Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

download.jpg

 

Sejamos claros, desde já, para evitar más interpretações... O Sporting realizou uma péssima exibição, o Benfica foi superior e a vitória encarnada é indiscutível.

 

Esta disposição, no entanto, não significa que a arbitragem de Artur Soares Dias tenha passado despercebida, até porque ainda há muitos de nós que temos memória viva das suas actuações em jogos entre os rivais da Segunda Circular. Um cínico até teria a ousadia de afirmar que ele foi "bem escolhido" para este jogo.

 

Este árbitro, considerado um dos melhores da actualidade em Portugal, cometeu vários erros, tanto no capítulo técnico como no disciplinar. Apenas como meros exemplos, analisamos dois lances capitais, em que faltas foram ou não assinaladas sobre João Félix e Bas Dost.

 

No lance em que Renan sai aos pés de João Félix, o guarda-redes não toca sequer no jogador do Benfica, aproveitando este para se lançar com todo o aparato acrobático. Já revi este vídeo uma dúzia de vezes e, objectivamente, é esta a minha opinião.

 

Artur Soares Dias assinalou prontamente falta para grande penalidade e desconheço se o VAR complementou a sua decisão. Que eu me lembre, ele não se deslocou ao monitor na linha lateral para rever o lance.

 

Já agora, aproveito o ensejo para dizer que o miúdo João Félix é um talento muito promissor, mas se não deixar de ser "brinca na areia" com a frequência que vai ao chão, sujeita-se a que um qualquer peso pesado o faça sentir a fabilidade da sua actuação. E isto não se refere apenas a esta partida com o Sporting.

 

Vamos então ao caso de Bas Dost, em que por sinal, Soares dias até está bem posicionado à entrada da área e em linha directa com a bola. Creio que ficou prontamente à vista de todos que o guarda-redes do Benfica impediu Bas Dost de finalizar o lance, a um metro, se tanto, da linha de golo. 

 

Se Soares Dias viu - e tudo leva a crer que viu - nada assinalou e se não tivesse surgido o VAR, a falta nunca teria sido assinalada. Esta decisão, deste árbitro, está perfeitamente em linha com outras do género que ele tomou em jogos entre os rivais, sempre, por mera coincidência, decerto, a favorecer o Benfica.

 

Em análise final, pelas circunstâncias do jogo, acabou por não ter influência directa no resultado final. Caso tivesse sido um jogo disputado até aos últimos instantes, indiferente do vencedor, hoje teríamos passado o dia a debater mais uma arbitragem polémica do futebol português.

 

publicado às 14:18

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo