Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sub-23 empatam no Algarve

Rui Gomes, em 11.09.21

sub1_1.jpg

A equipa sub-23 do Sporting CP foi a casa do Farense empatar 1-1,esta sexta-feira, em jogo referente à terceira jornada da zona Sul da Liga Revelação. 

Aos 34 minutos, a formação leonina abriu a contagem no Estádio Municipal de Lagos com um autogolo, sendo que a turma algarvia esperou até aos 41’ para empatar. 

Apesar deste resultado, os leões, mantêm-se no primeiro lugar da classificação com sete pontos, mais um do que o Portimonense e o Estoril Praia, que tem ainda assim menos um encontro disputado. 

O Sporting volta a entrar em campo a 18 de Setembro, na recepção ao Estoril Praia.

Onze do Sporting CP: Vasco Gaspar [GR], Tiago Santos, Gilberto Batista, Emanuel Fernandes, Martim Marques, João Daniel Santos, Mateus Fernandes, Renato Veiga [C], Nicolai Skoglund, Miguel Menino e Isnaba Mané.

publicado às 03:00

Bruno Paz ruma ao Farense

Rui Gomes, em 24.08.21

Screenshot (257).png

publicado às 03:02

Um jogo clássico à Porto

Rui Gomes, em 10.05.21

Um penálti logo aos 3 minutos, um adversário expulso aos 30' e um golo contra invalidado por um fora de jogo no mínimo muito confuso, aos 45 minutos.

Assim está tudo "normal"!!!

Nem vale a pena perder tempo a ver a segunda parte.

Deixo os restantes incidentes do "jogo" com os leitores.

P.S.: E com um ex-capitão portista e fervoroso adepto como treinador adversário.

*** Segundo o nosso colega Julius Coelho, a falta para penálti por mão de Licá, foi o quarto penálti provocado esta época por ex-jogadores portistas, com os jogos ainda empatados.

Mera coincidência, decerto!?!

publicado às 21:30

As Notas de Julius (19)

Julius Coelho, em 17.04.21

Screenshot (77).png

Nesta rubrica, o leitor tem a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que eu atribuí aos jogadores do Sporting e a outros intervenientes do jogo de ontem com o SC Farense - a contar para a 27.ª jornada da Liga NOS - que o Sporting venceu por 1-0, golo de Pote aos 35 minutos.

Vitória merecida da equipa que mais e melhores oportunidades criou para marcar. Não precisava daquele sofrimento no final em que vacilou na defesa, muito por culpa do Farense, que não tendo nada a perder atirou-se ao jogo directo levando a incerteza do resultado até ao apito final do árbitro. Mas a equipa não pode perder tantas segundas bolas. Um feito histórico do Clube, que atingiu  27 jogos no campeonato sem conhecer a derrota.

DESTAQUEANTONIO ADÁN - 5.5 - Segurou com muita firmeza os três pontos da vitória, num claro duelo com Beto. Brilhou a grande altura e levou a melhor. Foi a vez dele segurar aquele cabo de aço da defesa, esteve fantástico no jogo.

PEDRO PORRO - 2.5 - Mais um jogo ao lado; está bastante abaixo da sua forma. Foi estranho vê-lo perder tantos duelos com o adversário e fazer cruzamentos sempre sem convicção e com pouca direcção; está a atravessar um período menos bom e a equipa está a ressentir-se por isso.

GONÇALO INÁCIO - 3.5 - A equipa necessita daquele pé esquerdo que coloca a bola onde quer nas costas da defesa adversária; nunca se aventurou e foi dos que sofreu na parte final do jogo para parar o avanço directo do Farense.

SEBASTIÁN COATES - 4 - Mesmo com alguns desacertos na saída, foi sempre o melhor homem da defesa, o mais esclarecido e o que soube guardar sempre a posição; teve um dos seus famosos "cabezazos" que levava o selo de golo, que obrigou Beto a brilhar com uma excelente parada.

MATHEUS REIS - 3.5 - Preocupado em cumprir a principal missão que era defender; tentou mostrar-se algumas vezes no apoio ao ataque sem grande resultado prático, mas mostrou as garras de leão nos despiques e vimo-lo levar quase sempre a melhor.

NUNO MENDES - 3 - Exibição algo abaixo do que estamos habituados a ver-lhe; teve dificuldades em entrar no jogo, sendo algumas vezes surpreendido pela velocidade a todo o gás com que entrou o Farense. Melhorou com o decorrer do jogo, mas raramente acertou com os cruzamentos e acabou em bom plano quando quase ofereceu de bandeja um golo ao Tiago Tomás.

JOÃO PALHINHA - 3 - Curiosamente, fez um dos jogos menos conseguidos esta época, esteve mais discreto sem aquele fulgor, acusou algum desnorte nos minutos finais quando o Farense apostou tudo no jogo directo e deixou-se envolver também pela ansiedade.

JOÃO MÁRIO - 4.5 - Foi o melho elemento da equipa durante a primeira parte. Atirou-se ao jogo de frente, decidido e vimo-lo chegar mais vezes à área adversária; puxou dos galões e quis mandar no jogo nunca se escondendo; por duas vezes podia ter marcado com passes de morte do Paulinho, principalmente no segundo lance mesmo à boca da baliza.

DANIEL BRAGANÇA -3.5 - Raramente perde a bola e manteve um excelente critério no passe, teve sempre visão na leitura do timing que o jogo pedia, foi pragmático e vertical na procura de espaços na construção. Enquanto esteve em campo a equipa não perdeu muitas segundas bolas; saiu esgotado.

POTE - 5 - Esteve sempre muito bem durante toda a partida; nunca se escondeu e veio procurar jogo atrás muitas vezes. Dos mais inconformados quando a equipa perdia a bola e não conseguia agarrar o jogo, sempre animado a sair e a procurar soluções, marcou de ressaca o golo da vitória e ofereceu outro cantado ao Paulinho. Só uma grande exibição do Adán lhe retirou o prémio do homem do jogo. Já podemos dizer que o Pote ...voltou.

PAULINHO - 3.5 - Não se compreende tanta hesitação em rematar à baliza; teve várias oportunidades de matar o jogo e por isso a equipa acabou por arriscar-se a sofrer o golo do empate; na pequena área teve uma bola direitinha à sua cabeça e preferiu um passe para trás? Mais tarde o Pote dá -lhe uma bola cantada pela direita e isolado frente ao guarda redes volta de novo a preferir fazer mais um passe? Falta de confiança? Teve um golo feito num bom remate perto da linha da baliza mas também era a noite do Beto brilhar, com mais uma espantosa defesa.

MATHEUS NUNES - 1 - Substituição falhada, irreconhecível, entrou muito mal no jogo e nem para estorvar o adversário foi capaz . Entrou para ganhar as segundas bolas e segurar o jogo mas não ganhou coisa nenhuma.

NUNO SANTOS - 2 - Entrou no pior período da equipa quando já se agarravam todos uns aos outros e a ver a bola pelo ar a chegar várias vezes à área do Sporting; sem registo.

TIAGO TOMÁS - 2 -  No poucos minutos que esteve em jogo, só por uma vez a bola lhe chegou, embora algo adiantada, naquela escapada do Nuno Mendes, e não lhe conseguiu chegar; um lance que podia acabar com o sofrimento de todos.

RÚBEN AMORIM - 5 - Merece nota alta o treinador que consegue um registo histórico de maior número de jogos (27) sem derrotas no campeonato e num jogo em que ganhou e mereceu ganhar, mexeu menos na equipa e não foi feliz com as escolhas. Fica-nos a ideia que João Mario não devia ter saído.

JORGE COSTA - 4 - Bom jogo da sua equipa; creio que o Farense reúne a simpatia da maioria dos sportinguistas, que fazem votos para que consiga manter-se na primeira Liga; mostra futebol suficiente para isso e seria justo.  Foram de novo guerreiros até ao final do jogo.

HUGO MIGUEL - (Árbitro) - 4 - Teve um jogo difícil de muitos contactos e ajuizou quase sempre bem, tanto tecnicamente como disciplinarmente; teve um lance difícil na área do Sporting e esperou pela decisão do VAR.

VÍTOR FERREIRA - (VAR ) - 4 - No lance na área do Sporting entre o Nuno Mendes e o Tomás Tavares, não pareceu que o contacto entre os pés de ambos fosse o suficiente para penálti; ficou a dúvida e perante essa dúvida o VAR ajuizou bem.

publicado às 04:33

As estatísticas do jogo

Rui Gomes, em 17.04.21

GoalPoint-Farense-Sporting-Liga-NOS-202021-90m.jpg

RÚBEN AMORIM

"Principalmente quando se fala numa crise, [é importante] bater um recorde histórico do clube, atingir essa marca. Mérito aos jogadores, a muitos miúdos da formação, a uma equipa que soube sofrer quando teve de sofrer, fez o golo, não soube matar o jogo, sofreu no fim e, como é normal, a ansiedade cresceu. Mas penso que é justo, o Farense teve as suas oportunidades, nós também. Podíamos ter saído com bola com outra qualidade, foi um jogo dividido, um bom jogo. Somos uns justos vencedores.

O principal desafio agora é escolher os melhores jogadores, porque todos eles treinam bem. O foco está agora no Belenenses SAD. Vai ser um jogo difícil, como têm sido todos até aqui. Vamos escolher os melhores, em virtude do que fizerem e demonstrarem nos treinos, e esse é o principal desafio desta equipa técnica.

É difícil dizer que o momento é por isto ou por aquilo. Estamos numa fase diferente, não conseguimos matar o jogo. Agora, a nossa ansiedade vem muito da nossa incapacidade de fazer um segundo golo. Por vezes até passamos aos nossos colegas quando podemos rematar à baliza. Já tivemos fases em que fazíamos um remate e o golo surgia e que num outro remate a equipa assentava. Acho que a finalização não tem a ver com a nossa ansiedade, tem a ver com a nossa qualidade e com o aspecto técnico."

Não vamos esconder que há uma ideia nos sportinguistas que já vem de há muitos anos, mas os adeptos não podem de modo algum esquecer que isto é jogo a jogo e que agora só queremos vencer o Belenenses SAD."

ADÁN

Não é uma questão de nos sentirmos aliviados. Quando fazemos as coisas bem não temos de estar preocupados. Não gostámos de não ter ganho os dois jogos anteriores, mas a equipa trabalha bem ao longo da semana e tem evoluído desde o início da temporada. Temos de estar contentes.

Assistimos a um grande jogo de futebol. A equipa lutou e manteve um resultado que era importante para nós. Jogámos num campo muito complicado contra uma equipa muito lutadora e aguerrida, mas conseguimos responder bem.

É uma vitória, mas é igual às outras. Deu-nos muitas alegrias e agora vamos desfrutar pois sentimo-nos muito contentes após cada vitória. Este é este o nosso espírito pois já estamos a pensar no próximo jogo".

publicado às 04:32

Grande Adán!!!

Rui Gomes, em 16.04.21

175376847_10157668341711555_9020858464032240665_n.

Contra o Sporting, todos se esfarrapam...

Tags:

publicado às 22:57

Foto do dia

Rui Gomes, em 16.04.21

174589407_10157667392096555_8040842443941193469_n.

A festejar golo de Sporar no jogo da primeira volta com o Farense

publicado às 18:00

Screenshot (72).png

Considerações de Rúben Amorim na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Farense:

"Fui expulso por afirmações que não são verdade. E vou meter isso na minha defesa. Expulsem-me por palavrões, mas o que está a seguir, e que é a sustentação ao castigo de 'conseguiste o que querias', é falso. É a última vez que falo sobre o castigo porque o grande prejudicado sou eu e qualquer dia sou despedido do Sporting e não arranjo trabalho em lado nenhum porque estou sempre castigado. Vou focar-me nos jogos".

"Sempre fui assim no banco, o meu comportamento não mudou, vivo as emoções do jogo, estou confiante na mesma, sinto a equipa melhor, o que me deixa tranquilo, não mudei a minha forma de estar, estou confiante. Nunca quis passar por santo".

"Tivemos dois jogos nos quais não conseguimos ganhar, faz parte do futebol. Fomos claramente superiores. É sempre melhor ganhar, mas a equipa está muito tranquila. Os jogadores acreditam em mim quando lhes digo que estão melhores. Sou muito sincero no que digo. Temos uma forma de jogar muito clara, acho que vamos fazer um grande jogo em Faro. É óbvio que temos de fazer mais golos do que os adversários. Só queremos ganhar ao Farense, é esse o nosso pensamento, não fazemos sequências de três jogos".

"Felizmente, hoje em dia um mau resultado para o Sporting CP é um empate. O futebol tem coisas que não se explicam. Na jornada com o Moreirense, o nosso rival que está em segundo classificado esteve empatado até ao último lance da partida e ficaria com uma desvantagem maior. E nós com o Moreirense estivemos a ganhar até ao último minuto.

O que poderia ter sido uma vantagem maior tornou-se numa vantagem menor. O futebol é mesmo assim. Se mudou antes, pode voltar a mudar. Acredito que podemos ganhar ao Farense e se ganharmos está tudo bem. Há coisas que não controlamos." 

"Feddal não vai estar neste jogo em Faro, precisa de estar a cem por cento. Há outros jogadores que estão melhor. Inácio e Tabata estão aptos, Feddal vai ficar a recuperar algumas mazelas que tem".

"O pensamento da equipa é sempre o mesmo: ganhar mesmo sem o treinador no banco".

publicado às 03:04

A título de curiosidade

Rui Gomes, em 14.04.21

21945096_ZeIGs.png

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 27.ª jornada da Liga NOS:

Para a visita do Sporting ao Farense:

Árbitro: Hugo Miguel
Assistentes: Bruno Jesus e Ricardo Santos
4.º árbitro: Hélder Malheiro
VAR: Vítor Ferreira
AVAR: Valdemar Maia

Confesso que cheguei a um ponto que já não sei o que dizer sobre a arbitragem. Daí, que talvez seja melhor dizer pouco ou mesmo nada e esperar para ver o jogo.

Não queremos favores, apenas competência e igualdade de critérios.

Parece-me que não é pedir muito... ou será?

publicado às 18:25

Nem o árbitro Manuel Mota nem o VAR Hélder Malheiro viram esta falta para penálti por mão de Jesús Corona, jogador do FC Porto, no jogo de ontem frente ao Farense. A equipa do Norte venceu por 1-0.

Mesmo admitindo que Manuel Mota não viu, pela imagens disponíveis é impossível o VAR não ter visto. A decisão, portanto, obedece a critérios que não as Leis do Jogo.

publicado às 04:02

131938919_10157404608616555_5199343005551533263_o.

Sporting 1 Farense 0

O lance da grande penalidade

Tags:

publicado às 22:29

Screenshot (461).png

Alguns destaques da conferência de imprensa de Rúben Amorim de antevisão ao jogo com o Farense:

"É um começar novo do Farense. Mas o importante é vencer o jogo. O Farense tem uma equipa muito boa colectiva e individualmente. Tem bons sinais mas queremos manter o nosso caminho. Os jogadores do plantel actuaram todos esta semana e isso é bom".

"Seria bom ficar com estes miúdos durante anos, mas sei que não é possível".

"É o que é (arbitragem)... tenho de melhorar também, talvez seja inexperiência. Sobre a dualidade de critérios não quero comentar. Posso é melhorar o meu comportamento e vou tentar fazer isso daqui para a frente."

img_467x599$2020_12_19_01_33_09_1793393.jpg

"O Nuno Mendes está melhor, hoje treinou sob vigilância e amanhã vamos decidir mas está nos convocados".

"Não tenho opinião sobre o assunto (afastamento de Artur Soares Dias), o meu trabalho é conhecer os adversários. Comento o lance e depois fecho. O nosso trabalho é planear."

"Não confirmo (Matheus Reis e Paulinho), isso é assunto do Hugo Viana, ele é que fica com a parte difícil. Temos ideia do plantel que queríamos no início, não conseguimos um ou outro mas estamos satisfeitos com o plantel. Temos projecto para três épocas, Hugo Viana fez um excelente trabalho e vai continuar a fazer.

Se vier alguém será para o projecto do Sporting CP e não para estes próximos jogos. A nossa ideia nesse sentido é muito clara e os jogadores que queríamos continuamos a acompanhar. Se vier mais algum são os que contamos já para a próxima época. Não virá ninguém porque temos mais jogos. Estamos satisfeitos com este grupo".

Rúben Amorim... deveras impressionante, como sempre. Esta última consideração sua que transcrevi, é "apenas" excelente.

publicado às 03:03

A título de curiosidade

Rui Gomes, em 17.12.20

21945096_ZeIGs.png

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos a contar para a 10.ª jornada da Liga NOS:

Sporting CP-SC Farense
Árbitro: André Narciso
Assistentes: Paulo Brás e Marco Vieira
4.º árbitro: Hugo Silva
VAR: Bruno Esteves
AVAR: José Luzia

Pela publicação deste post, ainda não tinham sido divulgadas as equipas de arbitragem para os jogos dos principais rivais.

21940255_IzibG.jpeg

Este André Narciso é o mesmo apitador que no encontro com o Gil Vicente exibiu o cartão amarelo a João Palhinha aos 36 segundos de jogo.

Cautela Sporting... esta nomeação não terá surgido por mero acaso!

publicado às 03:03

Ryan Gauld "renasceu" no Farense

Rui Gomes, em 30.08.20

image (1).jpg

Ryan Gauld foi distinguido como o melhor jogador da última edição da 2ª Liga, realçando a excelente campanha que rubricou ao serviço do Farense e que muito contribuiu para o regresso do emblema algarvio ao escalão superior do futebol português, após 18 anos de ausência.

O médio escocês, que chegou a Portugal em 2014 por intermédio do Sporting, cotou-se como o melhor marcador do Farense com 9 golos - incluindo um hat-trick - e somou duas assistências, assumindo a condição de uma das unidades mais influentes da equipa. Ao todo, acumulou 2100 minutos de jogo nos 24 jogos em que foi titular, uma média de 88 minutos por jogo.

A imprensa escocesa tem vindo a dar destaque à sua carreira e não é por mero acaso que é um dos jogadores sob observação atenta da equipa técnica da selecção escocesa, liderada por Steve Clarke.

publicado às 04:00

RyanGauld2.jpg

Chegou ao Sporting em 2014 como a principal promessa do futebol escocês, mas falhou em afirmar-se na equipa leonina principal. Agora no Farense, Ryan Gauld está feliz e, em entrevista ao MailSport, afirmou que a mudança para Alvalade foi uma opção da qual não se arrepende:

"Quando olho para trás e penso na minha mudança para o Sporting, não há muita coisa que eu mudaria. Tanto em treinos e jogos fiz sempre o meu melhor. Até os empréstimos que aceitei sempre me pareceram a melhor opção na altura. Se eu não tivesse agarrado a oportunidade, quem me diz que eu teria continuado a subir na carreira?".

Os algarvios seguem no topo da Segunda Liga e o médio de 24 anos confessa que já pensa nos encontros que poderá disputar nos grandes palcos portugueses:

"Vencer este campeonato e conseguir a promoção à I Liga seria fantástico. Regressar a Lisboa como jogador do Farense e jogar com o Sporting seria algo que eu adoraria. Mas não só, também quero ter a grande oportunidade de jogar contra o FC Porto e o Benfica nos estádios deles".

Pelo Farense, esta época, Ryan Gauld já participou em 14 jogos, todos como titular, com 1200 minutos de jogo (média de 85,7 minutos por jogo), com um golo marcado.

publicado às 05:03

Daniel Bragança a caminho de Faro

Rui Gomes, em 10.01.19

 

daniel-bragança-seniores.jpg

 

Daniel Bragança está em campo pelos leões sub-23 precisamente neste momento em que preparo este post, mas recém-revelações, ainda por confirmar pelo Sporting, indicam que foi cedido ao Farense até ao final da época.

 

Este empréstimo ao clube algarvio será para compensar o resgate de Ryan Gauld, pelo Sporting, para o encaminhar para o Hibernian, da Escócia, transferência anunciada há cerca de uma semana.

 

Daniel Bragança é mais uma grande promessa da formação leonina e esperamos que esta nova experiência lhe seja benéfica.

 

publicado às 16:00

Os "Bês" em crise são goleados

Rui Gomes, em 24.01.16

 

img_770x433$2016_01_23_18_35_39_1054788.jpg

 

Em jogo a contar para 26.ª jornada da II Liga, a equipa B do Sporting visitou e foi goleada pelo Farense, por 3-0, somando o sexto jogo consecutivo sem vencer.

 

O Sporting alinhou com os seguintes:

 

Pedro Silva, Jorge Silva, Domingos Duarte, Ivanildo Fernandes (Cristian Ponde, 56'), Rúben Ribeiro, Fokobo, Francisco Geraldes, Ryan Gauld (Labyad, 46'), Daniel Podence, Dramé e Rafael Barbosa (Luís Elói, 70').

Suplentes: Stojkovic, Labyad, Sacko, Cristian Ponde, Luís Elói, Fábio Martins e Bubacar Djaló.



Árbitro: Bruno Rebocho (Évora). 

 

publicado às 05:26

Leões de Faro: o tempo e o lugar

Leão Zargo, em 15.11.15

 

19009222_pvCC0.jpg

 

Esta fotografia de uma equipa de futebol do Sporting Clube Farense, de autor desconhecido e datada do início da década de 1950, é surpreendente pelo seu dinamismo intrínseco e por corresponder a um tempo específico, possuindo uma estética muito bem definida. Remete-nos, quase irresistivelmente, para o cinema italiano de Luchino Visconti ou Vittorio De Sica e para algum trabalho fotográfico de Henri Cartier-Bresson ou Mario Cattaneo.

 

A imagem captada pela máquina fotográfica mostra o tempo do objecto e o lugar a partir do qual é visto, fixando atmosferas, sinais, testemunhos. Por isso, quem a observa define com clareza o seu “território”: o espaço, o sujeito e a função.

 

Os protagonistas, jogadores e treinador do Farense, revelam-se do sul de Portugal, do Algarve, como poderiam ser da Andaluzia, da Sicília, da Ática, da Síria ou do extenso Magrebe. Mediterrânicos, em suma.

 

Tags:

publicado às 12:34

Leões de Faro, em modo 1971-72

Leão Zargo, em 18.07.15

farense1971-72.jpg

 

Equipa do Sporting Clube Farense, envergando a belíssima camisola verde e branca: Rodrigues Pereira, Atraca, Francisco Assis, Ferreira Pinto, Almeida e Conceição; Testas, Ernesto, Adilson, Carlos Sério e Sobral.

 

Um onze temível dirigido por Manuel Oliveira, treinador com história como futebolista pois jogou nos juniores do Sporting e debutou ao lado dos "Cinco Violinos": Rodrigues Pereira, com apelido de guarda-redes, veio do Esperança de Lagos, o Atraca foi um craque que brilhou no Porto, o Assis debutou no Belenenses, o Ferreira Pinto brilhou no Sporting onde venceu a Taça das Taças e foi campeão nacional, o Almeida proveio da cantera do Barreirense, o Conceição foi um William Carvalho avant la lettre, o Testas era o Testas, o Ernesto não brincava em serviço pois calçou na Académica e no Sporting, o Adilson vê-se que só podia ser bom de bola, o Sério fez carreira na CUF e o Sobral, vindo do Braga, andava à procura de um lugar ao sol!

 

No banco estava Manuel de Oliveira, um técnico de grande sabedoria táctica e ardiloso na apreciação das peripécias do jogo, que preparou o Farense para jogar num 4-4-2 com forte marcação individual, em pressing como se designa actualmente. "Táctica de basquete", chamou Elek Scwartz, na altura o treinador do Benfica.

 

/SC Farense 3 – Atlético CP 1, Estádio de S. Luís, 13 de Fevereiro de 1972/

 

publicado às 11:57

Os "Bês" também venceram

Rui Gomes, em 25.01.15

 

diego rubio.png

 

Diego Rubio regressou a "casa", jogou logo no primeiro jogo, como titular, e inaugurou o marcador na vitória do Sporting sobre o Farense, por 5-3, depois de estar a vencer por 4-0, já no segundo tempo.

 

Em jogo a contar para 24.º jornada da II Liga, a equipa B do Sporting alinhou com os seguintes:

 

Luís Ribeiro; Riquicho, Nuno Reis, Sambinha e Mica Pinto: Rami Rabia, Wallyson e Francisco Geraldes (Domingos Duarte, 86'); Gelson Martins, Daniel Podence (Sacko, 68') e Diego Rubio (Cissé, 82').

 

No banco ainda estiveram Pedro Silva, Cristian Ponde, Seejou King e Dramé.

 

Os golos leoninos foram apontados por Diego Rubio (25') - que ainda mandou um cabeceamento ao poste logo de seguida - Sambinha (27'), Wallyson (51'), Francisco Geraldes (64') e Sacko aos 83 minutos.

 

Esta foi a primeira vitória dos "Bês" nos últimos quatro jogos e o Farense também já não perdia em tantos jogos. Cerca de 600 espectadores assistiram ao encontro.

 

O Sporting encontra-se agora em 12.º lugar, com 33 pontos, menos 10 do que os líderes Tondela e Oliveirense. Na 25.ª jornada viaja até aos Açores para defrontar o Santa Clara.

 

 

publicado às 20:35

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds