Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Foto do dia

Rui Gomes, em 17.03.21

mw-1280.jpg

"Sobre o fim de Cristiano Ronaldo e Lionel Messi: para quem já foi um deus

ser apenas humano é uma despromoção imperdoável".

(A frase é de Bruno Vieira Amaral, em Tribuna Expresso)

publicado às 03:01

Fotografia com história dentro (237)

A primeira internacionalização de Cristiano Ronaldo

Leão Zargo, em 01.03.21

22028619_kbolj.jpeg

Cristiano Ronaldo vestiu pela primeira vez a camisola das quinas num jogo frente à África do Sul em 24 de Fevereiro de 2001.  Verificou-se na II edição do Torneio Internacional Cidade de Torres Novas e Rio Maior para selecções sub-15 e Portugal venceu por 2-1. Cristiano marcou o segundo golo da selecção (o primeiro da sua conta pessoal por uma selecção portuguesa), mas não seria a estrela da equipa embora tivesse protagonismo pela qualidade do seu futebol e pelos golos que conseguia. De certa forma, até pela idade de todos, era uma equipa sem estrelas.

Carlos Dinis, então seleccionador nacional da equipa de sub-15, afirmou ao jornal Record, de 23.2.2021, que “hoje, olhamos para o Cristiano e vemos um determinado jogador, mas, na altura, não podíamos perspectivar o que ia acontecer. Tinha qualidade e talento, e foi cada vez melhorando mais. Também era notório que tinha algumas coisas diferentes dos outros, especialmente no aspecto individual. Era ainda um bocado anárquico dentro do próprio jogo, muitas vezes não respeitava muito as questões de ordem táctica, mas era um talento e tinha um potencial físico acima dos outros”.

O antigo seleccionador nacional sublinha que o espírito ganhador, a paixão pelo jogo e a capacidade de liderança contribuíram para que Cristiano se diferenciasse de uma geração que ficou quase toda pelo caminho. Cerca de dois anos depois desse jogo em Torres Novas estava a estrear-se na selecção principal com Luiz Felipe Scolari. Na verdade, ele subiu patamares de forma muito pouco comum. Era juvenil de segundo ano, com 17 anos, e já era titularíssimo nos juniores de segundo ano do Sporting e, no ano seguinte, já estava na equipa principal. Depois, no Verão de 2003, Sir Alex Ferguson levou-o para Manchester a troco de 15 milhões de euros.

Na fotografia, a equipa nacional sub-15 que iniciou o jogo com a África do Sul em 24 de Fevereiro de 2001: 

Em cima - Cristiano Ronaldo (Sporting), Fernando (Benfica), André Carvalho (Rio Ave), Diogo (Belenenses), Filipe Duarte (Benfica) e Christopher (Sporting);

Em baixo - Monteiro (Boavista), Steven (Boavista), Costinha (Vitória de Setúbal), Ricardo (FC Porto) e Pedro Araújo (Sporting).  

publicado às 14:00

img_770x443$2021_02_06_06_55_00_1812121.jpg

A Juventus venceu a Roma e ultrapassou a equipa de Paulo Fonseca na classificação da Serie A, chegando ao terceiro lugar. Cristiano Ronaldo abriu o marcador e chegou aos 763 golos na sua carreira, ultrapassando Josef Bican e tornando-se no melhor marcador da história do futebol (contabilizando golos por equipas principais de clubes e seleção A).

Nesta época, com 36 anos de idade, este extraordinário jogador e goleador, formado no Sporting Clube de Portugal, leva 23 golos em 24 jogos pela Juve.

Parabéns Cristiano Ronaldo!

publicado às 03:00

Fotografia com história dentro (233)

Camacho e os jovens Ronaldo e Quaresma

Leão Zargo, em 30.01.21

Cristiano e Quaresma.jpg

Ricardo Quaresma e Cristiano Ronaldo jogaram juntos na equipa principal do Sporting em 2002-03. Pelo facto de ser um ano e meio mais velho, Quaresma esteve sempre adiantado nos escalões de Formação, chegou mais cedo à primeira equipa e foi campeão nacional em 2001-02. Encontraram-se na época seguinte com Lazlo Boloni como treinador.

Os dois jogadores alinharam logo de início no primeiro jogo-treino da pré-época com o Samouquense na Academia de Alcochete. Ao intervalo o Sporting já vencia por 4-0, com golos de César Prates, Quaresma (2) e Ronaldo. “Roni” e “Lelito” ocupavam as duas alas e davam nas vistas pelo seu futebol ofensivo e irreverente, sempre para a frente.

Por estar no segundo ano de sénior, Quaresma foi titular nos primeiros jogos oficiais, com o Inter de Milão na pré-eliminatória da Liga dos Campeões, com o Leixões na final da Supertaça e nas primeiras jornadas do Campeonato Nacional. Ronaldo foi sempre para o banco, entrando durante algumas partidas. No entanto, afirmou-se rapidamente e frente ao Moreirense, na 6ª jornada, conquistou finalmente a titularidade.

No Sporting - Benfica disputado em 7 de Dezembro de 2002, Boloni optou por Ronaldo no início do jogo, sendo substituído por Quaresma aos 54 minutos. José Antonio Camacho, o técnico benfiquista, surpreendido com a qualidade de ambos nem conseguia acreditar no que tinha visto, e exclamou para o adjunto: “Pepe, viste estes dois miúdos? Mas o que é isto? De onde é que saíram?” O treinador espanhol diria mais tarde que “foram dois jogadores extraordinários, nesse dia gostei mais do Quaresma, mas depois o Ronaldo ascendeu e creio que é o melhor do Mundo”, garantindo que é difícil escolher entre ele e Di Stéfano.

A fotografia refere-se ao momento em que Ronaldo foi substituído por Quaresma aos 54 minutos do dérbi em 7 de Dezembro de 2002.

publicado às 16:00

Made in Sporting

Rui Gomes, em 21.01.21

139616931_10157472080486555_8269873718767309378_o.

Cristiano Ronaldo marcou o seu primeiro golo oficial pela equipa principal do Sporting a a 7 de Outubro de 2002.

Ontem, na conquista da Supertaça de Itália, pela Juventus sobre o Nápoles (2-0), marcou o golo 760 da sua extraordinária carreira.

Parabéns leão!

publicado às 03:44

Cristiano Ronaldo ultrapassa Pelé

Rui Gomes, em 04.01.21

mw-1280.jpg

Novo ano, o mesmo Cristiano Ronaldo: começa 2021 com dois golos e uma assistência no embate entre a Juventus e Udinese, que o campeão italiano venceu por 4-1.

Merecedor de destaque, é o golo que lhe permitiu ultrapassar Pelé na lista de jogadores com mais golos por clubes e selecções em toda a história do futebol.

Com o seu 18.º golo da época - 14 Serie A e 4 Champions - Cristiano Ronaldo chegou aos 758 na carreira, contabilizando apenas equipas seniores. Desta forma, ultrapassou Pelé e está mais perto de Joseph Bican (805 golos).

One of a kind... sem dúvida!

publicado às 04:00

publicado às 18:20

Foto do dia

Rui Gomes, em 20.12.20

img_920x519$2020_12_19_21_44_12_1793682.jpg

Cristiano Ronaldo, aos 35 anos (quase 36), ainda consegue parar nas alturas

para marcar golos como este, o primeiro de dois que apontou ontem contra o Parma.

publicado às 03:02

Foto do dia

Rui Gomes, em 09.12.20

img_920x519$2020_12_08_20_08_07_1789405.jpg

Os lendários rivais reencontraram-se em Camp Nou

publicado às 03:31

Tentativa a humor aquando em crise

Rui Gomes, em 14.10.20

Screenshot (211).png

publicado às 03:31

Screenshot (210).png

Cristiano Ronaldo em isolamento na Cidade do Futebol

Fernando Santos...

"No primeiro jogo, tive de alterar. Fonte ia jogar com Espanha, mas não alterei plano estratégico ou intenção de jogo. Em termos de jogo não alterei nada, só troquei de jogador. Tinha confiança nos jogadores que aqui estavam. Já estava previsto lançar Semedo, foi questão de fazer ajuste e gestão da parte física. O segundo não houve nenhuma alteração. É guarda-redes... Temos a lamentar dois jogadores nossos terem testado positivo. Nunca traz nada de positivo. Infelizmente para nós, voltamos a ter esta questão muito anormal. Em relação ao jogo, nenhuma equipa, não tendo o melhor do mundo, pode ficar melhor. Mas esta equipa já demonstrou ter qualidade para resolver as situações. Por aí estou tranquilo. Gostava de ter Cristiano? Sim, é indiscutível, mas tenho plena confiança nos 11 e nos outros, quem for chamado vai fazê-lo bem.

A partir do momento em que fez o segundo teste e foi confirmado... Entrou em isolamento ontem à noite. Jogadores foram para os quartos, durante a noite soube-se a notícia, de manhã voltou-se a testar, Cristiano num primeiro momento. Cristiano está no quarto, diz que quer jogar, comunica connosco lá de cima. Está bem, completamente assintomático, não tem problemas nenhuns, nem percebe muito bem o que lhe aconteceu".

publicado às 03:30

img_920x519$2020_10_13_15_24_26_1765837.jpg

Cristiano Ronaldo acusou positivo à Covid-19. O capitão da Selecção Nacional fez seis testes nos últimos 7 dias, tendo o resultado do que foi feito ontem dado positivo.

Esse número de testes foi aplicado a todos os jogadores da Selecção Nacional.

Comunicado da FPF

Cristiano Ronaldo foi dispensado dos trabalhos da Selecção Nacional após teste positivo para COVID-19, pelo que não defrontará a Suécia.

O internacional português está bem, sem sintomas, e em isolamento.

Na sequência deste caso positivo os restantes jogadores realizaram novos testes esta terça-feira de manhã, todos com resultado negativo, e estão à disposição de Fernando Santos para o treino desta tarde, na Cidade do Futebol.

O jogo, frente à selecção da Suécia, a contar para a fase de apuramento da Liga das Nações, está agendado para quarta-feira, às 19:45, em Alvalade.

*** Como a todos aqueles infectados com este coronavírus, desejamos-lhe rápida e total recuperação.

publicado às 15:35

960.jpg

Pulverizador de recordes - este nome até poderia ser um apelido perfeito para Cristiano Ronaldo - sempre sedento por bater todos os registos por onde passa.

Contudo, existe um recorde que o galáctico português ainda não conseguiu bater. Esse pertence a Clarence Seedorf, antigo internacional holandês e que venceu por mais equipas a Liga dos Campeões: neste caso pelo Ajax, Real Madrid e pelo Ajax, ao contrário do actual jogador da Juventus que venceu no Real Madrid e Manchester United.

Porém, o ex-jogador não se mostra preocupado com o facto de poder vir a ser batido pelo jogador luso.

"Até seria muito bom ver o Cristiano Ronaldo igualar o meu recorde. Poderíamos estar a falar noutra pessoa, certo?... Por isso não vejo isto como algo negativo. Serei sempre o primeiro e isso não mudará... Para além disso, os recordes são para ser igualados e quebrados. A Juventus é certamente um candidato a ganhar a Champions e como disse antes o Cristiano mantém a sua motivação...Por isso por que não?", referiu o holandês em declarações ao portal Goal.

publicado às 03:30

Foto do dia

Rui Gomes, em 15.09.20

img_920x518$2020_09_09_18_30_59_1752122.jpg

Após ultrapassar os 100 golos pela equipa das quinas, Cristiano Ronaldo mostrou a camisola e deixou uma mensagem no Instagram: "Obrigado a todos os meus colegas, treinadores e staff da Selecção Nacional que me ajudaram a atingir esta marca histórica".

publicado às 03:47

Mais palavras para quê?

Rui Gomes, em 09.09.20

img_920x519$2020_09_08_22_24_30_1751771.jpg

publicado às 03:33

Quando se muda para pior...

Rui Gomes, em 22.06.20

hi-res-c54fa4f53df959394465031ffeac7291_crop_exact

(...) Parágrafo final para Cristiano Ronaldo, que vê agravarem-se as consequências do seu salto no escuro que a Juventus tornou mais perigoso quando contratou Maurizio Sarri, um treinador sem unhas para aquela guitarra. A Juve perdeu já a Supertaça e a Taça, e só por milagre se sagrará de novo campeã, tão mal tem jogado e tanta é a falta de forma – e de atitude competitiva – do seu saco de craques. Quanto à Champions, teme-se que não se apure sequer para o mata-mata de Lisboa, o que seria mais uma enorme decepção neste desgraçado 2020. E não sei se o apagamento exibicional de Cristiano – que a imprensa italiana zurze sem vergonha, nem contemplação – não constituirá o fim da fase de ouro da bela história iniciada em 2002. Apesar de saber que há sempre um dia em que o dia chega, quero muito acreditar que não.

Alexandre Pais, em Record

Nota: Allegri foi demitido por não ter conquistado a Champions, no entanto, tem-se, em Sarri, um técnico muito inferior. Além do mais, os dirigentes responsáveis continuam a não reconhecer que a Juventus é uma equipa mal estruturada, que poderá fazer estragos na Serie A mas que não tem "unhas" para a prova europeia. Cristiano Ronaldo, nesta fase da sua carreira, não vai conseguir compensar essa lacuna.

publicado às 03:32

Foto do dia

Rui Gomes, em 17.06.20

img_920x519$2020_06_16_15_55_52_1713359.jpg

Para assinalar os 50 anos do Campeonato do Mundo de 1970, no México, a FIFA fez umas montagens hilariantes com Cristiano Ronaldo, Pogba, Salah, Lionel Messi, Kylian Mbappé e Neymar. Os seis jogadores aparecem de bigode e com visuais daquela altura. Curiosamente, Argentina e França não se conseguiram qualificar para esse Mundial.

publicado às 03:47

Fotografia com história dentro (198)

Os golos leoninos de Cristiano Ronaldo (2002-03)

Leão Zargo, em 17.05.20

Cristiano Ronaldo SCP 2002-03.jpg

Em 2002-03, Cristiano Ronaldo tinha 17 anos de idade quando foi integrado no plantel principal pelo treinador Lazlo Boloni. Ainda fez dois jogos pela equipa B, mas estava de pedra e cal entre os melhores. Alinhou logo no primeiro jogo-treino da pré-época com o Samouquense, à porta fechada em Alcochete em 6 de Julho, e marcou o seu primeiro golo como sénior.

Esteve presente nos principais jogos da pré-época como titular ou suplente utilizado, nomeadamente com o Olympique Lyonnais, Wolverhampton, PSG, Pontevedra (Troféu “Ciudad de Pontevedra”), Benfica (Troféu “Superbola”) e Celta de Vigo. Estreou-se num jogo oficial em 14 de Agosto frente ao Inter de Milão, na pré-eliminatória da Liga dos Campeões, entrando aos 58 minutos para o lugar de Toñito. No Campeonato Nacional estreou-se com o SC Braga, em 29 de Setembro, substituindo Nicolae aos 69 minutos.

Cristiano Ronaldo conseguiu 5 golos em jogos oficiais em 2002-03. Marcou no Sporting 3 - Moreirense 0, em que bisou aos 34 e 92 minutos, e no Boavista 1 - Sporting 2, quando entrou aos 82 minutos a substituir Ricardo Quaresma e seis minutos depois garantiu a vitória leonina com um golo à ponta de lança. Deixou ainda o seu registo de goleador com o Estarreja e o Oliveira do Hospital para a Taça de Portugal. Nessa época, Cristiano esteve em 31 jogos oficiais, depois Sir Alex Ferguson levou-o para o Manchester United a troco de 15 milhões de euros no Verão de 2003.

publicado às 14:00

img_920x519$2020_04_26_13_49_18_1691681.jpg

Laszlo Bölöni foi o treinador com quem Cristiano Ronaldo se estreou na equipa principal do Sporting, quando este tinha apenas 17 anos e meio, num duelo de apuramento para a fase de grupos da Champions, frente ao Inter. O técnico recorda agora os motivos pelos quais o fez e os 'problemas' que lhe deu, na altura, quando disse que este viria a ser melhor que Figo ou mesmo Eusébio, duas glórias do futebol português:

"Fui ver o jogador aos juvenis e pedi que viesse logo para a primeira equipa, pois tinha um bom físico, era rápido e tinha grande técnica. Quando primeiro o vi a treinar com a equipa principal, decidi que não devia voltar a jogar nos escalões inferiores. Era um jovem-velho. Era uma coisa excepcional. Tinha uma maturidade fora do normal para alguém com 16 ou 17 anos.

laszloboloni-24-1508824604.jpg

Para mim não foi surpresa ele chegar ao topo do futebol mundial. Não sabia que iria ser um dos melhores da história, mas sabia que, sem lesões, seria um jogador muito bom. Naquela época perguntaram-me numa entrevista, e eu disse que ele iria superar o Figo e até o Eusébio. Essas palavras deram-me problemas, pois são Deuses em Portugal e comparar um jovem com Deuses... Ronaldo, no entanto, demonstrou que eu estava certo.

Ninguém pode dizer até quando jogará. Tem uma qualidade que é a sua mentalidade, própria de um goleador. É muito forte e quer sempre mais e mais. É um rapaz muito trabalhador, tem um físico privilegiado. Se não se lesionar, penso que ainda pode jogar mais vários anos".

Considerações do antigo treinador (campeão) do Sporting, em entrevista concedida ao jornal Marca.

publicado às 03:19

Recordar é viver

Rui Gomes, em 24.04.20

publicado às 20:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo