 

Se já se pensava que a Liga dos Campeões era a galinha dos ovos de ouro para os clubes portugueses, vejamos os muitos milhões que estarão em disputa na próxima edição da Liga milionária.

 

Na realidade, já tínhamos feito referência num outro post aos planos da UEFA para 2018/19, mas os valores exactos que foram agora anunciados servem para sublinhar a elevada importância dos resultados das duas últimas jornadas do campeonato português.

 

Começa com uma subida generalizada dos prémios de presença e participação: integrar a fase de grupos vale 15 milhões de euros, mais 2,3 do que actualmente, ao passo que as vitórias passam de 1,5 para 2,7 milhões de euros e os empates de 500 para 900 mil euros.

 

Mas o verdadeiro jackpot está no bónus introduzido pela UEFA para premiar os clubes com melhores resultados nos últimos 10 anos. Para se ter uma ideia, FC Porto e Benfica, ambos no top 10 deste ranking, garantirão mais de 40 milhões de euros caso marquem presença na fase de grupos. No caso dos dragões, essa verba atinge os 43,6 milhões; para as águias, será, no mínimo, de 41,4 milhões. Para Sporting e SC Braga, 34º e 39º do ranking de 10 anos, a posição nesta tabela é mais difícil de determinar, mas é de esperar que tenham um encaixe superior a 22 milhões de euros.

 

img_infografias$2018_05_01_09_44_51_1392809.jpg

  

As contas são relativamente simples de fazer: as 32 equipas que marcarem presença na fase de grupos irão ser ordenadas em função dos resultados dos últimos 10 anos. Todas terão direito a 15 milhões de euros fixos. Depois, será usado o fator de multiplicação de 1,1 milhões. O clube mais bem classificado – o Real Madrid – recebe mais 32x1,1 milhões de euros; o segundo (Barcelona), terá um extra de 31x1,1 milhões... e assim sucessivamente, até chegar ao 32º clube, que terá um extra de apenas 1,1 milhões de euros.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:50

 

download.jpg

 

Vêm aí mais alterações na Liga dos Campeões, nomeadamente no que toca aos prémios. De acordo com o Mundo Desportivo, a UEFA e a ECA (Associação de Clubes Europeus) chegaram a acordo para as mudanças na principal prova europeia de clubes, que passará a distribuir 1900 milhões de euros em prémios para o triénio 2018-2021, mais 500 milhões em relação ao anterior triénio.

 

Assim, refere a mesma publicação, a qualificação para a fase de grupos renderá um prémio no valor de 15 milhões de euros, enquanto cada triunfo valerá 2,7 milhões de euros e um empate permitirá um encaixe de 900 mil euros.

 

O grande vencedor da Champions passará a receber 19 milhões de euros - o campeão deste ano irá receber 15,5 milhões de euros.

 

Outra das novidades será a implementação de um ranking histórico da UEFA, que distribuirá um bónus de 528 milhões de euros, com base nos títulos de campeão europeu conquistados no passado e no histórico de resultados dos clubes na competição.

 

Se a disputa de qualificação para esta prova já é enorme, com o acréscimo de valores a serem atribuídos em breve, dá para imaginar que as "guerras" domésticas serão ainda mais acesas, com os três 'grandes' portugueses a liderar esta frente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:02

 

20411729_tZ9D7.jpg

 

O Sporting venceu, esta quinta-feira, os franceses do Stella Sport La Romagne, por 3-1, na primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões em ténis de mesa, que se realizou no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

 

Os 'leões' liderados por João Monteiro (51º do 'ranking' mundial) e com Quadri Aruna (27º) e Diogo Carvalho tinham contra si uma equipa mais rotinada nas provas europeias (detentora da ETTU Cup, segunda competição europeia), mas nem isso fez claudicar o Sporting, apesar de um início menos positivo.

 

No primeiro jogo, o nigeriano Quadri Aruna tentou forçar Shihao Wei a cometer erros forçados, mas o melhor que conseguiu foi o triunfo no segundo parcial, acabando por perder por 3-1 (11-5, 10-12, 11-7 e 11-9). João Monteiro conseguiu depois a primeira vitória para os 'leões', vencendo Chen Tian Yuan, por 3-1 (11-7, 11-8, 8-11 e 11-8).

 

Com a igualdade era certo que a eliminatória partiria para um quarto jogo, mas antes o Diogo Carvalho 'pulverizou' Brice Ollivier por claros 11-4, no primeiro 'set' tendo conseguido a reviravolta ao marcador, por 3-1 (11-4, 11-8, 6-11 e 11-9). Quadri Aruna teve então oportunidade para se 'vingar' do ponto perdido e perante Chen Tian Yuan consolidou o resultado selando o 3-1 desta primeira mão da eliminatória, ao vencer por esclarecedores 3-0 (14-12, 11-9 e 11-7).

 

O encontro da segunda mão da Liga dos Campeões será disputado no dia 9 de Fevereiro, em França.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:18

 

bandeira2.jpg

 

Sporting, FC Porto e Benfica figuram no top-20 de média de assistências na fase de grupos da Liga dos Campeões desta temporada, com o clube de Alvalade a liderar os emblemas Lusos:

 

1.º   Manchester United - média de 74.320 espectadores

2.º   Real Madrid - 73.657

3.º   Bayern Munique - 70.000

4.º   Borussia Dortmund - 65.402

5.º   Tottenham - 64.402

6.º   Qarabag - 60.741

7.º   Barcelona - 60.673

8.º   Celtic - 57.921

9.º   Atlético Madrid - 57.596

10.º Liverpool - 49.689

11.º Sporting Clube de Portugal - 46.515

12.º Paris Saint-Germain - 46.314

13.º Manchester City - 45.793

14.º Spartak Moscovo - 43.534

15.º FC Porto - 42.185

16.º Roma - 41.786

17.º Leipzig - 41.374

18.º Feyenoord - 41.374

19.º Chelsea - 41.043

20.º Benfica - 39.492

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:52

Uma das melhores fotos de 2017

Rui Gomes, em 27.12.17

 

5JVZD7QV.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:37

 

liga_dos_campeoes_de_tenis_de_mesa.jpg

 

O Sporting vai jogar com a equipa francesa do Stella Sport La Romagne, nos quartos de final da Liga dos Campeões, cujos jogos se realizam a 24-26 Janeiro e 9 de Fevereiro.

 

A equipa gaulesa é composta pelos jogadores Shihao Wei, Chen Tian Yuan, Adrian Crisan (n.º 94) e Tianyuan Chen.

 

A equipa está em 1.º lugar no Campeonato francês e terminou o grupo C da Liga dos Campeões na liderança, à frente da formação alemã do TTF Liebherr Ochsenhausen.

 

Quartos de final

 

Fakel-Gazprom Orenburg (RUS) – Roskilde Bordtennis BTK61 (DEN)

Sporting Club de Portugal (POR) – Stella Sport La Romagne (FRA)

Saarbrucken Tischtennis (GER) – TTF Liebherr Ochsenhausen (GER)

TTSC UMMC (RUS) – Borussia Dusseldorf (GER)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:30

 

image.jpg

 

O nigeriano Aruna Quadri, com duas vitórias, foi determinante no triunfo do Sporting, esta quarta-feira, sobre os russos do Fakel Gazprom, por 3-1, na sexta e última jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões de ténis de mesa.

 

O jogo não influenciava a classificação do grupo A - qualquer que fosse o resultado, ambas as equipas passavam aos quartos-de-final, com o Sporting em segundo - e o Fakel Gazprom aproveitou para "dar férias" aos seus melhores, apresentando uma segunda linha. Com efeito, prescindiu do alemão Ovtcharov, líder do ranking, do japonês Mizutani e ainda do bielorrusso Samsonov e colocou em ação Denis Ivonin, Alexei Liventsov e Fedor Kuzmin.

 

Com esta linha, o favoritismo inverteu-se e Quadri, melhor jogador africano e um dos melhores mundiais, liderou a equipa verde e branca, com vitórias sobre Ivonin (3-1), logo a abrir, e Liventsov (3-1), na quarta partida. Pelo meio, Diogo Carvalho perdeu com Liventsov (3-1) e João Monteiro impôs-se a Kuzmin (3-0).

 

Já afastado da próxima fase da Liga dos Campeões, o Pontoise-Cergy, que alinhou sem o português Marcos Freitas, garantiu o terceiro lugar do grupo, ao bater o Dartom Bogoria, da Polónia, por 3-0.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:24

 

nintchdbpict0003714361251.jpg

 

Cristiano Ronaldo marcou o seu nono golo em seis jogos da Liga dos Campeões, esta quarta-feira, na vitória do Real Madrid sobre o Borussia Dortmund, por 3-2, tornando-o no primeiro jogador em toda a história da competição a marcar em todas as seis jornadas de uma fase de grupos.

 

Nesta fase, o jogador formado no Sporting e capitão da Selecção Nacional, bisou por três vezes; nos dois jogos com o APOEL e no primeiro frente ao Borussia Dortmund, e marcou nos dois encontros com o Tottenham.

Este nono golo da campanha, também lhe permitiu igualar Lionel Messi, com 60 golos em fases de grupos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:04

 

main.jpg

 

Para ser sincero, nem me apetece comentar este jogo. Aceito perder, hoje e sempre, mas com os nossos melhores em campo a dar o tudo por tudo, e não com uma equipa significativamente condicionada pelas estratégias de teóricos - e até temos alguns aqui no blogue.

 

A ideia, se a compreendo correctamente, era de desgastar a equipa do Barcelona e, então, fazer entrar as "armas secretas" na segunda parte, para dar o "golpe de misericórdia". Entretanto, abdicou-se deliberadamente de 45 minutos da partida - só por milagre teríamos conseguido marcar um golo - com o agravante adicional de que jogámos com dez unidades em campo. Nem vale a pena nomear quem esteve dentro das quatro linhas apenas como mero corpo presente. Outra ideia genial de Jorge Jesus!

 

O Sporting alinhou de início com Rui Patrício, Piccini, Coates, Mathieu, Ristovski, William Carvalho, Battaglia, Acuña, Bruno César, Bruno Fernandes e Alan Ruiz.

 

Suplentes: Romain Salin, Fábio Coentrão, André Pinto, Palhinha, Gelson, Bas Dost e Podence. Ficaram de fora Pedro Silva, Tobias Figueiredo, Petrovic, Mattheus Oliveira, Iuri Medeiros e Rafael Leão.

 

Barcelona: Cilessen, Semedo, Vermaelen, Piqué, Denis Suárez, Aleix Vidal, André Gomes, Rakitic, Digne, Paco Alcácer e Luis Suárez.

 

Suplentes:  Ter Stegen, Busquets, Lionel Messi, Paulinho, Deulofeu, Jordi Alba e Sergi Roberto.

 

Segundo a tese acima referida, entraram Gelson Martins e Bas Dost logo a seguir ao intervalo. Tudo bem... passado uns quantos minutos Ernesto Valverde responde a Jorge Jesus com Lionel Messi e Sergio Busquets. Como ficamos ?

 

A realidade é que salvo a grande oportunidade de Bas Dost, com defesa à "queima roupa" de Jasper Cilessen, e de mais uma ou outra jogada de algum perigo, o Sporting nunca verdadeiramente se encontrou, em termos de construção de jogo e de eficácia no último terço do terreno, e com diversos jogadores a acusarem o desgaste. A entrada de Fábio Coentrão nada resolveu.

 

Bruno Fernandes foi de longe o melhor "leão" em campo. Nem sei onde encontrou energia para tanto, mas o cansaço era por de mais evidente.

 

Para o caso, não interessa que uma vitória em Camp Nou teria sido em vão, uma vez que a Juventus, como se esperava, aliás, foi a Atenas vencer o Olympiacos por 2-0. Venha a Liga Europa !

 

Nota: Quando publiquei o post, não comentei mais uma grande exibição de Rui Patrício, sem culpas algumas nos golos sofridos e deixando um registo de excelentes intervenções. Dito isto, fico logo com a sensação de causa perdida sempre que vejo um jogo com ele a pontapear frequentemente a bola.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:21

Convocatória para o Barcelona

Rui Gomes, em 04.12.17

 

ng8956970.jpg

 

O Sporting treinou esta segunda-feira antes da partida para Barcelona, onde amanhã, no Camp Nou, vai disputar a sexta e última jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

 

Duas novidades no treino: o regresso de Doumbia, após lesão, e a integração do jovem Rafael Leão. Este acabou por também integrar a lista de convocados, uma vez que o avançado costa-marfinense ainda não está em condições de jogo, tendo estado afastado dos relvados durante três semanas.

 

O segredo mais bem conhecido é que o Sporting precisa de conquistar os três pontos na deslocação a Barcelona e ainda esperar que a Juventus não leve a melhor sobre o Olympiacos, em Atenas, para poder seguir para os oitavos da prova.

 

Convocatória:

 

Guarda-redes: Rui Patrício, Romain Salin e Pedro Silva;

 

Defesas: Mathieu, Tobias Figueiredo, Fábio Coentrão, André Pinto, Piccini, Ristovski e Coates;

 

Médios: Mattheus Oliveira, Bruno Fernandes, William Carvalho, Bruno César, João Palhinha, Battaglia, Petrovic e Marcus Acuña;

 

Avançados: Gelson Martins, Iuri Medeiros, Bas Dost, Rafael Leão, Alan Ruiz e Daniel Podence.

 

Surpreendente a presença de Iuri Medeiros, depois de estar afastado das preferências de Jorge Jesus já há algum tempo. No entanto, com 24 jogadores convocados, é muito provável que vá assistir ao jogo na bancada.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:14

 

Jesus.jpg

 

Considerações de Jorge Jesus em entrevista ao jornal Esporte Interativo sobre a Liga dos Campeões, em geral, e o jogo desta terça-feira com o Barcelona, em particular:

 

"É verdade que é um jogo muito difícil. Mas também é verdade que a Juventus tem um jogo na Grécia onde nós lá jogámos e sabemos que terão muita dificuldade. Com disse, não acredito que a Juventus ganhe na Grécia, sabendo que o Barça já esta apurado. Neste último jogo, mesmo com a Juventus, o Barça já não pôs o Messi a jogar. O Barça com o Messi é uma coisa, sem ele é outra. Se houver essa possibilidade, pois jogam passados três dias com o Villarreal, todos os treinadores protegem muito os melhores jogadores. Se o Messi não jogar, acredito cada vez mais que estejamos próximos de poder sonhar com um resultado positivo, que é ganhar.


Aquilo que o Sporting fez o ano passado na Champions, com o Real Madrid e o Borussia Dortmund, foi começar a alavancar, a criar um estatuto de cada vez mais ser uma equipa forte em todas as competições. Portanto, este ano temos na mesma Juventus e Barcelona, do meu ponto de vista duas das cinco equipas mais fortes do mundo, e podemos disputar esta fase de grupos como estás a disputar, vais até ao último jogo com essa possibilidade de te apurares. Se calhar, com um bocadinho de sorte, porque também é precisa no futebol, as posições estavam invertidas em relação ao Sporting e Juventus, porque nos dois jogos que tivemos com eles estivemos muito próximos de ganhar. Se temos ganho um dos dois jogos isto estava ao contrário.

Muito difícil um clube português ganhar a Liga dos Campeões, por questões financeiras. Mas mesmo assim, uma destas três equipas em Portugal pode chegar uma final se em três anos não vender os seus melhores jogadores, o que é extremamente difícil. Se o Sporting, Benfica e FC porto em três anos não vendessem os melhores jogadores, mesmo com esta diferença de orçamentos, teriam possibilidades de lá chegar. Não sendo assim, muito difícil, não vai ter hipótese."
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:41

 

gelson.jpg

 

Gelson Martins tem estado em evidência no Sporting na campanha europeia. O jogador tem-se destacado no capítulo das assistências, sendo mesmo um dos melhores de todas as equipas que estão a disputar a Liga dos Campeões.

 

O jovem "leão" é o segundo jogador com mais passes para golo, com três assistências, integrando um grupo composto por Alberto Moreno (Liverpool), Sabitzer (Leipzig), Mbappé (PSG), Dries Mertens (Nápoles), Anthony Martial (Manchester United), De Bruyne (Manchester City) e Ricardo Quaresma (Besiktas).

 

Aliás, à frente de Gelson Martins, só encontramos mesmo Neymar, do PSG. O avançado brasileiro conta com quatro assistências para golo nesta edição da prova milionária.

 

Em ternos de equipa, há um "duelo" particular com... Bruno Fernandes, seu concorrente dentro do Sporting. Se nos dermos à tarefa de contabilizar todas as provas, verificaremos que o médio que chegou esta época a Alvalade é quem leva a melhor, pois soma seis passes para golo, com Gelson a ter menos dois.

 

Na vitória sobre o Olympiacos, foram mesmo estes dois jogadores que providenciaram as assistências para o bis de Bas Dost, não esquecendo a jogada de Piccini que levou ao primeiro golo da partida.

 

Gelson Martins, um jovem ainda com muito futuro pela frente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:30

 

maxresdefault.jpg

 

A equipa do Sporting foi sempre superior à do Olympiacos e embora tardio no primeiro período, os golos começaram por aparecer natural e merecidamente. O golo "grego" quase ao cair do pano foi inconsequente e até concordo com Rui Patrício em que o avançado que estava em posição irregular, mesmo sem tocar na bola, interferiu na jogada.

 

O Sporting alinhou de início com Rui Patrício, Piccini, Mathieu, André Pinto, Coentrão, William, Battaglia, Bruno César, Gelson Martins, Bruno Fernandes e Bas Dost.

 

Suplentes: Romain Salin, Alan Ruiz, Stefan Ristovski, Daniel Podence, Matheus, Tobias Figueiredo e João Palhinha.

 

Na realidade, não há nada a apontar. Jorge Jesus não surpreendeu com o onze inicial, embora eu esperasse que Piccini só entrasse mais tarde no jogo. A defesa esteve impecácel e Mathieu não acusou a sua ausência. Já o mesmo não se pode dizer de William Carvalho, que esteve a um excelente nível defensivamente, mas algo errático com os seus passes.

 

Bruno Fernandes jogou na sua posição natural e registou uma excelente exibição. Bas Dost fez "apenas" o que faz melhor: marcar golos. Nem todos nós "amamos" Bruno César, mas é de reconhecer que tem os seus bons momentos e este jogo frente ao Olympiacos, foi um deles.

 

Com este resultado, o Sporting garantiu a Liga Europa e o empate da Juventus frente ao Barcelona, ainda lhe permite sonhar com os oitavos da Champions.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:36

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo