Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

img_797x448$2017_05_04_09_37_57_223796.jpg

 

O Conselho de Arbitragem da FPF fez um balanço da prestação do video-árbitro (VAR) nas primeiras 11 jornadas do campeonato, equivalentes a 99 jogos, e detectou nove avaliações erradas.

 

Nas primeiras 11 jornadas, o VAR analisou 639 lances (295 casos de golo, 152 de possível cartão vermelho, 187 de possível penálti e cinco de erro de identidade) e errou em nove. Ou seja, o video-árbitro enganou-se em 1,4% das avaliações que fez.

 

Desses 639 lances, resultaram 33 revisões. No seguimento disso, oito decisões iniciais do árbitro mantiveram-se e 25 foram alteradas. Também dessas 33 revisões, 23 levaram o árbitro a visionar o monitor no relvado, tendo o juiz optado por alterar a decisão inicial em 16 casos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:02

 

img_FanaticaBig$2017_01_22_14_19_43_1211859.jpg

 

Penso que não é assim tão líquido como o gráfico apresenta, no entanto, vou deixar a análise ao leitor. Alerto, desde já, que quem aparecer aqui somente com "bocas" gratuitas, indiferente de clube de simpatia, será editado.

 

Sobre esta temática, e mais, Octávio Machado teve isto para dizer à Sporting TV:

 

«Se não fossem estes erros a realidade seria outra. Aquilo que foi determinante é que o Sporting já tinha recuperado de sete para dois pontos e esse jogo com o Benfica representava a mudança. Em vez de o Sporting sair com um ponto de avanço saiu com cinco pontos de atraso. Isto gerou insatisfação. O jogo da Luz foi determinante.

 

A derrota por 2-1, num jogo que ficou marcado por duas grandes penalidades não assinaladas contra os 'encarnados', teve uma importância psicológica enorme em tudo o que veio a acontecer posteriormente: O estado de alma era completamente diferente, a perturbação, se calhar, estava noutras paragens.

 

O Sporting não é o segundo clube da Europa com a maior dívida, o presidente do Sporting não anda pelo mundo a tentar vender activos. Seriamos uma equipa mais confiante, mais tranquila.

 

As imagens e a justificação da Comissão Técnica do CA deixaram-nos extremamente revoltados. João Ferreira prestou um mau serviço ao futebol. Foi o desmentir o que todos viram. Todos estes erros com o vídeo-árbitro teriam sido rectificados».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:53

A problemática dos números

Rui Gomes, em 14.03.14
 



O Sporting recorreu ao site oficial para publicar mais um artigo relacionado com a arbitragem - este intitulado " A verdade dos números" -, onde apresenta um mosaico de números e incidências sobre o que considera terem sido erros de arbitragem que no seu parecer "feriram de morte este campeonato", argumentando que o Sporting deveria ocupar o primeiro lugar com um ponto de avanço sobre o Benfica e 11, "que poderiam até ser 13", sobre o FC Porto.

O artigo completo pode ser lido aqui.

Ainda relacionado com a mesma temática, refere a uma publicação no jornal "Sporting", onde todos os casos, jornada por jornada, podem ser conferidos.

O balanço dos jogos em que os três "grandes" foram beneficiados ou prejudicados pode de facto reflectir a verdade, mas a sua apresentação neste momento só poderá ser interpretada como uma estratégia tendo em vista o jogo de domingo e a importância do mesmo para o 2.º lugar no campeonato. Creio que o resultado deste jogo não será decisivo, como poderia ter sido, caso o Sporting tivesse ganho os três pontos em Setúbal, que lhe daria um "colchão" de 7 pontos sobre a equipa portista e ainda colocaria pressão no Benfica, apenas a 5 pontos de distância.

Ainda hoje a almoçar com dois amigos benfiquistas lhes disse que apesar muito do "inexplicável" que ocorre no futebol português, como desportista que sempre fui, não me sinto bem sabendo que o meu clube ganhou através de beneficências indevidas ou erros de arbitragem, por natural que estes últimos possam ser quando são meramente humanos. Curiosamente - ou talvez não - estes meus amigos não replicaram a este meu comentário.

Espero, por conseguinte, que ganhe o que estiver melhor no dia, sem Pedro Proença e os seus auxiliares terem influência no resultado. Se esta estratégia do Sporting contribuir para garantir essa disposição, já ficarei satisfeito.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:48

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds