Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ganhou quem mais mereceu?

Rui Gomes, em 12.07.21

Screenshot (200).png

Muito poucas finais das grandes provas entusiasmam - salvo quando a Selecção Nacional participa - e esta foi apenas mais uma.

Duas equipas com muito poucos argumentos ofensivos. A Inglaterra marcou logo aos dois minutos e dedicou-se simplesmente a defender. A Itália, com domínio de bola superior mas com um jogo muito rendilhado e com pouco para oferecer no último terço, salvo o golo do empate no meio de alguma confusão. Chegou a um determinado ponto que ambas esperavam pelo prolongamento e, daí, as grandes penalidades.

Na lotaria, uma mistura de eficácia e felicidade ditou o vencedor.

*** Em nota separada, Cristiano Ronaldo sagrou-se o melhor marcador do Euro 2020, com 5 golos, e é o mais velho a consegui-lo. Schick também apontou o mesmo número de golos mas o primeiro critério de desempate são as assistências e aí o capitão da Selecção Nacional leva vantagem: uma contra nenhuma do checo.

Aos 36 anos e cinco meses, é o mais velho melhor marcador de sempre num Europeu. Até agora, o mais velho era Michel Platini, que tinha 29 anos e um mês em 1984.

publicado às 06:34

1024.jpg

A selecção portuguesa de futebol de sub-21 disputa, este domingo, a terceira final de um Europeu da categoria, que nunca venceu, frente à bicampeã Alemanha, à qual infligiu três derrotas em outros tantos jogos em fases finais.

Em 2015, a equipa portuguesa, já com Rui Jorge no comando técnico e na República Checa, alcançou a segunda final às custas da mannschaft, graças à goleada mais expressiva em oito participações numa ronda decisiva (5-0), materializada pelos golos de Bernardo Silva, Ricardo Pereira, Ivan Cavaleiro, João Mário e Ricardo Horta.

Um dos restantes dois triunfos sucedeu em 2006, quando Portugal, sob orientação de Agostinho Oliveira, derrotou a Alemanha (1-0), com um golo de João Moutinho no último suspiro, em Guimarães, na última jornada do Grupo A do Euro 2006, disperso por seis cidades lusas e marcado pelas derrotas com França (0-1) e Sérvia e Montenegro (0-2).

Dois anos antes, o conjunto Luso superou pela mão de José Romão o Grupo B, no qual começou por marcar passo com Suécia (2-3) e Suíça (2-2), antes de assegurar um lugar nas meias-finais diante dos anfitriões germânicos (2-1), com o golo de Schweinsteiger a ser insuficiente face aos tentos de Hugo Almeida e Luís Lourenço.

O histórico de confrontos oficiais entre as duas selecções no escalão de ‘esperanças’ agrupa ainda mais quatro duelos em fases de apuramento para o Euro1986, na qual Portugal venceu em Lisboa (2-1) e perdeu em Karlsruhe (0-2), e para o Euro1998, com a Alemanha a vencer em Leiria (1-2) e a consentir um empate a uma bola em Cottbus.

Quanto às presenças em finais de campeonatos da Europa de sub-21, a selecção repetirá as presenças de 1994, assinalada por uma derrota face à Itália (1-0), em França, com um ‘golo de ouro’ de Pierluigi Orlandini, e 2015, que acarretou um desaire com a Suécia na lotaria dos penáltis (3-4), após um ‘nulo’ no final do prolongamento.

Já a mannschaft vai tentar desempatar a seu favor o balanço nesse encontro decisivo, com dois triunfos e dois desaires, tendo começado por perder a duas mãos com a Inglaterra (1-3 e 3-2), em 1982, adversário que goleou em solo sueco há 12 anos (4-0).

Desde o ingresso do actual seleccionador Stefan Kuntz, esteve também nas últimas duas finais do Europeu, ambas face à Espanha, alcançando o bicampeonato em território polaco (1-0), em 2017, dois anos antes de perder o torneio disputado em Itália (2-1).

Os germânicos fecham o pódio de conquistas da competição, ao partilharem os mesmos dois títulos de Inglaterra, Países Baixos e União Soviética, três abaixo dos recordistas Espanha e Itália e mais um do que França, Jugoslávia, República Checa e Suécia.

Portugal e Alemanha defrontam-se hoje, às 21:00 (20:00 em Lisboa), no Estádio Stozice, em Ljubljana, numa inédita final da 23.ª edição do campeonato da Europa de sub-21, que tem decorrido na Hungria e Eslovénia num formato desfasado, devido ao adiamento para este ano do Euro2020, motivado pela pandemia de Covid-19.

Reportagem da Lusa

publicado às 05:30

193515079_10157677824346923_5913885467627214295_n.

O Sporting ganhou ao FC Porto por 80-76 e empatou a final do playoff da Liga Placard a dois, obrigando à disputa do jogo 5 para se encontrar o campeão nacional de basquetebol.

Obrigada a vencer para não abdicar do título, a formação orientada por Luís Magalhães entrou melhor, mas teve pela frente um desafio muito complicado perante uma equipa portista liderada por Riley, que acabou a partida com 18 pontos e foi mesmo o melhor marcador portista.

O Sporting CP contou com um muito inspirado Shakir Smith e, como já era de esperar, Travante Williams que foi o melhor marcador do jogo com 19 pontos.

No final, a vitória acabou por sorrir ao Sporting que leva assim a decisão para o Pavilhão João Rocha. A partida decisiva é então na quarta-feira.

Força leões!!!

publicado às 04:32

dm1d5562.jpg

A equipa de basquetebol do Sporting CP recebeu e venceu, esta sexta-feira, o FC Porto por 74-72 (17-14, 18-12, 11-24 e 28-22) no primeiro jogo da final do play-off da Liga Placard. Num embate com emoção até ao fim no Pavilhão João Rocha, Micah Downs foi o elemento em maior destaque ao apontar 27 pontos.

Vantagem dos leões na final do play-off, com o segundo jogo a acontecer já este domingo, 23 de Maio, novamente no Pavilhão João Rocha.

Sporting CP: Travante Williams (6), Francisco Amiel, John Fields (6), Shakir Smith (11), Jeremias Manjate, Diogo Ventura (11), João Fernandes, Cláudio Fonseca, Diogo Araújo, Pedro Catarino (5), Micah Downs (27) e James Ellisor [C] (8).

publicado às 04:17

rof_0443.jpg

Depois de derrotar ontem o Benfica, o Sporting tem a oportunidade de revalidar o título europeu de hóquei em patins, frente ao FC Porto.

A final está agendada para este domingo, no Luso, às 17h30, com transmissão na RTP1.

Sporting CP: Ângelo Girão [GR], Ferran Font, Telmo Pinto, Pedro Gil [C], Alessandro Verona, Matías Platero, João Souto, Toni Pérez, Gonzalo Romero e Zé Diogo [GR].

Boa sorte leões!

publicado às 16:45

Recordar é viver

Rui Gomes, em 05.04.20

publicado às 17:30

81920504_10156487710106923_4678868480986972160_o.j

O Benfica conquistou este domingo a Taça da Liga de futsal pela terceira vez consecutiva, ao derrotar o Sporting, por 5-4, numa final intensa, em que só alcançou a vantagem nos últimos três minutos.

No quarto dia da final a oito, no Centro de Congressos e Desportos de Matosinhos, Diego Roncaglio, Fernandinho, André Coelho, Chaguinha e Robinho selaram o triunfo das águias, líderes do campeonato neste momento.

Pelos leões, segundos colocados, que estiveram em vantagem por duas vezes, facturaram Cardinal, Deo, Guitta e Alex Merlim, insuficiente para impedir que o Benfica se isolasse no quadro de honra da prova, contra as duas primeiras edições conquistadas pelo Sporting.

publicado às 04:16

Sporting conquista Taça Continental

Rui Gomes, em 29.09.19

71187167_10156262330951555_6274990306567913472_n.j

Vitória sobre o FC Porto na final por 3-2

PARABÉNS LEÔES!

publicado às 19:37

66760215_10156624829472956_4173662473074769920_o.j

Portugal é campeão do Mundo de hóquei em patins 16 anos depois da última vitória, em casa, no Mundial de 2003, que se realizou em Oliveira de Azeméis. A vitória sobre a Argentina nas grandes penalidades dá o 16.º título mundial a Portugal.

Depois de um nulo durante o tempo regulamentar e também no prolongamento, Portugal superiorizou-se nas grandes penalidades, com Ângelo Girão a agigantar-se na baliza. Portugal marcou duas penalidades, a Argentina apenas uma e o título vem de Barcelona para o nosso país.

portugal_x_argentina_2.png

Foi um jogo de nervos aquele que se jogou em Barcelona, com as equipas a não arriscarem muito no tempo regulamentar. Na prolongamento, Ângelo Girão foi decisivo, ao defender duas grandes penalidades. E na hora decisiva, o guarda-redes do Sporting voltou a brilhar, com Gonçalo Alves e Hélder Nunes a marcarem para a Selecção Nacional.

É o culminar de um ano de ouro para o hóquei em patins português, depois de uma final da Liga Europeia 100% portuguesa, com o Sporting a bater o FC Porto na final. É também um regresso às vitórias no Mundial fora de portas: a última vez que Portugal havia sido campeão mundial para lá das fronteiras nacionais foi em 1993, em Itália.

Ângelo Girão e Henrique Magalhães viveram uma época que agora termina de sonho. Estes jogadores já tinham conquistado o título europeu pelo Sporting CP esta temporada, quarenta e dois anos depois.

publicado às 05:33

WRG19.0023_0176-1024x682.jpg

A selecção portuguesa de hóquei em patins garantiu a presença na final do Mundial, esta sexta-feira, ao derrotar a Espanha, nas meias-finais, por 4-2, após prolongamento.

A Espanha estava mais forte no período suplementário, mas foi Portugal a marcar, por intermédio de João Rodrigues. Ângelo Girão ainda defendeu um livre directo e a Espanha entrou em desespero, alinhando com cinco jogadores de campo. Portugal aproveitou da melhor forma a baliza vazia e, num contra-ataque, Jorge Silva carimbou o passaporte de Portugal para a final.

No jogo decisivo, marcado para domingo, às 17h00, no Palau Blaugrana, em Barcelona, Portugal vai discutir o título de campeão do mundo com a Argentina, que derrotou (3-0) a França na outra meia-final.

publicado às 04:02

fotorrepotagem_futsal_sporting-unidos_pinheirense_

A equipa sub-20 de futsal do Sporting recebeu e venceu o Benfica por 6-1, no jogo 1 da final do Campeonato Nacional de futsal de juniores A, em jogo disputado no Pavilhão João Rocha este domingo.

Interessante que este resultado dilatado foi obtido no prolongamento, após um empate (1-1) no tempo regulamentar.

Os golos leoninos foram da autoria de Zicky (2), Célio (2), Hugo Neves e Wesley de França.

publicado às 04:02

vale_futsal_8.jpeg

O Sporting visitou e venceu o rival Benfica, por 5-4, após prolongamento, no primeiro jogo da final da Liga Sport Zone, com o guarda-redes Guitta em grande nível, com dois golos além de várias excelentes defesas defesas efectuadas.

Um jogo bastante intenso com a equipa da Luz a conseguir igualar o marcador depois da desvantagem inicial, precisamente pelos dois tentos de Guitta, e posteriormente para fazer o 3-3 e levar o jogo para prolongamento.

No período suplementar o Sporting chegou à vantagem de 5-3, com golos de João Matos e Erick, com o Benfica ainda a conseguir reduzir através de Fernandinho, mas o marcador fecharia assim.

O próximo jogo realiza-se na quinta-feira, 6 de Junho, e está marcado para as 21h55 no Pavilhão João Rocha. Intrigante este jogo a hora tão tardia.

vale_futsal_5.jpeg

Considerações do treinador Nuno Dias:

"Acima de tudo, fomos uma equipa extremamente solidária, que soube conviver bem perante a adversidade.

O Benfica criou-nos muitas dificuldades e ao voltarmos do intervalo, quando queríamos segurar a vantagem, deparámo-nos com uma reacção fantástica do adversário que o recolocou no jogo.

Depois, um prolongamento muito duro, a defender perante todas as opções que o Benfica apresentou. Vencemos, principalmente pela solidariedade dos jogadores.

Para sermos campeões tínhamos de ganhar aqui, mas o Benfica também pode ir ganhar ao João Rocha".

publicado às 06:03

Rever para não esquecer

Rui Gomes, em 30.04.19

 

 

publicado às 06:34

Força Sporting !!!

Rui Gomes, em 28.04.19

 

58420338_10155928498951555_6890816667522170880_n (

 

publicado às 13:24

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 22.04.19

 

download.jpg

 

O terceiro jogo da final de voleibol entre os rivais Sporting e Benfica teve alguns momentos polémicos e que mereceram críticas do Sporting, com destaque especial para um lance em que um jogador encarnado ficou caído no recinto a queixar-se, pelo que o árbitro teve de interromper o jogo. Depois de Tiago Violas ter sido assistido, o encontro foi retomado, com o Benfica a reduzir para 3-2 ao invés de o Sporting a passar para o 4-1.

 

Eis o que o técnico Hugo Silva teve para dizer:

 

"É lamentável que tenha ocorrido uma atitude de muito pouco fair play por parte de um jogador do Benfica, que se atirou para o chão e provocou a anulação de um ponto que nos daria o 4-1. Mas as atitudes ficam para cada um. Não acho correcto, até porque hoje o voleibol é diferente e temos de nos respeitar uns aos outros. Como disse, as atitudes ficam com cada um, e só nos cabe continuar a fazer o nosso trabalho".

 

Marcel Matz, treinador do Benfica, reagiu à acusação feita pelo homólogo do Sporting ao seu jogador:

 

"O lance do Violas? Não me apercebi do que aconteceu, não vi. As regras mandam parar o jogo quando há um jogador a precisar de assistência. Foi o que aconteceu. No 5º set, quem teve mais vontade e quem batalhou mais conseguiu terminar por cima".

 

Algo curiosa, a resposta do técnico brasileiro. Como é possível, no voleibol, em que um treinador está situado a escassos metros da acção, não ver um lance em que um jogador seu se atira para o chão e permanece imóvel ?

 

publicado às 06:04

Vitória escapa aos leões na 'negra'

Rui Gomes, em 21.04.19

 

voleibol_scp.jpeg

 

A equipa de voleibol do Sporting deslocou-se este sábado ao pavilhão n.º 2 da Luz para disputar o jogo três do play-off do Campeonato Honda e acabou por sair derrotada por 3-2.

 

Os leões não começaram o jogo da melhor maneira, perdendo o primeiro set por 25-20, mas reagiram bem, vencendo os seguintes dois sets por 25-22 e 25-23.

 

Nos últimos dois sets, a vantagem foi decisivamente encarnada, com triunfos por 25-15 e 15-10.

 

O quarto jogo da final está marcado para a próxima quinta-feira, no Pavilhão João Rocha. Em caso de vitória do Benfica, as águias celebram o título. Se, por outro lado, o Sporting vencer, o título será decidido num quinto jogo, que será disputado no próximo sábado, no Pavilhão da Luz. 

 

publicado às 05:17

 

img_920x519$2019_04_06_18_20_49_1530471.jpg

 

O Sporting entrou da melhor forma na final do Campeonato Nacional de voleibol, este sábado, aproveitando o factor casa, superando o Benfica por 3-0.

 

O primeiro set foi bastante equibilidrado para ambas as equipas mas foi Sporting que o venceu por 28-26. No segundo set os leões estiveram em desvantagem mas fizeram uma excelente recuperação e venceram por 25-21. O terceiro e último e set caiu igualmente para a equipa da casa com o marcador a registar 25-20.

 

As equipas voltam a encontrar-se no próximo sábado, desta vez na Luz, às 18h00.

 

publicado às 20:03

 

download.png

 

Nem sei bem como comentar este jogo, mas fico a perguntar a mim próprio o que é que a França fez para merecer que as coisas lhe corressem tão bem nesta final do Mundial 2018.

 

Numa primeira parte em que fez UM único remate e teve cerca de 39% posse de bola, vai para o balneário ao intervalo a vencer por 2-1, graças a um autogolo e uma grande penalidade convertida.

 

Na segunda parte, a jogar quase exclusivamente à defesa, muito do tempo até com o proverbial "autocarro estacionado", faz dois golos com dois remates à distância. Neste dia, contudo, valeram o máximo possível.

 

Para mim, a Croácia foi a selecção que melhor futebol praticou no todo da competição. Merecia mais e melhor nesta final, mas o futebol é mesmo assim.

 

P.S.: Há um fora de jogo no autogolo, pela posição irregular de Pogba, que muito embora não tenha tocado na bola, participou no lance. O VAR não interviu, contrário ao que fez na grande penalidade contra a Croácia.

 

publicado às 17:51

 

image (1).jpg

 

Pelo segundo ano consecutivo, o Sporting perdeu frente ao Inter Movistar, por 5-2, na final da UEFA Futsal Cup.

 

O Inter inaugurou o marcador aos 3 minutos através de Gadeia, mas o Sporting chegou ao empate por intermédio de Cavinato, 4 minutos mais tarde. Ricardinho voltou a dar vantagem ao Inter ao minuto nove, enquanto Elisandro ampliou ao minuto 13. Na segunda metade do encontro, Rafael fez o quarto para o Inter, tendo Diogo feito o 2-4 para o Sporting perto do final da partida. Ao cair do pano, Pola fez o 5-2, com o Sporting a jogar sem guarda-redes.

 

O Inter Movistar conquista assim o seu quinto título - o segundo consecutivo -, derrotando novamente o Sporting na final da prova. Os leões, por sua vez, marcaram presença na sua terceira final, tendo perdido na última época por 7-0 frente aos espanhóis.

 

A realidade nua e crua é que continua a verificar-se uma grande diferença entre estas duas equipas, nomeadamente no que diz respeito a solidez defensiva, inclusive de guarda-redes. Os jogadores leoninos lutaram para recuperar o marcador, mas com 3-1 ao intervalo a missão era complicada. O quarto golo espanhol selou o desfecho.

 

publicado às 21:06

Final da UEFA Futsal Cup 2018

Rui Gomes, em 22.04.18

 

news-ufcfin4zar18-1.jpg

 

O Sporting anunciou no seu site oficial que vai abrir, no domingo, as portas do Pavilhão João Rocha (entrada gratuita) para que os adeptos leoninos possam assistir à final da UEFA Futsal Cup, onde os leões defrontarão o Inter Movistar em busca do principal título europeu de clubes da modalidade.

 

O encontro tem o seu início às 19h00 e as portas abrem às 18h30, permitindo assim aos sócios e simpatizantes do Clube assistir à partida através dos ecrãs do cubo multimédia do Pavilhão. 

 

publicado às 14:45

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds