Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



1024.jpg

Já com as chuteiras penduras e com o apito ao pescoço - é actualmente adjunto dos sub-23 do Sporting, comandados por Filipe Pedro, João Pereira revela numa recém-entrevista qual foi a sua "maior mágoa" da carreira. E está relacionada... com troféus.

"O título de 2020/21 foi dos mais especiais da carreira, porque passei cá três vezes e, infelizmente, só tinha uma Supertaça de 2015. Nunca tinha correspondido com títulos ao que o Sporting me proporcionou: ir à Selecção e disputar a que para mim é a melhor liga do mundo, a espanhola; e foi o Clube que me deu a mão grande quando rescindi com o Trabzonspor. Consegui então alterar isso na última oportunidade, mas só dois títulos pelo Sporting é uma das maiores mágoas da minha carreira.

Não estava nos meus planos dizer adeus [à carreira] no Sporting. Nunca pensei que me quisessem aos 36 anos, quase a fazer 37 - e já cá estava o Porro! Claro que gostava, mas tinha de ser racional; imaginava-me a acabar no Trabzonspor.

Queria voltar para Portugal, mas estava longe de pensar no Sporting, porque sabia que era difícil. Nem nos meus melhores sonhos ia acontecer: vir para Portugal, para Lisboa, que é a minha casa, para o meu Clube e ser campeão nacional. Foi um conto de fadas. Não havia melhor maneira de acabar e isso também me ajudou a fazê-lo."

publicado às 03:02

OS NOSSOS CAMPEÕES de 2021 (24)

Julius Coelho, em 16.07.21

"Os Nossos Campeões de 2021"... é uma colecção de 27 posts, exclusiva do Camarote Leonino, que tem como finalidade homenagear todos os elementos do futebol profissional do Sporting CP, pela conquista da Liga NOS 2020/21.

O leitor pode escrever a sua opinião sobre a importância de cada elemento campeão que nós apresentamos nesta colecção, registo que ficará para a bonita história deste espaço.

mw-1280.jpg

JOÃO PEREIRA, 37 anos, 1.72m, lateral direito, internacional português, terminou a sua carreira de jogador para abraçar a de treinador, como adjunto na equipa de sub 23 do Sporting, 263 minutos na Liga.

O plantel do Sporting tinha arrancado para a época com uma lacuna visível e preocupante; o espanhol Pedro Porro não tinha concorrência na lateral direita. Essa situação só pôde ser resolvida nos finais de Janeiro, quando na janela de transferências com a vinda de João Pereira após ter rescindido com o Trabzonspor da Turquia. Em boa hora chegou, ajudou de forma muito positiva a equipa nas derradeiras 4 jornadas, quando o Pedro Porro se lesionou e já dava também indícios claros de fadiga muscular.

Teve o seu momento mais alto, quando na última jornada, contra Marítimo, é substituído por Gonzalo Plata e é aplaudido por todos os colegas de equipa e por toda a gente presente na tribuna do estádio de Alvalade, foi depois abraçado efusivamente pelo seu treinador e amigo de infância Rúben Amorim, dando assim o final à sua excelente carreira de jogador como campeão nacional.

Num plantel com uma média de idades tão baixa, João Pereira veio juntar-se ao grupo dos mais experientes que foram decisivos como suporte para o equilíbrio que era necessário, a responsabilização de todos no objectivo de ganhar o ...próximo jogo.

publicado às 03:04

Foto do dia

Rui Gomes, em 14.07.21

img_920x519$2021_07_13_17_13_44_1876049.jpg

Primeira foto de João Pereira como treinador-adjunto

da equipa de sub-23, que voltou ontem ao trabalho.

publicado às 03:01

isa_4571_0.jpg

Sem ser surpresa, salvo nos detalhes, porventura, o Sporting anunciou esta quinta-feira que João Pereira, tendo terminado a sua carreira como jogador na época transacta, vai agora integrar a equipa técnica dos sub-23 liderada por Filipe Pedro.

Embora se mostre totalmente preparado para aprender e dar os primeiros passos numa equipa técnica, o ex-jogador verde e branco já olha para a formação de jogadores como o seu novo e principal objectivo no Sporting CP.

"É um bichinho que cresceu ao longo da minha carreira de futebolista. Essa vontade foi-se desenvolvendo e é uma nova aventura para a qual estou motivado. A verdade é que alguns colegas de equipa, sobretudo os mais novos, como o Max e o [Daniel] Bragança, já me chamavam 'mister' de vez em quando, por isso já me fui habituando um pouco (risos).

Quero construir a minha nova carreira da mesma forma, dando passo a passo. Neste momento sou um aprendiz, é como se estivesse a começar nos escolinhas. Estou aqui para aprender com todos e para transmitir a minha experiência. Acima de tudo, quero ajudar naquilo que for preciso.

Que a magnífica união em redor da equipa principal continue e se alargue à formação, principalmente quando a pandemia passar para que possam apoiar os mais novos. É importante para eles sentir essa presença e o apoio da bancada para saber como lidar com isso também ao chegar à equipa principal".

No Sporting, como jogador, João Pereira foi um excelente profissional. Não duvidamos que venha a exercer o cargo de treinador com a mesma dignidade e nível de empenho.

publicado às 03:03

_cl_3845_nova-min_0.jpg

João Pereira, de 17 anos, é o mais recente jovem talento a assinar contrato profissional com o Sporting CP. Desde 2016/2017 de Leão ao peito, o defesa central foi campeão nacional de iniciados (2018/2019) e actualmente faz parte da equipa sub-17, tendo sido chamado recentemente à selecção nacional do escalão.

"É um sentimento de orgulho e também de muita responsabilidade, é mais um passo na minha carreira como jogador e estou muito satisfeito pelo meu percurso até aqui. Tenho objectivos para continuar nesta casa, quero passar por todos os patamares e, como todos, tenho o sonho de chegar à equipa A.

O Coates, pela sua capacidade de liderança e pela forma como se posiciona dentro de campo, é, sem dúvida, um líder e um exemplo a seguir. Também me identifico muito com o Gonçalo Inácio, que é um central que não tem medo de ter a bola, confiante e como saiu da formação é alguém que sigo para traçar o meu caminho".

publicado às 03:31

E tudo Pote levou...

Rui Gomes, em 20.05.21

img_467x599$2021_05_20_02_49_05_1852774.jpg

PEDRO GONÇALVES (POTE)

"Estou muito orgulhoso. Um ano de muito trabalho, quero agradecer a todos os que me apoiaram ao longo do ano, nos momentos mais difíceis. É dedicado a todos eles.

Desconhecia ser o o primeiro português a conseguir o troféu desde Domingos Paciência, em 1995/96. É um orgulho. Um excelente trabalho de toda a equipa. Agradecer aos meus colegas por tudo o que fizeram.

Abraço para todos na minha terra. Sinto um orgulho enorme ser videiguense, espero que estejam tão felizes como eu".

JOÃO PEREIRA

"Para já sinto felicidade, acabei da melhor maneira, como campeão do Sporting, algo que o clube precisava e merecia mais do que eu. É o fecho de um ciclo e vai começar outro.

Já dava para imaginar um pouco vir a terminar como campeão, porque o Sporting estava em primeiro, mas a vida deu uma grande volta. Aconteceu o que aconteceu com o meu clube na Turquia, estive quase a assinar por outro clube mas quando me chamaram do Sporting vim a correr. Foi a melhor coisa que me podia ter acontecido. Não era precisar cativarem-me muito para voltar, o Clube deu-me muito.

O meu próximo cargo ainda não está definido, são coisas que tenho de falar. O presidente e o Hugo Viana irão falar na altura apropriada.

O Sporting é um clube muito grande: continuem a apoiar-nos. Isso tem de continuar e não só quando as coisas correm bem. É a única forma de levar este clube ao topo, que é onde merece estar."

RÚBEN AMORIM

João Pereira foi um jogador muito importante na nossa época, acabou a jogar como titular, como campeão. Fizemos questão que fosse substituído sozinho, para ter a ovação, não só dos adeptos, mas de toda a equipa. Fico muito feliz por ele, o Sporting tem sorte de ficar alguém como ele, que vai ser treinador. Espero que não me roube o lugar. Vamos mandá-lo ali para os sub-14 [diz com risos], pois está difícil para todos… Tristes porque acabou a carreira dele, mas a vida continua.

Pote e os seus 23 golos na Liga: mérito da equipa, dele… Um jogador que não forçou nada, pois tem muito golo e uma equipa que gosta muito dele. Entrámos, por isso, muito bem no jogo, perdemos algo disso no 3-0, mas eles não descansaram enquanto ele não fizesse três golos. Se fossem precisos mais, ele iria marcar mais. Foi o dia do Pedro, que nos deu muito. É o prémio merecido de um grande jogador que vai fazer uma grande carreira.

Apostámos na formação, criámos uma equipa, fomos realmente uma equipa, ganhámos dois títulos em três possíveis, mas agora vamos preparar e enfrentar um novo ano, que vai ser muito complicado, mas estamos preparados."

publicado às 07:03

Foto do dia

Rui Gomes, em 20.05.21

isa_4507.jpg

Para a história, fica o último 'onze' inicial da época 2020/21 e o fim de

 carreira de João Pereira, sempre um excelente profissional no Sporting.

_jl12465.jpg

publicado às 07:02

Os capitães

Rui Gomes, em 17.05.21

img_920x518$2021_05_16_03_29_37_1851126.jpg

João Pereira surgiu no Estádio da Luz a envergar a braçadeira do Sporting. Estaria Coates, o primeiro capitão, fora do onze? Nada disso: tinha dado – explicou Amorim já na sala de imprensa – autorização para que a braçadeira rodasse pelos mais experientes. Ontem foi o lateral-direito, de 37 anos, e no encontro com o Marítimo, deixou escapar o treinador, a homenagem pode recair sobre Antunes, lateral-esquerdo também já veterano, com 34 primaveras.

A explicação de Rúben Amorim:

"O João Pereira foi alguém que nos deu muito durante a época; que soube o lugar dele; que, com muitos títulos, portou-se como um exemplo e eu acho que é mais importante do que o recorde. É mais importante o João Pereira ser capitão; é mais importante, no próximo jogo, o Antunes ser capitão do Sporting, porque pedi autorização ao Coates. Eu sou o treinador, mas ele é o responsável".

Em publicação nas redes sociais no final do jogo, João Pereira comentou a braçadeira:

"Hoje perdemos a possibilidade de acabar o campeonato invictos, pagámos o preço de uma primeira parte menos conseguida. Sei que não há vitórias morais, mas sinto-me honrado por poder capitanear uma equipa que mesmo a perder 4-1 no início da segunda parte conseguiu voltar ao jogo e disputá-lo até ao último minuto. Só uma verdadeira equipa de campeões consegue reagir assim. Parabéns a todos pelo esforço e dedicação com que honram esta camisola".

Justo e merecido reconhecimento tanto a João Pereira como a Vitorino Antunes. Ambos, com poucos minutos de jogo ao longo da época - 204 e 471 minutos, respectivamente -dedicaram-se ao colectivo de alma e coração e dignificaram a camisola do Sporting CP.

publicado às 02:46

A apresentação de João Pereira

Rui Gomes, em 05.02.21

an8i4070.jpg

"Conheço muito bem as pessoas que trabalham no Clube, muitas continuam cá desde a minha primeira passagem. Sempre fui muito bem tratado aqui e logo ao início tornei-me um adepto, sinto isto como uma família.

Quatro anos depois, continuo a ser o mesmo jogador, com a mesma raça, determinação e grande vontade de ganhar, mas com um pouco mais de experiência. Ainda assim, sinto-me como uma criança a ter o seu primeiro presente outra vez".

Curiosamente, João Pereira já disputou, no total, 149 jogos de leão ao peito, tendo agora a oportunidade de atingir a marca das 150 partidas pelo Clube.

"É um número redondo e uma marca importante, mas não é uma obsessão. Quando tiver de acontecer, assim será, mas claro que era uma marca bonita de atingir. Continuem a apoiar a equipa como têm feito até agora, porque juntos somos muito mais fortes".

publicado às 03:17

Foto do dia

Rui Gomes, em 01.02.21

img_920x518$2021_02_01_14_45_37_1810018.jpg

Rúben Amorim com o seu amigo de infância João Pereira, novo reforço do Sporting

publicado às 15:20

Um regresso inesperado

Rui Gomes, em 01.02.21

img_920x518$2021_02_01_11_42_11_1809934.jpg

Não esperava ver João Pereira de regresso a Alvalade, mas a acreditar nas notícias do dia, é precisamente isso que vai acontecer.

O lateral direito, de 36 anos, que rescindiu com o Trabzonspor há pouco tempo e assina até final da época com o Sporting.

João Pereira que esteve no Sporting entre 2010 e 2012 e 2015/16, depois de cinco épocas no Trabzonspor, onde conquistou os adeptos. 

A ideia, pelos vistos, passará por terminar a carreira de jogador em Alvalade e assumir o cargo de técnico algures no futebol leonino. Já há algum tempo que Frederico Varandas, em entrevista ao Canal 11, afirmou que João Pereira iria ser treinador.

publicado às 12:30

image.jpg

Actualmente a cumprir a quinta temporada ao serviço dos turcos do Trabzonspor, João Pereira ainda não pensa em terminar a carreira. Em entrevista ao jornal O Jogo, o lateral direito de 36 anos falou sobre a sua experiência na Turquia e começou por destacar a sua relação especial com a massa associativa:

"As pessoas em Portugal não fazem ideia do que se trata aqui. Não existe uma massa associativa igual, o que torna um clube grande, ou não, são os adeptos. [...] Quando saio à rua, sou abordado de dez em dez segundos, como estou aqui há alguns anos dizem que sou um deles, que sou leal".

Formado no Benfica e com passagem pelo Sporting, o internacional português recordou as duas experiências em Alvalade e revelou o que fez mudar-se para a Turquia: 

"O dinheiro é muito importante e quem vier dizer o contrário está a faltar à verdade. É evidente que ganho aqui o que não ganharia em Portugal.  Mas também posso garantir que, por exemplo, nunca quis sair do Sporting. Na altura apresentei uma proposta para renovar com um valor ligeiramente superior ao que ganhava. Ligeiramente… Portanto, a minha intenção era mesmo ficar no clube.

O Sporting não quis e acabei por ser vendido ao Valência, onde efectivamente fui ganhar mais. Depois, na segunda passagem pelo Sporting CP, estava numa posição muito mais fragilizada [...]. Fiquei desempregado, não tinha clube, não tinha moral para pedir mais, devia ser dos jogadores que ganhava menos. Tinha de relançar a minha carreira"

Por fim, João Pereira confirmou que pretende ser treinador após terminar a carreira:

"É algo que tenho em mente, esse momento está cada vez mais perto. Não sei se este será o meu último ano como futebolista, mas gostaria de continuar ligado como treinador".

Confesso - e esta não é a primeira vez que o faço - que João Pereira surpreendeu-me, pela positiva, enquanto de leão ao peito. Era dos jogadores que mais me exacerbava ao serviço do clube encarnado, no entanto, no Sporting CP, não obstante os seus ocasionais excessos temperamentais, foi um excelente profissional.

publicado às 04:17

2020-05-22 (1).png

Em recém-entrevista ao Canal 11, Frederico Varandas confirmou o regresso da equipa B do Sporting já na próxima temporada. Na sequência desse mesmo tema, o presidente leonino referiu João Pereira, actualmente ao serviço dos turcos do Trabzonspor, mencionando que este terá futuro como treinador.

Questionado sobre este assunto, João Pereira admitiu sentir-se "contente por Varandas falar" nele, mas garantiu que não há qualquer tipo de conversação sobre a possibilidade de deixar o futebol para regressar ao Sporting noutras funções, para já:

"Mandaram-me o vídeo e penso que ele disse isso porque no Sporting CP conversávamos muito e ele deve ter percebido que poderia abraçar a carreira de treinador. É claro que fico orgulhoso, por ser a pessoa que é a referir-se a mim".

Além disso, o lateral que jogou de leão ao peito de 2009 a 2012 e novamente entre 2015 e 2016, ainda comentou a contratação de Rúben Amorim:

"Uma excelente aposta do Sporting, um treinador ambicioso que mostrou já excelente trabalho. Na minha opinião, fizeram muto bem em contratá-lo. Vai provar todo o seu valor também no Sporting, vai mostrar a quem lhe apontou o dedo pela questão da falta do IV nível."

Actualmente com 36 anos, João Pereira salientou que ainda não decidiu como vai ser a sua carreira depois do término desta temporada.

publicado às 03:46

 

C1bPEqNXUAAcyLP.jpg

Obrigado Sporting pelo carinho com que sempre me trataram.

Desejo o melhor a este enorme clube e serei eternamente grato. 1 adepto mais.

 

publicado às 04:02

Última hora

Rui Gomes, em 29.12.16

 

18553263_YibFs.jpg

 

Jorge Jesus declarou que João Pereira já não está com o Sporting, confirmando, portanto, a notícia de ontem, de que estava a ser negociado com o Tranzonspor da Turquia.

 

Há algumas indicações que para colmatar esta saída o técnico pondera chamar Mauro Riquicho da equipa B. No entanto, recorde-se que ainda há Ricardo Esgaio e Ezequiel Schelotto no plantel principal. Desconheço se este último já está clinicamente recuperado.

 

publicado às 14:20

Rumores do mercado: João Pereira

Rui Gomes, em 28.12.16

 

img_770x433$2016_03_14_23_32_59_1076806.jpg

 

Como sempre, ficamos algo perplexos com determinadas fugas de informação. Poderemos depreender que quem concede favores, receberá favores, em troca.

 

De qualquer modo, temos o jornal Record a noticiar que João Pereira está a caminho da Turquia, nomeadamente do Trabzonspor, já pela abertura do mercado em Janeiro.

 

Financeiramente, até poderá fazer algum sentido, uma vez que o defesa está a seis meses do final do contrato e poderá sair a custo zero no Verão. Desportivamente, a conversa será outra, tendo em conta os bem conhecidos problemas com os laterais do Sporting.

 

Por outro lado, fora da Liga dos Campeões e da Liga Europa, e a oito pontos do primeiro lugar no campeonato, se não é a toalha ao chão é algo parecido.

 

Confirmando-se, será a terceira aventura de João Pereira fora fronteiras, depois das estadas no Hannover e no Valência. Na fase final de carreira, a sua eventual ida para o Trabzonspor deverá ser financeiramente agradável.

 

publicado às 04:32

Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 28.07.16

 

18547267_Zq5hz.jpg

 

«Breves sobre os plantéis:

Sporting:


- Barcos, Teo, Aquilani, Petrovic, Federico Ruiz, Ewerton deviam sair, pouca qualidade.
- Tenho curiosidade em ver Daniel Podence a jogar como 2º avançado.
- Acho que Iuri Medeiros está a sentir o peso da camisola e a mostrar que ser estrela no Moreirense é mais simples que jogar no Sporting.

FC Porto:


- Tirando Casillas todos os espanhóis da era Lopetegui não têm qualidade.
- Indi é muito fraco, mau nos lances de cabeça.
- Quintero se tiver cabeça e atitude é grande "10", mas é demasiado inconstante.
- Gostei muito de Octávio e André Silva. Este miúdo vai ser convocado para os jogos da Selecção nas qualificações para o Mundial, de certeza.
- Corona precisa de estabilidade para mostrar o seu futebol tal como Aboubakar.

Benfica:

- Mantendo a defesa intacta e os guarda-redes com Fejsa na frente deles, o Benfica vai ter um processo defensivo muito forte.
- O miúdo André Horta vai ser a revelação deste ano, grande jogador de meio campo.
- Gostei de ver Guedes solto atrás do ponta de lança, com raça e técnica.
- Marçal, Taraabt,Carcela, Ola John vendidos,.

Aliás, acho que o Sporting e o Benfica deviam fazer as pazes e fazer uma oferta de Verão; Taraabt e Labyad, vendidos a meias por 2 €... eu até ia ao aeroporto levar os meninos... ».

 

 

Leitor: JOÃO PEREIRA

 

publicado às 12:33

 

joãopereira_20150713.jpg

 

Após o jogo com o Stade Nyonnais, esta quinta-feira, João Pereira teceu algumas considerações sobre a pré-época do Sporting que está a decorrer na Suíça:

«Estamos aqui 29 jogadores, qualquer um pode ser titular. Estamos todos numa guerra e quanto mais competitividade houver, melhor equipa vamos ser. Estou aqui para lutar por um lugar, mas é o treinador que vai decidir. Mas estou aqui para complicar as contas.

É sempre bom ganhar na pré-época. É sempre melhor corrigir os erros com vitórias do que com derrotas, embora esta equipa seja de escalões inferiores em relação ao Mónaco. Não fizemos mais do que a nossa obrigação. Penso que fizemos um bom jogo na primeira parte, falhámos muitas oportunidades. Na segunda não estivemos tão bem, mas o importante é ganhar e agora vamos para o hotel ver aquilo que fizemos de pior para melhorar no futuro.


Aos poucos e poucos os novos jogadores vão adquirindo os nossos processos, as nossas movimentações tácticas. Com mais treino, vamos ficar cada vez melhores e vamos trazer melhores resultados ao nosso Clube».
 

publicado às 05:02

Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 14.04.16

 

18547267_Zq5hz.jpg

 

«Só para acrescentar... Jorge Jesus nunca foi humilde, nem no Benfica nem no Sporting, nem em clube nenhum. Sempre teve afirmações pouco dignas e respeitosas pelos adversários e seus treinadores. Seja de verde ou vermelho.

 

Outro ponto a referir, as arbitragens: Os três grandes sempre foram beneficiados relativamente aos restantes clubes da 1ª Liga, na maioria das vezes por falta de competência dos trios de arbitragem. Mas tanto culpo os erros de árbitros como dos jogadores, vejamos:- Arbitro não vê fora de jogo...- Falha marcação de penálti o jogador... Tanto um lance como o outro são penalizadores, mas os árbitros levam sempre mais porrada...porquê ? Simples, é mais fácil culpar o árbitro e o acusar de se ter vendido ou de ser corrupto do que culpabilizar o jogador da nossa equipa.

 

Se o Sporting acabar por perder este campeonato, acho que só se pode culpar a si próprio. A estratégia adoptada desde o inicio da época só veio dar mais força e união ao plantel do Benfica e ao seu treinador. Por sorte para o Benfica e Sporting, o Porto agarrou numa caçadeira e deu uns valentes tiros nos pés, pernas e joelhos».

 

 

Leitor: JOÃO PEREIRA

 

publicado às 17:30

Os números de João Pereira

Rui Gomes, em 14.07.15

 

600.gif

 

Época 2014/15 - Não alinhou pelo Valência em nenhum jogo e em meia época no Hannover 96, participou em 4 jogos como titular e em um como suplente utilizado.

 

Época 2013/14 - Pelo Valência, 36 jogos como titular e um como suplente utilizado, acumulando 3225 minutos de jogo (35,8 jogos).

 

Época 2012/13 - Pelo Valência, 34 jogos como titular e 3 como suplente utilizado, acumulando 3049 minutos de jogo (33,8 jogos).

 

Nas duas épocas e meia no Sporting - Janeiro 2010 a Maio 2012, registou 100 jogos como titular e 5 como suplente utilizado, com destaque para a época 2011/12, em que realizou 48 jogos como titular, acumulando 4258 minutos de jogo (47,3 jogos).

 

A partir do momento que Nuno Espírito Santo assumiu o comando técnico do Valência, João Pereira nunca mais alinhou pelo emblema espanhol. Confrontado com esta disposição, em Dezembro 2014, o treinador português alegou que era meramente uma "decisão técnica" dado que tinha ao seu dispor dois outros laterais direitos que "são melhores do que o João".

 

Enquanto que a vertente técnica pode explicar parte do cenário, suspeita-se que não explica tudo, face à intenção deliberada de João Pereira não jogar um único minuto, disposição que deverá estar associada a cláusulas contratuais.

 

publicado às 04:29

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo