Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

 

Esta acção não é exclusiva a Danilo Pereira, pelo contrário, é muito comum no futebol e mais vezes do que não passa impune.

 

Um qualquer jogador comete uma falta flagrante - no caso de Danilo, agarrou o adversário pela camisola - e depois protesta por o árbitro assinalar falta. O jogador do FC Porto ainda foi mais longe e deu uma palmada na banderinha de canto para acentuar o seu desagrado. Foi expulso ao ver o segundo amarelo do jogo.

 

Decisão correcta do árbitro que devia verificar-se com mais frequência.

 

Entretanto, Danilo deve ter levado um "puxão de orelhas" que o levou a publicar uma mensagem nas redes sociais:

 

"Peço desculpa pela minha atitude irresponsável e desnecessária no lance do segundo cartão amarelo. São atitudes que não se podem repetir! Contudo, estou bastante feliz e satisfeito pela vitória".

 

publicado às 19:00

Danilo Pereira vs João Palhinha

Rui Gomes, em 06.02.17

 

1650899.jpg

 

publicado às 04:16

O que dizem eles

Rui Gomes, em 01.10.15

 

280749_med_danilo_pereira.png

 

"Não percebo o porquê desta guerra. Estão a negociar desde Novembro e foi o FC Porto que mostrou mais interesse em mim".

 

Danilo Pereira a reagir à troca de farpas e acusações entre Bruno de Carvalho e Carlos Pereira. Até aqui tudo bem, uma explicação plausível se é mesmo isto que o jogador acredita. No entanto, "burrou a pintura" com a segunda frase da sua declaração:

 

 

"Os jogadores que vêm para o FC Porto sabem o que é representar o FC Porto e não é o dinheiro o motivo, mas sim estar numa grande instituição como esta".

 

Poderá ser o discurso mais politicamente correcto, perante a sua entidade patronal, mas teria sido mais honesto e certeiro se tivesse afirmado que de há uns anos a esta parte o clube do Norte tem valorizado muito melhor os seus activos, em um bom número de casos a conduzi-los a contratos milionários fora fronteiras.

 

publicado às 03:19

Ainda Danilo Pereira

Rui Gomes, em 22.06.15

 

ng4153938.jpg

Para ser sincero, não é com grande entusiasmo que volto a abordar este confuso e aparentemente complexo caso, mas pelas notícias deste fim de semana e ainda desta segunda-feira, acho que não pode ser totalmente ignorado.

 

Foi hoje noticiado a existência de um suposto contrato assinado pelo Marítimo e o Sporting, em que as condições da hipotética transferência do Danilo Pereira para Alvalade são estipuladas. Segundo o acordo, o Sporting pagará 4,5 milhões de euros ao emblema do Funchal, ficando, deste modo, detentor da totalidade dos direitos económicos do jogador.

 

O alegado entrave à finalização do negócio surge pela aparente obrigatoriedade por parte do Marítimo em pagar 1,350 milhões de euros à empresa «Onkant BK» que, pela transferência do atleta para o clube madeirense em 2013, terá ficado com direito a 30 por cento de uma futura venda.

 

Ainda, segundo a comunicação social, que o Marítimo apenas pretende pagar 500 mil euros à referida empresa, imputando o restante valor ao Sporting, que, presume-se, terá recusado, face ao acordo existente entre as partes.

 

Este cenário surge em directo contraste com as recém-declarações de Carlos Pereira - presidente madeirense - que fez saber que estava tudo acordado no que aos clubes diz respeito e faltava somente a decisão de Danilo Pereira sobre qual o clube que pretendia representar.

 

Creio que existem outras informações pertinentes ao caso que não são do domínio público, porque o todo deste processo não faz grande sentido. Se de facto existe um contrato assinado entre os dois clubes, não vejo como o Marítimo possa pretender fazer exigências adicionais. No entanto, a palavra final será sempre do jogador, uma vez que ninguém o pode obrigar a ir para onde ele não deseja. 

 

publicado às 21:57

Será que vale a pena ?

Rui Gomes, em 21.06.15

 

ng91BD38E0-28B8-49AF-BBE6-1A6595125062.jpg

Devo admitir, desde já, que não prestei atenção a Danilo Pereira durante a época o suficiente para ter uma opinião completamente formada sobre a qualidade do jogador, mas quando começo a ver tantas "andanças" carnavalescas em torno da sua hipotética transferência, o meu primeiro instinto é de virar as costas à contratação.

 

 

Declarações de Carlos Pereira - presidente do Marítimo - este sábado:

O negócio Danilo, da parte do Marítimo, está praticamente fechado. Ele é que ainda não se decidiu. E quer decidir este fim de semana o emblema que vai representar na próxima época.Eu continuo a dizer que o euro é igual a norte e a sul. Se for para o Porto, até poderei lá levá-lo. Se for para Lisboa idem aspas. Não há que misturar situações do passado. Negócio é negócio. O próprio Danilo vai definir o rumo que quer.

 

 

Será então possível depreender que os valores do negócio para o clube madeirense não diferem mediante o eventual destino do jogador. Pela óptica deste, existirão considerações salariais a ponderar e, porventura, também de ordem técnica.

 

Limito-me a perguntar: será que vale a pena ?

 

publicado às 03:32

Canard do Dia (6)

Rui Gomes, em 06.05.14

 

Um dos pasquins dos Cofina noticia que o Sporting vai avançar com uma proposta por Danilo Pereira e Derley, ambos do Marítimo. Segundo fontes "anónimas", o Sporting está disposto a oferecer Wilson Eduardo e Iuri Medeiros por empréstimo e Vítor Silva a título definitivo, para baixar os valores exigidos pelo clube da Madeira, que está a pedir 1,5 milhões de euros pelo médio e 4 milhões de euros pelo avançado.

 

Danilo Pereira

 

- natural da Guiné-Bissau 

- 22 anos

- médio

- fez parte da sua formação no Estoril e no Benfica

- chegou ao Marítimo no Verão de 2013 do Roda da Holanda, onde jogou por empréstimo do Parma

- tem contrato até 2016

- 44 internacionalizações pelos escalões jovens de Portugal

- participou em 31 jogos esta época, 28 como titular e 3 como suplente utilizado, acumulando 2364 minutos de jogo (26,2 jogos)

 

Derley

 

- natural do Brasil

- 26 anos

- avançado

- chegou ao Marítimo no Verão de 2013 do Madureira, clube que milita no Campeonato Brasileiro Série C

- tem contrato até 2017

- participou em 33 jogos esta época, sempre como titular, acumulando 2672 minutos de jogo (29,6 jogos) e marcando 17 golos, 15 dos quais na I Liga.

 

publicado às 13:57

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo