Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O adeus de Silas

Rui Gomes, em 04.03.20

2020-03-03 (2).png

Declarações de Jorge Silas, em termos de despedida, no final do jogo com o Famalicão:

"Quero começar por pedir desculpa aos sócios e adeptos do Sporting, porque o Sporting e a sua história exigem muito mais do que isto e também dizer que este é o meu último jogo no Sporting. Quero agradecer a grande oportunidade que me foi dada, de ter a chance de aprender coisas que nunca iria aprender.

É uma decisão mais do que pensada, que começou a ser pensada após o jogo da Turquia e que foi tomada na sexta-feira, sem volta atrás. Foi tomada por várias razões que não vou enumerar. Foi um orgulho representar o Sporting. Acho que realmente numa ou outra situação poderíamos ter feito mais, acho que todos o podíamos ter feito.

Esta decisão baseia-se no pensar no Sporting, pois o clube tem de pensar na próxima temporada, para não voltar a ter os dissabores que teve nesta. O mais natural é sairmos e o Sporting pensar noutro treinador, que comece já a trabalhar com os jogadores e a sua ideia. O soberano aqui é o melhor do Sporting.

Sobre a chegada de Rúben Amorim, não é tão relevante quem tomou iniciativa. Não vou falar disso. Sobre o Rúben digo o mesmo que disse quando estava no Casa Pia. Será um grande treinador, é jovem, tem muito pela frente. Vai precisar de muita ajuda, de todos. Vem para um desafio enorme.

Como ex-colega e amigo desejo-lhe o melhor. Digo que precisará de muita ajuda, porque este é um desafio para gente de coragem, num contexto difícil. Vem para aqui um grande treinador".

Admite-se as boas intenções de Silas, mas errou ao fazer referência ao seu sucessor, não só porque não lhe competia mas, sobretudo, porque ainda não tinha sido oficializado pelo Sporting.

Ao que consta, Rúben Amorim só hoje assinará o novo contrato, em Lisboa. Em princípio, será válido até 2023.

publicado às 04:34

luisnetolusa.jpg

Luís Neto em entrevista rápida à Sport TV, no final do jogo com o Famalicão:

"Houve tremendas faltas de atenção, falta de tudo. Falámos muito durante a semana, mas enquanto não passarmos das palavras aos actos, enquanto não passarmos a correr mais, enquanto não começarmos a meter mais o pé, a respeitar as equipas que também têm qualidade, a não querer só ir para a frente, (...).

Enquanto tudo isso não acontecer podemos fazer as mudanças que quisermos, podemos mudar de sistemas, podemos mudar de clube, mas há certas coisas que não se podem negociar, há certas coisas que não se podem comprar, e neste momento está a faltar aquilo que normalmente resta aos jogadores quando jogam mal que é coração, neste momento não estamos a ter.

A época vai longa, começámos em Junho. Muitas coisas que correram mal, não há que fugir delas, e neste momento qualquer coisa serve para nos penalizar, não estamos a conseguir encontrar o gatilho para nos unirmos como equipa, para sofrermos como equipa.

O futebol não e só bonito quando temos bola, o futebol também é muito sacrifico, é muito correr, neste momento está assim.

Pedir desculpa às pessoas que nos vieram ver, pedir desculpa às pessoas que nos têm acompanhado durante a época, mas é uma situação complicada, agora vamos ver o que vai acontecer, de alguma maneira temos de sair disto.

Neste momento as coisas não estão a funcionar, estão muito superficiais, muito à espera que as coisas apareçam, quem está aqui sabe o que a camisola pesa, mas temos de fazer muito mais".

Declarações muito honestas, e provavelmente certeiras, de Luís Neto, que talvez sirvam para confirmar que tem havido falta de liderança no balneário.

publicado às 04:33

Foto do dia

Rui Gomes, em 04.03.20

1_78.jpg

publicado às 04:32

As estatísticas do jogo

Rui Gomes, em 04.03.20

GoalPoint-Famalicão-Sporting-Liga-NOS-201920-1-90

publicado às 04:31

89042146_10156671104956555_6078944067620700160_o.j

Depois dos nossos erros, temos as arbitragens que se encarregam do resto. Duas grandes penalidades que ficaram por assinalar, a primeira sobre Coates aos 77', que foi agarrado pela camisola quando se fez ao cruzamento de Luís Neto, e o segundo, sobre Pedro Mendes, que sofreu um empurrão nas costas que o levou ao relvado.

Acabei de ver a análise da Sport TV que repetiu os dois lances várias vezes.

Ficamos agora à espera para ver se há ou não novo treinador. Segundo os sites noticiosos, a contratação de Rúben Amorim já está finalizada, à espera apenas de ser anunciada pelo Sporting.

Silas confirma a sua saída do Sporting CP e que a decisão foi tomada na sexta-feira após o desaire na Turquia:

"Quero pedir desculpa aos sócios e adeptos do Sporting, porque o Sporting e a sua história exigem muito mais do que isto. Quero também dizer que este é o meu último jogo no Sporting. Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ter a chance de aprender coisas que nunca iria aprender. É uma decisão mais do que pensada, que começou a ser pensada após o jogo da Turquia e que foi tomada na sexta-feira, sem volta atrás. Foi tomada por várias razões que não vou enumerar. Foi um orgulho representar o Sporting. Acho que realmente numa ou outra situação poderíamos ter feito mais, acho que todos o podíamos ter feito. Esta decisão baseia-se no pensar no Sporting, pois o clube tem de pensar na próxima temporada, para não voltar a ter os dissabores que teve nesta. O mais natural é sairmos e o Sporting pensar noutro treinador, que comece já a trabalhar com os jogadores e a sua ideia. O soberano aqui é o melhor do Sporting".

Não sei se é apenas a minha interpretação, mas fica a ideia que foi ele que se demitiu.

publicado às 22:04

Convocatória para o Famalicão

Rui Gomes, em 03.03.20

88248455_10156667932016555_2026088192674889728_o.j

A lista dos 19 jogadores convocadores por Jorge Silas para o embate desta terça-feira com o Famalicão, a contar para a 23.ª jornada da Liga NOS.

Ausentes por lesão: Renan, Jérémy Mathieu, e Luiz Phellype. Wendel cumpre um jogo de castigo (amarelos) e uma vez que nada consta do foro clínico, depreende-se que Ristovski e Bolasie ficaram de fora por opção técnica.

Depois do desaire na Turquia, não é muito fácil prever o estado anímico dos jogadores. Dito isto, são profissionais e só podem entrar e campo e dar o seu melhor para assegurar a muito desejada vitória.

Poderá haver algumas mexidas no 'onze' inicial. A minha previsão:

Luís Maximiano; Rosier, Coates, Luís Neto e Acuña; Battaglia, Eduardo e Vietto; Jovane Cabral, Gonzalo Plata e Sporar.

publicado às 04:02

Depois da "espectacular" performance pela visita do Sporting a Braga - sete cartões amarelos a jogadores verde-e-brancos, entre outras decisões -, Jorge Sousa teve como prémio o segundo jogo da meia-final da Taça de Portugal entre Famalicão e Benfica.

No lance que se pode ver no vídeo, o médio do Famalicão, Gustavo Assunção, saiu muito mal tratado - ficou a sangrar do sobrolho - após uma disputa de bola com Adel Taarabt, aos 31 minutos de jogo. O marroquino, vale destacar, já havia visto um cartão amarelo minutos antes, pelo que os famalicenses ficaram a pedir a expulsão do atleta encarnado.

Jorge Sousa, a sensivelmente dois metros dos jogadores, optou por fechar os olhos, e o VAR nem deu sinal de vida.

Será este mais um episódio a sustentar o argumento de Luís Filipe Vieira que os clássicos deviam ser dirigidos por árbitros estrangeiros?

publicado às 11:00

Uma segunda parte deprimente!

Rui Gomes, em 24.09.19

download.jpg

Depois de uma muito boa primeira parte em que o Sporting baralhou completamente o Famalicão com o seu alinhamento e pressão alta, marcou um belo golo por intermédio de Vietto e devia ter marcado em pelo menos duas outras ocasiões, o "castelo" desmoronou-se horrivelmente no segundo período.

O Famalicão ajustou o seu jogo ao intervalo e o Sporting não soube reagir, nomeadamente o meio campo, com a defesa, por consequência, a dar acrescidos sinais de vulnerabilidade. E é precisamente neste enquadramento que o golo do empate é permitido.

A equipa leonina acusou o resultado e se as coisas já não estavam bem, pior ficaram com a incompreensível substituição de Vietto aos 63 minutos. O jogador protestou, o público assobiou a decisão de Leonel Pontes e o Sporting nunca mais se encontrou. O autogolo de Coates (88') - mais um - para brindar o Famalicão com a vitória, foi simplesmente o coroar de 45 minutos para esquecer.

Perante isto, nem valerá a pena apontar que o lance do autogolo foi precedido por uma falta sobre Bolasie, que tanto o árbitro como o VAR decidiram ignorar.

Não sei o que este resultado diz sobre o futuro de Leonel Pontes, mas é de esperar uma reacção muito negativa dos adeptos e o usual aproveitamento dos antis, órfãos e viúvas, que se regojizam com cada mau momento do Sporting.

Constam notícias que depois do final do encontro, elementos das claques tentaram forçar a entrada na garagem de Alvalade, acção que foi repelida pelas autoridades de segurança na área.

img_920x519$2019_09_23_22_29_27_1606071.jpg

Leonel Pontes foi suficientemente honesto e admitiu que a substituição teve um impacte negativo na equipa:

"A equipa estava muito bem na primeira parte, que foi de grande qualidade e com boa dinâmica em função do que tínhamos vindo a trabalhar. Com o empate e a substituição perdemos fluídez e capacidade de ter bola. Acabamos por perder o jogo em duas ou três situações, foi o momento mais forte do Famalicão e não conseguimos dar a volta ao resultado.

Tive de me concentrar no jogo e fazer o que um treinador tem de fazer. Tentar abstrai-me do que estava à volta (assobios) mas às vezes não é fácil.

É difícil controlar. São demasiados erros individuais que penalizam a equipa e o clube. Mas pior do que toda a gente está o jogador (Coates). Alguma coisa tem de mudar, não pode ter tanto azar na vida. É preciso haver mudanças para que o jogador estabilize emocionalmente.

Futuro? Já conversei com o presidente. Tudo o que acontecer daqui para frente será falado e a decisão será dele".

publicado às 05:38

Convocatória para o Famalicão

Rui Gomes, em 23.09.19

70487124_10156247779086555_4793502334938251264_n.j

A lista dos 19 jogadores escolhidos por Leonel Pontes para o embate desta segunda-feira frente ao Famalicão. Um terá de ficar de fora e é possível que o eleito seja Tiago Ilori.

É expectável que o técnico aposte novamente no 4x4x2, apesar da ausência de Bruno Fernandes que cumpre um jogo de castigo. Creio que será Vietto a desempenhar a usual função do capitão.

Sendo assim, o 'onze' provável deve ser o seguinte:

Renan; Rosier, Coates, Mathieu e Acuña; Doumbia, Wendel, Miguel Luís e Vietto; Jovane Cabral(Jesé Rodríguez) e Bolasie.

publicado às 14:47

"Bês":onze jogos seguidos sem vencer

Rui Gomes, em 12.04.18

 

 

O Sporting B somou o 11.º jogo seguido sem vencer na 2.ª Liga, ao ceder um empate com o Famalicão (1-1), em jogo da 33.ª jornada, que mantém a equipa na zona de despromoção.

 

Jaime Poulson adiantou os visitantes na primeira parte, aos 37 minutos, mas Tiago Djaló repôs a igualdade na etapa complementar, aos 55, ainda assim insuficiente para as pretensões dos leões, que não vencem desde 29 de Janeiro.

Por seu lado, o Famalicão, apesar de bastante mais confortável na tabela, desperdiçou a oportunidade de se aproximar das equipas que estão envolvidas na luta pela subida.

Ultrapassadas as desconcentrações nos primeiros 15 minutos, que deixaram Pedro Marques e Paulinho em posição de adiantar o Sporting, o Famalicão assumiu o comando do jogo, denotando uma boa dinâmica ofensiva que só não foi capitalizada porque Pedro Silva defendeu uma grande penalidade de Willian.

Contudo, 4 minutos volvidos, o Famalicão chegou mesmo à vantagem, por intermédio de Jaime Poulson, que correspondeu da melhor forma a um passe soberbo de Feliz, sendo que o avançado ainda esteve perto de 'bisar' antes do intervalo, mas rematou fraco.

Tal como tinha sucedido nos instantes iniciais do primeiro tempo, o Sporting B chamou a si a responsabilidade no regresso do descanso e conseguiu o empate, pelo central Tiago Djaló, que não enjeitou uma recarga, na sequência de um canto.

Com o aproximar do final do encontro, a equipa do Famalicão - mesmo sem a qualidade de jogo que tinha apresentado na primeira parte - conseguiu construir boas situações para se colocar em vantagem, mas Joel Monteiro e Anderson, este por duas vezes, não tiveram sucesso.

De resto, o Sporting B tem de agradecer a Pedro Silva o facto de não ter perdido este jogo. Nos últimos segundos do tempo de compensação, o guarda-redes leonino emergiu como 'herói' e parou um cabeceamento de Jaime Poulson, que levava 'selo' de golo.
 
 

img_770x433$2018_04_11_21_32_57_1385843.jpg

 

Jogo no Estádio Aurélio Pereira, em Alcochete.

Sporting B - Famalicão, 1-1.

Marcadores:

0-1, Jaime Poulson, 37 minutos.

1-1, Tiago Djaló, 55.

- Sporting B: Pedro Silva, Mauro Riquicho, Tiago Djaló, Ivanildo Fernandes, Abdu Conté, Bruno Paz, Felipe Ribeiro (Edu Pinheiro, 58), Pedro Delgado, Paulinho (Diogo Brás, 87), Ary Papel (Ronaldo Tavares, 69) e Pedro Marques.

(Suplentes: Stojkovic, Cristian Ponde, Diogo Brás, Ronaldo Tavares, Rodrigo Vaza, Edu Pinheiro e Demiral).

Treinador: Luís Martins.

- Famalicão: Gabriel, Joel Monteiro, Nuno Diogo, João Faria, João Mendes, Hocko (Anderson, 77), Fabinho (Vítor Lima, 61), Willian (Vasco Costa, 67), Diogo Cunha, Feliz e Jaime Poulson.

(Suplentes: Leonardo, José Pedro, Fernandinho, Vítor Lima, Jorge Pereira, Vasco Costa e Anderson).

Treinador: Vasco Seabra.

Árbitro: Humberto Teixeira (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Fabinho (11), Nuno Diogo (13), Paulinho (34) e Joel Monteiro (35).

Assistência: Cerca de 300 espectadores.
 

publicado às 04:45

Isto não é futebol !

Rui Gomes, em 04.12.17

 

ng8955811.jpg

 

O Académica-Famalicão (1-1) não terminou da melhor forma. No final do jogo houve picardias entre jogadores e membros das duas equipas técnicas e os presidentes dos dois clubes - Pedro Roxo da Académica e Jorge Silva do Famalicão - tiveram mesmo que entrar em campo para tentar serenar os ânimos.

 

O maior conflito deu-se entre responsáveis e jogadores da Académica e João Tomás, director-desportivo do Famalicão, que representou a Académica e de onde saiu em 2000 para o Benfica. No meio da confusão saltaram do lado da bancada nascente mais de uma dezena de adeptos que chegaram a entrar no relvado, mas foram travados pelos jogadores.

 

No exterior houve também confusão, com adeptos das duas equipas a envolverem-se. Para resolver as agressões mútuas, foi necessária intervenção da PSP.

 

Entretanto, o jogo entre Beira-Mar e União de Lamas, da I Divisão da AF Aveiro, acabou ao intervalo. À saída para os balneários, o árbitro Leonardo Marques terá sido agredido por um adepto dos locais e entendeu não ter condições para reatar o encontro. Na altura, o União de Lamas vencia por 1-0.

 

Este é um caso que volta a ensombrar o mais alto escalão do distrital aveirense depois de, na semana passada, Marcelo Magalhães, jogador do União de Lamas, ter sido agredido por um adepto no encontro frente ao Lourosa enquanto que, no Paivense-Beira-Mar, o treinador dos beiramarenses queixou-se de ter sofrido uma agressão por parte de um apoiante do Paivense. Recorde-se que também no Ovarense-Alba existiram problemas pois um jogador do Alba terá socado um agente da PSP tendo sido posteriormente detido.

 

publicado às 04:05

 

famalicaosporting2.jpg

 

Depois da eliminação na quarta eliminatória da Taça de Portugal com uma derrota em Alvalade, perante a equipa principal do Sporting, a 'desforra' do Famalicão verificou-se com uma goleada à equipa B leonina, em jogo da 14.ª jornada da II Liga.

 

Os minhotos começaram a partida logo numa posição de vantagem, pela expulsão de Ary Papel logo aos 5 minutos de jogo. A partir daí, sucederam-se os golos, marcados por João Faria, Feliz, Mendes e Vitória Lima, na primeira parte, e Willian e novamente Mendes, na segunda.

 

Jogo no Estádio Municipal de Vila do Conde, em Famalicão

Famalicão - Sporting B, 6-0.

Ao intervalo 4-0.

 

Marcadores:

1-0, João Faria, 7 minutos.

2-0, Feliz, 30.

3-0, Mendes, 32

4-0, Vítor Lima, 42.

5-0, Willian, 47.

6-0, Mendes, 71.

 

Equipas:

 

Famalicão: Gabriel, Joel, José Pedro, João Faria, Jorge Miguel (Denner, 73), Fred (Dani, 69), Vítor Lima, Mendes, Willian, Feliz (Anderson, 58) e Rui Costa.

 

(Suplentes: Nuno Castro, Denner, Nélson Cunha, Dani, Jaime Poulson, Anderson e Nuno Diogo).

 

Treinador: Dito.

 

Sporting B: Max, Demiral, Kiki, Ivanildo, David Sualehe, Bruno Paz (Djaló, 63), Rafael Barbosa, Jovane, Pedro Delgado (Riquicho, 43), Pedro Marques (Abdul, 72) e Ary Papel.

 

(Suplentes: Diogo Sousa, Cristian Ponde, Djaló, Riquicho, Abdu, Paulinho e Miguel Luís).

 

Treinador: Luís Martins.

 

Árbitro: Hugo Miguel (AF Lisboa).

Acção disciplinar: Cartão amarelo para Kiki (52) e Rui Costa (86). Cartão vermelho directo para Ary Papel (5).

Assistência: 1.782 espectadores.

 

 

Missiva de Facebook de Bruno de Carvalho, após o jogo:

 

"O resultado da nossa equipa B tem de ser assumido, alvo de análise profunda e das correcções que sejam necessárias neste processo de crescimento dos nossos jovens jogadores. Mas não é por isso que devemos deixar de falar de todos os acontecimentos. Esperamos que tenha sido apenas um erro que venha a ser reconhecido e castigado. Não acredito que se caia no pecado de entrar numa estratégia de castigar todos pela mesma bitola.

 

Estamos de consciência tranquila, pois temos sido o clube que mais tem apoiado e defendido a credibilização e dignificação da arbitragem. Todos temos o direito de errar, mas também temos o dever de não deixar dúvidas. Eu acredito que tenha sido um erro e que os responsáveis pela arbitragem não vão ter receio de o admitir. Já agora só para tentar esclarecer e recentrar as prioridades: se não existissem clubes havia Liga, Federação, Arbitragem, Conselho de Disciplina, Conselho de Justiça,TAD, agentes, UEFA, ECA, FIFA, International Board e CAS?".

 

publicado às 15:13

 

image.jpg

 

O Sporting qualificou-se esta quinta-feira para os oitavos de final da Taça de Portugal de futebol, ao derrotar em Alvalade o Famalicão, por 2-0, em jogo que abriu a quarta eliminatória da competição.

 

Sebastien Coates, aos 66 minutos, e o avançado holandês Bas Dost, aos 81, marcaram os golos dos 'leões', enquanto Rui Costa desperdiçou uma grande penalidade favorável à equipa da II Liga, permitindo a defesa a Rui Patrício, aos 89 minutos. Isto, com origem num lance que estava claramente irregular, por fora de jogo que passou despercebido.

 

Em destaque, Bruno Fernandes, que "saltou" do banco no segundo período para servir os dois golos, o primeiro na execução de um pontapé de canto, e o segundo com um cruzamento de perfeição.

 

A ronda prossegue esta sexta-feira, com a recepção do FC Porto ao Portimonense, enquanto o clube da Luz recebe o Vitória de Setúbal, no sábado.

 

publicado às 03:41

Adeptos do Famalicão têm razão

Rui Gomes, em 17.11.17

 

ng8923867.jpg

 

Os adeptos do Famalicão demonstraram o descontentamento com o dia e hora do jogo com o Sporting, exibindo uma faixa com a mensagem: "Tenham mais respeito pelos clubes do norte e pelos adeptos que trabalham dia a dia em Portugal".

 

Têm cem por cento razão e até não se compreende o raciocínio do "iluminado" que deu ordens para a faixa ser retirada pelos seguranças, uma vez que não contém linguagem alguma ofensiva, limita-se a apontar a verdade.

 

Mesmo tendo em conta as questões televisivas, a Federação Portuguesa de Futebol deve demonstrar muito mais consideração pelos adeptos. Ao fim e ao cabo, sem eles, nada há.

 

publicado às 03:40

 

22552425_10154792929246555_8595704045822302402_n.j

 

Através do sorteio realizado esta quinta-feira, ficaram a ser conhecidos os jogos da 4.ª eliminatória da Taça de Portugal, com os três grandes a serem premiados com jogos em casa. O Sporting recebe o Famalicão, no Estádio José Alvalade, enquanto que o clube da Luz é visitado pelo Vitória de Setúbal e o FC Porto defronta o Portimonense, em princípio, no domingo dia 19 de Novembro.

 

Eis o enquadramento completo do sorteio:


Oliveirense-Marítimo
Moreirense-Felgueiras
Farense-Leixões
Praiense-Vilafranquense
Sporting-Famalicão
Caldas-Arouca
V. Guimarães-Feirense
Vizela-Vilaverdense

FC Porto-Portimonense
U. Madeira-Freamunde
Rio Ave-Sp. Braga
Benfica-V. Setúbal
Sporting Ideal- Cova Piedade
Santa Clara-Chaves
Académica-Nacional
U. Leiria-Aves

 

publicado às 16:57

 

img_FanaticaBig$2016_10_14_09_43_20_1169784.jpg

 

Além da "reunião" que teve com o árbitro Manuel Mota no centro do terreno, após o apito final do jogo de ontem, em Famalicão, obviamente irritado com alguma decisão do juiz, Jorge Jesus também deu um raspanete a Beto. Pelas imagens disponíveis, fica a ideia que o treinador não gostou do guarda-redes se ter apressado a colocar a bola em jogo - isto já nos minutos finais - em vez de se atirar ao relvado e retardar a jogada.

 

Ossos do ofício !

 

publicado às 16:53

 

1476392822874523.jpg

 

Apenas assisti a uns minutos da segunda parte do jogo em Famalicão, muito pouco para escrever um comentário. O resultado, no entanto, deixa a ideia que o Sporting não realizou uma exibição deslumbrante, ou então, que o adversário esteve a um nível muito superior do que tem vindo a jogar até este ponto da época.

 

Estou interessado em saber a opinião dos leitores sobre as exibições dos reforços que se estrearam, nomeadamente o defesa central Douglas. Era esperado que Luc Castaignos viesse a "calçar" pela primeira vez, mas segundo fui informado, esteve a fazer aquecimento durante meia hora, mas nunca foi chamado. Este rapaz deve obedecer a um plano mestre que me ultrapassa. Isso, ou Jorge Jesus está à espera dos jogos "importantes" da Taça da Liga para lhe conceder uns minutos. 

 

"Eles", do título do post, refere-se à comunicação social que fez a reportagem do jogo.

 

4139_92ebd919e31b3fb55cab32a48799aad3.png4138_b0b6bd36881a455dfa286e2cce32a30b.png

 

publicado às 03:23

Sara Moreira vence em Famalicão

Rui Gomes, em 30.11.15

 

mmf_35_jpg_470x0_q95_crop_upscale.jpg

 

O dia amanheceu frio e na altura da partida para a prova os termómetros estavam bem abaixo dos dez graus, mas depois a temperatura subiu de forma sensível e no final havia um dia de verdadeira Primavera para se desfrutar em Famalicão. Sara Moreira, o ano passado a madrinha do evento, foi desta feita convidada a participar na corrida em ritmo de treino, e foi neste registo, sem forçar, que a agora sportinguista se impôs com clareza, cumprindo os 21,095 quilómetros do percurso em 1:16.35 horas, para suceder à etíope Marta Tigabea Mekonnen, vencedora da primeira edição. Completaram o pódio Mónica Silva (Benfica), com 1:20.18, e Patrícia Pereira (Salgueiros), com 1:21.15. 

 

mmf_73_jpg_470x0_q95_crop_upscale.jpg

Depois de ter sido quarta na recente maratona de Nova Iorque, Sara irá gerir o seu final de ano com a participação em corrida populares de impacto e relembra-se que ela está escalada como a cabeça de cartaz da São Silvestre do Porto, que terá lugar a 27 de Dezembro, para se lançar depois num ano olímpico em que o grande objectivo será a maratona dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

 

Nos homens, o benfiquista Rui Pedro Silva confirmou o seu favoritismo ao vencer em 1:05.21 horas, derrotando José Moreira (Sporting), que obteve o mesmo tempo, e Carlos Costa (Salvador do Campo), que fez 1:08.51.

 

Completaram a prova 1.260 concorrentes.

 

publicado às 13:56

O homem do jogo

Rui Gomes, em 08.01.15

 

wdiag.jpg

 Taça de Portugal - 3 jogos / 161 minutos / 2 golos

 

André Carrillo, cada vez mais em destaque esta época. Continua a dúvida sobre a sua renovação do contrato que termina em 2016. Quer-me parecer que há ampla justificação para a SAD fazer um "esforço" de forma a não facilitar a sua saída a curto prazo, pelo menos sem uns bons milhões de compensação.

 

publicado às 13:43

Curiosidades do jogo

Rui Gomes, em 08.01.15

 

Sporting CP - FC Famalicão (Taça de Portugal

 

- O resultado com o Famalicão significa o quarto jogo consecutivo em que o Sporting não sofre golos. Curiosamente, Tobias Figueiredo participou em dois deles.

 

- Nos sete jogos em que recebeu o Famalicão, o Sporting regista sete vitórias, com 39 golos marcados e 6 sofridos.

 

- Fredy Montero marcou ontem o seu oitavo golo da época, exactamente metade do total da época passada.

 

ng3832312.jpg

 - Tanaka não marcou mas registou três assistências nos quatro golos do Sporting.

 

- Daniel Podence vai "espreitando" oportunidades. O extremo, ainda júnior, já actuou em dois jogos da Taça de Portugal (Espinho e Famalicão) e diante o V. Guimarães para a Taça da Liga.

 

- O Sporting teve 63% posse de bola e fez 18 remates contra 6 do Famalicão, que não criou uma única oportunidade flagrante de golo.

 

- Com o golo de ontem, Paulo Oliveira estabeleceu o seu recorde pessoal de golos numa época (3). Marcou também ao Vizela e ao Marítimo. Em 2012/13 marcou 2 golos. 

 

- Murta, guarda-redes do Famalicão, ficou muito orgulhoso por ter defendido a grande penalidade: "Jogar em Alvalade é uma sensação muito boa, algo a que não estamos habituados. Espero contar aos meus netos que defendi aqui uma grande penalidade ao Sporting".

 

publicado às 05:33

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo