Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



As Notas de Julius 2021/22 (13)

Julius Coelho, em 20.10.21

Nesta rubrica, o leitor tem a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que eu atribuí aos jogadores do Sporting CP e a outros intervenientes do jogo com o Besiktas em Istambul da 3.ª jornada da fase de grupos da Champions League, que resultou numa vitória por 4-1. Golos de Sebastián Coates (15' e 27'), Sarabia (44'gp) e Paulinho (89').

O Leão rugiu forte em Istambul, marcou por 4 vezes num festival de golos perdidos. Com um ataque demolidor arrasou na sua primeira vitória em terras turcas, esfriando e silenciando o sempre entusiástico público do Besiktas no caldeirão do Vodafone Park. Entrou no jogo na expectativa do que faria o adversário levando inicialmente com alguns sustos que o enorme Adán resolveu, depois percebeu que tinha condições de fazer mais e melhor, arregaçou as mangas e foi para cima deles subindo sempre de produção até ao apito final do árbitro. Aos 70 minutos já o treinador dos turcos estava sentado quietinho no seu banco com a toalha atirada ao chão.

img_770x443$2021_10_19_06_47_06_1917473.jpg

DESTAQUE - SEBASTIÁN COATES (CAP) - 5.5 - Nem foi necessário as habituais horas extraordinárias para marcar à ponta de lança. Aos 27 minutos já tinha metido dois lá dentro e para os mais distraídos que não viram como cabeceou para o primeiro, repetiu o lance novamente minutos depois com igual cabezazo. Dois golos a papel químico e quase um terceiro, não fosse a mão do Vida a desviar a bola, que resultou num penálti das novas tecnologias. Depois ainda armadilhou todos os terrenos da defesa da equipa, fazendo cair sistematicamente em fora de jogo os avançados turcos. Merecia um ...6.

ANTONIO ADÁN - 5 - Vê-se que é um guardião muito feliz na baliza do Sporting, Clube que aprendeu a amar e com o qual vai assinar um novo e merecido contrato. Naqueles primeiros quinze minutos, enquanto os colegas ainda não tinham entrado bem no jogo, resolveu e foi resolvendo sozinho os vários problemas com intervenções de excelente nível, depois o interruptor da equipa ligou e lá pôde respirar e assistir ao jogo.

PEDRO PORRO - 4 - Andou toda a primeira parte preocupado com o pezinho, sempre a ver onde o colocava. O treinador deve ter-lhe dito alguma coisa ao intervalo, porque no regresso ao relvado voltámos a ver aquele espanholazo sem medo, a ir para cima deles e a disputar os lances para ganhar. A equipa tem dois jovens defesas direitos fantásticos; quem viu o outro jogo ao princípio da tarde, dos juniores, viu o Gonçalo Esteves e tudo o que fez.

GONÇALO INÁCIO - 3.5 - Uiiiiiii!! Aquele início ainda andou aos papéis!! Salpicou o bom e o mau mas lá se recompôs e acalmou, o comandante também deu uma ajuda; o lance do primeiro golo é ele que a desvia no primeiro "palo" para a cabeça de ouro do patrão Seba. Na segunda parte subiu de produção como toda a equipa e voltámos a ver o Gonçalo Inácio no seu melhor.

ZOUHAIR FEDDAL - 3.5 - Cumpriu bem a sua tarefa é um facto, mas nota-se que ainda não está a cem por cento. Cometeu alguns deslizes primários com a linha do fora de jogo e no timing de entrada dos avançados do Besiktas, depois tranquilizou-se e foi sempre a subir de produção especialmente na capacidade de antecipação aos adversários.

MATHEUS REIS - 3.5 - Entrou no jogo com clara dificuldade de interpretar a sua missão e parecia que iria ter uma tarde difícil e de grande desacerto. Nunca transmitiu fiabilidade na sua tarefa mas lá foi melhorando com o decorrer do jogo. Sempre muito esforçado mas nem sempre com o critério que se pedia, fisicamente parece estar bem, apoiou sempre os colegas mais adiantados na construção dando linhas de passe.

JOÃO PALHINHA - 4.5 - O meio campo da equipa demorou a entrar no jogo; na primeira parte ele e o Matheus Nunes tiveram alguma dificuldade em perceber o jogo do adversário e com isso o acerto dos espaços a preencher. Tiveram que receber instruções do treinador que os ajudou a corrigir tudo o que parecia que estavam a complicar. Os golos do capitão ajudaram a "acalmar" o adversário e ligaram o João Palhinha ao jogo; a partir daí varreu tudo à sua frente até ao final. Comprou o meio campo com suor, garra e aquela qualidade que lhe reconhecemos.

MATHEUS NUNES - 4 - O jogo até parecia estar bem propício às suas características de vagabundo, mas faltou melhor definição no critério da decisão e no último passe. Sempre teve espaço àss carradas, mas raramente os soube aproveitar da melhor forma; melhorou também na segunda parte mas...sabe fazer muito mais e melhor.

PABLO SARABIA - 4.5 - A primeira vez que vimos jogar o trio (Pote, Paulinho e Sarabia) na frente do ataque e a equipa marcou quatro golos num estádio tradicionalmente terrível para qualquer adversário. Mas ficou bem evidente que falta ainda muito trabalho para melhorarem o seu entrosamento, principalmente no último passe, em que falharam várias vezes. Foi muito competente, difícil de marcar e sempre com muito bom critério no passe, marcou a grande penalidade num remate sem hipóteses para o guarda-redes. Terá que aparecer mais vezes com a sua temível meia distancia.

PEDRO GONÇALVES - 4 - Joga e faz em simultâneo o trabalho de recuperação física para voltar aos níveis de intensidade que lhe conhecemos. Falta-lhe um pouco mais ainda, está já perto, mas os falhanços pouco habituais em lances que sempre acertava provam isso. O critério, o último passe, a capacidade física na disputa, o feeling, tudo está a caminho e não tarda a chegar-lhe.

PAULINHO - 5 - Uiiii! Dar nota 5 ao Paulinho... Eu explico, duas bolas nos "palos" uma assistência para o segundo golo e um golazo que vale dois pontos e aí temos o 5. E ainda deu de borla tudo o resto que fez. Quiçá entusiasmado com o nível da guarda de honra ao seu lado (Pote e Sarabia) arrancou um muito bom jogo, dos melhores que fez desde que chegou. As defesas adversárias que se cuidem.

RICARDO ESGAIO - 3 - Agora foi bombeiro na esquerda, um sector que continua a dar trabalhos ao treinador. Cumpriu com a sua experiência, mas entrou já no melhor período da equipa, quando o adversário já tinha o seu treinador sentado no banco resignado e desiludido com o resultado e com tudo o que se passava no relvado.

TIAGO TOMÁS - 2 - Jogou dez minutos e viu-se por duas vezes: uma a levar um amarelo por uma entrada despropositada aos pés de um adversário e na outra, quando e mais uma vez, falha um golo cantado à boca da baliza.

DANIEL BRAGANÇA - 1 - Quatro minutos em jogo. Nem deu para o banho.

LUÍS NETO - 1 - Também jogou os últimos quatro minutos, mas mereceu, foi mais uma internacionalização para a sua carreira que já soma umas quantas. 

NUNO SANTOS - 1 - Quatro minutos em campo para não amuar, não pode dizer que não jogou.

RÚBEN AMORIM - 6 - Começam a faltar adjectivos para classificar este jovem treinador que mudou o rumo do nosso Sporting CP para uma rota de sucesso e de vitórias, com bom futebol, vivo, atraente, eficaz, que tantas alegrias tem dado nos últimos tempos a toda a nação sportinguista. Preparou bem o jogo e a mente dos seus jogadores para uma partida que era uma final, em que só a vitória interessava. Ganharam e convenceram na primeira vitória do Sporting em terras turcas. Depois ter um defesa central que mete inveja a todo o mundo ajuda muito. Agora vai ter o trabalho sempre complicado, mudar o chip à equipa para o jogo do campeonato.

SERGEN YALÇIN - 2 - Só deve ter visto o resumo do Sporting-Ajax e acreditou na virgem Maria. A sua equipa ainda fez umas cócegas na primeira parte mas todo aquele vendaval provocado pelo Seba e companhia destruiu por completo todos os seus sonhos. Resignou-se e saiu de fininho para o banco e por ali ficou até ao apito final do árbitro.

SLAVKO VINCIC (Árbitro) - 3.5 - No geral fez uma boa arbitragem, mas fez vista grossa à falta no lance do golo do Besiktas, o marcador apoia-se no Matheus Reis impedindo-o de disputar o lance. Depois o VAR podia e devia ter anulado o golo. 

MATEJ JUG (VAR) - 3.5 - Por um lado, agiu positivamente no lance da grande penalidade; na imagem corrida ninguém deu pela mão do Domagoj Vida (lance idêntico no Estoril mas que o VAR português nada fez). Já tinha impressionado negativamente no lance do golo do Besiktas ao não o anular por clara falta sobre o defesa do Sporting.

publicado às 04:03

243553787_10157884344401923_1010178090822577100_n.

A defesa do título europeu começou da melhor forma para a equipa masculina de goalball do Sporting CP ao golear os russos do Moscow GT por 13-7 na primeira jornada do grupo A da Liga dos Campeões. Leomon Moreno esteve em destaque ao marcar quatro dos golos leoninos.

No Pavilhão Susana Barroso, em Odivelas, que acolhe a prova, antes do início da partida foram entregues os European Goalball Awards referentes a 2019. Os leões, nesse ano Bicampeões em título, dominaram as distinções: Márcia Ferreira foi considerada a melhor treinadora e os jogadores Leomon Moreno e Hadiley Sacramento integraram a equipa do ano. 

Sporting CP: Leomon Moreno (4), Romário Marques (3), Hadiley Sacramento (2), Luís Miguel, Tomás Delfim (1) e Javier Serrato (2).

O emblema de Alvalade garantiu, assim, os primeiros três pontos na Liga dos Campeões, onde no grupo A defrontará ainda os ucranianos do Ukraine Invasport, os checos do GC Perun e os finlandeses do Aisti Sport.

publicado às 04:17

Foto do dia

Rui Gomes, em 29.09.21

0jl21793.jpg

O 'onze' inicial frente ao Borussia Dortmund, na Alemanha

publicado às 07:01

BVB - SCP 28.9.2021.jpg

O Sporting esteve bem organizado defensivamente, mas não teve argumentos ofensivos suficientes para contrariar o golo do Borussia Dortmund aos 37 minutos.

Uma segunda parte com mais intensidade e dinâmica no meio campo do adversário mas, mesmo assim, não conseguiram violar a baliza alemã.

A análise detalhada do jogo fica para "As Notas de Julius", post a ser publicado de manhã.

P.S.: Arbitragem muito caseira!!!

publicado às 21:54

182832426_10157707099181555_2113558584735800702_n.

Com a vitória sobre o Rio Ave, o Sporting garantiu automaticamente o apuramento directo para a fase de grupos da Liga dos Campeões e um encaixe financeiro nunca inferior a 23 milhões de euros.

A presença entre as 32 equipas valerá à equipa liderada por Rúben Amorim um prémio de participação imediato de 15,25 milhões de euros (pagamento de €15,5M + acerto final de 750 mil euros), ao qual irá acrescer um valor de quase 8 milhões de euros.

Nesta altura, é já certa a ausência da Liga dos Campeões de seis das 33 equipas que estão à frente do Sporting (34.º) no ranking a dez anos da UEFA, o que significa que, no pior dos cenários, o emblema verde e branco será o 26.º melhor desta hierarquia entre os presentes na fase de grupos da 'Liga Milionária'. Ora, o 26.º classificado desta tabela recebe 7,756 milhões de euros, somando uma 1,108 milhões por cada lugar que escalar dentro dos 32.

Basileia (22.º), Valência (25.º) e Schalke (27.º) estão arredados da prova e entre Arsenal (11.º), Roma (28.º) e Villarreal (31.º) – todos matematicamente fora da Liga dos Campeões via campeonatos mas semifinalistas da Liga Europa e, por isso, com uma janela de acesso – pelo menos dois ficarão fora da competição. A classificação da Bundesliga também valerá à equipa leonina a entrada de milhões extra, uma vez que é já certo que uma das três equipas entre Leipzig, Wolfsburgo e Eintracht Frankfurt (todas atrás do Sporting) tem certa a presença na fase de grupos.

Além de tudo isto, recorde-se que cada vitória na fase de grupos rende 2,7 milhões de euros e cada empate 900 mil euros. As equipas apuradas para os oitavos de final da prova terão direito a receber mais 9,5 milhões de euros. Para quem avançar para os 'quartos', estão destinados mais 10,5 milhões de euros e para os semifinalistas 15 milhões de euros.

O vencedor da final embolsa mais 19 milhões de euros e o finalista vencido 15 milhões.

Por fim, o grande bolo dos direitos televisivos - 292 milhões de euros (na época passada) será distribuído mediante o valor de cada mercado de televisão dos clubes participantes.

publicado às 16:15

E0Km2UpWYAIfaK2.jpg

O Sporting qualificou-se esta quinta-feira para as meias-finais da Liga dos Campeões de futsal ao bater, por 3-2, os russos do KPRF, em Zagar (Croácia). Os golos do encontro foram todos apontados na primeira parte do encontro, com Cavinato a bisar e Rocha a dar o triunfo que coloca a equipa orientada por Nuno Dias na próxima fase da prova. Os leões vão agora defrontar o Inter Movistar.

Parabéns leões!

publicado às 21:01

UFCL_Trophy_still_1.jpg

A UEFA alterou, já pela terceira vez, a cidade sede para acolher a “final 8” da Liga dos Campeões de futsal. A primeira opção era a cidade de Minsk, na Bielorrússia, depois Zagreb, na Croácia, e agora Zadar, também na Croácia.

O evento é suposto decorrer entre 28 de Abril e 3 de Maio. Entre os finalistas estão duas equipas portuguesas: Sporting e Benfica.

28 de Abril:

Kairat Almaty-Benfica

Barcelona-Dobovec

29 de Abril:

Inter Movistar-Ugra Yugorsk

Sporting CP-KPRF

1 de Maio:

Vencedor Kairat/Benfica vs. Vencedor Barcelona/Dobovec

Vencedor Inter Movistar/Ugra vs. VencedorSporting/KPRF

3 de Maio:

Final

publicado às 03:15

og-default.jpg

As novidades sobre a nova Liga dos Campeões, que entrará em vigor no verão de 2024, continuam na ordem dia. Esta sexta-feira, a 'Marca' revelou mais detalhes sobre o novo formato da competição, que deixará a tradicional fase de grupos e passará a ser constituída por uma liga composta por 32 equipas. Agora, sabe-se também que os clubes participantes estarão distribuídos por níveis. Passamos a explicar.

De acordo com o jornal espanhol, as equipas com melhores coeficientes (as que fazem parte do atual pote 1 nos sorteios, por exemplo) terão mais jogos entre si, o que não invalida que não tenham de defrontar também formações menos cotadas. A ideia, nesta fase de discussão, é que cada emblema dispute um mínimo de seis encontros com clubes do mesmo nível.

E aqui entronca a próxima alteração, precipitada pelo elevado número de participantes. É impossível haver partidas em casa e fora com todos, o que significa que haverá duelos 'aleatórios', ou seja, a uma só volta. Mas todos os jogos contarão para a classificação final desta liga única. Os oito primeiros colocados desta liga avançarão directamente para os 'oitavos', ao passo que os colocados do 9.º ao 24.º lutarão num playoff pelas oito vagas restantes.

Desta forma, é provável haver mais encontros entre equipas teoricamente mais poderosas, aumentando assim as receitas e, de certa forma, indo de encontro ao desejo dos clubes que estão na linha da frente para a criação de uma SuperLiga Europeia. Ainda assim, segundo a 'Marca', longe dos 500 milhões de euros que o vencedor da SuperLiga poderia encaixar.

A distribuição por países

Como já tinha sido revelado no início da semana, este novo modelo contará com um limite de cinco a seis equipas por país, sendo que a UEFA reservará ainda quatro vagas extra que serão dadas pelo coeficiente (2), uma para a quinta liga mais bem cotada e outra para a melhor liga que não tenha representante directo.

Em teoria, os países das quatro principais ligas europeias deverão ficar desde logo com 20 a 25 vagas, ficando as restantes para outros países como França ou Portugal. Restará saber de que forma essas outras vagas serão distribuídas.

As alterações, recorde-se, serão discutidas no próximo mês.

publicado às 14:00

Leões na Liga dos Campeões (ETTU)

Rui Gomes, em 18.07.20

113432770_10157016467751923_7662889532410899656_n.

Realizou-se esta sexta-feira, no Luxemburgo, o sorteio oficial da ETTU Champions League 2020/2021, competição mais importante da Europa no que ao ténis de mesa diz respeito, e o Sporting ficou a saber que vai disputar o grupo B, com início em Novembro 2020.

Fruto da boa posição no ranking europeu, os leões entraram directamente para a fase de grupos e vão defrontar o TTSC UMMC, da Rússia. O outro adversário vai chegar ao grupo do Sporting CP proveniente da primeira ronda, onde estão Post SV Mühlhausen 1951 e.V (Alemanha), TTC Sokah Hoboken (Bélgica), Boer Taverzo (Holanda), Leka Enea TDM (Espanha), TTC Enfireex Ostrava (República Checa), KS Dekorglass Dzialdowo (Polónia), SPG Walter Wels (Áustria) e AS Pontoise Cergy TT (França).

publicado às 05:45

O Sporting CP vai disputar a Liga dos Campeões de basquetebol (BCL) de 2020/21, no regresso às competições europeias ao fim de 42 anos, confirmou a federação internacional da modalidade (FIBA).

Os ‘leões’, que regressaram à modalidade em 2019/20 e na altura da suspensão da Liga nacional lideravam com 43 pontos, mais um do que o ‘rival’ Benfica, são a única equipa portuguesa a participar na prova europeia da próxima temporada.

Screenshot (52).png

A última presença do Sporting CP numa competição europeia de basquetebol remonta a Novembro de 1978, nomeadamente na fase de apuramento para a Taça dos Campeões Europeus.

A 5.ª edição da Liga dos Campeões é a mais forte da história da competição, com um total de 14 actuais campeões nacionais entre os 25 países europeus representados e alguns clubes dissidentes da Euroliga.

A Liga dos Campeões de 2020/21 começará em 15 de Setembro, com a primeira de duas rondas de qualificação – que irá contar com a participação da equipa do Sporting -, antes do início da temporada regular, marcado para 13 de Outubro.

A fase regular será disputada por um total de 32 equipas, com quatro provenientes da qualificação a juntarem-se às 28 já apuradas, distribuídas por quatro grupos de oito. Os quatro primeiros de cada grupo avançam para a fase seguinte.

publicado às 03:47

img_920x518$2020_02_22_02_59_55_1666901.jpg

No programa Gente que não sabe estar, da SIC, o primeiro-ministro António Costa disse que os jogos da Liga dos Campeões que vão ser disputados em Portugal durante o mês de Agosto vão ter público reduzido.

“Há uma coisa de que estou convencido, cada um desses jogos presencialmente vai ter menos público do que nesta sala do Vilaret [local onde se realizou o programa]".

A realização dos jogos da Liga dos Campeões em Lisboa em Agosto teve a luz verde da Direção-Geral da Saúde (DGS), mas ficou por saber se seria permitido público ou não nos estádios.

Marcelo Rebelo de Sousa já tinha dito que seria Portugal a decidir se haverá público nas bancadas, e não a UEFA. “Se for uma situação que aconselha a que não haja público, não há público. Quer dizer, quem manda é o país onde se realiza”, disse o Presidente da República em declarações aos jornalistas em Lisboa no dia 20 de Junho.

Já Miguel Guimarães, do Bastonário da Ordem dos Médicos, alertou, a 18 de Junho, para os riscos de haver público nos estádios:

“Eu não sei se a final da Champions vai ter ou não público. Se não tiver público, não tem qualquer inconveniente. Se tiver público, pode ser complicado.

A par dos aviões, eventos como jogos de futebol não são fáceis de controlar, e quando estamos a falar de uma prova de futebol a esse nível estamos a falar dos maiores estádios que temos em Portugal (Alvalade e Luz), que levam muita gente. Se for para ter público, pode ser complicado".

Miguel Guimarães ainda referiu que o actual quadro epidemiológico em Portugal coloca vários desafios à organização de um evento que terá grande repercussão a nível europeu e mundial.

publicado às 03:48

scpbidasoa_5-1024x709.jpg

A EHF, federação europeia de Andebol, anunciou esta quarta-feira a lista de equipas para a próxima edição da Liga dos Campeões. 10 já têm lugar garantido, via classificação dos campeonatos domésticos.

Primeiro classificado aquando da interrupção do campeonato, o FC Porto é uma das equipas confirmadas na próxima fase da competição. Juntam-se ainda Zagreb (Croácia), Aalborg (Dinamarca), Barcelona (Espanha), PSG (França), Kiel (Alemanha), Flensburg (Alemanha), Veszprém (Hungria), Vardar (Macedónia) e Kielce (Polónia).

Existiram ainda 14 clubes que submeteram candidatura às seis posições em falta, sendo que uma delas é o Sporting. A EHF vai tomar uma decisão no dia 17 de Junho tendo por base os seguintes critérios: pavilhão, receitas televisivas, participações anteriores nas competições europeias e impacto da marca.

Além da equipa leonina, são candidatos também o Meshkov Brest (Bielorrússia), Abanca (Espanha), Wisla Plock (Polónia), Dínamo Bucareste (Roménia), Schaffhausen (Suíça), Besiktas (Turquia), Elverum (Noruega), Nantes (França), Szeged (Hungria), Celje Pivovarna (Eslovénia), Pelister (Macedónia), GOG Handbold (Dinamarca) e Motor (Ucrânia).

publicado às 05:49

mw-1280.jpg

O futebolista internacional português Cristiano Ronaldo vai estar presente pela 14.ª vez consecutiva, e 16.ª da carreira, nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, após ajudar, pela segunda vez, a Juventus a qualificar-se, no reduto do Lokomotiv Moscovo (2-1).

Vencedor em cinco ocasiões da prova, uma pelo Manchester United e mais quatro pelo Real Madrid, Ronaldo mudou-se na época passada para a 'Juve', que atingiu os 'quartos', fase em que foi eliminada pelo Ajax (1-1 fora e 1-2 em casa).

Na corrida para alcançar o feito ímpar de Francisco Gento, que conquistou a 'Champions' seis vezes, de 1955/56 a 1959/60 e em 1965/66, sempre pelos 'merengues', Ronaldo está, para já, de volta aos oitavos de final.

Este feito acontece pela 14.ª vez consecutiva, desde 2006/07, época em que, ao serviço do Manchester United, atingiu as meias-finais da prova.

Depois, seguiram-se mais treze apuramentos consecutivos para a fase a eliminar da liga 'milionária', contando-se apenas uma eliminação nos oitavos de final, em 2009/10, a primeira ao serviço do Real Madrid. Nos 'quartos', também só caiu a época passada. Antes deste ciclo, esteve mais duas vezes nos 'oitavos', que vai, assim, disputar pela 16.ª vez, em 2003/04 e 2004/05, pelo Manchester United.

De resto, além dos cinco triunfos de registo - vitória pelos 'red devils' em 2007/08 e 'tetra' pelos 'merengues' em 2013/14, 2015/16, 2016/17 e 2017/18 -, com uma presença em outra final, perdida pelo Manchester United para o FC Barcelona, em 2008/09, e para cinco meias-finais, uma pelos ingleses (2006/07) e quatro pelos madrilenos (2010/11, 2011/12, 2012/13 e 2014/15).

publicado às 04:00

A equipa principal de andebol do Sporting CP recebeu e venceu, este sábado, o Riihimäki Cocks em jogo da sexta jornada da EHF Champions League, 38-29, no Pavilhão João Rocha, depois da derrota na Finlândia.

A formação visitante até foi a primeira a marcar, chegando ao 2-1 de vantagem, mas depois de igualado o marcador nos 2-2, os comandados de Thierry Anti não deram hipóteses e estiveram sempre na frente do placar com o capitão Frankis Carol a destacar-se.

andbeol3.jpg

A seguir ao capitão, que registou 11 golos na partida, assim com Tamminen, Carlos Ruesga com 8.

A segunda parte dos leões foi de total superioridade, assegurando assim uma vitória justa e consolidando a terceira posição no Grupo, agora com sete pontos, mais três do que o quarto classificado - o Riihimäki Cocks - e menos um do que o segundo - o IK Savehof.

Considerações do treinador Thierry Anti:

"Na Liga dos Campeões todos os jogos são diferentes. Hoje estivemos bem e conseguimos uma boa vitória. Temos de correr atrás do que fizemos nos primeiros jogos. É uma competição dura, na qual os erros se pagam caro. Tudo é possível. Temos de dar tudo para conseguir chegar ao segundo lugar.

Temos de manter este nível e não perder mais pontos em casa, para seguir em frente na prova".

publicado às 02:17

73399939_10156284089531923_7482046489506611200_n.j

O Sporting venceu esta quarta-feira os franceses do Hennebont TT por 3-1, em jogo da 3.ª jornada do Grupo D da Liga dos Campeões de ténis de mesa, e assumiu provisoriamente a liderança do agrupamento.

Numa partida em que o Sporting mostrou maior capacidade, o primeiro jogo, de pares, acabou com um triunfo por 11-9, 11-5, 5-11, 9-11 e 11-6, antes de Diogo Carvalho bater Sheng Peng, pelos parciais de 11-8, 4-11, 13-11, 8-11 e 13-11. Guilherme Paulo acabou por sofrer a única derrota leonina na recepção aos franceses, perdendo com Quentin Robinot, por 3-11, 4-11 e 5-11.

No quarto de cinco jogos possíveis, Aruna Quadri fechou a partida, ao impor o segundo desaire a Sheng Peng, por 11-8, 8-11, 11-6 e 11-8. Com este resultado, os leões chegam aos cinco pontos na poule D, mais um do que o Hennebont e o Borussia Dusseldorf (que tem menos um jogo), enquanto o Starr Croatia tem apenas dois, mas também uma partida a menos.

Sporting e os franceses voltam a defrontar-se em 31 de Outubro, antes da recepção leonina ao Borussia Dusseldorf, em 5 de Dezembro, fechando a fase de grupos em casa do Starr, no dia 10.

publicado às 03:16

ttstk_5.jpeg

O Sporting venceu esta sexta-feira os croatas do Starr Croatia por 3-2, em jogo da segunda jornada do grupo D da Liga dos Campeões Europeus de ténis de mesa, que se disputou no Multidesportivo do Estádio de Alvalade.

A equipa leonina beneficiou principalmente da prestação de Quadri Aruna, jogador que venceu os seus dois encontros, frente a Liang Qiu (11-9, 11-7 e 11-5) e a Chia-Hung Sun (11-8 11-6 e 11-5), tendo Diogo Carvalho dado o ponto da vitória, quando derrotou Liang Qiu, por 11-6, 11-6 e 11-4.

Pelo meio, Diogo Carvalho perdeu com Chia-Hung Sun por 11-9, 11-7 e 11-6 e Francisco Wahnon saiu derrotado frente a Ronald Redjep por 11-7, 11-7 e 11-7.

ttstk_9.jpeg

Com este triunfo, os leões são os terceiros classificados do grupo D, com três pontos, os mesmos dos franceses do Hennebont, em segundo lugar, e menos um que o líder, os alemães do Borússia Dusseldorf, enquanto o Starr Croatia ocupa a última posição sem pontos.

O Sporting vai agora receber, na terceira jornada, os franceses do Hennebont, no próximo dia 23 de Outubro, a partir das 17:30

publicado às 03:31

img_920x518$2017_10_11_23_34_06_1322381.jpg

Realizou-se esta sexta-feira, 14 de Junho, o sorteio da fase de grupos da edição 2019/2020 da Liga dos Campeões de ténis de mesa, prova em que o Sporting participou nas últimas duas temporadas.

O evento realizado no Luxemburgo ditou que os Leões vão disputar o Grupo D juntamente com o Borussia Düsseldorf (Alemanha), o GV Hennebont TT (França) e o STK Starr (Croácia).

O Borussia Düsseldorf chegou às meias-finais da última edição depois de ter vencido o grupo onde estava o Sporting CP. Nos jogos contra o conjunto germânico, a equipa Leonina perdeu por 3-0 fora de casa e triunfou em Lisboa por 3-2. No total, o Borussia Düsseldorf soma cinco conquistas da Liga dos Campeões, com a última a acontecer em 2017/2018.

Já o GV Hennebont TT foi o clube que eliminou o Sporting CP nas meias-finais da última edição da ETTU Cup, tendo mesmo conquistado a prova. O STK Starr não foi além da terceira ronda da mesma competição em 2018/2019.

publicado às 04:00

Leoas sairam derrotadas na Áustria

Rui Gomes, em 16.10.18

 

tenis_de_mesa_2.jpg

 

O domingo passado marcou a estreia das leoas na maior competição europeia. No jogo inaugural do grupo C – frente ao Linz AG Froschberg - a formação de Alvalade não conseguiu levar a melhor sobre a equipa da casa e perdeu por 3-0.

 

Daniela Monteiro foi a primeira leoa a entrar em acção. Frente a Sophia Polcanova, a mesatenista verde e branca perdeu os três sets por 11-8, 11-2 e 11-8. Depois seguiu-se Li Fen que conseguiu vencer o primeiro parcial de 11-6, mas perdeu os três últimos por 12-10, 12-10 e 11-8.

 

Apolónia, a última na partida, defrontou Linda Bergstrom que conquistou os três pontos para as austríacas vencendo a atleta do Sporting por 11-4, 13-11 e 11-5.

 

No dia 27 de Outubro, as leoas do ténis de mesa voltam a jogar na Liga dos Campeões. A segunda jornada da competição terá lugar em Lisboa frente ao TT Saint Quentinois, pelas 17h00.

 

publicado às 03:32

Importante vitória para o Sporting

Rui Gomes, em 14.10.18

 

43773398_2143735785848744_6636910561898528768_n.jp

 

O Sporting assegurou este sábado uma importante e moralizadora vitória no Grupo C da Liga dos Campeões, ao bater os eslovacos do Presov, fora de casa, por 30-27. Os leões alcançaram assim a quarta vitória em cinco jogos na prova e deram um importante passo rumo ao playoff.

 

No plano individual, nota para a estrondosa exibição de Frankis Carol, que marcou um terço dos golos dos leões (10). Para lá do qatari, destacou-se ainda Tiago Rocha, com sete.

 

Com este fantástico resultado, a equipa leonina passou a somar 8 pontos, os mesmos que o Bjerringbro-Silkeborg, que bateu o Besiktas por 37-24. O sonho do apuramento ganhou outros traços de realidade. 

 

publicado às 03:01

 

43750630_1217042185100397_7029146942672207872_n.jp

 

A equipa principal de ténis de mesa do Sporting recebeu e venceu, esta quinta-feira, os checos do Ostrava por 3-2.

 

O encontro começou com a vitória de Aruna Quadri frente ao chileno Felipe Olivares (11-4; 11-6; 5-11 e 11-6), entrando depois Diogo Carvalho em acção, que não conseguiu levar a melhor frente a Tomas Tregler, apesar de ter levado a decisão para a 'negra' (11-5; 1-11; 11-4; 10-12; e 9-11), com os dois últimos sets a serem extremamente equilibrados.

 

Com a partida empatada 2-2, houve, então, a necessidade de se recorrer à negra, com Diogo Carvalho a defrontar Felipe Olivares. Mais concentrado, o atleta verde e branco venceu o primeiro set por 13-11, perdendo de seguida 7-11; recuperou a vantagem no terceiro set ao ganhar por 11-4, resultado igual àquele com que fechou a partida, com vitória para o Sporting.

 

Um triunfo importante na 2.ª jornada da Liga dos Campeões, depois de terem perdido na estreia da competição no terreno dos alemães do Dusseldorf.

 

publicado às 04:01

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo