Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

img_infografias$2016_09_28_11_07_35_1162626.jpg

 

Contratados em contextos diferentes, Slimani e Bas Dost tiveram entradas distintas no Sporting, com vantagem para o holandês. Slimani chegou do campeonato argelino a precisar de adaptação ao futebol europeu, e levou tempo a ganhar o lugar a Montero. Bas Dost apareceu em Alvalade proveniente do futebol alemão, com um andamento mais forte, e esses factores fazem-se sentir na comparação com o seu antecessor. Além disso, a actual equipa do Sporting oferece mais e melhores argumentos do que aquela que foi então liderada por Leonardo Jardim, não obstante o segundo lugar obtido no campeonato.

 

publicado às 16:45

 

20150909_foottt.jpg

 

Análise detalhada às contas e comparação entre os três grandes: gastos com pessoal, pagamentos a empresários, receitas, com vendas, patrocínios, direitos televisivos, activo e passivo.

 

O desinvestimento do Benfica no plantel principal e a aposta do Sporting decorrente da contratação de Jorge Jesus aproximou os dois grandes de Lisboa na rubrica gastos com o pessoal, mas a verdade é que a SAD encarnada continua a pagar mais do que o Sporting. Paga mais no geral e paga mais aos administradores da SAD (mais do dobro, aliás), apesar de o Benfica ter apenas dois administradores remunerados e de o Sporting ter três.

 

O FC Porto, neste aspecto, continua a viver muito acima dos rivais: enquanto o Sporting pagou 11 milhões e o Benfica 12 milhões em salários, o FC Porto pagou 17 milhões nos primeiros três meses da época. Já em relação à remuneração dos administradores, a SAD portista não revela de quanto se tratou neste trimestre. Portanto, e em resposta à pergunta que faz título deste artigo, o FC Porto é o que paga mais em salários, seguido do Benfica. O Sporting é ainda o que paga menos.

 

GASTOS COM O PESSOAL

Sporting: 11.676 milhões de euros

FC Porto: 17.219 milhões de euros

Benfica: 12.398 milhões de euros

 

REMUNERAÇÕES ÓRGÃOS PESSOAIS

Sporting: 45 mil de euros

FC Porto: não revela

Benfica: 107 mil euros

 

Para além de ser o grande que paga mais em salários, o FC Porto também foi nos primeiros três meses da temporada o clube que lucrou mais com transacções de jogadores: a SAD azul e branca declarou mais de 35 milhões de euros de ganhos com transferências. Muito por causa da venda de Alex Sandro para a Juventus por 26 milhões de euros, o FC Porto conseguiu entre 1 Julho e 30 de Setembro atingir os 35 milhões em transacções.

 

O Benfica ficou a meio do caminho com 21 milhões de euros, garantidos pelas vendas de Ivan Cavaleiro ao Mónaco e de Lima ao Al Ahli, enquanto o Sporting teve um lucro residual, pouco superior a um milhão de euros (vendeu Shikabala, Rabia, Rubio e Naby Sarr).

 

Ora também por isso, porque teve receitas baixas, os pagamentos do Sporting a empresários foram residuais, muito inferiores ao que fizeram os rivais: os leões pagaram 500 mil euros, contra 4,6 milhões do Benfica e 7,8 milhões do FC Porto.

 

No entanto, e quando se fala das dívidas que ainda há por pagar a empresários, o Sporting chega aos 11 milhões, sendo que boa parte deste valor já foi herdado das administrações anteriores à chegada da actual Direcção. O Benfica deve 23 milhões e o FC Porto não diz.

 

GANHOS COM TRANSACÇÕES

Sporting: 1,473 milhões de euros

FC Porto: 35,171 milhões de euros

Benfica: 21,908 milhões de euros

 

PAGAMENTOS A EMPRESÁRIOS

Sporting: 537 mil euros

FC Porto: 7,825 milhões de euros

Benfica: 4,612 milhões de euros

 

DÍVIDAS A EMPRESÁRIOS

Sporting: 11,538 milhões de euros

FC Porto: não revela

Benfica: 23,757 milhões de euros

 

O Benfica vence, de resto, em patrocínios e goleia em direitos de transmissão televisiva. A SAD encarnada, recorde-se, é pioneira num modelo televisivo único, comercializando as transmissões dos jogos caseiros através de um canal próprio, sendo que declarou ter ganhado com este modelo mais de sete milhões de euros no primeiro trimestre da época: um valor, aliás, em linha com o que tinha declarado ganhar na época passada. FC Porto e Sporting estão neste aspecto longe do Benfica, com cerca de quatro milhões de receita. As SAD portista e sportinguista estão também atrás do Benfica em patrocínios e publicidade, sendo que o Sporting, por exemplo, declarou metade da SAD encarnada.

 

No entanto, neste aspecto, vale a pena lembrar que o Benfica é o único que conseguiu um patrocinador para a camisola: na circunstância a Fly Emirates. Mesmo assim, declarou 4,5 milhões, contra três milhões do FC Porto e dois milhões do Sporting, que sem patrocinador principal têm apenas a marca dos equipamentos, os patrocinadores do estádio e acordos mais pequenos de publicidade.

 

DIREITOS TELEVISIVOS

Sporting: 4,356 milhões de euros

FC Porto: 4,718 milhões de euros

Benfica: 7,138 milhões de euros

 

BILHETEIRA

Sporting: 3,470 milhões de euros

FC Porto: 4,830 milhões de euros

Benfica: 3,415 milhões de euros

 

PATROCÍNIOS E PUBLICIDADE

Sporting: 2,187 milhões de euros

FC Porto: 3,072 milhões de euros

Benfica: 4,532 milhões de euros

 

Dentro de campo também ninguém ganhou tanto dinheiro quanto o Benfica. Antes de mais porque só a digressão da pré-época rendeu quase três milhões de euros: valores que não têm comparação com o que fizeram os rivais. Depois porque o Benfica foi também o clube que fez mais receitas com os prémios da UEFA: oito milhões, contra 6,5 de FC Porto e Sporting.

 

No entanto, é preciso referi-lo, Benfica e FC Porto receberam bem mais do que isso: receberam mais 12 milhões pelo apuramento para a fase de grupos da Liga dos Campeões, só que ambos incluíram esse dinheiro no relatório do último trimestre da época anterior.

 

COMPETIÇÕES EUROPEIAS

Sporting: 6,427 milhões de euros

FC Porto: 6,544 milhões de euros

Benfica: 8,352 milhões de euros

 

JOGOS PARTICULARES

Sporting: 750 mil de euros

FC Porto: 435 mil euros

Benfica: 2,951 milhões de euros

 

Na consolidação das contas da SAD, o Sporting é o que apresenta números mais sólidos. A SAD leonina é o que tem a dívida mais pequena aos bancos e é também a que tem o passivo mais pequeno, embora seja o que também tem o activo mais baixo. Vale a pena referir, já agora, que de acordo com o que foi comunicado à CMVM a SAD do Benfica reduziu no espaço de menos de um ano a dívida aos bancos em mais de 100 milhões de euros: em Dezembro de 2014 devia de 317 milhões.

 

EMPRÉSTIMOS BANCÁRIOS

Sporting: 127,410 milhões de euros

FC Porto: 135,338 milhões de euros

Benfica: 200,480 milhões de euros

 

ACTIVO

Sporting: 239,425 milhões de euros

FC Porto: 411,723 milhões de euros

Benfica: 445,560 milhões de euros

 

PASSIVO

Sporting: 232,309 milhões de euros

FC Porto: 318,286 milhões de euros

Benfica: 432,200 milhões de euros

 

 

Nota: O novo contrato do Benfica relativamente à transmissão de jogos, não é tomado em conta nas considerações deste artigo.

 

publicado às 04:44

Equipa 2012/13 vs Equipa 2013/14

Rui Gomes, em 08.08.13

Antes de partir de férias (também dos posts no Camarote Leonino mas não da leitura, claro) e com a época prestes a começar não queria deixar de fazer uma análise comparativa muito sucinta entre as nossas equipas da época passada e desta.

 

Relembro as substituições feitas por posição (mesmo que não exactas) e deixo uma análise pessoal muito simples comparativa, talvez ainda prematura e com dados incompletos, no aspecto desportivo (1.º) e financeiro (2.º):

 

 

- Miguel Lopes e Arias por Welder: perdemos no 1.º e ganhamos mas pouco no 2.º;

- Ilori (por confirmar) por Maurício: perdemos no 1.º e ganhamos no 2.º, se houver o presumível encaixe pela venda de Ilori, o que parece mais certo (eu atrevo-me até a vaticinar que entrará desvalorizado num pacote com Rui Patrício que assim já pode valer os tais 15 milhões exigidos publicamente pelo Presidente;

- Joãozinho por Jefferson: ganhamos no primeiro e equivalem-se no 2.º;

- Schaars por William Carvalho: (aqui não é uma contratação, claro) - equivalem-se no 1.º e ganhamos um pouco no 2.º;

- Labyad por Magrão: equivalem-se no 1.º e ganhamos no 2.º (se conseguirmos colocar o Labyad);

- Viola por Montero: equivalem-se no 1.º e ganhamos no 2.º e continuo sem perceber a razão desta troca até porque Viola já estava adaptado ao clube e ao futebol português. Espero vir a ser desmentido mas para já Montero tem feito lembrar o Postiga no Sporting pelas piores razões.

 

Falta referir as entradas de Cissé e Slimani que vêm substituir Wolfswinkel, que não foi vendido por esta Direcção (mas acredito teria aceite o mesmo negócio). Aqui, tudo indica, ganhámos financeiramente mas estamos pior desportivamente, embora tenhamos aumentado as soluções para o lugar. Slimani promete mas é uma incógnita e precisará de tempo de adaptação e receio a cobrança que se fará dele, e o Cissé parece muito trapalhão e sem noções tácticas e de ocupação de espaços.

 

Falta a questão do Bruma que tinha tudo para ser a "cara" desta nova equipa e que a confirmar-se a sua perda será mais um dos maiores erros históricos do Sporting (pior ainda se for parar a um rival) e ainda a do Rui Patrício que a ficar (o que não acredito) seria a melhor notícia deste defeso, até porque Boeck tem desiludido.

 

Em resumo, trata-se de uma verdadeira revolução no plantel (mais uma) com redução na qualidade geral, que pode ser compensada com o crescimento dos jovens como o Dier e para já com poucos ganhos em termos financeiros. O Presidente anunciou hoje que ainda pode haver novas contratações (mediante as saídas) e fico a pensar a quem interessa todas estas revoluções que fazemos no plantel nos últimos anos ? Como é possível que um candidato às eleições escreva isto: "Deverá ser a partir do plantel actual, com alguns excelentes jogadores e alguns com previsível futuro muito risonho, que se deve construir o próximo plantel... Cinco ou seis jogadores, numa escolha cirúrgica, experientes e capazes de acrescentar valor ao plantel existente, serão suficientes para a construção de uma equipa que possa lutar pelos objectivos de curto, médio e longo prazo... Jogadores estrangeiros não adaptados ao futebol português apenas se forem mais-valias claras..." e depois não segue o que diz ?

 

Acredito que com Jesualdo Ferreira no lugar de Inácio o defeso ter-nos-ia corrido bem melhor, mas não esqueço que nesta altura o ano passado estava, como quase todos, feliz com as contratações do Sporting, embora estranhasse o excesso destas e depois foi o que foi.

 

A grande contratação da época foi a de Leonardo Jardim e aí estamos melhores do que o ano passado, especialmente em comparação com o Sá Pinto. Embora tenha ficado desiludido com a substituição de Adrien por Rinaudo no jogo com o Braga numa fase em que precisávamos de marcar dois golos, vê-se que sabe montar bem uma equipa e colocá-la a jogar com intensidade. A grande questão é se irá conseguir aturar o comportamento no mínimo errático do Presidente egocêntrico e deslumbrado que temos, sem perder o balneário. Um pormenor que reparei no Torneio do Guadiana foi que os jogadores do Sporting, especialmente a perder, protestavam muito com os árbitros e entravam em quezílias com os adversários, revelando o tal "nervosismo" de que falou Jesualdo Ferreira no fim do jogo e que não é justificável nesta fase de pré-época.

 

Este ano o nosso objectivo passa pelo 3.º lugar e acesso à Champions, que me parece perfeitamente ao nosso alcance, até porque o nosso orçamento é o 3.º maior, bem acima do 4.º e ainda podemos beneficiar de não estarmos nas competições europeias. situação que vou estranhar muito. Com sorte ainda podemos aproveitar o rebentamento do balão Benfica que tem o treinador numa situação pericilante (até por isso seria muito importante ganharmos na 3.ª jornada contra eles) e da inexperiência do treinador do Porto e saída de João Mountinho, mas isto já sou eu a sonhar, coisa que não vou deixar de fazer apesar dos apelos em contrário da Direcção que, como já disse, tem sido um autêntico tiro nos pés em termos de venda de gameboxes (e que falta faz termos Alvalade sempre cheio e vibrante).

 

Boas férias a todos os "Leões" e claro com boas exibições e vitórias em todos os jogos !

 

* Texto da autoria de City Lion

 

publicado às 18:10

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo