Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sporting vence dérbi feminino na Luz

Rui Gomes, em 10.01.22

img_920x518$2022_01_09_23_03_17_1948212.jpg

Num dérbi a contar para a 4.ª jornada da segunda fase do campeonato nacional feminino, o Sporting foi vencer a casa do rival Benfica, por 3-2.

A formação leonina entrou a todo o gás e venceu o primeiro set por claros 25-13. A reação das águias surgiu de imediato, tendo vencido os dois parciais seguintes por 28-26 e 25-19. O quarto set voltou a ser equilibrado, com o Sporting a levar a partida para a 'negra' com um triunfo nas vantagens por 27-25. Depois, no derradeiro parcial, o conjunto de Alvalade foi mais forte e fechou o encontro após vencer por 15-12.

Quanto à classificação, a AJM/FC Porto segue na liderança com 9 pontos em quatro jogos, seguindo-se o Sporting com 7 pontos (menos um jogo). O Benfica ocupa o terceiro posto, com 6 pontos.

publicado às 02:47

Leoas do rugby vencem dérbi

Rui Gomes, em 12.12.21

265428460_10158004333941923_2129611602645620103_n.

A equipa feminina de rugby do Sporting CP venceu, este sábado, o Benfica por 0-19. Este jogo foi a contar para a quarta jornada da fase regular do Campeonato Nacional da Divisão de Honra, realizado na Pista de Atletismo da Sobreda, em Almada.

Parabéns leoas!

publicado às 03:33

Dérbi do hóquei em patins polémico

Rui Gomes, em 10.12.21

265380062_10158001549036923_3117243111919063250_n.

Gilberto Borges, director de hóquei em patins do Sporting, condenou a arbitragem pelo que aconteceu no dérbi com o Benfica, no Pavilhão da Luz, num jogo a contar para a 12ª jornada do campeonato português:

"Alguém nos impediu de vencer e nos empurrou e vai ter que reflectir. Até porque há imagens disponíveis. Mas o nosso caminho continua porque não é isto que nos faz deixar de acreditar. Somos Sporting!"

Com este resultado, o Sporting continua a somar 28 pontos, três atrás do líder FC Porto, e um à frente do terceiro classificado UD Oliveirense. O Benfica situa-se em 6.º lugar, com 21 pontos.

img_920x519$2021_12_10_00_15_49_1937534.jpg

Não comento o jogo porque não assisti, apenas tenho conhecimento que o resultado final foi decidido nos instantes finais e que houve confrontos entre elementos das duas equipas.

publicado às 03:19

Ugarte não é surpresa. É qualidade!

Leão do Norte, em 05.12.21

De modo algum se devem queimar etapas na formação de um jogador. Igualmente se pode desvalorizar a necessária fase de adaptação a novas realidades competitivas. No entanto, o talento e o potencial de um jogador podem permitir, desde relativamente cedo, perceber se esse trajecto pode ser abreviado. Ugarte é um dos jogadores com o talento e o potencial que permitem a possibilidade de encurtar esse trajecto.

A minha avaliação em relação ao Ugarte está algo condicionada pela admiração que por ele tenho. Desde os tempos em que o vi jogar nos torneios de selecções jovens sul-americanas, ainda antes de competir em Portugal, que as suas qualidades me agradaram, tendo as suas prestações em Portugal motivado que seguisse a sua carreira de uma forma especial. Nesta realidade fui um acérrimo defensor da sua contratação por parte do Sporting, mesmo nas condições em que foi efectuada.

image.jpg

Neste contexto não me surpreendeu a sua extraordinária prestação no jogo com o Benfica, excedendo as minhas expectativas apenas pela sua excelência. Independentemente de uma escassa utilização prévia e da consequente falta de ritmo de jogo, Ugarte conseguiu colocar toda a sua maturidade e qualidade em campo de forma a realizar uma excelente exibição, fazendo "esquecer" um dos mais influentes jogadores da equipa do Sporting.

A sua notável acção em campo bloqueou as iniciativas dos desequilibradores ofensivos da equipa do Benfica, os quais, com a ausência de João Palhinha, certamente esperariam uma noite muito mais "folgada". Associada à brilhante prestação desportiva, demonstrou uma maturidade e uma inteligência notáveis, fugindo ao "fantasma" das faltas repetidas e ao alto risco de expulsão, sempre presente pela acção de um árbitro excessivamente "atento", e nada tolerante, com a maioria das acções dos jogadores do Sporting.

As diversas previsões catastrofistas, por parte de certa comunicação social, face à ausência de Palhinha, tornaram-se num exercício de "malabarismo" face à prestação de Ugarte.

Convém salientar o importância do treinador Rúben Amorim. O seu discurso de que todos contam não se limita a meras e agradáveis palavras. A oportunidade dada a Ugarte revelou a sua grande coerência e demonstrou a elevada confiança que deposita em todos os seus jogadores, independentemente do tempo de jogo e oportunidades anteriores.

Todos os sportinguistas desejam que Palhinha recupere o mais rapidamente possível e que possa permanecer no Sporting por um longo período, mas a prestação do Ugarte provou a todos eles que o futuro da posição está assegurado e que as decisões para a constituição do plantel são tomadas de forma cuidada e estruturada, assentes na qualidade e, salvo raras excepções, com uma perspectiva de médio e longo prazo.

Qualquer avaliação apressada do valor das contratações é injusta e falível, não só porque o momento de afirmação de cada uma delas é invariavelmente diferente, como a experiência passada tem provado o acerto das decisões.

publicado às 12:15

Screenshot (464).png

"Temos de jogar, com a mesma responsabilidade, mesmo sem Palhinha e Coates. Vai jogar o melhor Sporting. Olhamos para o copo meio cheio, para o projecto. O Dani tem de jogar, o Ugarte tem de começar a arrancar. Quando o contratámos foi para salvaguardar a saída de um dos nossos médios e queríamos um jovem com muito talento e sangue na guelra. Nada melhor do que estes jogos para lançar estes jogadores. São jovens, não viveram bem estes momentos, mas olhando para o copo meio cheio é entusiasmante ter estes jogos para ver estes jogadores. Esta equipa tem de estar preparada, não depende de ninguém, vamos a jogo, temos de ganhar e é isso que vamos fazer".

Rúben Amorim

publicado às 03:02

FBHIc1uWYAcn3Xc.jpg

O Sporting CP informa que lutará com todas as suas forças contra qualquer tentativa de afastamento dos seus Sócios e adeptos de apoiar o Clube em recintos adversários.

É, por isso, nesse exacto contexto que informamos que, após um processo moroso abaixo descrito, hoje, dia 30 de Novembro, vamos disponibilizar aos Sócios com Gamebox os bilhetes para o jogo frente ao SL Benfica a contar para a Liga Bwin, que se realiza no Estádio da Luz, em Lisboa, no próximo dia 3 de Dezembro, às 21h15. 

O atraso na disponibilização dos bilhetes é totalmente alheio ao Sporting CP, e resulta de uma situação criada pelo SL Benfica, com a estranha anuência da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP). 

Os primeiros três parágrafos de um extenso Comunicado do Sporting disponível aqui.

publicado às 03:20

O Sporting CP recebeu e venceu o Benfica, por 5-2, este domingo, em jogo a contar para a 9ª jornada da Liga Placard.

m8vj7chw.jpeg

Numa partida disputada no Pavilhão João Rocha praticamente com lotação esgotada, os encarnados saíram na frente com um autogolo de Miguel Ângelo, mas os leões reagiram e Cardinal empatou a partida. Ainda na primeira metade, os encarnados voltaram a colocar-se na frente com um tento de Chishkala.

No reatar, os leões mostraram-se dominadores e marcaram quatro golos consecutivos por Merlim (2), Caio Ruiz e Waltinho.

Com esta vitória, a equipa leonina isola-se no comando da Liga Placard com 24 pontos, dois de vantagem sobre o Fundão e três sobre o Benfica.

ociiifkc.jpeg

Na próxima jornada, agendada para o dia 27 de Novembro, a equipa leonina visita o FC Azeméis.

NOTA: O jogo marcou marcou o regresso dos adeptos aos dérbis de futsal 21 meses depois, com os verdes e brancos em clara e natural maioria no Pavilhão João Rocha. Mas foram também muitos os adeptos do Benfica que se deslocaram à casa do eterno rival para assistir à partida.

Após o quinto e último golo do Sporting, marcado por Alex Merlim, ao minuto 38, o jogo esteve interrompido durante vários minutos, devido a uma intervenção policial numa das bancadas atrás das balizas, onde se encontravam os adeptos do Benfica. 

Ainda...

O dérbi contou com o apoio em peso da equipa de futebol do Sporting. Luís Neto, Ricardo Esgaio, Pedro Porro, Nuno Santos, Paulinho e Bruno Tabata assistiram ao jogo na tribuna do João Rocha, onde também esteve sentado o presidente leonino, Frederico Varandas, e outros elementos dos órgãos sociais, casos de Rogério Alves, Francisco Salgado Zenha e Miguel Afonso.

Em resposta à missiva encarnada desta manhã, missiva esta que demonstra, mais uma vez, o mau perder do clube da Luz, o Sporting emitiu um comunicado:

"O Sporting Clube de Portugal congratula-se por mais uma vitória justa e inequívoca no dérbi de futsal, frente ao SL Benfica. Foi um grande jogo, frente a um rival, onde a equipa demonstrou em campo por que razão é campeã nacional e europeia da modalidade.

O Sporting CP rejeita toda e qualquer tipo de violência e acredita que comportamentos violentos devem ser banidos dos recintos desportivos em Portugal. Temos lutado por um Desporto mais justo, mais transparente, mais equitativo e continuaremos intransigentes nessa luta. Disputas verbais entre adeptos são comuns e normais, tudo o que transcenda isso mesmo, seja de um lado ou de outro, é absolutamente lamentável. Ainda sobre o jogo, de referir também que o incidente responsável pela visível quebra de vidro de protecção foi motivado por festejos dos nossos adeptos e não tentativas de agressão.

Num jogo de alta intensidade e de emoções muito fortes, são absolutamente lamentáveis as provocações constantes do jogador Jacaré, incendiando as bancadas e o ambiente, com uma atitude que em nada se recomenda a um jogador profissional.

Todos deveremos trabalhar em conjunto para eliminar certos comportamentos do público e igualmente educar os nossos jogadores a não contribuírem para a violência nos recintos desportivos."

publicado às 04:49

FBHIc1uWYAcn3Xc.jpg

O Sporting Clube de Portugal informa que não vai poder disponibilizar bilhetes para o jogo da próxima jornada do Campeonato Placard Andebol 1, agendado para o próximo dia 13 de Novembro de 2021, frente à equipa do Sport Lisboa e Benfica, por o clube visitado ter recusado a cedência de bilhetes. Assim:

1. No dia 4 de Novembro de 2021, na falta de qualquer aviso ou informação em sentido contrário, o Sporting CP solicitou ao SL Benfica o envio dos bilhetes a que tem direito com o fim de os distribuir pelos seus adeptos.

2. No dia 5 de Novembro de 2021, perante a ausência de resposta por parte do SL Benfica, o Sporting CP reiterou o pedido de envio dos bilhetes com vista a disponibilizar os títulos de ingresso aos seus adeptos.

3. No mesmo dia 5 de Novembro de 2021, o SL Benfica informou o Sporting CP que a emissão dos ingressos solicitados apenas seria possível mediante a comunicação prévia dos dados pessoais (nome, documento de identificação, data de nascimento e contacto) de todos os adeptos que pretendessem assistir ao jogo.

4. Por entender que a exigência do SL Benfica carece do mínimo de fundamento, no dia 8 de Novembro de 2021, o Sporting CP informou a Federação de Andebol de Portugal acerca do sucedido, tendo a federação posteriormente notificado aquele clube para proceder à cedência dos bilhetes requeridos de acordo com os termos regulamentares aplicáveis.

5. Até ao momento, apesar das insistências do Sporting CP, o SL Benfica não facultou quaisquer bilhetes aos adeptos do Sporting CP.

Com a certeza de que tudo fez e tudo continuará a fazer para que os seus adeptos sejam respeitados e possam acompanhar o clube, o Sporting CP não pode, contudo, deixar de lamentar o transtorno causado, garantindo que a equipa saberá dar a resposta adequada em campo.

publicado às 02:33

isa_6666.jpg

Já com o apuramento garantido para a segunda fase da prova, a equipa sub-17 de futebol do Sporting CP recebeu, neste domingo, o Benfica e empatou (1-1) na 11.ª jornada – e última - da série D do Campeonato Nacional.

Assim, os jovens leões de José João terminaram a primeira fase no primeiro lugar, sem qualquer derrota e como a formação mais finalizadora (53 marcados) e também menos batida (quatro sofridos) da série.

No dérbi, o golo de Vivaldo Semedo colocou o emblema leonino na frente do marcador durante a segunda parte, mas um tento encarnado ao cair do pano ditou a igualdade no Estádio Aurélio Pereira.

Com este resultado, o Sporting encerrou a primeira fase invicto com 29 pontos, os mesmos que o Benfica, mas uma melhor diferença de golos deu o primeiro lugar aos leões.

Sporting: Guilherme Pires [GR], Leonardo Barroso, Pedro Silva, João Muniz, Rodrigo Dias (Carlos Santos 76'), Henrique Arreiol (Alexandre Brito 76'), Manuel Mendonça [C], Guilherme Santos (Mamadu Djaló 86'), Pedro Sanca (Adair Kandala 86'), Saná Fernandes (Afonso Moreira 57') e Vivaldo Semedo.

publicado às 16:00

Vem aí mais um Sporting - Benfica

Rui Pedro Barreiro, em 01.02.21

Caros leitores, após algum tempo de ausência, aqui deixo-vos a minha primeira reflexão de 2021. Partilho convosco a minha satisfação. Verifica-se que temos uma equipa, mesclando bem a experiência e a juventude, deveras temperada com muita qualidade. Constato que temos um bom treinador e que as contratações desta época foram acertadas. Estamos a fechar o derradeiro período de contratações. Oxalá se mantenha a bitola do início da época e não se entre de modo algum em loucuras ou devaneios que diminuem os níveis de acerto desta temporada.

Derby-2 (2).jpg

Mantenho uma enorme insatisfação com as arbitragens nacionais, os critérios técnicos e disciplinares aplicados ao Sporting são quase sempre em prejuízo da nossa equipa, mas também isso até não é nada de novo. Só a qualidade das decisões gestionárias e técnico-desportivas e as vitórias dentro do campo poderão derrotar estes que nos tentam deitar abaixo.  Não calar a nossa revolta e publicamente denunciar estas sucessivas decisões que nos prejudicam é muito importante para se perceber a nossa força. Enquanto estivermos divididos os outros vão ganhando, como se tem visto quase sempre neste século.

A pandemia que afecta gravemente a sociedade, em geral, tem penalizado o desporto não profissional com consequências extremamente gravosas, mas ainda difíceis de quantificar totalmente. Os casos que afectam o futebol profissional são conhecidos, apesar de este ser um sector muito mais protegido, mas espero que se ultrapasse rapidamente esta situação desairosa que ceifa vidas e afecta muitas famílias, reduzindo a importância do futebol e das diferenças clubísticas.

Todavia, um Sporting a receber o Benfica merece sempre algumas considerações. Primeiro que seja um grande jogo, em segundo lugar que desta vez haja uma boa arbitragem e não uma habilidosa arbitragem (incluo o VAR) e em terceiro que o Sporting mostre que apesar de uma situação orçamental difícil temos qualidade suficiente para derrotar o nosso rival da Segunda Circular. Viva o Sporting!

publicado às 03:04

Quando falta um, estão lá os outros todos!

Leão do Norte, em 31.01.21

img_920x518$2021_01_09_09_42_00_1800795.jpg

Apesar da revoltante exclusão de Palhinha do dérbi de amanhã, até com vários traços que indiciam uma acção premeditada, este é o momento para dizer que as nossas aspirações de vitória continuam intactas e a nossa ambição só redobrou com este infame episódio.

Todos sabemos quais são os poderes obscuros do futebol português e os meios usados para o exercer e perpetuar, mas compete-nos, não só os denunciar permanentemente, como também tornar a sua tarefa cada vez mais difícil. E é precisamente dentro do campo que esta equipa tem conseguido ser um "osso duro de roer" e um obstáculo a esses poderes.

Amanhã, privados injustamente de um elemento importante como o Palhinha, teremos de demonstrar em campo, e mais uma vez, que os desprezíveis meios usados por esses velhos poderes para nos tentar enfraquecer, não só não resultam, como nos tornam mais fortes.

Seja com a solução mais óbvia, através de Matheus Nunes, seja através de uma surpresa de Rúben Amorim (estou a lembrar-me da utilização de Eduardo Quaresma nessa posição), o importante é que quem tenha a missão de "substituir" o Palhinha (assim como a restante equipa), entre em campo, não para o fazer esquecer, mas lembrando-se da injustiça da sua ausência e da elevada importância que o seu esforço e tenacidade, ao longo do jogo, terão na possibilidade de se poder dedicar-lhe a vitória. Habituado que estou ao enorme espírito combativo e de união da actual equipa, personalizado e fomentado pelo seu treinador, não tenho a mínima dúvida que amanhã o estado de espírito será esse. 

Por mais importantes que as palavras sejam, não será só com elas que demonstraremos a nossa revolta e restabeleceremos um mínimo de justiça. É através de actos, essencialmente dentro das quatro linhas, que poderemos provar o difícil que é vergar esta equipa e o quão trabalhosa será a tarefa de a derrubar, por mais "encomendas" que façam.

Neste momento, há que provar a união inabalável deste grupo e a sua capacidade de reagir às injustiças, mostrando que se o privam de um dos seus elementos, vão ter de levar com todos os outros. E no final espero que a nossa resistência seja superior à deles!

publicado às 02:35

22005135_sKFpK.jpeg

O Conselho de Disciplina (CD) não despenalizou João Palhinha no recurso apresentado pelo Sporting ao 5º cartão amarelo que o médio viu frente ao Boavista. Desta forma, mantém-se a suspensão de um jogo e Palhinha falha o dérbi de segunda-feira frente ao Benfica. 

Ao que consta, o CD seguiu o princípio da autoridade do árbitro em campo. No âmbito do recurso do Sporting, Fábio Verissimo testemunhou ter avaliado o lance em toda a sua extensão e o organismo seguiu o princípio da autoridade do árbitro em campo (Field Play Doctrine), que sustenta o critério que tem utilizado nestes casos (como o caso Otamendi).

Esta doutrina pretende preservar o sentido do jogo na ideia de que o árbitro, sob pressão própria de um jogo, tem mesmo de decidir e as suas opções devem ser respeitadas; com isto pretende-se evitar que o jogo em campo continue por uma via decisória como se o órgão disciplinar pudesse continuar a arbitrar.

Curiosamente, no entanto, este mesmo organismo anulou o castigo de um jogo ao médio Nuno Coelho, do Chaves, que também tinha visto o 5º amarelo no jogo com o Arouca, da 2.ª Liga. A decisão foi tomada após os árbitros terem testemunhado que não viram o lance em toda a sua extensão.

Bem... não se pode afirmar que esta decisão é surpreendente. Como já tive ocasião de aqui referir, a encomenda foi instrumentalizada e Fávio Veríssimo cumpriu. Não seria agora com um simples abrir e fechar de olhos que tudo seria rasurado.

Ainda reflectindo sobre a despenalização ao jogador do GD Chaves, nomeadamente o seu fundamento, quem assistiu ao jogo no Bessa e teve entretanto ocasião de rever as muitas imagens do lance que foram disponabilizadas - inclusive da foto deste post - é bastante claro que Fábio Veríssimo também não viu o lance "em toda a sua extensão", uma vez que os jogadores estavam de costas para ele.

Enfim... teremos de ir a jogo sem João Palhinha e dedicaremos a vitória a ele.

_________________________________________________

A mensagem de João Palhinha, no Instagram, após ter conhecimento da decisão do CD:

"Sempre juntos contra tudo e contra todos"

_________________________________________________

Sporting reage à decisão do Conselho de Disciplina:

Através do Twitter, o responsável pela comunicação do Sporting deixou duras críticas ao Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) na sequência da decisão de não despenalizar João Palhinha. Na sua publicação, Miguel Braga transcreve parte do testemunho de Fábio Veríssimo sobre o lance em questão:

"Um Conselho de Disciplina que não privilegia a verdade desportiva não representa os interesses do futebol e não deve ter lugar no futebol português", começa por escrever Miguel Braga.

"O Exmo. Senhor Fábio Veríssimo respondeu então: Sim. Devido ao meu posicionamento no momento da jogada, levou-me a agir disciplinarmente por ter considerado que o jogador do Boavista se encontrava liberto de opositores e preparado para rematar à baliza quando foi empurrado pelo jogador n° 6 do Sporting. Após visionar as imagens da jogada (ângulo oposto ao meu posicionamento) considero que a mesma não cumpre os critérios para ataque prometedor. Deste modo, a acção disciplinar não foi adequada."

ADENDA

O Sporting já recorreu para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) da decisão do Conselho de Disciplina em manter um jogo de suspensão a João Palhinha, que afasta o médio do dérbi com o Benfica, marcado para segunda-feira. O recurso foi enviado na manhã deste sábado.

Os leões procuram desta forma esgotar todas as vias para reverter o 5.º cartão amarelo de João Palhinha, conscientes, porém, de que muito improvavelmente o TAD irá deliberar em tempo útil. No limite, isso ainda poderá acontecer até à hora do jogo.

publicado às 14:30

Como não podia deixar de ser!

Rui Gomes, em 29.01.21

img_920x518$2021_01_29_15_45_16_1808672.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 16.ª jornada da Liga NOS:

Sporting CP-SL Benfica
Árbitro: Artur Soares Dias
Assistentes: Rui Licínio e Paulo Soares
4.º árbitro: Vítor Ferreira
VAR: Hugo Miguel
AVAR: Ricardo Santos

FC Porto-Rio Ave FC
Árbitro: Nuno Almeida
Assistentes: Bruno Jesus e Pedro Felisberto
4.º árbitro: Iancu Vasilica
VAR: Tiago Martins
AVAR: Pedro Mota

Moreirense FC-SC Braga
Árbitro: João Pinheiro
Assistentes: Tiago Costa e Nuno Eiras
4.º árbitro: Fábio Silva
VAR: António Nobre
AVAR: Pedro Martins

Depois da sua vergonhosa actuação, como VAR, pela visita do Sporting a Famalicão, eis que aparece novamente a figura de mau presságio de Artur Soares Dias para trabalhar o dérbi na próxima segunda-feira.

Esta nomeação pelo Conselho de Arbitragem não surpreende - aliás, muitos de nós já a esperávamos - porque o "sistema" não dorme, e muito em especial neste caso do dérbi, em que, na realidade, estão tantos como seis pontos em disputa.

Tendo presente que é a 16.ª jornada da Liga, não se pode considerar que seja um jogo absolutamente decisivo, no entanto, uma derrota do clube da Luz distancia os encarnados ainda mais do topo da tabela classificativa e ainda oferece maior margem de conforto ao segundo classificado FC Porto.

publicado às 16:17

Resumo do dérbi em futsal

Rui Gomes, em 29.11.20

publicado às 13:15

Empate emotivo no dérbi de futsal

Rui Gomes, em 28.11.20

A equipa de futsal do Sporting empatou, esta sexta-feira, com o Benfica por 3-3, em jogo referente à 11.ª jornada da Liga Placard.

Nove meses depois do último dérbi, leões e águias voltaram a encontrar-se, desta vez no Pavilhão João Rocha, num jogo que colocou frente a frente o melhor ataque e a melhor defesa do século na prova, respectivamente.

fut1_0.jpg

Ninguém melhor que Nuno Dias, treinador do Sporting CP, para reflectir num jogo muito emotivo e que não decorreu da melhor maneira para os leões, apesar de ter sido superior ao rival:

"Não considero que tenha sido o mais justo. O que foi injusto foi termos de sofrer tanto para chegar ao empate, que na minha opinião nos penaliza. Não ganhámos 1 ponto, perdemos 2. Apesar de termos marcado no último minuto, com o risco do 5 para 4, acho que pelas grandes oportunidades, algumas delas caricatas, o número de finalizações que tivemos, alguns lances de 4 para 3, nem consigo sequer dar-me por satisfeito com este resultado.

O Sporting foi superior, criou mais oportunidades, quis mais jogar, e acabou por ter de sofrer para empatar. Mas estamos na liderança do campeonato. Se o empate é justo ou injusto, será sempre um resultado que traduz o número de golos marcados.

Fico satisfeito com a exibição, atitude e garra, ainda que nem sempre com o melhor discernimento ou com os níveis de concentração que me satisfazem. Algo típico de um dérbi, que nem sempre é bem jogado, por vezes mais com coração e emoção, e isso às vezes tira qualidade ao jogo. Mas fica o empate. Parece que que é um resultado que sabe bem, mas quero dizer que não é assim e não ficamos satisfeito com ele".

publicado às 04:02

Foto do dia

Rui Gomes, em 15.11.20

_SHO3603.jpg

A "irreverente" Ana Capeta que ontem marcou dois golos ao Benfica.

publicado às 03:01

Foto do dia

Rui Gomes, em 11.10.20

Screenshot (208).png

Pode ver aqui o golo que o Sporting marcou e que, em erro, não foi validado.

publicado às 03:19

120923188_10157197509486923_2868727815159898408_o.

Dérbi entre Benfica e Sporting, a contar para a 3.ª jornada do campeonato nacional de hóquei em patins, termina empatado (1-1), num encontro em que as duas equipas tiveram abordagens diferentes. Na primeira parte, as águias estiveram melhores no capítulo das saídas rápidas, enquanto que os leões procuraram uma posse de bola mais controlada. O Sporting que teve as melhores oportunidades nos primeiros 25 minutos, uma por Pedro Gil - com um grande lance individual - e outra por Toni Pérez - que atirou, da marca de penálti, por cima da baliza de Pedro Henriques. Na segunda metade, os leões viriam a dispor de mais dois penáltis, com Valero a ser feliz no primeiro e infeliz no segundo. O Benfica viria a empatar a partida por Lucas Ordoñes, que após girar sobre o seu adversário atirou para o fundo da baliza de Girão - dono e senhor das redes leoninas.

Estes clubes perdem, assim, os primeiros pontos no campeonato e vêem OC Barcelos e AD Valongo assumir, de forma repartida, a liderança da tabela classificativa.

Pode ver aqui o golo que o Sporting marcou que, em erro, não foi validado!

publicado às 20:24

Fotografia com história dentro (207)

Hoje há dérbi!

Leão Zargo, em 25.07.20

SCP SLB anos 40.jpg

Todos nós que gostamos de futebol, principalmente lagartos e lampiões, crescemos a ouvir falar do dérbi lisboeta. O primeiro de todos terá sido um Sport Lisboa (ainda sem Benfica) 1 - Sporting 2, disputado em 1 de Dezembro de 1907, na Campo da Quinta Nova, em Carcavelos, que é considerado o primeiro dérbi oficial entre os dois clubes rivais. De quase todos eles há grandes fotografias. Vitória e derrota. Sangue, suor e lágrimas no futebol. Mas, também há fotografias simplesmente bonitas, como esta no Stadium do Lumiar nos anos 40, com o marcador em 2-0 a favor da equipa leonina.

“Que vença o melhor!”, como se costuma dizer sempre que há dérbi, e que o melhor seja o Sporting, pois claro. O futuro do nosso Clube constitui a maior finalidade dos seus adeptos. Todos sabemos que o passado é grandioso, mas temos de passar ao futuro. Trata-se de dar continuidade à gloriosa História sportinguista. Também por essa razão, o jogo de hoje tornou-se o mais importante… da próxima época. Que os nossos jogadores sejam leões, verdadeiros leões, capazes de superar todas as adversidades do jogo de logo à noite.

publicado às 14:00

Mais de duas décadas depois, no reino do leão, a equipa de basquetebol leonina venceu o Benfica por 81-75 em partida a contar para a 18.ª jornada da Liga Placard e isola-se na liderança.

Com o Pavilhão João Rocha completamente esgotado, foi realizada uma homenagem ao falecido Kobe Bryant ainda antes do início da partida.

9_39.jpg

As águias a levaram a melhor no primeiro quarto, terminando a vencer por 16-20 e até ao intervalo, ao contrário do Benfiica, os leões mostrraram-se muito perdulários no ataque, tanto na zona de dois como de três pontos, permitindo aos encarnados chegarem ao terceiro quarto a vencer por 37-43. 

No regresso dos balneários, os leões afinaram a pontaria e chegaram ao empate em pouco mais de dois minutos (46-46). Liderado por um Travante Williams em excelente forma, o Sporting conseguiu adiantar-se no placar já perto do final e terminou o terceiro quarto na frente (64-62).

7_51.jpg

Durante todo o último quarto, os dois conjuntos foram alternando entre si a vantagem no marcador, reservando todas as decisões para os últimos dois minutos, altura em que os leões aumentaram a vantagem no marcador para 76-73.

Logo a seguir, Travante Williams assinou novo triplo e dilatou ainda mais a distância no placar, permitindo ao Sporting terminar o encontro com um triunfo por 81-75 e assumir a liderança isolada do campeonato.

Na próxima jornada, no dia 8 de Fevereiro, o Sporting desloca-se a casa do SC Lusitânia.

publicado às 19:33

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds