Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Screenshot (558).png

No final do jogo das meias-finais da Taça da Liga - vitória por 2-1 sobre o FC Porto -, Frederico Varandas deslocou-se à sala de imprensa do Estádio Municipal de Leiria e emitiu uma declaração aos jornalistas presentes.

"Nos testes à COVID-19 antes do Sporting CP vs. Rio Ave FC, dois jogadores do Sporting CP, Šporar e Nuno Mendes, acusaram positivo ao novo coronavírus. O Sporting CP segue escrupulosamente o protocolo acordado com a Liga, que por sua vez foi delineado em conjunto com a DGS. O Sporting CP vai mais além e faz testes diários, nomeadamente de antigénio, para controlo interno. Pela primeira vez desde Agosto, os resultados internos não bateram certo com os resultados PCR dos testes obrigatórios da Liga. Recebemos e respeitámos a notificação e os jogadores ficaram privados de desempenhar a sua função. Nos dois dias seguintes, os mesmos jogadores repetiram dois testes PCR em laboratórios diferentes e mais dois testes de antigénio internos, sempre negativos. Eu sou médico e posso afirmar inequivocamente que estes atletas não têm COVID-19. Entrámos em contacto com o laboratório Unilabs e falámos com o seu director clínico, que ficou preocupado com a situação. Foi enviada toda a documentação e o próprio [director clínico] respondeu que se tratavam de falsos positivos e que estava disponível para enviar rapidamente documentação a comprovar", começou por dizer o presidente do Conselho Directivo do Sporting CP, continuando.

"Para quem não é médico, o falso positivo, ao contrário do falso negativo, tem uma percentam inferior a 1%. Por isso, numa amostra de 30 testes, o Sporting CP teve dois falsos positivos, o que é muito azar. Mas nós entendemos que esse azar pode acontecer e quando falámos com o director clínico do laboratório entendemos que, uma vez que há a probabilidade de 1%, significa que em 100 testes existe um falso positivo. Acontece e, apesar de termos sido privados de dois jogadores fundamentais contra o Rio Ave FC, aceitámos. A estatística é o que é e tivemos azar", reforçou Frederico Varandas, que revelou ainda mais acontecimentos pouco comuns.

"No dia seguinte, de manhã, enviámos toda a documentação para a autoridade regional de saúde - já com a informação de todos os testes documentados e com um e-mail enviado pelo director clínico da Unilabs em que afirma que ocorreram falsos positivos nestes dois casos (uma das exigências da referida entidade) - que nos informou que o caso estava resolvido e que os jogadores podiam treinar no dia seguinte. Curiosamente, quando a delegada regional de saúde tentou libertar os jogadores do SINAVE - onde são referenciados os doentes portadores de COVID-19 -, detecta que o Nuno Mendes nem sequer esteve inscrito no SINAVE. Ou seja, temos um laboratório que assume que houve um falso positivo e que nem sequer inscreveu o jogador no SINAVE. Por isso, não houve razão alguma para Nuno Mendes não ter sido convocado contra o Rio Ave FC, ao contrário de Šporar, que tinha um falso positivo e tinha sido registado no SINAVE. Mais uma coisa esquisita, mas que aconteceu ao Sporting CP", disse ainda.

"A autoridade regional de saúde disse que isto foi muito estranho e temos provas documentais do que estou a dizer. Na segunda-feira, Nuno Mendes não estava registado no SINAVE. O jogo foi na sexta-feira e o exame foi na quarta-feira [anterior]. Significa que a própria autoridade regional de saúde achou estranho, mas libertou Šporar do SINAVE e recebemos informação de que os jogadores podem treinar e jogar se o treinador assim o entender. Acontece que, a partir de hoje de manhã, não sei por que razão, o documento em que o laboratório afirmava que havia falsos positivos já não era suficiente para a DGS, ao contrário da opinião da autoridade regional de saúde. Queriam que em vez de falsos positivos, tivesse sido escrito que houve um erro. E então a autoridade regional de saúde enviou um email por volta das 13h30 de hoje para o laboratório Unilabs a pedir para o laboratório mudar o conteúdo e as palavras de 'falso positivo' para 'erro laboratorial'. Ainda não houve resposta do laboratório e o jogo já aconteceu. Neste jogo de palavras entre um laboratório que assume que há um falso positivo e a DGS que, hoje de manhã, exigiu isto ao contrário da opinião da autoridade regional de Alcochete, o Sporting CP viu-se privado, mais uma vez, de dois jogadores que não têm COVID-19 e que o laboratório assume que são falsos positivos. (...) o Sporting CP, pela terceira vez, teve azar", considerou.

Por fim, Frederico Varandas deixou a garantia de que há coisas que não se negoceiam. "No meio disto, há um pormenor que não tolero ou admito. Podem dizer que o Sporting CP joga pouco ou mal, mas não admito que ponham em causa a honestidade do corpo clínico e dos médicos que trabalham no Sporting CP. Vamos fazer uma queixa na Ordem dos Médicos em relação ao director clínico do Unilabs, que disse que não havia problema nenhum, que não sabia o que se passava e que nem sequer tinha sido contactado, quando nós temos um email às 17h00 do dia em questão desse próprio senhor. Não negoceio valores, seja com presidentes, colegas ou quem for".

ADENDA

Comunicado da DGS

A Direcção-Geral da Saúde informa que, à data, a investigação epidemiológica de COVID-19, incluindo os inquéritos epidemiológicos e a avaliação de risco no que respeita a clubes de futebol, é da responsabilidade da Autoridade de Saúde territorialmente competente, tal como previsto na Norma 015/2020, na Orientação 036/2020, e demais enquadramento técnico-normativo da DGS.

Concretamente no que respeita aos dois jogadores do Sporting que terão tido um resultado positivo, a Autoridade de Saúde territorialmente competente, a quem cabe determinar as medidas, solicitou por escrito ao diretor médico da Unilabs-Portugal informação sobre se os resultados analíticos dos dois jogadores que estavam a ser avaliados constituíam falsos positivos, não tendo obtido resposta em tempo útil".

O esclarecimento da DGS corrobora as declarações do presidente do Sporting, que disse ter sido exigido um documento no qual constasse que "em vez de falsos positivos, tivesse escrito que houve um erro".

publicado às 04:34

irinarodrigues1.jpg

Já estão de regresso aos treinos os lançadores leoninos, Irina Rodrigues, Auriol Dongmo e Rúben Antunes, no Centro Nacional de Lançamentos, em Leiria. Os lançadores foram os primeiros a usufruir das condições determinadas pela mais recente legislação do Estado de Emergência, que permite aos atletas de alto rendimento e profissionais voltarem a treinar, de acordo com a informação divulgada ontem na página oficial da Federação Portuguesa de Atletismo (FPA).

No Centro Nacional de Lançamentos estão a treinar dois atletas de alto rendimento, Auriol Dongmo (integrada na preparação olímpica, PREPOL), recordista nacional do lançamento do peso (18,37 metros), e Ruben Antunes (integrado no projecto Esperanças Olímpicas), internacional sub 23 especialista no lançamento do martelo, com recorde pessoal fixado em 69,85 metros, ambos treinados por Paulo Reis, e ainda Irina Rodrigues, outra atleta na PREPOL, internacional do lançamento do disco e segunda melhor portuguesa de sempre (62,91 metros, apenas superados pelos 65,40 da recordista nacional Teresa Machado), treinada por Júlio Cirino.

"Com a abertura mostrada na legislação [permissão de regresso aos treinos dos atletas de alto rendimento] e a autorização do município de Leiria, recomeçámos os treinos, precisando as especificidades das regras de treino, ainda bastante rígidas e a respeitar as recomendações das autoridades de saúde por causa da pandemia de Covid-19", disse Paulo Reis aos canais da FPA.

Foto: Irina Rodrigues

publicado às 03:03

juvenisudleiria.jpg

A equipa de juvenis do Sporting saiu derrotada por 1-0 na deslocação ao terreno da UD Leiria para a quarta jornada do Campeonato Nacional de sub-17.

O único golo do jogo foi apontado já no segundo tempo, mas o momento mais decisivo da partida chegaria mais tarde.

O Sporting procurou dar a volta ao resultado, chegando mesmo a enviar bolas aos ferros e a marcar um golo já em tempo de compensação graças a um cabeceamento de Isnaba Mané. Contudo, o árbitro Renato Carvalho decidiu anular o lance por considerar que o remate foi ao lado e que os jogadores leoninos foram buscar a bola atrás da baliza. Na sequência do grave erro da equipa de arbitragem, o treinador verde e branco João Vargas foi expulso.

Na próxima jornada, o Sporting recebe o SG Sacavenense.

Nota: Segundo o jornal A Bola, o árbitro, no final do jogo, confrontado com imagens do lance, dísponíveis aqui, reconheceu o erro e pediu desculpa, supostamente em lágrimas.

Bem... o erro humano sucede, mas é difícil não ficar com a ideia que o Sporting é muitas (demasiadas) vezes prejudicado pelas arbitragens, mesmo no escalões de formação, e nada acontece.

Não sei se o Sporting pretende reagir, mas se fosse decisão minha protestava o jogo, porque o erro do árbitro é um erro técnico, fundamento legítimo para protesto formal.

Adenda: As últimas informações indicam que o Sporting vai apresentar protesto na FPF.

publicado às 03:32

Juvenis continuam invictos em 2018/19

Rui Gomes, em 11.03.19

 

drscpjuvenis.jpg

 

Em partida referente à 14.ª jornada da segunda fase do Campeonato Nacional de juvenis, o Sporting foi a casa da UD Leiria, este domingo, vencer por 1-4.

 

Assim, os jovens leões terminam a segunda fase no primeiro lugar da tabela classificativa de forma isolada, conseguindo 38 pontos resultantes de 12 vitórias e dois empates, com 41 golos marcados e apenas 9 sofridos.

 

Na classificação, seguem o Benfica com 37 pontos, Belenenses 22 e Sacavenense 19.

 

publicado às 03:01

 

img_770x433$2018_07_08_21_39_35_1421270.jpg

 

A atleta do Sporting Sara Moreira conquistou este domingo o título nacional dos 5.000 metros, em Leiria, um dia depois de ter sido quarta classificada na prova dos 1.500 metros dos Nacionais de atletismo.

Sara Moreira concluiu a prova em 15.54,12 minutos, a sua melhor marca do ano, impondo-se às companheiras de equipa Catarina Ribeiro (16.12,72 minutos) e Susana Godinho (16.31,23), segunda e terceira classificadas, respectivamente.

"O primeiro objectivo era ser campeã de Portugal, o segundo era correr o mais rápido possível. Estou muito feliz por os ter conseguido", afirmou Sara Moreira.

 

publicado às 03:31

Juvenis foram vencer a Leiria

Rui Gomes, em 24.09.17

 

img_770x433$2017_09_24_14_37_31_1316032.jpg

 

O Sporting venceu fora este domingo a U. Leiria, por 3-1, em jogo da 5.ª jornada da Serie C do Campeonato Nacional de juvenis, ficando assim com 12 pontos, menos um que o líder Sacavenense que também saiu vitorioso sobre o Eléctrico, por 4-1.

Os jovens "leões" chegaram aos golos através de Daniel Rodrigues (14'), seguido por Carlos Silva (40') e Félix aos 44 minutos.

 

O golo de honra da equipa da casa, foi marcado aos 52' por Marco Faria.
 
O técnico João Couto, teve isto para dizer sobre o desafio em Leiria:
 
"Este é um jogo tradicionalmente difícil, mas este não o foi. Dominámos do princípio ao fim e não faltaram ocasiões de golo, mas evidenciámos dificuldade em as concretizar. Desequilibrámos o jogo no início da segunda parte com o 3-0, mas faltou-nos alguma classe para concretizar as restantes oportunidades. Foi o jogo mais desequilibrado em Leiria dos últimos anos. Foi uma boa vitória, num campo pequeno, com uma equipa tradicionalmente forte. O capítulo negativo foi o da finalização".
 
Na 6.ª jornada, a ser realizada no próximo sábado, dia 30 de Setembro, o Sporting recebe o Entroncamento.
 

publicado às 21:09

Juvenis foram a Leiria vencer

Rui Gomes, em 15.01.17

 

img_770x433$2017_01_15_13_12_59_1208237.jpg

 

A equipa de juvenis do Sporting foi este domingo vencer à sempre díficil casa da União de Leiria, por 2-0. Os golos leoninos, a abrir a e fechar a partida, foram marcados por João Goulart (5') e Paulo Rodrigues (77').

 

Na etapa final, os leirienses continuaram a defender bem e a espreitar o contragolpe, mas os jovens 'leões' souberam preservar a vitória.

 

Com este resultado, Sporting e Benfica continuam pontualmente empatados na liderança da Série Sul da 2.ª Fase do campeonato, ambos com 19 pontos, provenientes de 5 vitória e um  empate. O Sporting encontra-se na frente, contudo, com 16 golos marcados e 3 sofridos, enquanto o rival regista 14/4.

 

publicado às 17:23

 

ruipatricio.jpg2016-07-11-Rui-Patricio.jpg600.jpg

 

A Câmara de Leiria vai homenagear Rui Patrício com a medalha de ouro do município. Em nota de imprensa, a autarquia informa que o anúncio foi feito na terça-feira em reunião da Câmara de Leiria pelo vice-presidente da autarquia, Gonçalo Lopes, que justificou esta distinção "não só pelo desempenho deste atleta", natural do concelho de Leiria, no campeonato da Europa, mas também pela sua carreira desportiva, em que se afirmou como "um atleta de excelência, digno representante dos valores do desporto e também da identidade do concelho".

«Rui Patrício já foi contactado pelo Município, tendo-lhe sido transmitido todo o nosso agradecimento pelo trajecto profissional e desportivo que tem realizado e pela sua prestação exemplar e notável no campeonato da Europa de Futebol.

A autarquia pretende realizar uma homenagem que consiga associar todos os leirienses e muitas instituições relacionadas com o desporto e com o concelho».

Rui Patrício, natural de Matoeira, freguesia de Regueira de Pontes, começou a sua carreira no futebol pelo clube leiriense Sport Clube Leiria e Marrazes, tendo feito a sua estreia no futebol profissional na Liga principal do futebol português em 2006 com a camisola do Sporting.

Titular indiscutível da Selecção Nacional, Rui Patrício foi este ano eleito como o melhor guarda-redes do Campeonato da Europa disputado em França, em que Portugal se sagrou campeão, feito alcançado pela primeira vez na história do futebol nacional.
 
Parabéns Rui Patrício. Distinção bem merecida !

 

publicado às 04:04

Portugal vs Bélgica em Leiria

Rui Gomes, em 23.03.16

 

ng6296509.jpg

 

O jogo particular entre Portugal e Bélgica, que estava marcado para dia 29 de Março, em Bruxelas, e que tinha sido cancelado, afinal vai disputar-se em Leiria, na mesma data.

 

As Federações de Portugal e Bélgica chegaram a acordo para que o jogo de preparação para o Euro 2016 seja disputado no Estádio Municipal de Leiria, após os atentados a Bruxelas terem levado ao seu cancelamento.

 

"A alteração de local foi decidida em 24 horas, de forma a que os adeptos das duas selecções pudessem conhecê-la o mais depressa possível. A Real Federação de Futebol da Bélgica (RBFA) agradece a disponibilidade, flexibilidade e as soluções apresentadas pela FPF. A Federação Portuguesa de Futebol expressa total solidariedade para com a RBFA e o povo belga neste momento particularmente doloroso", escreveu a FPF, em comunicado.

 

publicado às 15:44

 

wdiag.jpg4139_3b040ccda30fbe7a32d1da3bd56984ed.png

 

À margem da inauguração das novas instalações da Casa do Benfica em Leiria, Luís Filipe Vieira finalmente falou sobre as incidências do passado fim de semana e do corte de relações decretado pelo Sporting. Em síntese, eis as suas declarações:

 

Em relação à tarja do nosso pavilhão: é lamentável. É injustificável. Há um processo de investigação em curso para apurar quem foi responsável. Não há conivência da Direcção do Benfica com gestos desta gravidade, mesmo havendo antecedentes e provocações. Nada justifica aquela tarja. Lamento o que sucedeu.

 

Já sei que vão aparecer alguns a dizer que passaram seis dias. Passaram mais de três anos depois do incêndio da Luz e ainda ninguém do Sporting repudiou ou lamentou aquele triste incidente.

 

Para que fique bem claro para todos: no sábado, depois de ver a tarja e depois de perceber o que estava lá escrito, pedi ao nosso director de segurança que fosse retirada. Foi entendimento da PSP e do nosso director de segurança que ter uma intervenção imediata para retirar a tarja poderia provocar problemas de segurança bem maiores, não apenas na zona da tarja, mas em todo o pavilhão. A tarja está na posse das autoridades e há um processo de investigação a decorrer. Será que podem dizer o mesmo das tarjas de Alvalade ?

 

ngB63620FA-EF1E-49C1-936B-864A988D5F24.jpg

O Sporting não cortou relações por causa da tarja, tendo esta sido um instrumento usado como desculpa. E as tarjas de Alvalade ? Alguém pode explicar ? Foram ou não foram pintadas na garagem do estádio ? Foram ou não foram preparadas nas instalações do Estádio de Alvalade ? E as camisolas da Juve Leo não merecem condenação ? Não foram essas camisolas o rastilho de tudo isto ? Ou será que querem branquear uma parte da história desde fim-de-semana ? 

 

Quando os dirigentes do Sporting vêm à nossa tribuna presidencial do nosso estádio são bem recebidos, ninguém lhes diz que são "personas non gratas". São tratados com a dignidade e o respeito que merecem.

 

A violência é um problema sério. É um problema de todos, mas a violência não se resolve com demagogia ! As tarjas, as tochas na bancada e no relvado, são um problema que devia ter sido resolvido em dois sítios: na Liga e na polícia. Não no Facebook, em comunicações de propaganda !

 

Não corto relações com outros clubes por mera gestão de autoridade interna, nem processo sócios do Benfica porque discordam de mim. Não digo que a bandeira nacional, símbolo do País, tem verde a mais ! Quando dispenso um treinador (Abel Ferreira), assumo, não me escondo.

 

Em Novembro de 2011, um grupo de arruaceiros incendiou-nos o estádio. Não cortámos relações com ninguém, porque o clube não pode ser gerido por impulso, tem de ser gerido com responsabilidade, não pode ser gerido com a sensibilidade e o querer de um adepto de bancada. Desde Novembro de 2011, ninguém do Sporting lamentou ou pediu desculpas pelo acto.

 

Por mim, este assunto acaba aqui. O Sporting enquanto instituição merece respeito, e tem o respeito do Benfica, mas as pessoas que dirigem as instituições também devem ser responsáveis pelos seus actos e pelas suas atitudes.

 

publicado às 04:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds