Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A brigada do reumático

Naçao Valente, em 14.01.17

 

Convém fazer um ponto prévio. Qualquer pessoa é livre de se assumir como apoiante de candidaturas à presidência do Sporting. É uma assunção de livre arbítrio. Nem podia ser de outra forma. Era o que mais faltava.


Vem esta clarificação a propósito da badalada comissão de honra da candidatura de Bruno Miguel de Azevedo Gaspar de Carvalho. Até à apresentação do candidato Pedro Madeira Rodrigues, a candidatura do actual presidente mantinha-se em banho maria. Estou convicto que tinham esperança que não aparecesse opositor e que a reeleição seria um passeio apoteótico. Infere-se que o facto de ter aparecido um candidato fez tocar todas as campainhas do lado do situacionismo, na feliz expressão de Leão Zargo. Logo a candidatura da evolução na continuidade, saiu da bruma e assumiu-se com todo o seu potencial.

 

BrigadadoReumático2.jpg

A apresentação de uma comissão de honra faz-me lembrar, salvaguardadas as devidas distâncias de contexto e de circunstância, uma situação que aconteceu em 1974 quando os generais Spínola e Costa Gomes se afastaram de Marcelo Caetano. Surgiu então um grupo de altas patentes militares que foram prestar vassalagem ao Presidente do Conselho. Esse grupo de fiéis ficou na época conhecido como “a brigada do reumático”.


As primeiras cinquenta sombras da imagem presidencial, vieram à luz do dia logo após o anúncio da sua candidatura. E a sombra foi alastrando para obscurecer qualquer luz da oposição. Olhando para as sombras não se percebe qual o critério para a sua constituição, de tal modo que já alguém lhe chamou, uma espécie de albergue espanhol. Há ali de tudo: brunistas convictos do milagre financeiro; contestatários reconvertidos à situação; putativos candidatos em pirueta arriscada, comentadores engajados e comprometidos. Lembro-me dessa eminência parda, José Maria Ricciardi, abono de vida do Presidente, de Dias Ferreira rendido à truculência presidencial, de Vasco Lourenço crítico amnésico, e do “yes men”doutor Barroso ,entre outros.


Há quem diga que este beija-mão foi ,nalguns casos, assumido por voluntarismo obrigatório. Uns porque gostam, alguns porque têm que gostar, outros porque sim. Seja como for, todos se aliam ao propalado carro vencedor. Se vão ou não receber louros logo se verá.


Com mais ou menos artritismo, físico ou mental, o facto é que o situacionismo tem que ir a jogo, com pelo menos um candidato (veremos se aparecem mais) e denota algum nervosismo. Como só gosto de fazer prognósticos depois do jogo, espero pelas propostas que surgirem e pela sua consistência. Depois os votantes decidirão, bem ou mal. E nessa decisão, boa ou má, estará o futuro do Sporting.

 

publicado às 04:46

 

5x7FT-Cartoon-font-b-Circus-b-font-font-b-Tent-b-f

 

Começo por questionar a necessidade da chamada "Comissão de Honra" que eu considero um autêntico circo, mas há dois aspectos do anúncio por parte de Bruno de Carvalho deveras hilariantes.

 

Primeiro, para um homem que há meros dois dias ainda não tinha decidido recandidatar-se, há causa agora para se ficar boquiaberto pela sua apresentação de uma lista com, salvo erro, 85 nomes, sim, é verdade, 85. Fica a ideia que ninguém foi à cama nas últimas 48 horas só para contactar este vasto elenco de pessoas.

 

Segundo, qual o meu espanto ao ver um bom número dos apelidados "croquetes" (é a primeira vez que escrevo o termo), notáveis bem identificados com o passado do Sporting, passado esse que o presidente e o seu exército de "minions" criticam diariamente. Quase que não dormi perante a expectativa de ler as explicações para este espectacular fenómeno.

 

Entretanto, Pedro Madeira Rodrigues, candidato à presidência do Sporting, também reparou no mesmo fenómeno:

 

«Ainda ontem (quinta-feira) o ouvi dizer que não estava a pensar em eleições e de repente aparece uma Comissão de Honra. Mas, mais do que haver uma Comissão de Honra, surpreendem-me alguns nomes que lá estão. São pessoas claramente ligadas ao passado, que eu achava que já tinham saído do Sporting e que, afinal, não saíram».

 

Enfim, com Bruno de Carvalho nada surpreende. O que hoje é verdade ontem era mentira e o que ontem era verdade hoje é mentira, à conveniência do freguês.

 

Mas com tudo isto, ele tem muito com que se preocupar. Com a equipa a insistir em jogar aquele "futebolzinho" a que assistimos ontem diante do Varzim, 9.º classificado da II Liga, corre o grande risco de ter muitos dissabores pela frente. No entanto, no desespero, até é de admitir que poderá chegar mais uma carrada de "craques" em Janeiro.

 

P.S.: Nota de relevo para Paulo Paiva dos Santos, que, segundo consta, foi adicionado à lista como apoiante de Bruno de Carvalho. Para perceber... anuncia a sua candidatura, alegadamente a família é alvo de ameaças e ele retira o seu nome. Muito bem, este Sporting é cada vez mais credível e transparente. Ausência de princípios e carácter é a ordem do dia, a começar pelos líderes.

 

Adenda: Não deixa de ser interessante que JOÃO BENEDITO partilhou este post e até me deixou uma mensagem, que não vou revelar. Esta comissão de "vão da escada" está a ter o seu impacte, pela negativa, constando do que se pode apelidar de uma concentração de favores com muito do PSD na mistura.

 

publicado às 11:58

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo