Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Nem oito, nem oitenta

Naçao Valente, em 17.01.21

Rúben Amorim chegou ao Sporting CP há cerca de um ano. Encontrou uma equipa que se arrastava em campo, de treinador em treinador. Contou com a interrupção dos jogos de futebol para começar a reformular o plantel. Quando se reiniciaram os jogos, já tinha feito uma pequena revolução com jogadores vindos escalões inferiores, e afastando os que não lhe garantiam um mínimo de confiança. Após a retoma, a “nova” equipa fez um resto de campeonato positivo, apenas perdendo o terceiro lugar por detalhes.

Foi uma equipa renovada, com reforços pontuais, que se mostraram ser mais-valias, que iniciou esta temporada. Ao contrário do que estávamos habituados, e contra muitas más perspectivas, a equipa até surpreendeu bastante, chegando quase ao meio do campeonato sem derrotas e isolada no primeiro lugar. Não foi um percurso fácil, com jogos ganhos com brilhantismo mas também com algumas vitórias arrancadas a ferros e até com alguma “estrelinha”, mas esta também dá trabalho.

GettyImages-1230602835.jpg

Este percurso levou os adeptos a acreditar numa época de grande sucesso. Também tenho acreditado, embora de forma mais realista. Não me deslumbrei, e nunca entrei em euforias como aconteceu com muitos sportinguistas. Sempre considerei que temos uma equipa em formação, com muitos jovens, alguns juniores, que estão longe de serem jogadores feitos. Por outro lado, notam-se desequilíbrios entre sectores. Na defesa para além dos que são titulares, não se vislumbram substitutos à altura. Há posições onde não há suplentes que garantam segurança.Os suplentes com uma ou outra excepção, não asseguram o mesmo desempenho, dos que são titulares.

O muito que se conseguiu fazer até agora, resultou de uma grande unidade do grupo, de muita garra, de muita entrega e também de alguma qualidade. Sejamos realistas: o nosso plantel não está ao mesmo nível dos adversários. E, por isso, devemos estar orgulhosos do que têm feito. E ainda devemos perceber que são pessoas, não são máquinas e que, como tal, estão sujeitos a falhar. O campeonato é uma maratona. Vai haver jogadores castigados, jogadores lesionados, jogadores infectados, e jogadores que vão apresentar cansaço.

ErzRt8LXMAYRl13.jpg

O que não deve acontecer é passar-se de oito para oitenta. Nunca estive no oitenta, nem estou agora no oito. Continuo a acreditar muito na equipa, e na estratégia de jogo a jogo, retirando de cima desta, uma pressão algo exagerada. É o caminho para começar a falhar. Tenho consciência, que em função das circunstâncias, é muito difícil chegar no fim em primeiro. Mas sem deixar de crer nessa possibilidade, seria importante um lugar europeu. E isso consegue-se com confiança na equipa, independentemente de melhores ou piores jogos.

No imediato, o plantel precisa de alguns reforços pontuais. Mas reconheço que nesta fase do mercado não os há em abundância, e os de qualidade que estão disponíveis, são caros. Não me parece que o Clube disponha de meios para os contratar. Para contratar “reforços” que não façam a diferença nada adianta. Concordo inteiramente com o Rúben Amorim quando diz que quem vier que seja para acrescentar, hoje e amanhã. Porque para além do imediato, é nisso que tem que se apostar.

publicado às 03:19

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Posts recentes


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo


subscrever feeds