Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Os milhões da Champions League

Rui Gomes, em 07.12.17

 

chleague.png

 

Ao qualificar-se para os oitavos de final da Liga Campeões, o FC Porto encaixou mais 7,5 milhões de euros, num total de 23,7 milhões até ao momento. O Sporting ficou-se pelos 18,7 milhões e o Benfica pelos 12,7 milhões.

Falta contabilizar, no final da prova, o `market pool`, respeitante a direitos televisivos, e também não estão incluídas as receitas de bilheteira.

FC Porto


Entrada direta na Champions: 12,7 milhões
Três vitórias e um empate: 5 milhões
Qualificação para os `oitavos`: 6 milhões
Total: 23,7 milhões de euros

Sporting

Vitória no `play-off`: 2 milhões
Entrada na Champions: 12,7 milhões
Duas vitórias e um empate: 3,5 milhões
Qualificação para a Liga Europa: 0,5 milhões
Total: 18,7 milhões de euros

Benfica

Entrada na Champions: 12,7 milhões
Total: 12,7 milhões de euros
 
O FC Porto continua na Champions e está apto a ganhar ainda mais nesta prova. O Sporting vai disputar a Liga Europa, podendo também, embora em nível inferior, aumentar as suas receitas. O Benfica está completamente afastado das provas europeias e nada mais ganhará portanto.
 

publicado às 03:05

 

Champions-League-Logo.jpg

 

Jorge Jesus chamou 24 jogadores para integrarem a lista "B" que o Sporting entregou para a Liga dos Campeões.

 

Esta lista, como já referimos num outro post, permite que um jogador possa ser inscrito se tiver nascido a partir de 1 de Janeiro de 1996, inclusive e tenha estado disponível para alinhar pelo clube em questão durante um qualquer período ininterrupto de dois anos desde o seu 15º aniversário (jogadores de 16 anos podem ser inscritos nesta lista se tiverem estado no clube nos dois anos anteriores). Os clubes podem inscrever um número ilimitado de jogadores na sua Lista B ao longo da temporada, mas esta lista tem de ser enviada, o mais tardar, até às 23h00 (de Portugal continental) da véspera de cada jogo.

 

Guarda-redes: Vladimir Stojkovic, Luís Maximiano, Pedro Silva e Diogo Sousa

 

Defesas: Gonçalo Vieira, Tiago Djaló, Ivanildo Fernandes, Guilherme Ramos, Adbu Conté, Thierry Correia e João Ricciulli

 

Médios: Bubacar Djaló, Diogo Brás, Bernardo Sousa, Daniel Bragança, Pedro Ferreira, Bruno Paz, Miguel Luís e Rafael Barbosa

 

Avançados: Ronaldo Tavares, Eleves Baldé, Nuno Moreira, Rafael Leão e Jovane Cabral

 

publicado às 12:00

 

21032523_10154665834426555_816754545679002886_n.pn

 

Como já era de esperar, situado no Pote 4 do sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Sporting iria ter forçosamente adversários muito complicados pela frente.

 

O Sporting está integrado no Grupo D com JUVENTUS - BARCELONA - OLYMPIACOS

 

O Benfica está integrado no Grupo A com MAN UNITED - BASILEIA - CSKA MOSCOVO

 

O FC Porto está integrado no Grupo G com MÓNACO - BESIKTAS - LEIPZIG

 

Creio que o Grupo mais viável para os portugueses é indiscutivelmente o do FC Porto. O do Benfica, um pouco mais complicado, mas também viável. Já o do Sporting será o mais difícil dos três.

 

Eis os restantes Grupos:

 

  • Group B - Bayern Munique, PSG, Anderlecht, Celtic
  • Group C - Chelsea, Atlético de Madrid, Roma, Qarabag
  • Group E - Spartak Moscovo, Sevilha, Liverpool, Maribor
  • Group F - Shakhtar, Man City, Nápoles, Feyenoord
  • Group H - Real Madrid, Dortmund, Tottenham, APOEL

 

A Gala da UEFA fechou com Cristiano Ronaldo a subir ao palco para receber o troféu de Melhor Jogador do Ano. O português formado no Sporting bateu Messi e Buffon, repetindo os triunfos de 2014 e 2016. Isto, depois de também ter sido eleito o melhor avançado da Liga dos Campeões.

 

CALENDÁRIO DE JOGOS DO SPORTING

 

- Terça-feira, dia 12 de Setembro Olympiacos (fora)

 

- Quarta-feira, dia 27 de Setembro Barcelona (Alvalade)

 

- Quarta-feira, dia 18 de Outubro Juventus (fora)

 

- Terça-feira, dia 31 de Outubro Juventus (Alvalade)

 

- Quarta-feira, dia 22 de Novembro Olympiacos (Alvalade)

 

- Terça-feira, dia 5 de Dezembro Barcelona (fora)

 

publicado às 17:50

 

steaua-bucuresti-sporting-cp_large.jpg

 

Muito satisfeito pelo resultado final e pela qualificação para a fase final da Liga dos Campeões, mas confesso que cheguei ao intervalo irritadíssimo com a equipa.

 

O Sporting entrou em campo a fazer precisamente o que era exigido; assumiu a iniciativa de jogo, colocou enorme pressão no Steaua e marcou o tão desejado golo. Até este ponto, uma exibição praticamente imaculada.

 

Com a vantagem no marcador, notou-se imediatamente a equipa baixar o ritmo de jogo e a intensidade, os erros começaram a surgir e, inevitavelmente, acabou por sofrer o golo do empate. Sentiu-se a intranquilidade da equipa a partir deste ponto e até no início da segunda-parte, com o Steaua então a assumir a iniciativa de jogo.

 

Como sempre, no futebol, os golos resolvem tudo, e assim  foi que sensivelmente no espaço de cinco minutos o Sporting marcou dois golos, através de Marcus Acuña e Gelson Martins, e tanto o jogo como a eliminatória ficaram resolvidos. O quarto golo leonino, por intermédio de Bas Dost, apenas selou o marcador definitivamente. Battaglia com o quinto golo, já eu escrevia esta crónica.

 

A equipa leonina entrou em campo com Rui Patrício; Piccini, Coates, Mathieu e Fábio Coentrão; Rodrigo Battaglia e Adrien Silva; Gelson Martins, Bruno Fernandes e Marcus Acuña; Doumbia.

 

Suplentes: Salin, Tobias Figueiredo, Petrovic, Iuri Medeiros, Bruno César, Alan Ruiz e Bas Dost.

 

Não crítico a opção de Doumbia em detrimento de Bas Dost, mas sinto muita curiosidade em ouvir a explicação de Jorge Jesus, que decerto enaltecerá a sua decisão.

 

Não se esperava uma goleada depos do primeiro jogo em Alvalade e, ainda menos, quando se chegou ao intervalo, mas tudo bem que acaba bem. Alguns jogadores em muito bom nível, a exemplo de Adrien Silva, Bruno Fernandes e Gelson Martins.

 

O Sporting vai assim para o pote 4 do sorteio para a fase de grupos da Champions - a ser realizado esta quinta-feira às 17h00 - e veremos então que "tubarões" nos vão sair. Pela composição dos potes, é praticamente garantido que serão todas equipas fortes.

 

ADENDA: A explicação de Jorge Jesus para a aposta em Doumbia:

 

"Fazia parte da estratégia. Nestes jogos, quando jogas com os mesmos, corres dois perigos. Um deles é físico, que os jogadores podem ficar mais próximos de ter lesões. O Bas Dost é um jogador que temos de saber defender pela sua estrutura física. O Doumbia dava segurança, mais velocidade com bola. Perdemos nuns aspectos, ganhámos noutros. Quero realçar o excelente jogo dos jogadores. Na Champions não podes cometer erros - cometemos um e sofremos golo".

 

Respeita-se a decisão estratégica. Uma aposta arriscada que acabou por dar resultado, e quando assim é não há nada a criticar.

 

publicado às 05:25

Na Champions é preciso muito mais

Rui Gomes, em 15.08.17

 

20526282_1922880231256930_4153394088645753334_n.jp

 

Creio que o título do post diz tudo. Esta equipa do Sporting ainda não tem o que é necessário para competir na Liga dos Campeões ao nível desejado e necessário. O termo que me vem à ideia é de ter sido uma exibição algo atabalhoada, sem a fluidez, criatividade e aproveitamento de jogo para assegurar uma vitória, em casa, contra este adversário. Muito terá de mudar para conseguir um bom resultado na Roménia, onde o Sporting nunca venceu.

 

Desta vez foi Jorge Jesus que tirou um coelho da cartola ao apresentar Fábio Coentrão, não só apto para jogar mas também a integrar o onze inicial. Terá sido uma jogada do treinador ou, então, o jogador apresentou as condições necessárias à última da hora para alinhar.

 

O Sporting iniciou a partida com Rui Patrício; Piccini, Coates, Mathieu e Fábio Coentrão; Rodrigo Battaglia e Adrien Silva; Marcos Acuña, Daniel Podence e Gelson Martins; Bas Dost.

 

Suplentes: Salin, Jonathan Silva, Bruno Fernandes, Bruno César, Iuri Medeiros, Tobias Figueiredo e Doumbia.

 

Na minha opinião, a combinação Battaglia/ Adrien Silva no meio-campo não funciona como se deseja. Reconhece-se aproveitamento defensivo, mas muito longe disso no que diz respeito a construção e criatividade de jogo.

 

Por outro lado, entregar a bola a Piccini no meio-campo do adversário e esperar algo de construtivo, é equivalente a dar um triciclo a um jogador da NBA. Não resulta e nunca vai resultar.

 

É possível que eu não esteja a analisar as coisas bem, mas, em termos gerais, não vejo a indispensável fluidez de jogo nesta equipa do Sporting. Muitos passes falhados, poucos remates e pouco aproveitamento nos cruzamentos.

 

Nota de relevo para Coates e Matthieu, que estiveram muito bem, especialmente o francês, que correu o campo todo. Tem sido uma grande surpresa, muito pela idade, claro, porque um jogador que alinhou no Barcelona não pode ser um trouxa qualquer. Terá sido o melhor jogador em campo.

 

Por fim, algo está a incomodar Bas Dost e ainda não percebi o quê. Será as alterações na equipa ?... Simplesmente não mostra o afinamento e a confiança que lhe reconhecemos da época passada.

 

A equipa leonina terá de fazer um jogo muito compacto na Roménia para passar esta eliminatória. Sobretudo, terá de marcar cedo, para colocar toda a pressão no Steaua.

 

publicado às 21:38

Cuidado com o "gigante adormecido"

Rui Gomes, em 14.08.17

 

DGdBdZOW0AA1FRY.jpg

  

O Sporting estreia-se na terça-feira, em Alvalade, nas competições europeias em 2017/18, na primeira mão do ‘play-off’ da Liga dos Campeões, contra os romenos do Steaua, que já venceram a competição em 1986.

 

Depois da entrada vencedora na I Liga, com vitórias frente ao Desportivo das Aves (2-0) e com o Vitória de Setúbal (1-0), o Sporting procura dar continuidade ao bom arranque na primeira mão, sabendo que venceu sempre em casa e nunca venceu na Roménia em jogos europeus.

 

As duas equipas nunca se defrontaram, mas o Sporting já encontrou várias formações romenas, contra as quais venceu sempre em casa e perdeu sempre fora – foi assim com o Timisoara (1990), Dínamo Bucareste (1991) e Vaslui (2011).

 

Por sua vez, o Steaua já defrontou quatro vezes o Benfica, com duas derrotas em Lisboa e dois empates caseiros, em 1988 e 1994, e o Rio Ave, que venceu em casa e com quem empatou em Vila do Conde em 2014/15.

 

A equipa leonina vai apresentar-se ainda sem o reforço Ristovski, cedido pelo Rijeka, que já jogou nas eliminatórias pelos campeões croatas, sendo que tem apenas Alan Ruiz em dúvida para o encontro contra um ‘gigante adormecido’, campeão europeu em 1986, ponto alto de várias décadas de bons resultados nas competições da UEFA, que vive nos últimos anos um período de menor fulgor, ainda que continue a ser o clube mais titulado da Roménia.

 

Vice-campeão da liga romena, atrás do surpreendente Viitorul Constanta, que se sagrou campeão pela primeira vez, conta nas suas fileiras com o veterano Filipe Teixeira. O português, contratado esta época ao Astra Giorgiu, já apontou dois golos nas eliminatórias, frente aos checos do Plzen, e é um dos destaques da equipa, a par do marfinense Harlem Gnohéré, contratado em Janeiro aos ‘rivais’ Dínamo, tornando-se no primeiro estrangeiro a alinhar em ambos os clubes, e do ‘capitão’ Denis Alibec. O plantel às ordens de Nicolae Dica, de resto, passou por uma autêntica ‘revolução’, com quase duas dezenas de entradas e igual número de saídas.

 

A eliminatória, a última ‘barreira’ antes da fase de grupos da Liga dos Campeões, é um ‘teste de fogo’ à temporada do Sporting, que procura manter-se entre a elite do futebol europeu e assegurar o encaixe financeiro que essa fase proporciona.

 

A segunda mão deste play-off, marcada para a Arena Nacional, em Bucareste, irá realizar-se a 23 de Agosto.

 

publicado às 09:20

 

2490763_w1.jpg

 

O Sporting vai enfrentar o Steaua Bucareste da Roménia no play-off de acesso à Liga dos Campeões. O adversário no último obstáculo antes da fase de grupos da Liga dos Campeões foi conhecido esta sexta-feira no sorteio da UEFA feito em Nyon, na Suíça.

 

Recorde-se de que o Sporting foi cabeça de série depois de um conjunto de resultado muito improvável, mas que, teoricamente, ajudou a formação orientada por Jorge Jesus. Sendo cabeça de série, a equipa leonina evitou clubes mais imponentes como Liverpool, Nápoles e Sevilha.

 

A primeira mão da eliminatória vai ser disputada no Estádio de Alvalade, no dia 15 de Agosto, seguido de uma viagem à Roménia para fechar o conjunto das duas mãos, no dia 23, e saber quem segue para a próxima fase da competição.

 

A entrada na fase de grupos é sinónimo de capital a entrar nos cofres de Alvalade visto que o Sporting assegura o prémio de presença por se ter qualificado para a próxima fase bem como todas as receitas que advenham da participação leonina na competição. As receitas podem ser tanto de bilheteira como de prémios de vitória nos seis jogos que são garantidos na fase de grupos e de direitos televisos.

 

Eis o resultado completo do sorteio:

 

Sporting-Steaua Bucareste / Hoffenheim-Liverpool / Nápoles-Nice / Young Boys-CSKA Moscovo / Istanbul Basaksehir-Sevilha.

 

Karabag-Copenhaga / APOEL-Slavia Praga / Hapoel Beer-Sheva / Olympiakos-Rijeka / Celtic-Astana / Hapoel Beer-Sheva-Maribor.

 

Nota: Não se pode deixar de verificar que qualquer uma das restantes eliminatórias do Grupo, oferece um grau de dificuldade teórico superior à do Sporting. Por outras palavras, mais uma vez a sorte terá sorrido à equipa verde-e-branca.

 

publicado às 12:25

 

hqdefault.jpg

 

O cenário à partida para a segunda mão da terceira pré-eliminatória da Champions não era o mais animador para o Sporting. Para ser cabeça de série no play-off, o Sporting precisava que quatro de cinco equipas com melhor ranking fossem eliminadas: CSKA Moscovo, Dínamo de Kiev, Plzen, Club Brugge e Ajax.

  

Os resultados de CSKA Moscovo, Brugge, Plzen, Dínamo Kiev e Ajax, na primeira mão, deixaram as contas complicadas. Os russos foram à Grécia bater o AEK por 2-0. Os ucranianos derrotaram em Kiev o Young Boys, enquanto Ajax e Plzen empataram com golos fora, dificultando a vida ao Sporting. Só o Club Brugge empatou em casa (3-3) com o Basaksehir e deixou uma réstia de esperança.

 

No entanto, a segunda mão trouxe várias surpresas, que colocaram o Sporting no lote dos cabeças de série do play-off da liga milionária. Apesar do CSKA Moscovo ter confirmado o apuramento na recepção ao AEK (vitória por 1-0), Club Brugge, Plzen, Dínamo de Kiev e Ajax foram eliminados.

 

Os belgas perderam na deslocação ao Basaksehir por 2-0, enquanto o Plzen foi goleado em casa pelo Steaua de Bucareste (4-1). Já o Dínamo de Kiev perdeu com o Young Boys por dois golos sem resposta, e também foi afastado da Liga dos Campeões. Por fim, o Ajax esteve muito próximo de garantir o apuramento para o play-off, mas um golo de Marcel, aos 79 minutos, carimbou o apuramento do Nice, graças aos golos marcados fora de casa.

 

Assim , contra todas as expectativas, o Sporting vai mesmo ser cabeça de série, evitando, portanto, Liverpool, Nápoles, Sevilha e CSKA Moscovo, e passa a ter como possíveis adversários Young Boys, Nice, Steaua Bucareste, Basaksehir e Hoffenheim.

 

O sorteio irá decorrer já na próxima sexta-feira, em Nyon. Os jogos estão agendados para 15/16 e 22/23 deste mês.

 

Nota: Na época passada, o Young Boys classificou-se em 2.º lugar, 17 pontos atrás do campeão Basileia; o Nice em 3.º, 17 pontos atrás do campeão Mónaco; o Steaua Bucareste em 2.º, com os mesmos pontos do campeão Viitorul; o Hoffenheim em 4.º, 20 pontos atrás do campeão Bayern Munique.

 

publicado às 03:31

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo