Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Paulinho melhora a todos os níveis

Rui Gomes, em 02.01.22

Paulinho assinou contra o Portimonense a exibição mais prolífica pelo Sporting, uma vez que marcou três golos. Com quase um ano de leão ao peito, foi a primeira vez que o avançado celebrou mais do que um golo num jogo e logo depois de ter parado com Covid-19.

Vai com nove tentos em 25 partidas e, em comparação a 2020/21, época na qual fez 14 encontros e marcou três vezes pelo Sporting, precisa de menos tempo para festejar: são 217 minutos em média entre cada golo, quando na época transacta eram 357.

image.jpg

Paulinho subiu o nível de eficácia porque remata mais e melhor. Tem uma média de 2,24 tiros por jogo e acertou 46,4 por cento destes na baliza adversária, batendo os registos de 2,14 por partida e de 43,3 remates no alvo em 2020/21. O jogo com o Portimonense foi o encontro em que o barcelense mais chutou (7) desde que é do Sporting, acertando em cinco ocasiões na baliza de Samuel Portugal.

Só que a preponderância de Paulinho, como Rúben Amorim várias vezes afirmou, não se mede apenas pelos golos que marca. Antes facturou em vitórias largas (e uma derrota) e o Sporting CP poucos golos sofre, o que acaba por minimizar os pontos dados de forma directa pelo dianteiro (3); mas soma ainda quatro assistências este ano, mais duas do que na temporada passada, e é muito mais influente em toda a construção ofensiva, servindo de plataforma giratória para o ataque.

Faz em média 2,2 passes para o último terço por jogo (somou 1,36 em 2020/21) e 17,4 passes certos, melhorando os 13,7 por jogo da época de estreia. Faz menos passes para remate (média de 0,48) do que em 2020/21 (0,71), o único atributo que desceu e que revela um maior egoísmo frente à baliza.

Já era conhecido pela entrega defensiva, mas Paulinho ainda a exponenciou: tem, por jogo, quase duas interceptações e 2,65 recuperações. Mais do que duplicou os números da última época.

Reportagem de Frederico Bártolo, em O Jogo

publicado às 03:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo