Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Antes de mais, note-se que muito embora o post tenho sido publicado por mim, o texto é da autoria de City Lion.

 

Ainda triste com a saída de Eric Dier e com mais um inenarrável comunicado infantil da Direcção ("a culpa não é minha é do outro") e agora vai chegar, por 2,9 milhões de euros, a 29.ª !!?? contratação desta Direcção, não resisti a voltar a escrever no Camarote Leonino, depois de longo jejum, para ajudar a abrir os olhos a alguns sportinguistas mais distraídos.

 

Citando do programa de Bruno de Carvalho para as eleições de Março de 2013: "Contratar cinco ou seis jogadores, numa escolha cirúrgica, experientes e capazes de acrescentar valor ao plantel existente, serão suficientes para a construção de uma equipa que possa lutar pelos objectivos de curto, médio e longo prazo do Clube". Sempre se pode alegar que cada ano entrariam mais 5 ou 6, mas 29 em ano e meio ??!!

 

Outra inverdade do programa: "O recurso a jovens criados na formação deverá ser uma realidade." Ok, à sua maneira "xico esperta", o Bruno de Carvalho aqui sempre pode dizer que recurso queria dizer arranjar dinheiro das respectivas vendas para ajudar a pagar as tais 29 contratações mais respectivos salários.

 

A verdade é que não tendo tido a capacidade de manter em Alvalade os jogadores da casa que tinham tudo para ser hoje as nossas actuais referências, como Bruma, Ilori e Dier, e tapando ou não apostando em lançar já elementos portugueses da formação bem identificados com o que é ser do Sporting, como Chaby, Esgaio, Mica Pinto, Rúben Semedo, Tobias Figueiredo e Iuri Medeiros, entre outros, (já para não falar da época passada na aposta em Magrão em detrimento de João Mário), esta Direcção está a fazer um péssimo serviço ao Sporting , nexte contexto, que não consegue disfarçar pelo descontrolado número de renovações de contratos de jovens com cláusulas de rescisão milionárias, cuja falta de sentido tão bem o Dier explicou. Nem quero entrar no caos em que está a ser transformada a Academia, cada vez mais entregue a quem não percebe nada de formação.

 

Para quem ainda tenha dúvidas quanto ao que digo, deixo aqui a lista das 29 contratações da era Bruno de Carvalho (que não deve ficar por aqui) sendo que, pelo que se viu, apenas 3 (quase 1 em 10 !!) ou 4 (caso actuemos em 4x4x2) são escolhas de Marco Silva para começar a época como titulares da equipa principal:

 

André Geraldes (suplente) - Everton Gonçalves (equipa B) - Gerson Magrão (saiu depois de escassa utilização) - Heldon (suplente) - Hugo Sousa (equipa B) - Jefferson (titular) - Jonathan Silva - suplente (?) - Jorge Santos (equipa B) - Lewis Enoh (equipa B) - Matias Pérez  (saiu sem jogar uma única vez na equipa principal) - Maurício (titular) - Montero (titular) - Dramé (equipa B) - Paulo Oliveira (suplente) - Piris (saiu depois de escassa utilização) - Saar (equipa B ?) - Salim Cissé - (equipa B ?) - Sambinha (equipa B) - Seedjou King (equipa B) - Samba (equipa B) - Shikabala (Suplente ?) - Slavchev (suplente) - Ramy Rabia (suplente/equipa B ?) - Oriol Rosell (suplente) - Ryan Gauld (suplente/equipa B ?) - Slimani (titular/suplente - único dos contratados da era Bruno de Carvalho que pode gerar mais-valias este defeso) - Tanaka (suplente) - Vítor Silva (equipa B) e Welder (saiu depois de escassa utilização).

 

Temos esta época uma grande oportunidade de aproveitar a fraqueza do Benfica e a revolução no Porto que parte bem de baixo. O treinador parece ser bom, mas infelizmente o plantel volta a parecer limitado qualitativamente para as exigências e expectativas da época (mais ainda se se confirmarem as saídas de Rojo, Slimani e William) mas Deus queira que me engane.

 

City Lion

 

publicado às 03:21

Saudações Leoninas

City Lion, em 19.03.14

 

Quando o Rui Gomes me honrou com o desafio de escrever no Camarote Leonino, hesitei por ter receio não ter grande disponibilidade para escrever e porque, se aceitasse, sabia iria dizer tudo o que penso, mesmo que pudesse contribuir para abanar o quase consenso que aparentemente existe hoje no Sporting. Por outro lado, infelizmente acredito conhecer e perceber bem quem dirige hoje o nosso clube e até tenho a sorte de ter acesso a alguma informação privilegiada, pelo que seria sempre um blogger ... no mínimo acutilante.

  

O problema é que ao pensar que o que escrevo ajudaria o Sporting e ajudar-me-ia a continuar ligado emocionalmente ao meu clube do coração, a verdade é que, apesar de estarmos bem no campeonato, me sinto cada vez mais distanciado de um clube, no qual infelizmente vejo cada vez mais semelhanças com o dos nossos vizinhos (a coisa boa é que agora também na estrelinha que eles historicamente têm). A histeria dos últimos dias com respostas e contra respostas em capas de jornais espelha claramente a semelhança entre todos e o mal que o dirigismo anda a fazer ao futebol e ao desporto em Portugal. 

 

Outra coisa que me tem deixado pouco confortável é o escrever no anonimato. Perdi logo qualquer ideia de “dar a cara”, que seria sempre muito difícil em termos profissionais, quando confrontado com ameaças e insultos inqualificáveis de supostos adeptos do Sporting (que tanto trabalho dão ao Rui Gomes), mas com forte costela lampiónica que constituem a guarda pretoriana do actual Presidente do Sporting. Depois desta minha experiência, não tenho qualquer duvida que existe um “aparelho” pró Bruno Carvalho montado na blogosfera e que muito o terá ajudado a ser Presidente do Sporting.

 

Tomei agora a decisão de deixar de escrever neste blog, que considero ser o melhor e mais isento dos blogs sportinguistas dos vários que conheço, graças ao sportinguismo e carolice do Rui. Sei que desiludo o próprio Rui e outros sportinguistas que se habituaram a ler os meus posts e que se reviam na maioria dos mesmos, até porque acredito era uma lufada de ar fresco em relação à maioria das coisas que se lêem e ouvem hoje sobre o Sporting, algumas dignas da Pravada no tempo da URSS ou dos lampiões no tempo do Vale e Azevedo. Não tenho duvidas que este blog continuará a ser muito bom e provavelmente ainda melhorará com um eventual substituto meu.

 

Uma das pessoas que mais me ajudou a tomar esta decisão foi o meu pai que ainda o mês passado lembrou a importância de se tivermos que dizer algo pessoal critico sobre alguém devemos dizê-lo na cara, pelo que este post faz todo o sentido ser publicado neste dia do Pai. Eu, ao contrário dos meus colegas de blog, não consegui mesmo deixar de fazer criticas pessoais regulares ao Presidente do Sporting e à sua actuação (e ainda houve algumas que não escrevi porque poderiam ser aproveitadas pelos nossos rivais) e, por mais justas que sejam, irei agora guardá-las para o local próprio.

 

Ao contrário do Bruno Carvalho, que se imagina a liderar o Sporting durante largos anos, estou convencido que, mesmo que tenhamos bons resultados desportivos, os sportinguistas não pactuarão muito tempo com a arrogância, amadorismo, falsidades, necessidade de protagonismo e tiques ditatoriais do Presidente do Sporting, que tantas vezes aqui abordei com factos concretos, sem negar alguns aspectos positivos do que tem feito.

 

Ou as coisas mudam muito, o que não acredito, ou espero que apareçam no futuro sportinguistas corajosos, independentes, com disponibilidade e provas dadas nas suas vidas profissionais e preferencialmente com ligação ao desporto, que possam constituir uma alternativa forte já nas próximas eleições. Gostava de voltar a ver no meu clube um Presidente à João Rocha no qual todos os sportinguistas se possam rever e que se lembre que, ao contrário do que alguns julgam, o Sporting não nasceu há um ano e tem uma enorme história de que todos nos podemos orgulhar.

 

Muito obrigado ao Rui e ao Desert Lion e a todos os que tiveram a paciência de ler os meus posts e até comentá-los.

 

Vemo-nos em Alvalade!

 

publicado às 15:46

A aposta na formação !?

Rui Gomes, em 03.09.13

 

Regressado de férias ao Camarote Leonino venho bem contente com a nossa equipa de futebol. Exibições agradáveis e excelente atitude (com excepção de uma branca de 20 minutos com o Benfica) dão enorme esperança para o resto da época. Podemos até beneficiar em relação ao Porto e ao Benfica do facto de não estarmos nas competições europeias para eventualmente nos intrometermos nos lugares de topo e ganharmos as taças nacionais, mas isto já sou eu a sonhar.

 

Foi mesmo uma pena não termos conseguido renovar e garantir Bruma e o Ilori esta época (no final da qual provavelmente estariam até mais valorizados depois do Mundial no Brasil, embora reconheça que os valores de venda foram bem interessantes tendo em conta as condicionantes) e aí sim acredito que estaríamos em boas condições para surpreender. Para compensar, foi com alegria que vi manter-se Rui Patrício, jogador fundamental e que é nesta altura o expoente da nossa formação.

 

Tenh lido na imprensa que esta Direcção tem feito uma aposta na formação o que é confirmado pelos próprios  e é citado o número das 17 renovações e dos 6 que jogaram na equipa titular (mais o Eric Dier na segunda-parte) no passado Sábado. Correndo o risco de ser contra-corrente (faz parte do ser sportinguista senão seria lampião) não posso deixar de discordar, pelo menos em parte:

 

1. A formação do Sporting é hoje liderada por pessoas com pouca ou nenhuma experiência nesta área e como expoente do que digo surge o Virgílio, o responsável máximo da Academia;

 

2. Ao contrário do prometido na campanha eleitoral e à semelhança do que foi feito pelo Godinho Lopes, fizeram-se muitas contratações; se não estou em erro, 9 para a equipa principal e 2 para a equipa B, o que é um exagero olhando para o potencial dos nossos jovens da Academia. Assim obviamente tapamos as oportunidades destes aparecerem num ano em que tinham tudo para dar nas vistas, até pelas baixas expectativas e grande tolerância dos adeptos este ano. A grande maioria vai passar o ano a jogar na equipa B sob a tutela de u treinador que não tem nada a ver com o Leonardo Jardim. O que tem valido à nossa "cantera" é que algumas daquelas contratações ainda não deram mostras de ser uma mais-valia para o Sporting e apenas 3 foram titulares com o Benfica: Maurício (dá tudo em campo mas tem que ser mais inteligente na abordagem a alguns lances), Jefferson (muita dinâmica e boa exibição contra o Benfica) e Montero (a grande revelação até agora, que só espero mantenha a humildade e evite repetir jogadas com a que tirou o 2-0 ao Wilson).

 

3. Jogadores promissores e prontos a jogar ao mais alto nivel como Iuri, Rúben Semedo, Tobias Figueiredo, Mica, João Mário, Chaby, Esgaio e Betinho, entre outros estão tapados pelas novas contratações. Por outro lado,olhando para a nova concorrência que entrou ontem, duvido que produtos da Academia como o Cédric e o André Martins se mantenham muito mais tempo como titulares.

 

A minha conclusão é que apesar do discurso oficial ser diferente, esta época optou-se por uma política de resultados mais imediatos, o que pode ser defensável, uma vez que o investimento feito tem sido equilibrado até pelas limitações impostas pela banca e porque o tal dinheiro prometido nunca chegou a entrar. Agora não nos atirem areia para os olhos com a questão da aposta na formação e a conversa de dar 3 anos para o crescimento da equipa. A verdade dos factos é que a aposta, tal como no tempo do Godinho Lopes é o imediato e, em minha opinião, as grandes diferenças agora em relação ao anterior Presidente estão nos menores custos das novas contratações e na maior capacidade do treinador (apesar do erro da 1.ª substituição de Sábado que no papel até parecia lógica, mas que nos tirou a vitória).

 

Texto da autoria de City Lion

 

publicado às 16:13

Equipa 2012/13 vs Equipa 2013/14

Rui Gomes, em 08.08.13

Antes de partir de férias (também dos posts no Camarote Leonino mas não da leitura, claro) e com a época prestes a começar não queria deixar de fazer uma análise comparativa muito sucinta entre as nossas equipas da época passada e desta.

 

Relembro as substituições feitas por posição (mesmo que não exactas) e deixo uma análise pessoal muito simples comparativa, talvez ainda prematura e com dados incompletos, no aspecto desportivo (1.º) e financeiro (2.º):

 

 

- Miguel Lopes e Arias por Welder: perdemos no 1.º e ganhamos mas pouco no 2.º;

- Ilori (por confirmar) por Maurício: perdemos no 1.º e ganhamos no 2.º, se houver o presumível encaixe pela venda de Ilori, o que parece mais certo (eu atrevo-me até a vaticinar que entrará desvalorizado num pacote com Rui Patrício que assim já pode valer os tais 15 milhões exigidos publicamente pelo Presidente;

- Joãozinho por Jefferson: ganhamos no primeiro e equivalem-se no 2.º;

- Schaars por William Carvalho: (aqui não é uma contratação, claro) - equivalem-se no 1.º e ganhamos um pouco no 2.º;

- Labyad por Magrão: equivalem-se no 1.º e ganhamos no 2.º (se conseguirmos colocar o Labyad);

- Viola por Montero: equivalem-se no 1.º e ganhamos no 2.º e continuo sem perceber a razão desta troca até porque Viola já estava adaptado ao clube e ao futebol português. Espero vir a ser desmentido mas para já Montero tem feito lembrar o Postiga no Sporting pelas piores razões.

 

Falta referir as entradas de Cissé e Slimani que vêm substituir Wolfswinkel, que não foi vendido por esta Direcção (mas acredito teria aceite o mesmo negócio). Aqui, tudo indica, ganhámos financeiramente mas estamos pior desportivamente, embora tenhamos aumentado as soluções para o lugar. Slimani promete mas é uma incógnita e precisará de tempo de adaptação e receio a cobrança que se fará dele, e o Cissé parece muito trapalhão e sem noções tácticas e de ocupação de espaços.

 

Falta a questão do Bruma que tinha tudo para ser a "cara" desta nova equipa e que a confirmar-se a sua perda será mais um dos maiores erros históricos do Sporting (pior ainda se for parar a um rival) e ainda a do Rui Patrício que a ficar (o que não acredito) seria a melhor notícia deste defeso, até porque Boeck tem desiludido.

 

Em resumo, trata-se de uma verdadeira revolução no plantel (mais uma) com redução na qualidade geral, que pode ser compensada com o crescimento dos jovens como o Dier e para já com poucos ganhos em termos financeiros. O Presidente anunciou hoje que ainda pode haver novas contratações (mediante as saídas) e fico a pensar a quem interessa todas estas revoluções que fazemos no plantel nos últimos anos ? Como é possível que um candidato às eleições escreva isto: "Deverá ser a partir do plantel actual, com alguns excelentes jogadores e alguns com previsível futuro muito risonho, que se deve construir o próximo plantel... Cinco ou seis jogadores, numa escolha cirúrgica, experientes e capazes de acrescentar valor ao plantel existente, serão suficientes para a construção de uma equipa que possa lutar pelos objectivos de curto, médio e longo prazo... Jogadores estrangeiros não adaptados ao futebol português apenas se forem mais-valias claras..." e depois não segue o que diz ?

 

Acredito que com Jesualdo Ferreira no lugar de Inácio o defeso ter-nos-ia corrido bem melhor, mas não esqueço que nesta altura o ano passado estava, como quase todos, feliz com as contratações do Sporting, embora estranhasse o excesso destas e depois foi o que foi.

 

A grande contratação da época foi a de Leonardo Jardim e aí estamos melhores do que o ano passado, especialmente em comparação com o Sá Pinto. Embora tenha ficado desiludido com a substituição de Adrien por Rinaudo no jogo com o Braga numa fase em que precisávamos de marcar dois golos, vê-se que sabe montar bem uma equipa e colocá-la a jogar com intensidade. A grande questão é se irá conseguir aturar o comportamento no mínimo errático do Presidente egocêntrico e deslumbrado que temos, sem perder o balneário. Um pormenor que reparei no Torneio do Guadiana foi que os jogadores do Sporting, especialmente a perder, protestavam muito com os árbitros e entravam em quezílias com os adversários, revelando o tal "nervosismo" de que falou Jesualdo Ferreira no fim do jogo e que não é justificável nesta fase de pré-época.

 

Este ano o nosso objectivo passa pelo 3.º lugar e acesso à Champions, que me parece perfeitamente ao nosso alcance, até porque o nosso orçamento é o 3.º maior, bem acima do 4.º e ainda podemos beneficiar de não estarmos nas competições europeias. situação que vou estranhar muito. Com sorte ainda podemos aproveitar o rebentamento do balão Benfica que tem o treinador numa situação pericilante (até por isso seria muito importante ganharmos na 3.ª jornada contra eles) e da inexperiência do treinador do Porto e saída de João Mountinho, mas isto já sou eu a sonhar, coisa que não vou deixar de fazer apesar dos apelos em contrário da Direcção que, como já disse, tem sido um autêntico tiro nos pés em termos de venda de gameboxes (e que falta faz termos Alvalade sempre cheio e vibrante).

 

Boas férias a todos os "Leões" e claro com boas exibições e vitórias em todos os jogos !

 

* Texto da autoria de City Lion

 

publicado às 18:10

Um diálogo em Alvalade

Rui Gomes, em 06.08.13

 

 
Um diálogo em Alvalade no final de Maio entre Jardim e Carvalho
 
LJ - Presidente, com este plantel que temos e a forma como o Jesualdo Ferreira fez crescer alguns jogadores estou convencido que, com alguns ajustes, até podemos fazer um brilharete já este ano.
 
BC - Ó Jardim por favor não digas isso em público pois corro o risco de no fim da época se não correr tão bem como dizes virem-me cobrar e a mim dava-me jeito ficar por cá algum tempo. É que como sabes, lá fora a vida não me tem corrido propriamente muito bem, ainda me lixam o vencimento que vou aprovar em Assembleia Geral e com isto da crise... Fala só em honrar a camisola jogo a jogo por favor e compara sempre com o ano passado. Então mas que ajustes são esses ?
 
LJ - Pra começar precisamos acima de tudo de um ponta-de-lança forte e claro não estou a falar do Cissé nem do franzinho do Montero. Gosto muito do Ghilas.
 
BC - OK, vamos já fechar isto - o rapaz parece que é muito bom e o Inácio passa a vida a falar-me dele. A cláusula de rescisão até nem é alta e com o direito de preferência que temos e a relação privilegiada que ficou com o Inácio não deve ser muito difícil. Mais algum pedido ? Olha que de finanças estamos bem apertados pela banca e aquele dinheiro que eu prometi nas eleições obviamente, quero dizer, infelizmente, afinal já não vem.
 
LJ - Não tem problema, hoje ainda se arranja bom e barato. Há um miúdo, o Rafa, que brilhou na 2.ª Liga no Feirense e pode tornar-se um caso sério, mas atenção que o Braga tá de olho nele.
 
BC - Não te peocupes que com o Braga podemos bem. O que seria perdermos um jogador para eles ?
 
LJ - Outro que gostava é o Josué mas o problema é que pertence aos quadros do Porto e...
 
BC - Pois se mete Porto tá complicado porque eu falei agora em fruta numa ironia inteligente como faz o meu ídolo Pinto da Costa e acho que aquilo caiu mal por lá. Se ainda fosse o Benfica cujo Presidente chamou de tudo ao meu antecessor, tratou os adeptos do Sporting como animais e a 1.ª coisa que fiz numa atitude pacificadora foi reatar relações com eles, ainda vá que não vá. A imprensa lampiónica adorou e trata-me nas palminhas. O meu sonho é fazer do Sporting um grande clube como o deles.
 
LJ - Pois termos uma boa relação com o Benfica pode ajudar nesta fase, é que lembro ainda tenho na minha lista de pedidos de reforços o Sílvio para a defesa, o Farinha para o meio campo e o Pizzi para a frente e chegou-me aos ouvidos que o Benfica os quer desviar.
 
BC - Eu trato disso sem problema, as nossas relações com o Benfica são excelentes, até dissemos que dignificaram o futebol português na final da Liga Europa e ao contrário do Porto, até deixámos passar aquela roubalheira na Luz.
 
LJ - Ah e não me impinjam sff muitos brasileiros como vi que aconteceu aqui no tempo do Jorge Gonçalves, é que tenho ouvido umas histórias sobre os negócios do... e para isso já cá temos os miúdos. Então aquele avançado que já passou por quase 20 clubes por favor !
 
BC - Pois, o Inácio de facto tem uma lista de brasileiros que diz que são uns craques e temos sorte porque os empresários deles parecem que são de inteira confiança e ele acredita mesmo que sem pagar fortunas vamos ganhar à enorme concorrência que disputam estes jogadores.
 
LJ - Por falar em craques acima de tudo, das situações por resolver, peço que me resolva a situação dos dois miúdos que garanto comigo este ano vão arrebentar definitivamente e só param no Campeonato do Mundo: o Ilori e o Bruma. seriam a cara deste novo Sporting e garantiriam de certeza boas vendas de gamebox.
 
BC - Ah isso é fácil mas eles que não se armem em espertos comigo, senão... Podes contar com isso ! Olha e dispensas já te decidiste ? Os bancos andam a apertar-me com isso e sabes como é aquilo de sermos nós a mandar no clube...
 
LJ - Gostava de ver melhor alguns mas para já decidi que não quero o Bojinov, o Boulahrouz, o Onyewu e o Pranjic.
 
BC - Vou já tratar disso. Com os meus contactos e capacidade negocial vou colocá-los num instante e ainda vamos ganhar algum dinheiro.
 
LJ - Uma última coisa, sei que o Presidente adora estar no banco e até falar para dentro do campo e não o vou impedir, mas peço-lhe que nunca interfira com as decisões técnicas no que respeita a convocatórias e definição da equipa. Acho uma questão básica de princípio e sem isso não tenho condições para trabalhar.
 
BC - Ó Jardim, mas achas que eu seria capaz duma coisa dessas ? Princípios são comigo. Apesar dos meus conhecimentos futebolísticos alargados até ao nível de preparação física (ainda estou um bocado sentido contigo por não teres aproveitado aquelas minhas ideias inovadoras a este nível), prezo muito a independência das equipas técnicas e nunca irei interferir nisso. Palavra de Bruno de Carvalho !
 
* Texto da autoria de City Lion
 

publicado às 13:44

A culpa é sempre do outro

Rui Gomes, em 02.08.13

"Tomei posse há quatro meses e desde o primeiro dia, uma das minhas prioridades, foi de renovar com Bruma tentando resolver um assunto que considerei da máxima gravidade e prioridade, perante a inércia incompreensível dos responsáveis anteriores."

 

Não queria acreditar. Num comunicado oficial, julgo que pela 1.ª vez na sua história centenária, um Presidente do Sporting critica anteriores Direcções. por mais razões que tenha, não é aceitável este lavar público da roupa suja e o alijar de responsabilidades que revela muito pouco de cultura sportinguista. É muito fácil "bater no ceguinho" mas esta Direcção foi eleita para resolver problemas e não para arranjar desculpas. Por favor falem menos e façam mais e a falar porque não fazer um "mea culpa" do género: possivelmente errei na estratégia que segui neste caso do Bruma, mas ainda acredito que consiga resolver este assunto a bem do Sporting. O pior é que isso seria contrariar o perfil narcisista e muito pouco humilde do Presidente do Sporting que o tem levado a fazer vários erros crassos nestes 4 meses (alguns já apontados noutros posts), que já estão a sair muito caros ao nosso clube.

 

Num esforço meritório de garantir que os nossos jovens valores fiquem connosco mais anos, temos visto nesta semana um afã de renovações, como dizia um amigo meu com humor, quiçá antecipando que nos próximos tempos de gestão Virgílio já não apareçam tantos craques vindos da Academia. A pergunta que se impõe é para quando as renovações que mais preocupam os sportinguistas: Bruma (contrato até ?); Ilori (contrato até 2015) e já agora Eric Dier (contrato até 2016) que tem evitado aceitar a renovação que já lhe foi proposta até 2018.

 

P.S. Ontem gostei de ver alguma solidez defensiva (manter o Rui Patrício seria a melhor notícia da pré-época), atitude e disponibilidade (obrigado Leonardo Jardim por ter ignorado aqui as orientações da Direcção completamente desfasadas da realidade) e espero ver no jogo da próxima semana com o Braga (que ao contrário do Sporting assume com convicção e muito bem o objectivo da Champions) um crescimento em termos ofensivos.

 

* Texto da autoria de City Lion

 

publicado às 17:51

Um outro ponto de vista

Rui Gomes, em 31.07.13

"Acredito que com toda a mística implementada pelo presidente Bruno de Carvalho vamos ter muitas alegrias já esta época", afirmou Jaime Marta Soares.

 

Já não há paciência para este tipo de frases de endeusamento do presidente do Sporting, aliás muito vistas nos clubes rivais e agora prática permanente em Alvalade. Se o objectivo é o de limpar a imagem do pior presidente de sempre da Assembleia Geral, este seu sucessor vai no bom caminho. A única coisa boa da frase é a de aumentar as expectativas, que esta Direcção levou a um ponto muito baixo, porque acredito pode ajudar a encher o Estádio.

 

Sem querer ser estraga-prazeres pergunto quais são os sinais que o presidente tem implementado alguma mística, com excepção de ter uma imprensa rendida à sua pessoa, mais uns quantos que o acham o Messias ?

 

Os principais factos até agora, a 3 semanas de começar a época são estes:

 

1. Estamos com o recorde negativo de renovações e vendas de gamebox;

2. Levámos pizzadas nas contratações, até de clubes com os quais dizemos ter boas relações, porque todos sabem com antecedência os alvos do Sporting;

3. Vendemos mal e barato nomeadamente Schaars e Arias, já para não falar do empréstimo de Miguel Lopes ao Lyon, e compramos uns brasileiros desconhecidos (pode ser que tenhamos sorte);

4. Não só não conseguimos renovar com as nossas duas maiores estrelas em ascensão e potenciais convocados para o Mundial se lá chegarmos (Bruma e Ilori) como não se evitou uma situação de conflito com pelo menos um e, pelo que tenho sabido, com ambos;

5. Temos ainda muitas situações a resolver com jogadores a dispensar e um plantel muito desequilibrado;

6. Temos assistido a problemas básicos de organizações normais num clube como o Moreirense mas inaceitáveis no Sporting, inclusivamente agora até com um jogo de pré-época desmarcado, coisa que não me lembro de ver no meu clube;

7. Tivemos a pior assistência de sempre num jogo de apresentação no novo Estádio. Agora até mentimos nos números, que na verdade pelo que me foi dito por fontes bem seguras, terão sido à volta de 20000 e não 29000 espectadores,

8. Somos agora acusados de falta de respeito e de cumprimento pelo Reims no caso Turan e ainda de mentirosos pelo pai de Elias e o pior é que vendo a forma de actuar da nossa Direcção muito do que ele diz não deve andar longe da verdade.

 

Tenho esperança que, apesar da incompetência demonstrada nestes meses por esta Direcção ao nível do futebol, que é no que ainda manda (porque o resto é tratado pela exigência da banca), o treinador e a sua equipa (2.ª escolha mas acredito bem certeira) sigam o seu caminho e, tal como ignoraram os conceitos irrealistas definidos pela Direcção no que respeita à preparação física, conseguirão trabalhar bem com o que têm e até descobrir novos talentos como o William Carvalho. Confio também nos nossos jovens jogadores, esses sim que sabem o que é a mística do Sporting porque a vivem já há muitos anos.

 

* Texto da autoria de City Lion

 

publicado às 04:00

"Os sportinguistas já perceberam que o meu trabalho - e foi por isso que votaram em mim - é para transformar o Sporting num grande clube. E quando se quer transformar um clube num grande clube tem de se ter atenção a pequenas coisas."

 

Cruzei-me há instantes na net com estas palavras do Presidente do Sporting e nem queria acreditar. Já lhe ouvi dizer muitas mentiras e disparates mas dizer que o Sporting não é um grande clube considero um insulto a todo os sportinguistas que só lampiões, papistas do Dragão e um ou outro bracarense se têm atrevido a dizer.

 

Mas ele quer transformar o Sporting no quê ? De facto já alertei noutro post para a transformação numa espécie de Benfica porque estamos a importar as piores coisas desse clube - será que é a isto que se refere ?

 

E por falar em "pequenas coisas": que tal constituir um plantel que honre a história deste enorme clube e que não nos faça passar vergonhas como a do jogo de ontem ? Que tal resolver os imensos problemas no plantel, no que ajudaria viajar e falar menos e fazer mais ? Que tal dizer que de acordo com o nosso orçamento o nosso objectivo mínimo é o 3.º lugar e que somos favoritos em 26 dos 30 jogos da Liga ? É que no discurso oficial miserabilista a criar baixas expectativas ajuda a que, por um lado não se critique tanto caso não se atinja um lugar honroso, por outro está a contribuir para que, por exemplo até hoje dia 18, a venda de gameboxes esteja a um nível bem inferior à dos anos anteriores.

 

Infelizmente não há, aparentemente, ninguém da Direcção do Sporting que seja mais do que um "yes man", o que é revelado nesta entrevista na qual o Presidente do Sporting demonstra mais uma vez o seu narcisismo falando em "meu" trabalho e em "mim".

 

Ainda tenho a esperança que este ano seja o contrário da última época em que depois de um período de defeso relativamente positivo (lembro-me das vitórias contra o Benfica e nas contratações de Rojo e Labyad) tivemos uma época miserável. Este ano, depois de um defeso que até agora tem sido no máximo inconsequente, pode ser que a época corra bem !

 

*`Texto da autoria de City Lion.

  

publicado às 20:39

A benfiquização do Sporting

Rui Gomes, em 16.07.13

 

As relações com os vizinhos da 2.ª Circular melhoraram muito desde que a nova Direcção do Sporting entrou em funções. Lembro-me do elogio dum vice-presidente do Sporting à exibição do Benfica contra o Chelsea que "prestigiou o futebol português", azedando uma das poucas alegrias que tive na última época desportiva. Vejo alarmado que o Sporting pode estar a ficar contaminado por uma aparente benifiquização. Senão vejamos estas actuais semelhanças entre os dois clubes:

 

1. Existe um aparente unamismo à volta da Direcção;

2. Temos um Presidente com um estilo arrogante e ordinário;

3. O nosso Presidente está rodeado por bajuladores/graxistas;

4. Os nossos "paineleiros" e "colunistas" estão domesticados pela Direcção;

5. A imprensa trata-nos bem;

6. As nossas relações com o Porto estão cortadas;

7. Somos batoteados e ultrapassados pelo Porto na disputa pela contratação de jogadores e depois fazemos a figura de calimero;

8. Escolhemos um equipamento alternativo só comparável ao célebre cor-de-rosa;

9. Descuramos a nossa formação (só daqui a uns anos iremos pagar a factura);

10. Ah e agora também temos um treinador sportinguista.

 

Só falta passarmos a ter o Estádio cheio e arbitragens mais simpáticas para que seja muito difícil distinguir um clube do outro, mas infelizmente esta parte já é mais difícil. Só espero que não comecemos também a perder jogos no fim.

 

Para consolação resta-nos para já o mais importante e que ainda nos distingue que são os adeptos (em particular os leitores do Camarote Leonino!).

 

 

* Texto da autoria de City Lion

 

publicado às 13:22

Um outro ponto de vista

Rui Gomes, em 12.07.13

O Bruma fará um anúncio com o Presidente do Sporting daqui a 29 anos ?

 

 

Espero estar enganado, mas parece-me que o meu filho vai passar exactamente o mesmo que eu passei com a idade dele, quando vi outro promissor extremo do Sporting rescindir e ir para o Porto. Lembro-me que o que evitou uma maior frustração na altura foi termos ficado com o Sousa e o Jaime Pacheco mas, olhando para a história, é evidente quem ficou a perder. 29 anos depois, o "traidor" Futre contracenou com o actual Presidente do Sporting num anúncio promovido pelo nosso clube. As voltas que a vida dá !

 

Não acredito que em 2042 teremos o Bruma a fazer um anúncio com o Presidente do Sporting da altura (que a ouvir pelos comentários das duplas Sampaio/Barroso e Virgílio/Inácio ainda será o actual) porque tenho a esperança que esse Presidente tenha mais memória e respeito pela história do clube.

 

O desenlace desta história era mais do que previsível dada a incompetência e amadorismo que infelizmente continua no futebol leonino e que todos os dias é revelado na imprensa, mesmo que esta tente "dourar a pílula" em relação a um Presidente que cortou relações com o Porto, "inimigo" do clube da preferência da maior parte dos jornalistas.

 

É claro que as culpas vão ser agora passadas para a anterior Direcção, que fez de facto muitos erros, mas neste caso da renovação do Bruma, estava de mãos e pés atados desde o final do ano passado (quando o Bruma foi lançado como titular), com o ambiente instável causado pela Assembleia Geral e a perspectiva de eleições. Será esta a armadilha a que se refere o Dr. Barroso quando fala nos culpados desta situação do Bruma ?

 

A incapacidade desta Direcção em manter os serviços de Jesualdo Ferreira terá também pesado na decisão do Bruma. É fácil criticar agora o nosso antigo treinador por ter avançado com a entrada de Bruma na equipa principal antes deste renovar o contrato, mas esquecemo-nos que o Sporting esteve perto da linha de água da classificação e tínhamos que inverter a situação de uma forma rápida e pragmática.

 

Esta Direcção já está em funções há tempo mais do que suficiente para ter conseguido resolver esta e outras situações, mas a verdade é que para já, no meio de muita especulação, temos ainda um plantel demasiado caro e muito desequilibrado. Pode ser que o empresário que esteve na maioria das contratações do Sporting este ano possa ajudar a resolver muitos dos problemas que ainda temos e que o dinheiro que se poupou na renovação possa ser bem aplicado.

 

P.S. É lamentável o preço pedido pelas gameboxes num ano tão difícil para as famílias, ainda por cima sem as competições europeias (culpa só da anterior Direcção claro). Teria sido muito garantir o Bruma até para ajudar a encher o Estádio.

 

* Texto da autoria de City Lion.

 

publicado às 04:13

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo