Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

38A9627F00000578-3801936-image-a-19_1474542952660.

 

Com as polémicas em torno do vídeo-árbitro no Mundial de Clubes em mente, Pierluigi Collina, o principal responsável pela Comissão Arbitral da UEFA, deu a sua versão dos factos relativamente à nova tecnologia, ainda em fase de teste. Para o antigo árbitro, a mesma será importante no desenvolvimento do futebol mas recordou que o desempemho humano continuará a ser fundamental, especialmente no que diz respeito à fluidez do jogo:

 

img_259x146$2016_12_27_12_59_29_1201112.jpg

«O futebol manter-se-á como um desporto onde a continuidade do jogo estará garantida. É um ponto-chave que o ritmo dos jogos possa fluir, embora a prioridade no que respeita ao vídeo-árbitro seja o acerto da sua decisão e não a rapidez - embora também a procuremos, está claro.

 

Muito embora o vídeo-árbitro possa vir a ser utilizado para validar ou não golos, para analisar lances de possível penálti, decidir vermelhos directos e ainda confirmar se as punições disciplinares foram aplicadas aos jogadores certos, não pode ser utilizado para julgar a intensidade de uma falta ou a intencionalidade de uma mão na bola, pois o movimento em 'slowmotion' acaba por desvirtuar a avaliação».

 

publicado às 19:15

Collina confessa erro de arbitragem

Rui Gomes, em 25.06.16

 

pierluigi_collina_uefa_euro_foto_epa93368ddd.jpg

 

Pierluigi Collina, presidente do Comité de Arbitragem da UEFA admitiu, esta sexta-feira, que a Croácia foi beneficiada pelos juízes durante o jogo com a Espanha, viabilizando a sua vitória, por 2-1, e permitindo-lhe assegurar o primeiro lugar no Grupo. Collina até foi mais longe, considerando que a equipa comandada por Ante Cacic foi a única a ser beneficiada pelas equipas de arbitragem durante o Euro 2016, até agora.

 

O que está em causa é a grande penalidade defendida por Subasic, cobrada por Sergio Ramos, já na segunda parte do encontro, quando o marcador ainda se encontrava igualado a uma bola. Para o antigo árbitro, o guardião croata defendeu o castigo máximo fora da linha de golo, bem adiantado na pequena-área.

 

«O guarda-redes moveu-se para a frente. A equipa de arbitragem não se apercebeu. Foi um erro. Infelizmente aconteceu, mas foi um erro num jogo que foi bem dirigido. Os árbitros devem prestar atenção aos penáltis e confirmar se são bem marcados. Naquele caso, devia ter sido repetido. Sempre que o guarda-redes comete uma infracção, deve ser advertido».

 

Não sei bem a que propósito Collina veio a público referir este controverso lance, muito debatido, aliás, no dia do jogo, entre adeptos. O certo é que, em princípio, em nada vai afectar a arbitragem do embate entre Portugal e a Croácia, que foi entregue ao juiz espanhol Vellasco Carballo.

 

publicado às 04:31

Não é por mero acaso...

Rui Gomes, em 17.03.15

 

soccer_397955.jpg

 

Há muito que há quem se queixe das tácticas ilegais bem ensaiadas e utilizadas por Jorge Jesus, nos bloqueios a que a equipa de Carnide recorre e que invariavelmente passam impunes, nomeadamente em Portugal, em lances de cantos, livres laterais e até lançamentos.

 

Pierluigi Collina, o responsável pela arbitragem da UEFA, escreveu um artigo na "Gazetta dello Sport" em que indica que deve ser marcada falta sempre que um jogador correr ou se posicionar perante um adversário sem a possibilidade de disputar a bola e com único intuito de o "bloquear".

 

Collina deu como exemplo uma jogada do Benfica em jogo das meias-finais da Liga Europa de 2012/13, em que Lima, em fora-de-jogo posicional antes da marcação de um livre, impede o adversário de recuar e disputar a jogada.

 

Revendo mais uns vídeos, Collina encontraria inúmeros exemplos do género - atenção a Luisão - em praticamente todos os jogos do "glorioso" cá do burgo.

 

publicado às 11:55

 

Pierluigi Collina, antigo árbitro internacional - considerado um dos melhores de sempre - e actual membro do Conselho de Arbitragem da UEFA, teve isto a dizer sobre a actuação de um juiz de futebol em relação à verdade desportiva:

 

«O árbitro até pode errar num lance a meio-campo, mas nunca um penálti. A chave para não errar está na preparação, porque se falha este aspecto os erros são muito mais comuns. É preciso manter total concentração até ao apito final - a exemplo da final da Champions de 1999, entre o Machester United e o Bayern Munique - em que a equipa inglesa deu a volta ao marcador nos instante finais do jogo. Uma falha do árbitro nesses três minutos poderia fazer com que tivesse sido a final mais horrorosa da Liga dos Campeões.»

 

Collina não fez referência a carácter e outras qualidades humanas, mas o que disse não deixa de ser um recado para os "apitadores" lusos, pese a mínima preocupação destes nesse sentido, "exemplarmente" evocada por Pedro Proença quando surgiu como advogado de defesa de Duarte Gomes, apelidando a sua actuação no derby como "uma das melhores da sua carreira".

 

publicado às 12:12

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds