Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Pedro Porro assinou até 2025

Rui Gomes, em 17.05.22

img_920x518$2022_05_16_19_33_50_1995797.jpg

O Sporting oficializou esta segunda-feira a contratação em definitivo de Pedro Porro, lateral direito de 22 anos que está há dois anos em Alvalade por cedência do Manchester  City.

Segundo a informação divulgada, o jogador espanhol assinou até 2025, ficando protegido por uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros.

A contratação tornou-se efectiva após o Sporting accionar a cláusula de opção de compra por 8,5 milhões de euros.

Eis algumas considerações do "novo" leão...

"Estou muito feliz por estar aqui porque é um projecto interessante. Agora há que dar tudo pelo Clube. Desde o princípio que tinha a ideia clara de ajudar o Sporting. Tinha a certeza que vir para aqui era sinónimo de exigência de alto nível. Porque é um clube grande e passou-se isto e estou muito contente. A verdade é que não estava à espera daquilo que conquistei nestas duas épocas. Sabia que vinha para um grande clube. Que forma uma família porque somos um grupo muito forte. E isso viu-se nestas duas épocas, a ganharmos títulos, a jogar bem. Este ano jogámos melhor do que no ano passado e ganhámos menos [risos]. O futebol é assim, estou contente e espero que continue assim durante muito mais tempo".

Ao serviço do Sporting CP, Porro já conquistou quatro títulos: um Campeonato Nacional, duas Taças da Liga e uma Supertaça.

Instado a apontar alguns dos melhores momentos de leão ao peito, Porro escolheu o golo que marcou na final da Taça da Liga que ajudou a conquistar o troféu e o apuramento para os oitavos-de-final da Champions.

publicado às 06:17

Sporting vence processo de Rúben Amorim no Supremo Tribunal Administrativo

Isto é real ou é um conto de fadas?

Rui Gomes, em 12.04.22

ruben-amorim.jpg

O processo arrasta-se desde 2019/20, época da transferência de Rúben Amorim do Sp. Braga para o Sporting, mas parece encaminhar-se um desfecho definitivo: o Supremo Tribunal Administrativo (STA) absolveu a SAD do Sporting  no caso relativo à alegada fraude na celebração do contrato de trabalho do treinador principal (devido à falta de habilitações de Amorim, à data dos factos).

Enquanto o próprio técnico foi imediatamente ilibado, o Sporting foi condenado pelo Conselho de Disciplina à interdição do recinto desportivo por um jogo e ao pagamento de uma multa de 9.563 euros, por inobservância qualificada de outros deveres (artigo 118.º do RD). Seguiu-se uma já longa batalha judicial, em três etapas, nas quais o Sporting foi sucessivamente absolvido: primeiro no Tribunal Arbitral do Desporto (TAD); depois, após recurso da FPF, no Tribunal Central Administrativo do Sul; e agora no Supremo, após novo recurso da FPF, que fica obrigada a reembolsar a SAD em 9.563 euros, mais custas.

Rúben Amorim arriscava uma pena de suspensão que podia ir de um a seis anos. O CD entendeu, porém, a 1 de Junho de 2021, que o técnico não poderia ser responsabilizado disciplinarmente pela  prática de "falsas declarações e fraude", bem como por "fraude na celebração de contratos".

A acusação de "quadro técnico sem as habilitações mínimas" caiu de pronto, tendo sido arquivada. A "inobservância de outros deveres" de que Amorim também foi indiciado ficou sem efeito, pois o procedimento prescreveu. A única condenação do CD, aquela que o Surpremo Tribunal Administrativo vem agora anular, recaiu sobre a Sporting SAD por "inobservância de outros deveres".

O processo resultara de uma queixa da Associação Nacional de Treinadores de Futebol, feita em Março de 2020, precisamente quando Rúben Amorim trocou Braga por Alvalade. A ANTF chegou a emitir um comunicado através do qual considerava que... "ficou provado o incumprimento do Regulamento de Competições da Liga e do Regime de acesso ao exercício da actividade de treinador de desporto." O Supremo Tribunal Administrativo teve opinião diferente.

publicado às 04:49

dario3.jpg

Dário Essugo é mais um dos nomes a reter para um futuro próximo. O jovem, que integra actualmente a equipa sub-19, assinou esta terça-feira contrato profissional com o Sporting CP, emblema que representa desde a temporada 2014/2015, depois de ter deixado a UDR Santa Maria.

Internacional por 14 vezes nas selecções sub-15 e sub-16, o centro-campista somou 26 jogos e dois golos na época passada, distribuídos pelos escalões de iniciados e juvenis, e conta já no currículo com um título nacional de sub-15.

“É um pequeno passo na minha caminhada. Tenho de agradecer ao Sporting CP por toda a confiança que depositou em mim. O Clube acredita muito em mim e acho que tenho feito um bom trabalho nestes últimos anos. Estou muito feliz por assinar este vínculo.

Quero continuar a evoluir, fazer o meu trabalho diário e, se tudo correr bem, espero chegar à equipa principal do Sporting. Quando era pequeno via os mais velhos na Academia e fico muito feliz por terem conseguido chegar a esse patamar. Isso dá-me ainda mais alento para lutar”.

Note-se que Dário Essugo já foi chamado várias vezes por Rúben Amorim para treinar com a equipa principal.

publicado às 16:45

pz5d2314-min.jpeg

Depois de um ano de empréstimo ao GD Estoril Praia, Duarte Carvalho está de regresso ao Sporting Clube de Portugal e assinou contrato profissional esta quinta-feira. O jogador de 18 anos parte para o segundo ano como sub-19 em 2020/2021.

Pelos juniores dos canarinhos, realizou 22 partidas e marcou 4 golos.

"Estou no Sporting CP desde que me conheço e desde que dou uns toques na bola. Entrei no Sporting CP quando ia fazer seis anos. É a minha segunda casa e já conheço todos os cantos. É bom estar de volta e espero que seja um bom ano.

Volto assim ao Clube do meu coração e espero ficar aqui durante muito mais tempo. (...) Contem connosco, que queremos dar muitas alegrias ao Sporting CP".

publicado às 06:45

20973671_TOhCZ.jpeg

A Sporting SAD reagiu, esta terça-feira, em comunicado, aos rumores relacionados com o contrato de Leonel Pontes e recusa que existam ilegalidades.

C  O  M  U  N  I  C  A  D  O

Em função das notícias hoje divulgadas relativamente às investigações em curso e ao facto de elas incidirem sobre os contratos celebrados com e aos pagamentos efectuados ao treinador Leonel Pontes, a Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD esclarece o seguinte:

- Os contratos outorgados com o treinador Leonel Pontes em 2019 não envolvem qualquer sociedade comercial, estando celebrados apenas entre o referido técnico e a Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD, sendo o pagamento das remunerações devidas efectuado em conta titulada pelo próprio e em banco sediado em território nacional;

- Em virtude dos referidos contratos, a Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD cumpre escrupulosamente os seus deveres fiscais e face à Segurança Social;

- A Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD permanece disponível para a prestação de esclarecimentos às autoridades e também os teria prestado à comunicação social, caso esta os tivesse solicitado, como competia, antes da divulgação da notícia que é manifestamente falsa e difamatória.

publicado às 03:45

Bruno Fernandes assinou novo contrato

Rui Gomes, em 27.11.19

44f37929-7beb-4c66-a108-21646f06aed8.jpg

Bruno Fernandes assinou, esta terça-feira, o há muito anunciado novo contrato com o Sporting, que, segundo consta, lhe proporcionará um salário anual de 4 milhões de euros (ilíquidos).

Eis o que o «capitão» leonino teve para dizer no acto de assinatura:

"Para mim é um orgulho e é o reconhecimento do meu trabalho, é sinal que estou a fazer as coisas bem. Tenho tentado ao máximo fazer aquilo que é o melhor para o Clube. É por aquilo que fiz dentro de campo, mas fora também demonstrei gostar do Sporting CP e ter orgulho em representar o clube que represento.

Para mim é, e sempre será, um grande privilégio estar aqui e poder vestir a camisola do Sporting. Podem esperar mais e melhor. Prometo a mesma entrega e a mesma dedicação para podermos ter mais momentos de glória como tivemos na temporada passada".

Um reconhecimento inteiramente merecido por tudo aquilo que Bruno Fernandes tem feito de leão ao peito. Indiscutivelmente, o melhor jogador da equipa neste momento e, porventura, o melhor futebolista a actuar em Portugal.

Dá para perceber que este novo vínculo não impede a sua eventual saída, seja no mercado de Janeiro ou no Verão, caso hajam ofertas que satisfaçam as partes.

Ainda sobre o novo vínculo, Bruno Fernandes teve isto para dizer.

"Já vi que sabem quanto vou ganhar portanto pensei que já soubessem tudo. Vejo muita coisa a ser falada. Fala-se em milhões sem ter a certeza do que é. Sim, essa cláusula dos 35 milhões, foi aceite por mim e pelo meu empresário que fosse retirada, até porque tive oportunidade de a usar e não a usei, logo não fazia sentido estar lá. Tinha também um pagamento da parte do Sporting se não me deixasse sair e esse pagamento também não aconteceu. Como foi feita a renovação de contrato, achei por bem que esse dinheiro não fosse usado, até porque se fosse usado não havia renovação. Já demonstrei mais do que uma vez, por tudo o que se diga lá fora, o respeito que tenho pelo clube. Muita gente diz, numa altura em que o clube passa por dificuldades, uma renovação é muito estranha. Mas é muito fácil fazer as contas. Cinco milhões, para o Sporting seriam 10, e a minha renovação não chega perto dos cinco milhões".

publicado às 03:48

 

59a44d7fd3806c1b5cbb31d9.jpg

 

A acreditar nesta reportagem da Rádio Renancença, Luís Neto encontra-se em Lisboa para realizar exames médicos e então para assinar pelo Sporting. O central português, que actualmente representa o Zenit São Petersburgo, prepara a transferência, a custo zero, para Alvalade, a concretizar na próxima época.

 

Neto interrompeu o estágio com o Zenit no Catar, para viajar para Lisboa, realizar exames médicos e, se os completar com sucesso, assinar. Depois, regressará ao Médio Oriente.

 

O central internacional português, de 30 anos, termina contrato com o Zenit no final da presente temporada, pelo que, a partir de Junho, será um jogador livre. A lei dita que, a partir do momento em que um jogador está a seis meses de terminar contrato, pode começar a negociar com novo clube para a época seguinte, para ser reforço a custo zero.

 

publicado às 03:46

Marcel Keizer para breve

Rui Gomes, em 07.11.18

 

keiz.jpg

 

A acreditar nas mais recentes informações, o Sporting e Marcel Keizer estão apenas a acertar detalhes e o técnico irá assumir o comando técnico da equipa leonina a partir do próximo dia 12, com um contrato de duas épocas e meia. Hugo Viana e um elemento do gabinete jurídico encontram-se em Abu Dhabi a fim de finalizar o acordo.

 

Por esta ordem de ideias, realizou o seu último jogo pelo Al-Jazira na passada segunda-feira. O Sporting irá pagar cerca de 550 mil euros pela rescisão do seu actual vínculo com o clube dos Emirados Árabes Unidos.

 

Rumores apontam para Rodolpho Correia vir a integrar a equipa técnica, como adjunto. O treinador de 41 anos está actualmente a trabalhar na formação do Al Hilal, da Arábia Saudita.

 

Também se fala em Patrick Greveraars, holandês que já trabalhou no FCPorto, inclusive como adjunto de Jesualdo Ferreira em 2010.

 

publicado às 07:02

 

img_770x433$2017_11_28_23_54_12_1339186.jpg

 

Através de comunicado emitido pelo seu advogado João Henriques Pinheiro, Maurício do Vale refuta as acusações dos responsáveis do Sporting - na sequência da decisão favorável do Tribunal Supremo de Justiça - que alegaram que o contrato que o ligava ao Clube era falso:


"Maurício do Vale refuta, completamente, a responsabilidade numa alegada falsificação de contrato, ou outras considerações, que ao longo do tempo a defesa do clube foi alegando e que nunca obtiveram validação judicial.

Maurício do Vale declarou disponibilidade para uma solução extrajudicial que evitasse a execução da sentença, algo que nunca chegou a acontecer. Em tribunal, Carlos Vieira, vice-presidente da Sporting SAD, corroborou a sua posição, excepto quando afirmou a inexistência da Fundação Sporting. É lastimável a possibilidade de tal decisão ser coercivamente executada por indisponibilidade de pagamento voluntário". 

 

Entretanto, os antigos presidentes do Sporting, Filipe Soares Franco e António Dias da Cunha, comentaram a missiva de Nuno Saraiva, através da qual os responsabilizou, entre outros, de toda a situação devido à sua conivência:

 

Soares Franco: "Então mas fizeram um auditoria e não viram? Esteve lá 20 anos e foi despedido por Bruno de Carvalho. Perderam em todas as instâncias, inclusive no Supremo, e a culpa é dos antigos presidentes?"

 

Dias da Cunha: "Até me dá vontade de rir. Não me sinto preocupado".

 

publicado às 11:22

Ora aí está a solução !

Rui Gomes, em 06.01.17

 

15826917_10154055269386555_3271147283941104743_n.j

 

O Sporting revelou esta sexta-feira que prorrogou o contrato de Ezequiel Schelloto até 2019, com mais duas épocas de opção e uma cláusula de rescisão fixada nos 45 milhões de euros.

 

Schelotto já demonstrou ser um defesa de muita garra e entrega, mas pouco convincente no que diz respeito ao lateral de alta qualidade que um Sporting competitivo necessita no seu plantel, nomeadamente no onze principal.

 

Esta tomada de decisão terá sido fundamentada no aval do treinador Jorge Jesus, com quem, aliás, Schelotto tem tido alguns "desencontros".

 

Salvo uma qualquer investida no mercado de Janeiro, a equipa, nesta posição, fica com Ricardo Esgaio e Mauro Riquicho, este que milita na equipa B. João Pereira, como já é sabido, foi transferido para o Trabzonspor da Turquia.

 

publicado às 14:43

Alan Ruiz até 2021 ?

Rui Gomes, em 12.11.16

 

alanruiz2.jpg

 

Segundo os dados disponíveis no Relatório e Contas, o Sporting pagou o total de 8 milhões de euros por Alan Ruiz: 4,8 milhões foram para o Colón de Santa Fé, 2,2 milhões como prémio de assinatura, 700 mil euros para a Admira Partners e 300 mil euros para a Costa Aguiar Sports. O jogador assinou contrato até 2020 e ficou com uma cláusula de rescisão no valor de 60 milhões de euros.

 

Está agora a ser noticiado que a empresa Admira Partners ainda reclamava o pagamento dos 700 mil euros e foi em Lisboa recentemente que o diferendo que opunha as partes foi resolvido. Aparentemente, o contrato de transferência apontava que seria obrigatório a prorrogação do vínculo do jogador, de 2020 para 2021, para os referidos 700 mil euros serem liquidados. Com base neste entendimento, Alan Ruiz ficará então ligado ao Sporting até 2021.

 

Até ao momento tem-se visto muito pouco de Alan Ruiz para justificar tão elevado investimento, mas esperamos que após o período de adaptação, o seu nível de performance sofra um acréscimo qualitativo.

 

publicado às 04:38

 

img_467x599$2016_07_27_01_44_14_1135330.jpg

 

Por muito que se queira não prestar atenção a determinadas reportagens, é um exercício muito difícil quando referem a um jogador como João Mário.

 

Não será a primeira vez que o Record publica boatos sem fundamento ou até puras inverdades sobre o Sporting, e, por isso, ficamos sempre na dúvida ao ler manchetes como as desta quarta-feira, citando o empresário de João Mário:

 

«Sporting recusou quatro propostas. Inter e Liverpool

ofereceram 35 a 40 milhões mais bónus»

_______________

 

«A partir de agora, ou se discute novo contrato ou a venda»

 

Que houve ofertas não surpreende, desconhece-se se de facto foram com os valores supostamente indicados pelo empresário. A primeira questão que me surge é se o Sporting negociou ou simplesmente recusou. Se fez uma contra proposta exigindo os 60 milhões da cláusula de rescisão, tem praticamente o mesmo efeito de recusar negociar.

 

Volto a insistir que surgindo boas ofertas, o Sporting devia vender um dos seus jogadores nucleares - João Mário sendo o melhor candidato - para então reforçar a equipa com 3/4 atletas de qualidade. Salvo achados milagrosos, não se vai conseguir isso com jogadores de 2 ou 3 milhões, ou até menos.

 

Comentamos quase sempre no escuro, por não termos conhecimento de todos os factos, mas ainda ontem li uma outra notícia que refere que Gutiérrez recebe de salário 1,8 milhões de euros líquidos. Sendo verdade, será surpresa alguma haver descontentamento da parte de outros activos do plantel que sendo melhores jogadores, recebem muitíssimo menos ?

 

publicado às 04:31

Sporting continua a negociar Eduardo

Rui Gomes, em 28.05.16

 

2E1D81ED00000578-0-image-a-41_1446676565314.jpg

 

Negociações continuam por parte do Sporting para tentar adquirir o guarda-redes Eduardo que pertence ao Dínamo de Zagreb e que está, neste momento, ao serviço da Selecção Nacional em preparação para o Euro 2016.

 

Está a ser noticiado que o Sporting ofereceu um contrato por duas temporadas, mas com um salário anual inferior ao que o jogador aufere no clube campeão da Croácia. Como contra-proposta, para balançar a diferença no vencimento, Eduardo terá pedido um contrato válido por três épocas.

 

Eduardo tem mais um ano de contrato com os croatas e outras propostas financeiras mais atractivas, mas o guarda-redes português quer regressar a Portugal, até para ficar mais perto da família e da mulher, a atleta leonina Jéssica Augusto.

 

Eduardo reconhecerá que com Rui Patrício no activo, o seu papel será secundário, mas pelas razões acima referidas e pelos seus 33 anos, a hipótese de regressar a casa será preponderante nas suas considerações.

 

Pelo ponto de vista do Sporting, garantirá os serviços de um guarda-redes muito experiente como alternativa a um qualquer impedimento de Rui Patrício e, igualmente importante, libertará o jovem Azbe Jug para jogar com regularidade, provavelmente por cedência a um outro emblema da I Liga.

 

publicado às 13:24

 

img_770x433$2016_02_08_21_15_38_1062112.jpg

 

O Football Leaks voltou a fazer alvo do Sporting e, desta vez, virou as suas atenções para o contrato de Sebástian Coates, o defesa-central que chegou a Alvalade em Janeiro, por empréstimo do Sunderland. Não deixa de ser uma situação intrigante, em dois aspectos: primeiro, o porquê da persistência em revelar informações do Sporting e quem pensa que tem algo a ganhar com isso. Transferir qualquer sentido de destabilização da secretaria para o relvado é um objectivo tão ambicioso como malicioso, mas com mínimas possibilidades de sucesso; segundo, surpreende, para ser simpático, que a Direcção do Sporting ainda não tenha tomado as medidas necessárias para se proteger a si própria e o Clube. Ao fim e ao cabo, estas revelações do Leaks já ocorrem há muitos meses e parece fazer sentido que a sua origem já devia ter sido devidamente detectada e eliminada. Perante esta impossibilidade, então, pelo menos garantir que tudo o que é do foro interno do Clube mantenha um elevado grau de confidencialidade. Eis o que foi revelado:


"O jogador obriga-se a usar nos jogos, treinos, estágios e deslocações o vestuário, equipamento e calçado da marca que a Sporting, SAD lhe fornecer com excepção das chuteiras (cuja cor deverá ser preta, estando expressamente proibido o uso de chuteiras azuis ou vermelhas) e em particular jogador obriga-se a respeitar os contratos de patrocínio, publicidade e "naming" celebrados pela Sporting, SAD ou por qualquer sociedade participada", pode ler-se no ponto 7 do contrato. O uruguaio está também obrigado a "prestar toda a colaboração e participar nas acções promocionais e publicitárias que lhe sejam solicitadas no âmbito da exploração dos direitos ora cedidos".

Outro dos pontos do contrato entre o Sporting e o ex-jogador do Liverpool prende-se com uma possível rescisão de contrato. Se Coates rescindir "ilicitamente" o contrato, terá de pagar dois milhões de euros ao Clube. Diz a alínea b do ponto 9 do contrato celebrado a 28 de Janeiro. Se for o Sporting a rescindir, o central terá apenas direito a receber as remunerações vincendas até final do contrato.

Ainda de acordo com o documento, Coates irá receber até ao final do contrato, a 30 de Junho, 996.463 euros "que serão pagos através de cinco prestações mensais, sucessivas e iguais de 199.293 euros cada, as quais incluem os proporcionais correspondentes aos subsídios de férias e de Natal".

 

Apesar de achar alguma piada à exigência de chuteiras "não azuis ou vermelhas", não se verifica qualquer cláusula extraordinária. Tendo em consideração que chegou da English Premier League, já era de esperar um salário elevado, sendo, portanto, um risco, e uma responsabilidade, por enormes que sejam, que o presidente decidiu assumir. Veremos, no entanto, se as mesmas condições salariais serão futuramente aplicáveis, caso o Sporting exerça a opção de compra, que, segunda consta, é de 5 milhões de euros. Curiosamente, o Football Leaks nada refere sobre estes aspectos do contrato, pelo menos onde eu encontrei a informação.

 

publicado às 05:58

 

ng5310148.jpg

 

Além dos milhões de salário e mais uns quantos na forma de prémios, camarote para familiares e amigos e diversas outras contrapartidas, aos poucos vamos ficando com a sensação de que o investimento do Sporting em Jorge Jesus vem associado a regalias e beneficências, até para terceiros, quase ilimitado.

 

Mais uma vez através do Football Leaks, somos informados que a Sporting SAD pagou 140 mil euros de comissão ao empresário Costa Aguiar no âmbito do processo de contratação do treinador Jorge Jesus no passado Verão, segundo os documentos revelados.

No contrato de prestação de serviços é referido que a "Costa Aguiar, Sports - Unipessoal, Lda" é chamada a intervir no diálogo e na negociação com Jesus, ficando estabelecido, a título de contrapartida pelo trabalho referido, o direito a receber 140 mil euros por honorários e despesas.

 

O empresário ficou ainda com direito a cinco "business seats", sem direito a catering, e um lugar de parqueamento, no estádio, enquanto vigorar o contrato assinado pelo treinador - o acordo é válido por três temporadas.

 

Isto chega a um ponto que nos sentimos incomodados por sermos "obrigados" a revisitar um tema que é, na realidade, um facto consumado. Tudo o que já veio a público e decerto algo mais que ainda está por ser revelado, faz parte de uma ideia, quase uma obcecação diriam alguns, e de uma aposta discutivelmente desmesurada na conquista do título. 

 

Para o bem do Clube e do estado de espírito dos seus milhões de adeptos, dentro e fora fronteiras, esperamos que o objectivo seja concretizado, caso contrário, nuvens sombrias ameaçam no horizonte.

 

 

Adenda: Eu já tinha esta informação, mas hesitei quanto à sua publicação. Já que um leitor a comentou, quase como se fosse "peaners", aqui vai:

 

Suposta lista de dívidas da Sporting SAD a empresários:

Gondry Financial Services – 1,087 milhões de euros
Andrea D´Amico - 650 mil euros
Buttonpath Limited - 400 mil euros
Credigold - 30 mil euros
Hency Trading - 300 mil euros
LMP Bomore - 350 mil euros
Interfootball - 350 mil euros
For Gool - 272 mil euros
Alberto Fochi Moreno - 138 mil euros
Creative Sports Agents - 100 mil euros
TeamSport Agenciamento Esportivo - 120 mil euros
Starmon Holding, SA - 2 mil euros
H2C Sport Consulting - 138 mil euros
MRD Investments - 265 mil euros
Proeleven - 381 mil euros
L & M Global Rigths - 121 mil euros
SBASS Ltd. - 140 mil euros
Zoran Stojadinovic - 120 mil euros
Sport Cover - 120 mil euros
Outros – 6,45 milhões de euros

 

publicado às 12:26

 

96213.jpg

 

Este texto não visa debater as negociações de renovação de André Carrillo nem a sua suspensão pelo Sporting. Já há vários dias que tenho em mente abordar uma ou duas disposições contratuais relacionadas com a contratação do jogador ao Alianza Lima e o acordo com a Leiston Holdings Limited (Fundo), que viabilizou a transferência. 

 

O "Football Leaks" voltou a atacar esta terça-feira, expondo vários acordos/documentos do Sporting e também do FC Porto. Um desses documentos é o acordo entre o Sporting e a Leiston Holdings Limited, que, partindo do princípio que é autêntico - e há razões para acreditar que é - esclarece algumas disposições contratuais. Em síntese, as cláusulas que mais me intrigam:

 

- É claro que o Sporting nunca teria contratado Carrillo sem o empréstimo de USD um milhão, pelo Fundo;

 

- O Fundo ficou com 50% dos direitos económicos do jogador;

 

- Tanto o Sporting como o Fundo assumiram a obrigatoriedade de aceitar uma proposta pelo jogador - durante a validade do seu contrato - de USD 6 milhões ou superior, desde que o jogador concordasse com a transferência;

 

- O Sporting reservou o direito de recusar qualquer proposta - nos termos acima referidos - compensando o Fundo com 45% do valor da mesma. Dando-se essa eventualidade, o Sporting passaria a deter 100% dos direitos económicos.

 

Quando questionado sobre Carrillo no programa Prolongamento, Bruno de Carvalho teve isto para dizer:

 

"A proposta do Leiscester foi a única que me deixaram ter. Os agentes e fundos conseguem parar propostas. O Carrillo é bom ou não ? Se é bom só aparece a proposta do Leiscester, esse colosso do futebol mundial ? Confirmo (os 12 milhões). Só após os clubes acordarem entre si, é que o clube comprador pode falar com o jogador. A proposta vem do agente e é claro que ele não falou com o jogador. Eu quando era miúdo acreditava no Pai Natal mas deixei de acreditar."

 

Ou eu não estou a compreender ou esta explicação por parte de Bruno de Carvalho faz pouco sentido. Questões que ficaram por explanar:

 

- Pelos vistos, a proposta foi apresentada pelo empresário de Carrillo. Significa isso que ele agiu como intermediário do clube inglês ? 

 

- Se o empresário apresentou a proposta é porque o jogador estava receptivo a mudar-se para o clube inglês. Qual foi a resposta do Sporting ?... Recusou a proposta ?

 

- Tendo em consideração a obrigatoriedade assumida pelo Sporting e pelo Fundo, mediante o acordo entre as partes, como foi possível ao Sporting recusar a proposta, dado que era superior aos supracitados USD 6 milhões, sem compensar o Fundo no valor de 45% da mesma ?

 

Não compreendo o que Bruno de Carvalho pretende passar com a afirmação "Os agentes e fundos conseguem parar propostas". Directa ou indirectamente, nenhum jogador pode ser transferido sem a concordância do seu clube. O jogador pode recusar ir para o clube de destino, mas nem ele nem o seu agente podem "parar propostas". O mesmo é aplicável ao Fundo, que, neste caso concreto, na minha opinião, tinha/tem todo o interesse na renovação, ou, como alternativa, numa transferência.

 

A minha conclusão é que existem factos e considerações no todo deste processo que não estão bem explicados.

 

publicado às 03:58

Mais um processo contra o Sporting

City Lion, em 06.10.15

 

18887854_6sBAD.jpg

O Sporting, aparentemente, deve dinheiro ao agente do Capel ainda referente à contratação dele há uns anos. São as tais comissões que nos prometeram iriam acabar nas compras de jogadores, mas que com a chegada do Teo Gutierrez dispararam para uma % impensável.

 

Assim já foi aberto no TAS mais um processo contra o Sporting que se terá defendido à Vale e Azevedo alegando que “o contrato em causa não foi assinado pela actual Direcção do clube, não podendo o Sporting confirmar os termos aí contidos”. Como é possível que os nossos advogados se prestam a estes  fretes ?

 

Tanta coisa com o Carrillo e afinal seguindo esta lógica ele já não é do Sporting, nem o Rui Patricio, nem o Adrien, etc.

 

Pobre Sporting, quando achámos que já tínhamos batido no fundo, é hoje evidente para todos que foi tomado de assalto por quem veio para o clube para se auto-promover e arranjar um meio de subsistência.

 

O que tem valido ao Bruno Carvalho até agora são resultados razoáveis no futebol fruto de boas apostas em treinadores (e que ele impediu de ser ainda melhores), tudo o resto é mesmo muito mau e vai deixar no futuro marcas muito difíceis de sarar.

 

publicado às 16:12

Afinal de contas...

Rui Gomes, em 30.09.15

 

Paulista-page-001.jpg

 

Será mais um documento cuja autenticidade vai ser questionada por indicar que, ao fim e ao cabo, Bruno Paulista veio para o Sporting apenas por empréstimo, a troco do salário, até 30 de Junho de 2016, e que depois será transferido a título definitivo para o Club Recreativo de Caála, em Angola ?

 

publicado às 11:59

Bruno rasga mais um contrato

Rui Gomes, em 04.06.15

 

retaliaçao-15-12.jpg

 

Passamos a apresentar o comunicado que a Sporting SAD enviou para a CMVM esta quinta-feira, através do qual participa que pela inexistência de acordo entre as partes, o Conselho de Administração da Sporting SAD informou Marco Silva do seu processo de despedimento por justa causa.

 

Esta ocorrência não surge como surpresa alguma, muito pela publicação de ontem do jornal «Record», onde vêm enunciadas as alegadas causas, assentes na conduta profissional de Marco Silva a partir da pré-época, e que nos levou a escrever o artigo intitulado «O abrir caminho para o inevitável despedimento.» 

 

Sou apenas um mero adepto, mas sinto-me indignado com o todo deste tratamento ao já ex-treinador do Sporting e, sobretudo, pela persistente postura de Bruno de Carvalho em que, na sua muito questionável óptica, os fins justificam todos e quaisquer meios.

 

Como sempre, é expectável surgir a usual feroz defesa da sua honra e competência sem paralelo, pelos seus devotos e incondicionais apoiantes, como se o propagar de mitos e demais demagogia alterassem a realidade dos factos e de determinados valores sociais.

 

publicado às 17:47

A folha estava à mão !

Rui Gomes, em 12.04.15

 

ng3685956.jpg

Ainda relacionado com o diferendo em curso entre os árbitros e a Liga relativamente ao pagamento pela publicidade nas camisolas, foi agora descoberta uma folha do Hotel Meliá em Aveiro onde foi escrito o contrato que estabeleceu o pagamento aos árbitros de uma verba na ordem dos 300 mil euros para a época de 2012/13.

 

O papel foi assinado por representantes da Liga (Mário Figueiredo), da Federação Portuguesa de Futebol (Hermínio Loureiro) e da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (Gustavo Sousa e José Gomes).

 

Contrato lavrado e assinado numa folha de um hotel !... Mais palavras para quê ?

 

publicado às 06:02

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo