Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Screenshot (388).png

Algumas considerações de Rúben Amorim no final da partida com o Famalicão, a contar para a Taça da Liga, que o Sporting venceu por 2-1.

Análise ao jogo

"O resultado é justo, claro que podíamos ter acabado com o jogo mais cedo contra uma equipa que, mesmo com 1-0, esteve sempre à espera de um erro nosso. Tivemos de ter paciência, rodar a bola muitas vezes para não perdermos as bolas como aconteceu em Famalicão, o que levou a que eles tivessem muitas oportunidades. Controlámos o jogo, fizemos dois golos e podíamos ter feito mais. Mas depois no fim um golo pode sempre mudar os jogos".

Famalicão melhorou na segunda parte

"Foi diferente, melhorou. Tentou pressionar mais na frente, nós, quando tínhamos a bola no jogo interior, podíamos ter sido um pouco mais agressivos, mas acaba por ser uma vitória justa"

Gostou do rendimento dos jogadores novos que lançou?

"Sim, eu conto com todos, estão todos preparados. Fizeram um bom jogo, o Ugarte esteve muito bem, fez um golo. Ele precisa de ritmo mas é difícil entrar nos jogos todos. É muito extrovertido apesar de não parecer. Nunca foi um médio defensivo e hoje, como muitas vezes, fez isso. Estamos a mudar o Ugarte porque pode fazer o papel do Matheus [Nunes] e do Palhinha. Vai ter mais oportunidades. Vai ser um grande jogador no Sporting. Estou muito satisfeito com toda a gente".

Sobre Jovane Cabral

"Não foi um jogo muito bem conseguido por ele, mas ele já não tem nada para me provar a mim. Eu já os conheço a todos e conheço o feitio de cada um. Ele deu o máximo, sei que deu, e as coisas podem não lhe ter saído bem, mas podem sair no próximo jogo. Há dias bons e dias maus, todos os temos. Estou muito contente com ele".

Sporting só precisa de um ponto para passar

"É um ponto importante, agora temos de pensar no campeonato e, jogo a jogo, vamos chegar lá".

publicado às 03:48

A título de curiosidade

Rui Gomes, em 25.10.21

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 4.ª jornada da terceira fase da Allianz Cup:

Sporting CP-FC Famalicão

Árbitro: Manuel Mota
Assistentes: Jorge Fernandes e André Dias
4.º árbitro: David Silva

CD Santa Clara-FC Porto

Árbitro: Manuel Oiveira
Assistentes: João Bessa Silva e Nélson Cunha
4.º árbitro: João Gonçalves

*** Nesta fase da Taça da Liga não há VAR.

publicado às 20:30

Estatísticas do jogo

Rui Gomes, em 29.08.21

GoalPoint-Famalicao-Sporting-Liga-Bwin-202122-90m.

Considerações de Rúben Amorim no pós-jogo:

Faltou controlar melhor o jogo? 

"Passa por aí, o jogo nunca esteve controlado, mesmo com o Famalicão a baixar as linhas e a não pressionar alto. Foi inteligente nessa estratégia, metemos a bola onde eles queriam. Muita bola interior, quando tínhamos de jogar na largura. Tentámos ir no espaço com algumas movimentações, não tivemos muita precisão nesse tipo de passes, e depois a equipa começa a não controlar o jogo, e o grande problema foi com bola. Foi muito por aí, não conseguir impor o nosso jogo."

Sporting melhor no 2.º tempo: 

"Os jogadores percebem e nós temos outra visão cá fora. Melhorámos, mas mesmo assim não conseguimos impor aquela fluidez no nosso jogo, dividimos muitas bolas. O Famalicão a espera das transições e foi ai que nos criaram muitos problemas, tinham muito espaços entre linhas e com jogadores a vir de traz com a bola colocaram muitos problemas à nossa defesa".

Preocupado com o mercado? 

"Não. Estou mais a pensar no jogo, na forma como temos de jogar, isso é o principal. O que tiver de acontecer vai acontecer."

Primeiros pontos perdidos

"São sinais... as equipas são difíceis e os treinadores inteligentes. Não muda nada, temos muito que trabalhar."

Declarações de Antonio Adán:

"Na primeira parte não estivemos nada bem, visto que tivemos algumas dificuldades para sair para o ataque. Depois, no segundo tempo, melhorámos significativamente, mas não foi suficiente. Depois de tudo o que se passou, conseguimos não perder, porém podíamos ter feito mais qualquer coisa.

Vínhamos de uma sequência de vitórias, mas até é positivo continuar sem perder. Agora é descansar e recuperar".

publicado às 06:03

Screenshot (270).png

Brilhante Antonio Adán!!!

publicado às 22:30

publicado às 17:15

A título de curiosidade

Rui Gomes, em 26.08.21

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 4.ª jornada da Liga Bwin:

FC Famalicão-Sporting CP

Árbitro: Fábio Veríssimo
Assistentes: Bruno Jesus e Pedro Martins
4.º árbitro: João Gonçalves
VAR: Luís Godinho
AVAR: Valter Rufo

FC Porto-FC Arouca

Árbitro: Hélder Malheiro
Assistentes: Rui Cidade e Gonçalo Freire
4.º árbitro: Bruno Costa
VAR: Luís Ferreira
AVAR: Nuno Manso

SL Benfica-CD Tondela

Árbitro: Tiago Martins
Assistentes: Pedro Mota e Hugo Ribeiro
4.º árbitro: Ricardo Baixinho
VAR: Hugo Miguel
AVAR: Ricardo Santos

SC Braga-Vitória SC

Árbitro: Nuno Almeida
Assistentes: André Campos e Pedro Felisberto
4.º árbitro: Vítor Ferreira
VAR: Bruno Esteves
AVAR: José Luzia

publicado às 03:00

Nota do dia

Julius Coelho, em 17.08.21

Screenshot (248).png

" QUE PASÓ"?

Ainda estamos na segunda jornada do campeonato e começam já as histórias estranhas, muito bizarras, a envolverem os jogos dos suspeitos do costume. Com a procissão ainda no adro e já temos os usuais padres em grande acção, com missas forçadas e extraordinárias e a milagrosa água benta a salvar os resultados. Benfica e FC Porto lá se safaram.

No Estádio da Luz, o árbitro Manuel Mota protagonizou uma peça enredada ao nível do dramaturgo William Shakespeare. Uma decisão no mínimo questionável, quando deixou o adversário do "glorioso" em agonia até à morte, obrigando-o a jogar 95 minutos reduzido a 10 elementos.

Em Famalicão, o VAR viu as imagens do lance do golo do empate do Famalicão, já nos descontos, e seguramente que viu muito bem tudo, incluindo as reacções no banco do FC Porto. Procuraram e voltaram a procurar e lá encontraram uma câmara que dava nas linhas virtuais do fora de jogo 2 cm offside? Ufff que alívio, é essa mesmo, siga. Quem se salvou? O treinador do FC Porto ou o seu Director do futebol? Sabemos sim quem não se safou, o Famalicão e as contas do campeonato.

*** Em nota separada, mas relacionada com o mesmo tema, Gilberto Borges, director do Sporting, teceu considerações nas redes sociais a propósito das decisões do VAR no acima referido jogo entre Famalicão e FC Porto:

"VAR Almeida salva despedimento do Director Geral por Sérgio Conceição! Ou o mister vai retirar o que disse? Porque não deixaram as linhas o tempo necessário? O 2° golo do FC Porto válido por 2 cms? E o empate não interessava a quem? Na 2.ª jornada e onde já estamos!!!".

publicado às 04:48

img_920x518$2021_08_04_13_54_29_1886019.jpg

O Famalicão anunciou, esta terça-feira, a chegada de Pedro Marques ao clube. Depois de representar o Gil Vicente na temporada passada, o avançado volta a ser emprestado e está de regresso ao Minho.

"O Famalicão é uma equipa com muita visibilidade e que tem um bom histórico na I Liga. Ter a oportunidade de crescer e de ganhar estaleca ao mais alto nível fez-me aceitar este convite. Estou totalmente disponível para ajudar no possível um clube que está a posicionar-se de forma interessante na I Liga e que tem uma massa associativa muito forte".

Pedro Marques assume-se como uma adição importante para o conjunto liderado por Ivo Vieira, já que Anderson e Guedes deixaram o plantel famalicense.

publicado às 17:15

1024.jpg

O Famalicão está a tentar dificultar ao máximo a transferência de Manuel Ugarte para o Sporting. Apesar de já ter definido o preço fixo do negócio, cerca de seis milhões de euros por 50% do passe, os minhotos insistem agora na inclusão de valores extras por objectivos atingidos, o que, nesta altura, tem atrasado o acerto.

De olho no passado recente, o clube famalicense não pretende cometer o mesmo "erro" da negociação de Pedro Gonçalves, quando acertaram a venda de também 50 por cento do passe (por 6,5 milhões de euros), mas não adicionaram nenhum bónus. Ao término da época passada, ficaram «frustrados» ao verem que o médio foi campeão e goleador da Liga, além de ter participado no Euro2020.

Entre Sporting e Ugarte existe há dias um acerto verbal para um contrato válido por cinco temporadas. O próprio médio uruguaio, inclusive, já revelou publicamente que está «muito entusiasmado e com ambição» de assinar pelos leões, onde é um pedido de Rúben Amorim.

Enquanto espera um acordo definitivo, os famalicenses continuam a contar com Ugarte, sobretudo numa estratégia de pressionar o emblema de Alvalade. Até por isso o jogador foi utilizado por Ivo Vieira na vitória por 1-0 frente ao Estoril, no último domingo, na Taça da Liga.

Reportagem de Bruno Andrade, MaisFutebol

*** Situação ingrata para o presidente e a Sporting SAD. Se ele é de facto um jogador de muita qualidade, não vão querer deixá-lo fugir para um dos rivais. Por outro lado, não deve haver muita vontade de anuir a estas novas exigências dos famalicenses. Será que já há pressão alheia para inviabilizar a transferência?

publicado às 02:58

Pedro Marques ruma ao Famalicão

Rui Gomes, em 30.07.21

Pedro-Marques-2.png

Os rumores relativamente a Pedro Marques confirmaram-se hoje. O jovem avançado vai ser jogador do Famalicão até ao final da época, por empréstimo do Sporting, mas sem opção de compra e sem qualquer ligação à contratação de Ugarte.

Um cenário que sempre foi plausível, considerando que o atleta precisa de jogar com regularidade, como aliás ocorreu na época passada pela cedência ao Gil Vicente, e isso não iria acontecer no Sporting, em princípio, tendo ele pela frente Paulinho e Tiago Tomás.

Esta decisão precipita ainda mais debate sobre a possível necessidade de se contratar mais um ponta de lança para a equipa. Por um lado, tendo presente as competições em que o Sporting está inserido esta época, será um argumento válido. Por outro, salvo haver lesões ou castigos, quanto tempo de jogo vai ser disponibilizado a esse terceiro avançado e, nessas condições, qual é o jogador de qualidade acentuada (e preço acessível) que aceitará vir para o Sporting?

É de esperar que a breve trecho teremos a oportunidade de verificar o raciocínio da SAD e do treinador.

P.S.: Isto, tendo em consideração que o esloveno Sporar e Luiz Phellype não entram nas contas de Rúben Amorim.

publicado às 17:15

image (2).jpg

As negociações entre Sporting e Famalicão por Manuel Ugarte arrastam-se eternamente. Uma reportagem do dia indica que o clube famalicense agora pretende incluir o jovem avançado Pedro Marques no pacote negocial, de modo a reforçar a sua frente ofensiva.

Ao que consta, o Famalicão está a exigir 6,5 milhões de euros por 50% do passe do médio uruguaio e será mesmo a percentagem do passe que tem provocado o impasse.

Agora, a incluir Pedro Marques, em que termos? Por empréstimo ou a título definitivo e, de uma forma ou outra, como é que altera as exigências originais?

Devido a problemas físicos, o jovem leão, que na última época esteve emprestado ao Gil Vicente, dispôs de escassos minutos de jogo na preparação da nova época, e o rendimento positivo de Paulinho e o crescimento revelado por Tiago Tomás estarão a deixar Amorim satisfeito e receptivo a deixar sair Pedro Marques. É pura especulação, mas plausível.

O técnico sabe que a época será longa e que Paulinho e Tiago Tomás poderão não chegar, perante lesões ou outros infortúnios, mas outros jogadores, como Jovane, também podem fazer a posição e dar conta do recado esporadicamente. Uma vez que Sporar não entra nas contas, a alternativa é ir ao mercado, onde pontas de lança não abundam e são tudo menos baratos.

ADENDA

Miguel Ribeiro, presidente da SAD do Famalicão, sobre Manuel Ugarte: "O Sporting tem interesse no Ugarte e estamos a conversar. Estamos a conversar não só sobre os valores, mas também sobre as condições para esses valores serem executados, nomeadamente as condições de pagamento e planos. Estamos a conversar para tentarmos chegar a bom porto, é um desfecho que pode acontecer. O Sporting está interessado no jogador, o jogador vê com bons olhos e nós estamos recetivos a negociar. Está a ser um processo pacífico e faz parte da estratégia do Famalicão: identificar bons jogadores, investir em alguns e posteriormente vender. É algo que pode acontecer".

publicado às 03:03

img_920x518$2021_05_28_03_05_52_1855929.jpg

O título do post é precisamente o título do artigo que o jornal Record publicou esta manhã (às 7h39), o qual passamos a transcrever na íntegra:

"O jornal ‘Novo’ noticia esta sexta-feira que o Ministério Público estará a investigar suspeitas de corrupção num alegado caso de doping de Pote quando o agora jogador do Sporting representava o Famalicão.

De acordo com aquela publicação, a Procuradoria-Geral da República e o juiz Carlos Alexandre terão recebido duas denúncias que “relatam um alegado ‘esquema de corrupção’ que visava arrastar um processo disciplinar sobre um teste positivo do futebolista e assim não inviabilizar a sua transferência para um clube maior quando actuava no Famalicão”, lê-se na capa do ‘Novo’".

Nem sei o que dizer sobre isto. Supostas denúnicas sobre uma alegada ocorrência do passado sobre um jogador que, por mera coincidência, decerto, representa o Sporting CP e é apenas o melhor marcador da Liga NOS da época 2020/21.

Confesso que não conheço este jornal e nem sequer consegui encontrar a referida capa, mas talvez seja defeito meu.

Vamos ficar por aqui, face à muito limitada informação disponibilizada e sobretudo a dúvida sobre a fidedignidade do pouco que foi divulgado.

Não teria o jornal prestado um melhor seviço noticiando a nova marquise de Cristiano Ronaldo?

*** Jorge Pires, agente de Pote, escusou-se a "alimentar duas denúncias anónimas que criam histórias mirabolantes".

publicado às 10:00

img_920x519$2021_04_12_23_23_22_1837333.jpg

Miguel Braga, Responsável de Comunicação do SCP, no programa Raio-X da Sporting TV, fez vários reparos sobre a arbitragem do jogo com o Famalicão, enfantizando Nuno Manso, o auxiliar de Rui Costa que pediu a expulsão de Rúben Amorim no final da partida. Aliás, é o mesmo auxiliar que não viu causa alguma para assinalar falta nos dois lances polémicos envolventes de Jovane Cabral na área do Famalicão. Entre outras questões, foi revelado que Manso está a ser julgado por "ofensas à integridade física de uma vogal do Núcleo do Sporting em Braga".

"Se virmos bem as imagens percebemos que quem expulsa o Rúben Amorim é o árbitro auxiliar, Nuno Manso, que tem um episódio lamentável, em 2016, com uma vogal com o núcleo do Sporting em Braga. Nuno Manso está a ser julgado por ofensas à integridade física de uma mulher . É normal alguém que está a ser julgado por litígios seja nomeado pela terceira vez para um jogo do Sporting? Aconteceram várias coisas neste jogo que prejudicaram o Sporting".

"A imprensa desportiva passou ao lado da jogada capital pois no golo do Famalicão há uma simulação de um jogador do Famalicão e a regra geral passa por marcar falta e dar o cartão amarelo. O Rui Costa pode ser ludibriado, já o VAR que costuma estar tão atento ao Sporting, vendo até golos de 2 cms do Pote ou se a bola do Porro saiu... não me pareceu que tenha revisto o lance dada a velocidade com que o jogo foi retomado".

""O lance do Jovane acho pouco compreensível. Se fosse outro clube e outro jogador, o penálti seria marcado, é esta a minha opinião vendo os penáltis que marcam aos nossos rivais onde basta um toque. O futebol é um jogo de contactos".

"Começando pelas expulsões dos treinadores do Sporting só lembro que o Jorge Jesus foi mais vezes expulso em 8 meses no Sporting que em 6 anos no Benfica. O Rúben Amorim,  enquanto jogador do Benfica, nunca foi expulso tal como nunca foi enquanto treinador do Braga. Há aqui uma atenção especial sobre os treinadores do Sporting. Em relação ao Sérgio Conceição (em resposta a Francisco J. Marques) proponho que se faça um apanhado das imagens dele antes de ser expulso e as do Rúben. Só temos de colocar as imagens lado a lado para as pessoas analisarem sem qualquer comentário".

NOTA: Ao que consta agora, Hugo Viana também terá sido expulso no final da partida por indicação do 4.º árbitro, alegadamente devido a um "incidente" nas imediações da zona que dá acesso aos balneários, em que terá afirmado: "‘É uma vergonha, vocês são mesmo uma vergonha, tenham vergonha na cara. Diz-me porque expulsaste o treinador, diz-me, diz-me. Queres-me expulsar, expulsa-me".

NOTA #2: Foi entretanto anunciado que Rúben Amorim foi suspenso 15 dias na sequência do vermelho visto no Sporting-Famalicão, e que foi aberto um processo disciplinar a Hugo Viana.

NOTA #3: Miguel Braga (SCP) reage à suspensão de Rúben Amorim: "Rúben Amorim foi suspenso 15 dias por alegadas palavras ao árbitro assistente - o treinador afirma que não disse o que está no relatório. Sérgio Conceição trocou uns mimos em Portimão e foi aberto um processo disciplinar. Quase que aposto que o mesmo deverá estar concluído no final de Maio e o castigo de 30 dias deverá ser cumprido nas férias. É a justiça do futebol português."

publicado às 03:18

As Notas de Julius (18)

Rui Gomes, em 12.04.21

Screenshot (68).png

Na 18.ª edição desta rubrica, o leitor tem assim a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que o nosso colaborador Julius atribuiu aos jogadores do Sporting e a outros intervenientes do jogo de ontem com o Famalicão - a contar para a 26.ª jornada da Liga NOS - que terminou num empate (1-1).

"Sporting continua líder destacado e é a melhor notícia do dia! A equipa apresenta-se em falência na intensidade do ataque mas que mesmo assim foi suficiente para produzir três claras oportunidades de golo para ganhar o jogo e que foram desperdiçadas. Amorim ainda não encontrou a fórmula para encaixar o Paulinho no ataque e já foi penalizado por isso em quatro pontos perdidos. Só Pote e Nuno Mendes estiveram ao nível do que era exigido. Todos nós esperamos que a equipa se reencontre e volte de novo ao caminho das vitórias já no São Luís contra o Farense".

DESTAQUE - NUNO MENDES - 4 - Mostrou sempre muita raça em cada lance que disputou e empurrou a equipa para a frente muitas vezes, raramente perdeu um duelo e só em falta conseguiam pará-lo sendo massacrado pelos seus adversários durante todo o jogo; descobriu Jovane dentro da área na melhor oportunidade do jogo. Não merecia os dois pontos perdidos.

ANTONIO ADÁN - 3 - A exemplo da partida em Moreira de Cónegos, o guarda-redes sofreu um golo indefensável depois de uma grande aselhice da defesa contra um ataque forasteiro inofensivo e ainda sacou com a cabeça uma bola com efeito para canto.

PEDRO PORRO - 2 - Depois de ter chegado das estrelas da selecção espanhola ainda não aterrou na terra, tem que se fazer à vida e não deixar cair por terra o que de tão bom tem feito neste campeonato. Muito mal no golo sofrido, deixando fugir o adversário pelo seu corredor; já tinha acontecido o mesmo na jornada anterior e ainda falhou um golo quase cantado quando estava bem posicionado. Deve ter ainda as orelhas a queimar de tantos raspanetes que levou dos colegas durante todo o jogo.

LUÍS NETO - 2 - Um desastre em directo com a bola nos pés mas isso não é novidade para ninguém, ficou muito mal na fotografia ao não fazer como devia a dobra ao Porro na jogada que deu o golo do Famalicão; nesse lance viu-se a diferença para o miúdo Gonçalo Inácio.

SEBASTIÁN COATES - 3 -Também batido no golo do empate. Não foi o grande capitão impulsionador da equipa, estando algo apagado e menos interventivo; também denotou dificuldades na saída, pausando em excesso o jogo que se pretendia mais rápido e mais intenso; teve uma acção individual até à área adversária que quase dava êxito, mas falhou no cruzamento.

ZOUHAIR FEDDAL - 2 - Em nítida crise de confiança, raramente acerta e não pareceu estar bem fisicamente, fez um jogo muito fraco e o treinador só tinha que o substituir. Esperamos que possa adiar o seu Ramadão que começa na próxima terça feira; a equipa necessita do Feddal em forma.

JOÃO PALHINHA - 2.5 - O seu jogo durou dez minutos quando foi amarelado em sequência do erro do árbitro em não assinalar uma falta clara que o Paulinho sofreu antes e no seguimento o João Palhinha tinha que parar o contra-ataque que podia trazer danos à equipa. A partir desse ponto, ficou condicionado e perdeu a sua usual agressividade de jogo. Acertada a sua substituição "forçada".

POTE - 4 - Junto com o Nuno Mendes foi claramente dos melhores jogadores da equipa e não foi por ele que se perderam os dois preciosos pontos; foi rápido a tirar aquela bola ao central do Famalicão e no seguimento acabaria por ser ele a fazer o primeiro golo do jogo. Posicionado mais recuado, em troca com João Mário, esteve muito mais em jogo com boas iniciativas. Segundo Rúben Amorim, esta é a sua posição mais natural. Pena Paulinho e principalmente Tiago Tomás terem estado mais em Marte que em Alvalade.

JOÃO MÁRIO - 3.5 - Tentou jogar bem e fazer com que a equipa tivesse mais posse de bola mas com pouco resultado produtivo; nas zonas perto da baliza faltou-lhe sempre mais audácia, preferindo mais um passe. Nesta nova versão, jogando mais adiantado, devia ter mais chegada e não teve, nunca teve olho para a baliza adversária.

TIAGO TOMÁS - 2.5 - Ontem, a sua titularidade terá sido um equívoco. Nem ele nem ninguém percebeu o que o treinador pretendia que fizesse ou onde tinha que estar, se era a apoiar o Paulinho ou cair na direita para extremo; não fez nem uma nem outra, foi sim inofensivo e depois falhou aquela oportunidade isolado deixando o defesa lá chegar .....tem estado a perder confiança.

PAULINHO - 3 - Ainda procura o seu lugar no esquema da equipa, luta bastante, recua a procurar as tabelas mas com pouco resultado prático e útil; pode ser coincidência, mas a produção da equipa caiu bastante com a sua integração.

DANIEL BRAGANÇA - 3.5 - Trazia instruções para mexer com o jogo, mas sentiu dificuldades em impulsionar os colegas; raramente conseguiu espaços para construir mas foi importante na melhor fase da equipa, quando na parte final obrigaram o Famalicão a recuar para mais perto da sua área, conseguindo ganhar muitas segundas bolas.

MATHEUS REIS - 3 - Não há muito a dizer, entrou na segunda parte a substituir Feddal e cumpriu a sua missão sem grandes registos. 

JOVANE CABRAL - 2 -  Entrou no jogo para o ataque final à baliza do Famalicão mas acabou por ser muito pouco produtivo. Contra o que lhe é habitual, perdeu vários duelos, não conseguindo fazer a diferença. Atirou ao charco a melhor oportunidade do jogo, daquelas do "toma-lá e faz-te famoso" desconcentrado não acertou com a baliza.

EDUARDO QUARESMA - 2 - Entrou para o lugar do Luís Neto, em claras dificuldades físicas, mas quase nem se deu por ele.

NUNO SANTOS - 2.5 - Amorim tentou tudo para que a equipa conseguisse o golo da vitória; o Nuno foi o último cartucho. Deixou a ideia de querer ajudar a resolver, fez um excelente cruzamento de trivela para o Jovane que não fez golo porque foi impedido em falta para penálti pelo defesa do Famalicão.

RÚBEN AMORIM - 3.5 - A vida não está fácil depois de ver quatro pontos voar. Parece estar com algumas dificuldades em entrosar no seu esquema o Paulinho; acreditamos que implementou uma ideia em que acredita, mas ainda sem grande sucesso. Resultaram sim oportunidades suficientes para ganhar o jogo, mas a produção da equipa no geral ficou aquém do esperado e do que se exigia.O Sporting segue na frente imbatível e ainda com uma margem de vantagem importante e foi a melhor noticia de hoje.

IVO VIEIRA - 3.5 - O Famalicão é neste momento da época uma das equipas em melhor forma. Jogaram em Alvalade num claro mano a mano e só cederam nos quinze minutos finais quando se sentiram empurrados para trás pela equipa do Sporting, mas foram quase sempre inofensivos no ataque fazendo dois remates à baliza de Adán nos 94 minutos.

RUI COSTA (Árbitro) - 2.5 - Arbitragem manhosa sempre na espreita da caça ao leão; à mínima infracção nunca hesitou. Foi manhoso no amarelo ao João Palhinha (9') depois de fazer vista grossa ao pisão claro a Paulinho. Mas não lhe podemos apontar o dedo pelos falhanços claros nas boas oportunidades que o Sporting teve no jogo. Ele e um dos seus assistentes serão alvo de discussão pelos dois lances passíveis de penálti já perto do fim do jogo.

ANTONIO NOBRE (VAR) - 1 - Nos lances passíveis de penálti por faltas sobre Jovane - um é bastante evidente, o outro discutível - teria de intervir para ajudar o árbitro a tomar a decisão mais correcta. Optou por fazer vista grossa, com influência directa no resultado.

publicado às 04:05

As estatísticas do jogo

Rui Gomes, em 12.04.21

GoalPoint-Sporting-Famalicao-Liga-NOS-202021-90m.j

RÚBEN AMORIM

"Não vou falar sobre a arbitragem. Podíamos muito bem ter ganho o jogo. Temos um bom campeonato, temos um campeonato cheio de artistas, já sabíamos disso. Vamos dar mérito aos jogadores e por isso não vou falar de arbitragens. Foi o fiscal de linha que me expulsou, o árbitro nem sabia bem porque me estava a expulsar. Não concordo com a minha expulsão, mas é o que é.

Nós olhamos jogo a jogo e muito para aquilo que fizemos. O que nós temos de fazer é olhar para aquilo que podemos controlar, que é o treino. No fim fazem-se as contas como sempre. Estamos a pagar um pouco do sucesso que ninguém pensava que fôssemos ter. Mas sabemos para onde queremos ir e nós agora queremos ir ganhar ao Farense.

"O Palhinha foi condicionado. O Palhinha com cartão amarelo por vezes mais vale não tê-lo em campo porque é um jogador agressivo que nos trava as jogadas, é ele que para as transições. O jogo do Palhinha parou na primeira jogada. A partir daí teve de andar em pézinhos de lã"

publicado às 04:02

São casos para penálti?

Rui Gomes, em 12.04.21

Na minha opinião, dois lances para penálti (85' e 90+3') que ficaram por assinalar, ambos sobre Jovane Cabral. Tanto o árbitro Rui Costa, como o assistente (Nuno Manso ou João Bessa Silva) e o VAR António Nobre, entenderam que não houve causa para o castigo máximo.

Até admitirei que o segundo é discutível, porque Jovane escorregou. No entanto, quando tentou equilibrar-se, o defesa caiu em cima dele. O primeiro, não me parece haver margem para dúvidas.

publicado às 04:01

171954285_10157658445531555_1073264148820444715_n.

Penálti a favor do Sporting ao cair do pano?

Nem pensar nisso!!!

publicado às 22:00

DESTAQUES

"Mais do que os dois pontos que perdemos, estamos a melhorar. Concordem ou não, entendo que a equipa está a melhorar. Temos de continuar o nosso caminho. Voltar a ganhar é o único remédio. Não temos de olhar para os outros, dependemos de só nós".

“Alguém vai ganhar o campeonato. Há várias equipas que podem ser campeãs, nós só queremos ganhar ao Famalicão. No final alguém vai ganhar, os outros vão perder. É a minha forma de encarar esta situação. Só o treinador pode perder, pois o Sporting vai ganhar o campeonato, pela forma como projectou jogadores".

"Não sinto que os jogadores estejam a facilitar. São muito rigorosos no seu trabalho. É uma equipa jovem, que tenta sentir-se confortável na parte final dos jogos e talvez por esse motivo não seja tão acutilante. Mas as outras equipas quase não têm ocasiões. Quando começou o campeonato, as equipas jogavam de forma mais pressionante e nós usávamos o espaço nas costas. Tínhamos esse espaço todo e agora não temos.

O jogo é atacar e defender. Nós controlamos os jogos, não são divididos. Mas temos de criar muito mais, pois o controlo está todo do nosso lado. Temos dominado a maioria dos jogos, falta o resto, mas isso vem com tempo. Tivemos este empate, um empate injusto, mas há que seguir em frente e pensar neste jogo".

"O Nuno está pronto. Todos os que estão convocados estão prontos para entrar de início. Infelizmente hoje o Gonçalo Inácio e o Bruno Tabata tiveram toques e não vão jogar. Em princípio estarão no próximo jogo, mas como são pancadas saem da convocatória. O Nuno Mendes recuperou. Essa é uma excelente notícia, até porque todos estão prontos para ser titulares".

publicado às 05:02

A título de curiosidade

Rui Gomes, em 09.04.21

21945096_ZeIGs.png

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para o jogos da 26.ª jornada da Liga NOS:

Sporting CP-FC Famalicão
Árbitro: Rui Costa
Assistentes: Nuno Manso e João Bessa Silva
4.º árbitro: João Malheiro Pinto
VAR: António Nobre
AVAR: Nélson Pereira

CD Tondela-FC Porto
Árbitro: Fábio Veríssimo
Assistentes: Pedro Martins e Nuno Pereira
4.º árbitro: João Bento
VAR: Nuno Almeida
AVAR: André Campos

FC Paços de Ferreira-SL Benfica
Árbitro: Hugo Miguel
Assistentes: Bruno Jesus e Ricardo Santos
4.º árbitro: Cláudio Pereira
VAR: Tiago Martins
AVAR: Hugo Ribeiro

SC Braga-Belenenses SAD
Árbitro: Artur Soares Dias
Assistentes: Rui Licínio e Paulo Soares
4.º árbitro: Iancu Vasilica
VAR: Vítor Ferreira
AVAR: Paulo Miranda

NOTA: João Pinheiro, mesmo depois da borrada que assinou em Moreira de Cónegos, está agora nomeado para VAR no Marítimo - Farense. Como diz o nosso amigo Julius Coelho, "No pasa nada"!!!

publicado às 04:17

Leoas vencem ao cair do pano

Rui Gomes, em 22.03.21

A equipa principal feminina de futebol do Sporting CP foi a casa do FC Famalicão, este domingo, vencer por 0-1 em jogo referente à oitava jornada da fase de apuramento do campeão da Liga BPI.

Decisivo nas contas do primeiro lugar, pois quem vencesse assumiria a liderança isolada, o jogo assinalou o arranque da segunda volta. A aniversariante Raquel Fernandes assinou o cabeceamento que selou as contas do jogo em cima do minuto 90.

Com este resultado, o Sporting é agora líder da fase de apuramento do campeão da Liga BPI com 19 pontos, mais um do que o segundo classificado, o Benfica.

As leoas, que continuam invencíveis e não sofrem golos na Liga BPI há seis jogos, vão agora defrontar o SCU Torreense no próximo sábado, dia 27 de Março, em jogo da nona jornada.  

publicado às 04:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo