Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



img_920x519$2020_10_13_15_24_26_1765837.jpg

Cristiano Ronaldo acusou positivo à Covid-19. O capitão da Selecção Nacional fez seis testes nos últimos 7 dias, tendo o resultado do que foi feito ontem dado positivo.

Esse número de testes foi aplicado a todos os jogadores da Selecção Nacional.

Comunicado da FPF

Cristiano Ronaldo foi dispensado dos trabalhos da Selecção Nacional após teste positivo para COVID-19, pelo que não defrontará a Suécia.

O internacional português está bem, sem sintomas, e em isolamento.

Na sequência deste caso positivo os restantes jogadores realizaram novos testes esta terça-feira de manhã, todos com resultado negativo, e estão à disposição de Fernando Santos para o treino desta tarde, na Cidade do Futebol.

O jogo, frente à selecção da Suécia, a contar para a fase de apuramento da Liga das Nações, está agendado para quarta-feira, às 19:45, em Alvalade.

*** Como a todos aqueles infectados com este coronavírus, desejamos-lhe rápida e total recuperação.

publicado às 15:35

img_920x518$2020_09_21_16_57_39_1757133.jpg

O Aberdeen, adversário do Sporting na 3.ª pré-eliminatória da Liga Europa, foi multado pela Liga Escocesa de Futebol Profissional em 30 mil libras (32,7 mil euros) depois de oito jogadores do plantel terem violado o protocolo estabelecido para combater a pandemia do novo coronavírus. 

Em comunicado, a 'Scottish Premiership' justifica a multa com "questões decorrentes das atividades de oito dos seus jogadores no centro da cidade de Aberdeen na noite de 1 de Agosto". Segundo a imprensa, os atletas terão visitado um bar e, dias depois, dois deles acabaram mesmo por testar positivo à Covid-19, o que obrigou ao adiamento do jogo do Aberdeen relativo à 2.ª jornada da liga.

Na mesma nota, a entidade adianta que 8 mil libras (8,72 mil euros) "devem ser pagos dentro de 28 dias", ficando o restante valor "suspenso até qualquer violação material futura pelo Aberdeen" até final da época.

Recorde-se que o Aberdeen defronta o Sporting na quinta-feira, em Alvalade, em duelo da 3.ª pré-eliminatória da Liga Europa agendado para as 20h00.

publicado às 19:10

UEFA só vai decidir no dia do jogo

Rui Gomes, em 19.09.20

1582818047_191884_1582818711_noticia_normal.jpg

Os nove casos positivos de Covid-19 registados no plantel leonino começam a levantar algumas reservas na Escócia tendo em vista o jogo de quinta-feira com o Aberdeen, da 3ª pré-eliminatória da Liga Europa. Já a UEFA informa que continua a acompanhar a situação, e remete qualquer decisão para o dia do jogo, quando tiver em mãos os resultados dos testes que serão realizados na véspera. Só então, em consonância com a Direcção-Geral da Saúde, será tomada uma decisão em relação à realização do jogo, mas se o parecer for desfavorável ao Sporting, este corre o risco de ser eliminado... sem jogar.

Para evitar este cenário, os dirigentes leoninos pretendem terminar rapidamente a cadeia de transmissão activa que agora se ameaça prolongar fruto do resultado positivo de Palhinha, que, já no Algarve, pode ter contaminado outros elementos do plantel. Convém assinalar que a equipa escocesa terá de fazer um teste de despistagem ainda antes de viajar e, caso se registe qualquer caso positivo, esse elemento será impedido de embarcar.

Lista na Federação

O Sporting também já enviou à Federação Portuguesa de Futebol a lista de jogadores que será enviada à UEFA depois de verificada. Já a Lista B só será decidida na próxima semana.

Defrontar Sporting motiva escoceses...

Após o triunfo do Aberdeen na visita ao Viking (2-0), na 2.ª pré-eliminatória da Liga Europa, o treinador dos escoceses, Derek McInnes, revelou que utilizou a dimensão do Sporting, o próximo adversário europeu, no dia 24, para motivar os jogadores. “Na nossa carreira, não temos muitas hipóteses de defrontar equipas com o nível do Sporting e lembrei isso aos jogadores”, afirmou o técnico, que considera que a eliminatória a uma mão dá vantagem aos escoceses: “A duas mãos, o cabeça de série normalmente ganha, mas a percentagem diminui em apenas 90 minutos. Vamos com crença e confiança.”

A este propósito, refira-se que a UEFA indicou o montenegrino Nikola Dabanovic para arbitrar o jogo. O juiz, de 38 anos, é internacional desde 2009.

publicado às 12:45

Voleibol leonino suspenso

Rui Gomes, em 18.09.20

119195536_10157141200011923_2229819329164467874_n.

COMUNICADO DO SPORTING

O Sporting Clube de Portugal informa que optou por suspender a actividade da equipa sénior masculina de voleibol desde o dia 15 de Setembro, altura em que foi detectado o primeiro caso de infecção por COVID-19.

Actualmente, estão identificados cinco casos (três elementos do staff e dois atletas, sendo que estes se encontram assintomáticos) que estão a ser devidamente monitorizados. O restante plantel encontra-se em quarentena e com acompanhamento constante.

De salientar que o Sporting accionou de imediato o Plano de Contingência para controlo e monitorização da infecção por COVID-19, estando em contacto com as autoridades de saúde e a seguir todas as normas e orientações da Direção-Geral da Saúde, sendo que todo o plantel e staff já foi devidamente testado.

Perante este cenário a participação da equipa na Supertaça de voleibol fica suspensa.

publicado às 15:48

mw-1280.jpg

Há 10 casos positivos à covid-19 no Sporting: oito jogadores e dois elementos do staff, um deles Rúben Amorim (o treinador) e o outro João Pedro Araújo (médico). Tudo indica que o primeiro foco de contágio terá partido dos filhos de alguns futebolistas e da estrutura técnica, a frequentar escolas diferentes, que terão então contraído o novo coronavírus sem apresentar quaisquer sintomas no contacto com os pais.

Seguindo o protocolo vigente, Rúben Amorim, Dr. João Pedro Araújo e os oito futebolistas encontram-se em isolamento - o resto do plantel e da equipa técnica foi para o Algarve, para fugir ao surto e preparar o jogo de sábado, com o Gil Vicente.

O que é certo é que Amorim irá cumprir uma quarentena obrigatória de 14 dias, pelo que falhará o encontro referente à primeira jornada da Liga 2020-21 e também da 3.ª pré-eliminatória de acesso à Liga Europa (24 de Setembro), contra o Viking ou o Aberdeen – ele e os restantes infetados. O adiamento do jogo, para já, não está em cima da mesa.

Nota: Eduardo Quaresma é o mais recente jogador a acusar positivo à Covid-19.

publicado às 04:03

img_920x518$2020_09_13_14_15_42_1753822.jpg

Há três casos positivos de Covid-19 no Sporting. Os três jogadores infectados já foram colocados em isolamento. Todo o restante plantel e elementos do staff foram testados hoje.

Eis o comunicado do Sporting:

"Confirmamos que nos últimos testes realizados ontem, 3 jogadores acusaram positivo à Covid 19. A identidade dos jogadores não será divulgada. Os mesmos encontram-se em isolamento e completamente assintomáticos. O protocolo estabelece como regra base catorze dias de isolamento, durante o qual, e a exemplo do que aconteceu durante o confinamento obrigatório, o Sporting CP lhes dará todo o acompanhamento necessário. Foram hoje feitos novos testes a toda a equipa e a todo o staff".

Entretanto, os jornais desportivos adiantam os nomes dos infectados, mas sem qualquer confirmação oficial: Borja ou Pedro Gonçalves, Rodrigo Fernandes ou Nuno Santos.

Em função desta situação, o jogo desta noite com o Nápoles está em risco. A sua realização está ainda dependente do parecer da Direcção Geral de Saúde, assim como do delegado regional.

ADENDA

O Sporting ainda nada anunciou, mas o Record está a reportar que o jogo foi cancelado. Bem... se assim é, já me estragaram o dia, mas o mais importante é a saúde dos jogadores infectados com a Covid-19.

Não obstante a notória imprevisibilidade do novo coronavírus, dá para pensar que os três jogadores foram infectados nas suas vidas particulares, dado que no grupo são os únicos casos.

publicado às 16:30

doc2017122923460655jc_4276215ef08defaultlarge_1024

A perda de receitas do futebol profissional português pode atingir os 350 milhões de euros (ME) na época de 2020/21, concluiu o grupo de acompanhamento do impacto da Covid-19 criado pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

A revelação foi feita pelo presidente do próprio organismo, no discurso de abertura da conferência 'Talks Santander/Record', em Lisboa, onde Pedro Proença reconheceu que o futebol “não fica de fora” do enormíssimo impacto que a pandemia está a provocar na economia mundial e nacional.

Num cenário de continuação da ausência de adeptos, de retracção de investimento de patrocinadores e diminuição de receitas de transferências, a época de 2020/21 pode atingir perdas de 350 ME de receitas. E isto assumindo que os direitos televisivos não serão colocados em causa”, revelou o presidente do organismo que tutela o futebol profissional em Portugal.

O líder da LPFP lembrou, ainda, que a pausa da I Liga, em Março, e o cancelamento definitivo do escalão secundário representaram uma perda de 135 ME para as sociedades desportivas na última época e referiu que a Covid-19 “realçou ainda mais algumas das grandes vulnerabilidades existentes no sector”, sinalizando "assimetrias" entre os clubes e ‘destapando’ os “modelos excessivamente dependentes de receitas extraordinárias como a venda de jogadores”.

São valores preocupantes e revelam uma fragilidade que o futebol português não podia ter em 2020”, sentenciou o presidente da LPFP.

Nesse sentido, Pedro Proença realçou que a pandemia de Covid-19 pode ser, também, uma grande “oportunidade” para reformular toda a estrutura do futebol profissional português, naquilo que apelidou de um autêntico ‘Plano Marshall’, mas sublinhou que esse caminho “só pode ser percorrido com o governo” português.

O presidente da Liga realçou, entre outros aspectos, a “necessidade de levar a cabo uma revisão legislativa do quadro fiscal e da distribuição da receita das apostas”, assim como uma “revisão do regime jurídico das sociedades desportivas” de forma a promover um “maior escrutínio dos potenciais investidores”.

publicado às 03:30

fifa.jpg

A FIFA aprovou, esta quarta-feira, o regulamento do Plano de Apoio Covid-19, que disponibiliza mais de mil milhões de euros ao futebol em todo o mundo, através de um sistema de doações e empréstimos, com rigorosos requisitos de acesso.

De acordo com o documento, cada federação membro irá receber, na terceira fase do plano, uma doação de cerca de 850 mil euros, para “proteger e retomar” a actividade no futebol profissional, de formação e amador em cada país, mais cerca 400 mil para o sector feminino.

Este apoio é destinado a ajudar a reiniciar competições, garantir a participação das equipas nas competições, contratação de recurso humanos, manutenção de infra-estruturas de futebol e ainda o pagamento de despesas administrativas e operacionais”, explicou o organismo.

Cada uma das 211 federações membro terá também disponível um empréstimo sem juros até pouco mais de quatro milhões de euros, mas para isso tem que passar por um processo rígido de acesso, como também apresentar condições claras de retorno do montante adquirido, com a FIFA a criar um comité de supervisão.

Este Plano de Apoio é um grande exemplo de solidariedade e compromisso no futebol num momento sem precedentes. Quero agradecer aos meus colegas por aprovarem a decisão de prosseguir com esta importante iniciativa em benefício de todas as federações membros e confederações”, disse o presidente da FIFA, Gianni Infantino.

As confederações (CONMEBOL, CONCACAF, UEFA, AFC, CAF e OFC) vão receber cada uma doação de 1,7 milhões de euros e podem receber até 3,4 milhões por empréstimo.

publicado às 04:00

"Pesadelo terminou"

Rui Gomes, em 20.07.20

jorge_fonseca_foto_cop12670a57defaultlarge_1024.jp

O judoca leonino Jorge Fonseca está de “regresso” ao seio da selecção nacional, depois de ultrapassar a Covid-19, expressando o seu alívio porque “o pesadelo terminou”.

Estou de regresso! O pesadelo terminou! Estou de regresso àquilo que mais gosto de fazer: Judo”, sintetizou o campeão do Mundo de -100 kg em 2019, na sua página na rede social Facebook.

Jorge Fonseca e Wilsa Gomes (-57 kg) tiveram testes positivos para Covid-19 em 24 de Junho, quando a Federação Portuguesa de Judo se preparava para iniciar o primeiro estágio alargado das seleções, em Coimbra.

“É difícil expressar a alegria que sinto por poder voltar a treinar com os meus colegas de clube e de selecção. Não foi um combate fácil, contra este adversário invisível que não se deixa agarrar nem projectar; mas, com o apoio de todos, venci mais este desafio”.

O judoca do Sporting CP, de 27 anos, esteve três semanas de quarentena em Lisboa e, posteriormente, realizou quatro testes que deram negativo.

Uma palavra de enorme gratidão para os meus colegas e amigos que nunca se cansaram de me acarinhar e animar durante este período de angústia e incerteza. Com a vossa ajuda, foi mais fácil suportar e ultrapassar esta provação. E o meu pensamento estará seguramente convosco nas próximas vitórias que anseio alcançar”.

As provas de judo deverão recomeçar em Setembro, mês para o qual estão previstos o Grande Prémio de Zagreb (18 e 20) e o Campeonato Nacional (26 e 27). Os Europeus de Praga, que deveriam ter-se disputado em maio, foram adiados para o período entre 8 e 10 de Novembro.

publicado às 05:01

Autoridade_da_concorrência.jpg

A Autoridade da Concorrência (AdC) ordenou a Liga Portugal a suspender a deliberação que tomou que impede que os clubes da I e II Ligas contratem jogadores que rescindirem unilateralmente o contrato de trabalho invocando questões provocadas pela pandemia do Covid-19.

A AdC fala de um "potencial impacto grave e irreparável de uma prática suscetível de lesar as regras da concorrência e que foi objecto de abertura de um inquérito tendo por visada a LPFP. Através de um acordo de não contratação, as empresas abstêm-se de contratar os trabalhadores umas das outras, deste modo renunciando à concorrência pela aquisição de recursos humanos, para além de privarem os trabalhadores da mobilidade laboral".

A Autoridade da Concorrência explica ainda que os acordos de não contratação "têm sido considerados restrições muito graves da concorrência por parte das autoridades da concorrência americanas e europeias".

A Liga está agora obrigada a comunicar a "todos os clubes e seus associados a suspensão da decisão de 8 de Abril e a emitir um comunicado de imprensa dando conhecimento do mesmo facto".

Por cada dia de atraso na adopção das medidas determinadas, a Liga fica condenada ao pagamento no valor de 6.000 euros.

publicado às 04:00

mw-1280.jpg

A Ministra da Saúde, Marta Temido, sublinhou a severidade de ocorrerem concentrações de pessoas para assistirem aos jogos da I Liga, que vão ser retomados em 3 de Junho, sem público e transmitidos em canais pagos:

“Por ocasião de competições desportivas, haver concentrações em determinados espaços, é evidente que isso não vai poder acontecer da forma como estávamos habituados".

As dez últimas jornadas da edição 2019/20 da I Liga portuguesa de futebol vão decorrer à porta fechada, entre 03 de Junho e 26 de Julho, depois de a competição ter sido suspensa em 12 de Março.

“Nós cá estaremos para dar as explicações que entendam necessárias e a Direcção-Geral da Saúde (DGS) para produzir os normativos adequados para que todos se sintam então devidamente enquadrados", referiu a Marta Temido, recusando, no entanto, criar uma “sociedade excessivamente normatizada, em que não é possível prever tudo e os riscos de falhas também acontecem”.

“Há um momento em que cada um tem de se responsabilizar pelos seus comportamentos individuais e ainda pelo ambiente de eventual risco em que se coloca. O comportamento individual tem sido o melhor garante dos resultados alcançados”.

Segundo o boletim epidemiológico divulgado este domingo pela DGS, Portugal contabiliza 1.316 mortos associados à Covid-19 em 30.623 casos confirmados de infecção.

Relativamente a sábado, há mais 14 mortos (+1%) e mais 152 casos de infecção (+0,5%).

Mais 14 mortos... Para alguns, e não só em Portugal, o registo diário de fatalidades é quase uma estatística desportiva, tal a sua irresponsabilidade em movimentarem-se na sociedade convencidos que são "à prova de bala".

publicado às 16:53

A I Liga tem o regresso agendado para 4 de Junho e, esta quinta-feira, o epidemiologista Filipe Froes, consultor da Liga para as questões relacionadas com a pandemia de Covid-19, abordou a possibilidade de ocorrer um caso de infecção no decorrer da competição.

image.jpg

"Está previsto. O que acontece é que o caso terá de ser declarado, terá de ser seguido o percurso da situação e terá um período de isolamento previsto por lei que pode ir até catorze dias. Todos os contactos são testados novamente e terão a temperatura avaliada e serão então seguidos diariamente por um departamento médico que os avaliará até à exaustão e que os monitorizará. Estes testes fazem com que qualquer um que testa positivo saia e os contactos sejam testados novamente, tudo de forma tranquila".

publicado às 04:16

image.jpg

A primeira série de testes a clubes da primeira e segunda divisões da Alemanha resultaram em 10 casos positivos da Covid-19, anunciou ontem a Liga Alemã de Futebol (DFL).

Dos 1.724 testes para já realizados nos 36 clubes envolvidos (18 por divisão), 10 deram resultado positivo, embora a DFL ainda não tenha revelado os clubes envolvidos e o nome das pessoas, que tanto podem ser um jogador ou um membro da equipa técnica, que estão infectadas com novo coronavírus.

Isto acontece numa altura em que a Alemanha prepara o regresso do futebol profissional, com a Bundesliga a poder reiniciar já durante o atual mês de Maio.

Na última quinta-feira, o FC Colónia, actual 10.º classificado da Bundesliga, anunciou a existência de três casos positivos no seu plantel (dois jogadores e um fisioterapeuta), que foram colocados de quarentena. Ontem, o clube acrescentou que, na segunda bateria de testes, deram todos negativos.

O protocolo proposto pela DFL para a retoma dos campeonatos prevê a exclusão de casos positivos, mas sugere contudo que o restante plantel possa continuar a treinar se os testes forem negativos.

No domingo, o ministro do Interior, Horst Seehofer, responsável pela pasta do Desporto, mostrou-se a favor do regresso a jogo da Bundesliga assim como da proposta apresentada pela DFL.

Na quarta-feira, a chanceler, Angela Merkel, irá apresentar a tomada de decisão oficial do executivo germânico, depois de realizar uma reunião com os líderes das várias regiões, em videoconferência.

De acordo com os últimos dados disponíveis, a Alemanha registou, para já, um total de 165.745 infectados com o novo coronavírus e 6.866 mortos devido à doença.

Reportagem Lusa

publicado às 03:02

Mais 16 fatalidades em Portugal

Rui Gomes, em 02.05.20

modelocoronavirus.jpg

Nas últimas vinte e quatro horas regista-se em Portugal mais 16 vítimas mortais devido à pandemia de Covid-19, segundo os números apresentados hoje no boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

No total, há agora (14h00) 1.023 óbitos desde o início da pandemia de Covid-19, enquanto o número de casos recuperados subiu para 1.671, mais 24 do que ontem, sexta-feira. 

Há 150 pessoas nos cuidados intensivos, sendo que no total registam-se 25.190 infectados, mais 230 do que na última contagem, sendo que 3.761 aguardam resultado laboratorial.  

As Regiões Autónomas dos Açores contabilizam 131 casos (127 ontem) e 13 óbitos (mais um), enquanto na ilha da Madeira há 86 casos de pessoas infectadas (não houve alteração de números nas últimas 24 horas).

publicado às 17:13

img_920x519$2020_04_30_14_38_56_1693304.jpg

O plantel principal do Sporting Clube de Portugal, incluindo a equipa técnica e respectivo staff, realizou esta quinta-feira, nas instalações da Academia Sporting, a segunda sessão de testes à COVID-19.

Foram novamente realizados testes serológicos (análises ao sangue) e de PCR através de colheita nasofaríngea (zaragatoa).

Estes testes integram o protocolo de regresso aos treinos que foi previamente definido com o objectivo de proteger todos os profissionais de um possível contágio do vírus.

publicado às 15:31

A estupidez humana não tem limites

Rui Gomes, em 27.04.20

2020-04-27 (1).png

No total, 54.841 pessoas morreram nos Estados Unidos. O número de infectados subiu para 964.937, com aproximadamente 100 mil pessoas a serem dadas como recuperadas. Com o passar de cada dia, aumenta o número de fatalidades, mas a estupidez de alguns exige que as restrições sejam levantadas. Aliás, a ocorrência não é limitada aos Estados Unidos, até na blogosfera leonina se verificam exemplos dessa estupidez, relativamente a Portugal.

Seguem-se Itália (26.644 mortos, mais de 197 mil casos), Espanha (23.190 mortos, mais de 207 mil casos), França (22.856 mortos, cerca de 162 mil casos) e Reino Unido (20.732 mortos, perto de 153 mil casos).

Em Portugal, 928 mortos - mais 25 do que no domingo -, 23.864 infectados e 1.357 recuperados da doença.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 207 mil mortos e infectou mais de 2,9 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Cerca de de 866 mil doentes foram considerados curados.

Falando de estupidez humana, temos este caso de Paris, em que muitas pessoas  decidiram sair de casa e juntar-se na rua para dançar como se nada fosse. Tudo isto sem máscaras nem distâncias mínimas de segurança.

Nota: Creio que é perder tempo publicar os números propagados pelo governo chinês, que anunciou ontem apenas 11 novos casos de pessoas infectadas e nenhuma nova morte pelo 11.º dia consecutivo. Há quem diga que tal como a estupidez, a mentira também não tem limites.

publicado às 15:16

2020-04-21 (1).png

A UEFA deixou uma "recomendação forte" aos 55 membros para que as Ligas de futebol nacionais possam ser concluídas, após a suspensão devido à pandemia de COVID-19, sem especificar um calendário preciso.

Em comunicado, o organismo de cúpula do futebol europeu dá conta de uma reunião com as 55 associações que dele fazem parte, através de videoconferência, no qual foi deixada a recomendação "para que se terminem as principais ligas e taças de cada país".

A UEFA admite ainda que venham a ser considerados "alguns caso especiais assim que sejam desenvolvidas todas as linhas orientadoras sobre a participação nas competições europeias" da próxima época, no caso de campeonatos que sejam cancelados.

"Várias opções de calendarização foram apresentadas, cobrindo tanto jogos de selecções como de clubes", pode ler-se no comunicado.

O reatar de todas as competições, nacionais e europeias, de clubes e ainda de selecções, bem como o modelo para a temporada 2020/21 estará no centro da agenda da reunião do Comité Executivo da UEFA, marcado para quinta-feira.

Na segunda-feira, o presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, declarou que as Ligas estão prontas para jogar à porta fechada, porque "é melhor do que não jogarem", o que teria um "impacto terrível" a nível económico.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 170 mil mortos e infectou quase 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

publicado às 03:35

O regresso ao treino

Leão Zargo, em 20.04.20

image (1).jpg

Esta segunda-feira, os jogadores do Sporting regressaram à Academia de Alcochete para treinarem ao ar livre, abandonando assim, por algumas horas, o confinamento. Os atletas mantiveram, entre si, uma distância nunca inferior a 10 metros, sendo acompanhados pelo preparador físico Gonçalo Álvaro e pelo responsável pela Unidade de Performance Francisco Tavares, sob a supervisão do médico Nuno Loureiro.

image (2).jpg

Os jogadores chegaram equipados ao centro de treinos do Sporting e foram organizados por quatro horários distintos - o primeiro grupo trabalha das 10h às 10h40, o segundo entre as 11h10 e as 11h50 e depois entre as 12h10 e as 12h50. A manhã termina com o horário das 12h20-13h - e, em cada grupo, os futebolistas treinam de forma individual, estando distribuídos pelos seis relvados da Academia.

image.jpg

Para melhor medição dos índices físicos são utilizados os coletes com GPS integrado, o que ajuda a Unidade de Performance a uma melhor optimização dos treinos de cada atleta. Além dos jogadores da equipa principal, estiveram presentes Eduardo Quaresma, Nuno Mendes, Joelson Fernandes, Gonçalo Inácio, Matheus Nunes e Tiago Tomás. O Sporting é o primeiro clube da I Liga a tomar esta decisão.

publicado às 16:20

Teoria conspiratória bombástica

Rui Gomes, em 20.04.20

960-37.jpg

O antigo número um do ténis, Marat Safin, acredita numa teoria da conspiração sobre o coronavírus, cujo objetivo é colocar microchips nas pessoas.

Numa conversa com o diário russo Sports através do Instagram, o antigo tenista refere que esta situação "já estava preparada", recordando que "em 2015, Bill Gates falou sobre uma pandemia, que o próximo inimigo era um vírus, não uma guerra nuclear".

Safin diz mesmo que o fundador da Microsoft, que alertou o mundo para a necessidade de se preparar para uma pandemia de dimensão mundial, sabia de tudo e que o 5G é parte da conspiração: "A rede 5G começa porquê? Para introduzir nanochips. Vejam o que está a acontecer ao nosso redor. As pessoas estão em pânico, tudo está como deveria ser. Acho que é situação preparada, que nem tudo o que está a ser dito é verdade, mas as pessoas acreditam nas histórias de horror que a televisão mostra."

Safin acredita mesmo que esta é a fórmula encontrada para dominar a humanidade. "Está tudo pré-destinado para que as pessoas sejam vacinadas com micro-chips", afirma, acrescentando... "creio que existem homens mais poderosos do que todos esses líderes, Trump, Putin, Merkel... homens que realmente administram dinheiro, donos do mundo, que assim podem fazer o que quiserem."

Bem... confesso que a minha imaginação não dá para tanto, mas não deixo de concordar com a sua derradeira consideração sobre os homens mais poderosos do Mundo.

publicado às 05:04

img_1280x720$2020_04_15_21_37_20_1687913.jpg

publicado às 04:17

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo