Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fotografia com história dentro (249)

Figueiredo e a “Bola de Prata” 1965-66

Leão Zargo, em 30.05.21

Figueiredo Bola de Prata 1965-66 26 golos.jpg

Ernesto Figueiredo é o 10º melhor goleador da história do Sporting. Jogou de leão ao peito entre 1960 e 1970 e marcou 152 golos em 239 jogos oficiais. Era um avançado bastante combativo, oportuno, de grande eficácia em frente à baliza graças ao seu remate forte e colocado. Nessas oito épocas, no sistema 4x2x4, as suas características completaram-se com as de Diego, Fernando, Osvaldo Silva ou Lourenço que eram jogadores tecnicistas e inteligentes na movimentação na grande área, com quem fez dupla na linha avançada.

Era um avançado que nunca se intimidava nos grandes jogos. Foi decisivo na Taça dos Vencedores da Taças, em 1963-64, e normalmente estava inspirado nos dérbis frente ao Benfica. Marcou 9 golos em 20 jogos. Ganhou a alcunha de “Altafini de Cernache” porque marcou duas vezes aos encarnados um mês depois de Altafini, do Milão, ter feito o mesmo numa final da Taça dos Campeões Europeus. Foi o melhor marcador do Sporting em 1960-61, 1963-64 e 1965-66.

A época de 1965-66 foi uma das melhores da sua carreira. Conquistou o título de Campeão Nacional e marcou 26 golos no Campeonato. Apesar da generalidade da imprensa lhe ter atribuído um golo num jogo em Alvalade com o Lusitano de Évora (5-0), o jornal A Bola considerou autogolo de Vital. Na verdade, perante a força do remate do sportinguista, o guarda-redes eborense tocou na bola, mas não conseguiu impedir que entrasse na baliza. Figueiredo e Eusébio ficaram ambos com 25 golos, e o benfiquista recebeu o troféu por ter menos jogos.

Perante a injustiça do jornal, os adeptos leoninos do Minho organizaram-se e mandaram fazer uma réplica da “Bola de Prata” que entregaram a Figueiredo quando o Sporting jogou em Braga para o Campeonato na época seguinte. A fotografia refere-se ao momento em que o avançado sportinguista recebeu o símbolo do melhor marcador de 1965-66.

publicado às 14:30

Memórias - Figueiredo

Rui Gomes, em 07.11.13

 

 

Ernesto Figueiredo - 06 Julho 1937 - natural de Santa Cita, Tomar, estreou-se no Sporting no dia 17 de Setembro de 1960, em Alvalade, frente ao Lusitano de Évora, jogo vencido pelo Sporting por 4-2. Jogou 8 épocas de "leão ao peito", conquistou dois Campeonatos Nacionais, uma Taça de Portugal e a Taça Europeia dos Vencedores das Taças. Realizou 233 jogos e marcou 147 golos, tendo sido o melhor marcador do Campeonato Nacional na época de 1965/66, com 25 golos, a par de Eusébio.

 

Também conhecido como "Altafini de Cernache", em parte devido à sua propensão para marcar golos ao Benfica - 9 no total -, foi um dos goleadores da década de sessenta. Tornou-se um ídolo dos sportinguistas graças à sua inesgotável combatividade no meio das defesas adversárias, abrindo espaço onde parecia difícil, obtendo golos "impossíveis". Formou uma dupla tem+ivel com Lourenço, a calma em pessoa ligando exemplarmente com a actividade extenuante de Figueiredo na frente do ataque.

 

Ernesto Figueiredo foi um jogador determinante na extraordinária carreira do Sporting na Taça das Taças de 1964, quer pelos golos que marcou como pelos que deu a marcar. Obteve dois na final, que asseguraram a ida à finalíssima, até à vitória. A alcunha de Altafini foi-lhe atribuída porque, como marcava frequentemente golos ao Benfica, repetia a proeza do verdadeiro Altafini (dois golos aos "encarnados" pelo AC Milan na final da Taça dos Campeões Europeus de 1963). Foi internacional 6 vezes, tendo feito parte da célebre equipa dos "Magriços" que ficou em 3.º lugar no Mundial de 1966, onde no entanto não chegou a jogar. Em 1999 foi distinguido com o Prémio Stromp.

 

publicado às 04:23

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo