Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



thumbnail_Sporting sub 23 2018-19.jpg

O Desportivo das Aves foi o vencedor da primeira edição da Liga Revelação (sub 23), somando mais um ponto que o Sporting e mais dois que o Rio Ave, respectivamente segundo e terceiro classificados. Na fase de apuramento de campeão, em dez jogos, os leões obtiveram cinco vitórias, dois empates e três derrotas. A equipa leonina inviabilizou a conquista do título na penúltima jornada quando foi derrotada nos descontos pelo Estoril Praia. 

O Sporting também participou na Taça Revelação. Eliminou o Vitória de Setúbal nos quartos de final (3-1), mas perdeu nas meias finais com o Rio Ave (4-2).

O campeonato da Liga Revelação tem como matriz a Premier League sub-23 e assume como finalidade favorecer a transição da formação para as camadas seniores dos jovens futebolistas. Apesar do campeonato sub 23 ter sido fervorosamente disputado até à última jornada, permanecem sérias dúvidas quanto à real competitividade da prova e em que medida substitui realmente a 2ª Liga.

Houve grande instabilidade desde o início da época no que refere à orientação técnica da equipa. José Lima substituiu Luís Martins por razões de saúde no final do mês de Julho e foi o treinador até à 14ª jornada. Depois, Tiago Fernandes sentou-se no banco em dois jogos, Francisco Barão apenas num jogo e Alexandre Santos a partir da 18ª jornada.

Essa instabilidade teve naturalmente consequências no desempenho desportivo, mesmo considerando que neste escalão os jogadores possuem ciclos específicos de crescimento e afirmação.

Foram utilizados trinta e cinco jogadores nas dezanove jornadas da Liga Revelação (dois não chegaram a sair do banco):

Guarda-redes

Diogo Sousa - 15 jogos 2º ano

Luís Maximiano - 18 jogos 1º ano

Vladimir Stojković - 6 jogos 4º ano

Defesas

Thierry Correia - 26 jogos 1 golo 1º ano

João Oliveira - 15 jogos 1º ano

Euclides Cabral - 1 jogo 1º ano (até Janeiro)

Kiki Kouyaté - 18 jogos 3º ano (até Janeiro)

João Queirós - 14 jogos 2º ano

João Silva - 27 jogos 1 golo 1º ano

João Ricciulli - 11 jogos 1 golo 1º ano

Ronaldo de Souza - 6 jogos 1 golo 2º ano (desde Janeiro)

Tiago Djaló - 7 jogos júnior (até Janeiro)

Pedro Empis - 23 jogos 3º ano

Abdu Conté - 27 jogos 2º ano

Médios

Bruno Paz - 26 jogos 1 golo 2º ano

Daniel Bragança - 20 jogos 5 golos 1º ano (até Janeiro)

Bubacar Djaló - 7 jogos 2º ano

Tomás Silva - 36 jogos 2 golos 1º ano

Nuno Moreira - 25 jogos 3 golos 1º ano

Miguel Luís - 10 jogos 1 golo 1º ano

Paulinho Lucas - 34 jogos 4 golos 3º ano

Matheus Nunes - 10 jogos 2º ano (desde Janeiro)

Francisco Geraldes - 1 jogo 5º ano (desde Janeiro)

Carlos Jatobá - não jogou 5º ano (até Janeiro)

Avançados

Dimitar Mitrovski - 31 jogos 5 golos 1º ano

Marco Túlio - 28 jogos 8 golos 2º ano

Mees de Wit - 21 jogos 1 golo 2º ano

Jovane Cabral - 2 jogos 2º ano

Elves Baldé - 16 jogos 5 golos 1º ano (até Dezembro)

Gonzalo Plata - 4 jogos Júnior (desde Janeiro)

Diogo Brás - 3 jogos Júnior

Pedro Mendes - 34 jogos 18 golos 1º ano

Pedro Marques - 23 jogos 7 golos 2º ano

Leonardo Ruiz - 1 jogo 3 golos 4º ano (até Agosto)

David Wang - não jogou Júnior

(Dados da Wiki Sporting)

img_2793.jpg

O melhor momento da época para a equipa verificou-se entre meados de Novembro e o início de Janeiro de 2019, período em que alcançou seis vitórias e um empate nos jogos que disputou. Então, parecia ter consolidado processos e filosofia de jogo, com um bom o equilíbrio entre o jogo defensivo e um futebol rápido que envolvia sempre vários jogadores no processo ofensivo. Mas, seguiu-se acentuada instabilidade competitiva como já de tinha verificado no início da época quando nunca conseguiu três vitórias consecutivas.

Dos jogadores que integraram o plantel sub 23, apenas quatro foram chamados a alinhar pela equipa principal esta época: Jovane Cabral participou em trinta e um jogos (Liga Portuguesa, Taça de Portugal, Taça da Liga e Liga Europa), Miguel Luís em catorze jogos (Liga Portuguesa, Taça de Portugal, Taça da Liga e Liga Europa), Thierry Correia dois jogos (Liga Europa) e Bruno Paz um jogo (Liga Europa). Abdu Conté e Pedro Marques foram convocados, mas não chegaram a sair do banco.

Houve jogadores que se destacaram pela qualidade desportiva e espírito competitivo. Os guarda-redes Diogo Sousa e Luís Maximiano, os defesas laterais Thierry Thierry, João Oliveira e Abdu Conté, os centrais rápidos Kiki Kouyaté, João Queirós e João Silva, os médios Bruno Paz, Tomás Silva, Nuno Moreira e Paulinho Lucas, o médio ofensivo Marco Túlio e os avançados Pedro Marques e Pedro Mendes, o goleador da equipa.

Elves Baldé e Daniel Bragança, emprestados ao Paços de Ferreira e ao Farense, justificam uma observação muito atenta. Gonzalo Plata, Matheus Nunes e Ronaldo de Souza foram contratados em Janeiro e revelaram-se jogadores interessantes.

Este escalão (sub 23 ou equipa B) constitui uma fase competitiva essencial na transição entre os juniores e os seniores. Muitos observadores consideram que a Liga Revelação tem uma competitividade inferior à 2ª Liga e que responde essencialmente às necessidades dos clubes que não possuem equipas B. Assinalam que Benfica, FC Porto, Braga e Vitória de Guimarães continuam a competir na 2ª Liga. Tem constado que a Direcção do Sporting está a analisar a possibilidade de voltar a haver uma equipa B.

publicado às 13:26

 

Sporting Sub 23.jpg

 

Terminou a primeira fase da Liga Revelação.  Com a vitória em Braga na última jornada, o Sporting sub 23 ficou no 3º lugar da classificação, apurando-se para a fase Apuramento de Campeão na qual participarão os seis primeiros classificados (Rio Ave, Estoril Praia, Sporting, Desportivo de Aves, Benfica e SC Braga). Estes clubes jogam duas vezes entre si, transitando para a segunda fase com metade dos pontos obtidos na primeira.  Os leões abrem a segunda fase com a recepção ao Rio Ave, em 23 de Fevereiro, e na última jornada defrontam o Benfica.

 

A época da equipa leonina foi marcada por significativa instabilidade. José Lima substituiu Luís Martins por razões de saúde no final do mês de Julho e foi o treinador até à 14ª jornada. Depois, Tiago Fernandes sentou-se no banco em dois jogos, Francisco Barão num jogo e Alexandre Santos a partir da 18.ª jornada, em 18 de Dezembro.

 

Os leões obtiveram 15 vitórias, 4 empates e 7 derrotas, marcaram 47 golos e sofreram 29. Pedro Mendes é o melhor marcador com 10 golos. Foram utilizados 29 jogadores nas vinte e seis jornadas da primeira fase (incluindo Jatobá que foi convocado, mas não saiu do banco).

 

Dos jogadores que integram (ou integraram) o plantel sub 23, apenas três alinharam até agora na equipa principal: Miguel Luís participou em onze jogos (distribuídos pela Liga Portuguesa, Taça de Portugal, Taça da Liga e Liga Europa), Thierry Correia dois jogos (Liga Europa) e Bruno Paz um jogo (Liga Europa). No entanto, Luís Maximiano, Diogo Sousa, Abdu Conté, João Queirós, Daniel Bragança (emprestado ao Farense), Nuno Moreira, Paulinho, Elves Baldé (emprestado ao Paços de Ferreira), Pedro Mendes e Pedro Marques são (ou foram) assíduos nos treinos dirigidos por Marcel Keizer.

 

O número muito reduzido de estreias na equipa principal leonina pode decorrer da fraca competitividade da Liga Revelação, inferior ao que acontece na 2ª Liga. No caso do Sporting, a opção pela Liga Revelação conduziu ao fim da equipa B que permitia uma boa continuidade para os jovens provenientes dos juniores, como se pode verificar pelo número de jogadores que singrou no futebol profissional.

 

Na verdade, a nova Liga sub 23 parece responder essencialmente às necessidades dos clubes que não possuem equipas B. Por alguma razão, Benfica, FC Porto, Braga e Vitória de Guimarães continuam a competir na 2ª Liga. Os portistas não têm equipa sub 23. O presidente Frederico Varandas referiu recentemente que está a analisar a possibilidade do Sporting voltar a ter uma equipa B.

 

publicado às 12:00

 

DrHaKN3XgAAUtfM.jpg

 

A equipa de sub-23 do Sporting deslocou-se a Braga para disputar a partida da 26.ª e última jornada da 1.ª Fase da Liga Revelação, saindo vencedora com um golo solitário de Pedro Mendes, aos 29 minutos de jogo.

 

Com este resultado, os jovens leões situam-se em terceiro lugar, com 49 pontos, três atrás do líder Rio Ave e a um ponto do Estoril Praia. Aves e Benfica empataram (1-1) e registam 47 pontos. O registo leonino é de 15 vitórias - 4 empates - 7 derrotas; 47 golos marcados e 29 sofridos.

 

 

Ficha de jogo

 

SC BRAGA 0-1 SPORTING CP (0-1, ao intervalo)

Liga Revelação – 25ª Jornada (09.02.2019)
Complexo Desportivo do CF Fão

Árbitro: Patrick Marques.
Árbitros assistentes: José Alberto Fernandes e Jorge Rei.

 

SC Braga: Velho, Bernardo, Zé Pedro, Borges, Moura - Cap., David Veiga, Álvaro (Kiki, 55’), Kaito (Leandro, 66’), Namora (Jailson, 66’), Midana e Eynel (Vítor, 80’).


Suplentes não utilizados: Rogério, Xico, Baldé, Fábio Vianna, Rodrigo, Xavier, Ricciulli e Pedro Costa.


Treinador: José Carvalho Araújo


Disciplina: cartão amarelo para Zé Pedro (22’), Moura (37’) e David Veiga (50’).

Sporting CP: Diogo Sousa, Pedro Empis, Paulo Lucas (Nuno Moreira, 85’), João Oliveira, João Silva, João Ricciulli, Matheus Nunes, Bruno Paz - Cap., Tomás Silva (Mees de Wit, 67’), Marco Túlio (Pedro Marques, 78’) e Pedro Mendes (Bubacar Djaló, 85’).


Suplentes não utilizados: Stojkovic, Ronaldo Souza, Dimitar Mitrovski, Thierry Correia e João Queirós.


Treinador: Alexandre Santos


Disciplina: cartão amarelo para Bruno Paz (26’), João Oliveira (61’) e Mees de Wit (87’).


Marcador: 0-1, Pedro Mendes (29’)

 

Recorde-se que para a segunda fase – Apuramento de Campeão e Manutenção – todos os clubes transitam com metade dos pontos obtidos na primeira fase da prova.

 

publicado às 14:43

 

 

O Sporting foi esta terça-feira a casa do Marítimo vencer por 3-1, em jogo referente à 24.ª jornada da Liga Revelação.

 

A equipa leonina de sub-23 situa-se agora em primeiro lugar na tabela classificativa, em igualdade pontual com o Rio Ave e Benfica (46 pontos), dois à frente do Estoril e três do Aves.

 

Ficha de jogo:

 

MARÍTIMO 1-3 SPORTING (1-1 ao intervalo)

 

Liga Revelação - 24.ª jornada - 29. 01. 2019
Estádio Machico

Árbitro: João Pedro Afonso
Árbitros assistentes: José Pena e Nélson Pascoal

 

MARÍTIMO: Pedro Mateus, Ruan Teles (Tiago, 74'), Mamadou (cap.), Rene Santos, Barbosa (Miguel, 87'), Correia, Fábio, Umaro, Carlos, Chico Banza e Vilson (Milson, 78')


Suplentes não utilizados: Rui Encarnação, Leo Sousa, Gonçalo, Henrique e Mike


Treinador: José Pedro Jacinto


Disciplina: cartão amarelo a Barbosa (50') e Correia (88')

 

50846616_10157970933192656_6944301998338473984_o.j

 

SPORTING: Diogo Sousa, Pedro Mendes, Paulinho (João Ricciulli, 88'), João Silva, Pedro Empis (Pedro Marques, 65'), Bruno Paz (cap.), Tomás Silva, (Diogo Brás, 88') Marco Túlio (Djaló, 45'), Mees de Wit, Thierry Correia e João Queiroz


Suplentes não utilizados: Stojkovic, Bavikson e Gonçalo Inácio


Treinador: Alexandre Santos


Disciplina: cartão amarelo a Paulinho (38') e Pedro Empis (47')

 

Golos: 0-1 por Pedro Mendes (3'), 1-1 por Barbosa (26'), 1-2 por Pedro Mendes (74') e Pedro Marques (85').

 

publicado às 18:25

Sporting Sub 23 - um breve balanço

Leão Zargo, em 02.01.19

 

SCP - SLB 2018-19 Sub 23.jpg

 

O Sporting Sub 23 está em 2º lugar na classificação da Liga Revelação a dois pontos do líder, o Benfica. A competição vai na 19ª jornada da primeira fase, num total de vinte e seis jornadas.

 

Os leões obtiveram 11 vitórias, 4 empates e 4 derrotas, marcaram 38 golos e sofreram 22 golos. A última derrota aconteceu frente ao Estoril Praia (0-1) na 9ª jornada, em 6 de Outubro, e desde então verificaram-se 7 vitórias e 3 empates. Esta sequência de resultados permitiu a aproximação da liderança.  Os seis primeiros classificados disputam uma segunda fase que determinará o campeão.

 

A equipa leonina sub 23 foi confrontada com grande instabilidade desde o início da época no que refere à orientação técnica. José Lima substituiu Luís Martins por razões de saúde no final do mês de Julho e foi o treinador até à 14ª jornada (sete vitórias, três empates e quatro derrotas). Depois, Tiago Fernandes sentou-se no banco em dois jogos (uma vitória e um empate), Francisco Barão num jogo (vitória) e Alexandre Santos nas duas últimas partidas (duas vitórias). O Sporting estava em 6º lugar, a sete pontos do primeiro, quando José Lima saiu.

 

Foram utilizados vinte e nove jogadores nas dezanove jornadas da Liga Revelação (dois não saíram do banco):

 

Guarda-redes

 

Diogo Sousa - 9 jogos 2º ano

Luís Maximiano - 5 jogos 1º ano

Vladimir Stojković - 5 jogos 4º ano

 

Defesas

 

Thierry Correia - 12 jogos 1º ano

João Oliveira - 10 jogos 1º ano

Euclides Cabral - 1 jogo 1º ano

Kiki Kouyaté - 15 jogos 3º ano

João Queirós - 9 jogos 2º ano

João Silva - 10 jogos 1 golo 1º ano

Tiago Djaló - 7 jogos júnior

Pedro Empis - 8 jogos 3º ano

Abdu Conté - 13 jogos 2º ano

João Ricciulli - ainda não jogou 2º ano

 

Médios

 

Bruno Paz - 13 jogos 2º ano

Daniel Bragança - 18 jogos 4 golos 1º ano

Bubacar Djaló - 2 jogos 2º ano

Tomás Silva - 18 jogos 1 golo 1º ano

Nuno Moreira - 12 jogos 3 golos 1º ano

Miguel Luís - 4 jogos 1 golo 1º ano

Paulinho Lucas - 16 jogos 1 golo 3º ano

Carlos Jatobá - ainda não jogou 5º ano

 

Avançados

 

Dimitar Mitrovski - 17 jogos 5 golos 1º ano

Marco Túlio - 12 jogos 3 golos 2º ano

Mees de Wit - 11 jogos 2º ano

Elves Baldé - 16 jogos 5 golos 1º ano

Diogo Brás - 2 jogos júnior

Pedro Mendes - 15 jogos 5 golos 1º ano

Pedro Marques - 12 jogos 3 golos 2º ano

Leonardo Ruiz - 1 jogo 3 golos 4º ano

 

*** (Dados da Wiki Sporting)

 

Miguel Luís e Thierry Correia foram integrados no plantel principal. De certa forma, passa-se o mesmo com Luís Maximiano e Diogo Sousa, enquanto que Abdu Conté, Bruno Paz, João Queirós, Daniel Bragança, Paulinho, Nuno Moreira, Tiago Djaló e Pedro Marques têm treinado com a primeira equipa. Leonardo Ruiz foi emprestado ao Zorya (Ucrânia), logo em Agosto, e Elves Baldé ao Paços de Ferreira, recentemente.

 

A equipa leonina atravessa a melhor fase da época. Consolidou processos e filosofia de jogo, o equilíbrio na defesa tornou mais difícil que sofra golos e possibilitou um futebol rápido envolvendo sempre vários jogadores no processo ofensivo em saídas de trás que procuram avançar de forma apoiada. Nos últimos cinco jogos alcançou quatro vitórias, marcou dez golos e sofreu o único golo no empate com o Benfica no Seixal.

 

Os guarda-redes Diogo Sousa e Maximiano revelam grande qualidade. Os defesas laterais (Thierry, João Oliveira, Empis e Conté) avançam muito no terreno, trocando de posição com os alas. Centrais rápidos (Kiki, Queirós e João Silva) permitem um posicionamento mais adiantado no terreno, médios tecnicistas (Bragança, Bruno Paz, Tomás Silva, Nuno Moreira e Paulinho Lucas) e médios ofensivos (Mitrovski e Túlio) favorecem saídas bem definidas em transição para uma linha avançada onde se destacam um nº 9 clássico (Pedro Mendes), um avançado de grande mobilidade (Pedro Marques) e um extremo (de Wit).

 

Fica então a faltar Elves Baldé que foi emprestado ao Paços de Ferreira e que poderá ser insubstituível pela velocidade e capacidade para desequilibrar no um para um. Hoje foi anunciada a chegada por empréstimo de extremo David Wang. O Sporting Sub 23 desloca-se a Portimão no dia 5 de Janeiro.

 

publicado às 12:59

 

liga-revelacao (2).jpg

 

A equipa de sub-23 do Sporting venceu, esta manhã de sábado, o Belenenses, por 3-0, à passagem pela 10.ª jornada da Liga Revelação.

 

Depois da paragem para compromissos internacionais, os leões voltaram de garras afiadas para o campeonato do escalão, conseguindo os três pontos que fugiam há duas jornadas. Pressionantes no ataque e coesos na defesa, os orientados de José Lima encararam um Belenenses – na casa emprestada pelo Real SC – com poucas alternativas para reagir.

 

 

Liga Revelação – 10.ª jornada – 20.10. 2018
Estádio do Real SC
Árbitro: Miguel Nogueira
Árbitros assistentes: Vítor Gomes e Daniel Farinha


BELENENSES SAD: Guilherme Oliveira, Gonçalo Tavares, Luís Silva, Douglas Aurélio (Tiago Alves, 60'), Gonçalo Agrelos (João Louro, 60'), Filipe Chaby (Robinho, 77'), Dálcio Gomes (cap.), Danny Henriques (Tomás Ribeiro, 77'), Celso Domingos, Luca van der Gaag e João Rodrigues

 

Suplentes não utilizados: Álvaro Ramalho, Francisco Ferreira e Pedro Machado


Treinador: Neca


Disciplina: Cartão amarelo a Luís Silva (58'), Dálcio Gomes (61') e Luca van der Gaag (75')

 

SPORTING: Diogo Sousa, Pedro Mendes (Mees de Wit, 83'), Nuno Moreira (Dimitar, 83'), Kiki, Tiago Djaló (João Silva, 83'), Daniel Bragança (cap.), Abdu Conté, Bruno Paz, Tomás Silva, Marco Túlio (João Oliveira, 77') e Thierry Correia

 

Suplentes não utilizados: Stojkovic, Paulinho, Pedro Marques e Diogo Brás 


Treinador: José Lima


Disciplina: Cartão amarelo a Tomás Silva (64')

Marcadores: 0-1 Tomás Silva (18'), 0-2 Nuno Moreira (34') e 0-3 Pedro Mendes (46')

 

Na próxima jornada, os leões recebem, na Academia Sporting, o Marítimo, pelas 11h de 27 de Outubro.

 

publicado às 13:47

Sporting Sub 23 2018-19.jpg

 

A primeira jornada da Liga Revelação (Campeonato Sub 23) está marcada para sábado, 18 de Agosto. A competição ficou organizada em duas fases, na primeira participam 14 equipas que jogam entre si em 26 jornadas. No final desta primeira fase, os seis primeiros classificados participam na fase de apuramento do campeão, jogando novamente todos contra todos. Os restantes disputam a fase de manutenção, jogando também todos contra todos. Na primeira jornada o Sporting desloca-se a Setúbal para defrontar o Vitória.

 

Francisco Barão, adjunto de Luís Martins na equipa B, é o treinador. Na pré-época, para além dos treinos com o plantel principal, a equipa Sub 23 realizou quatro jogos, obtendo duas vitórias (Moura 5-1 e Amora 3-0), um empate (Cova da Piedade 1-1) e uma derrota (Nacional da Madeira 3-4). Na imprensa há referências a dois jogos com o Mafra e o SL Cartaxo, mas não foi possível obter a confirmação.

 

Neste momento, o plantel leonino Sub 23 é constituído pelos seguintes jogadores:

 

Guarda-redes

 

Vladimir Stojkovic - 21 anos, no Sporting desde os Sub 13 em 2007-08

Diogo Sousa - 19 anos, no Sporting desde os Sub 16 em 2013-14

 

Defesas

 

Abdu Conté - 20 anos, no Sporting desde os Sub 14 em 2011-12

João Goulart - 18 anos, no Sporting desde os Sub 16 em 2015-16

João Ricciulli - 18 anos, no Sporting desde os Sub 17 em 2015-16

Thierry Correia - 19 anos, no Sporting desde os Sub 11 em 2009-10

Echedey Carpintier - 18 anos, no Sporting desde os Sub 19 em 2017-18 (Espanha)

João Oliveira - 19 anos, no Sporting desde os Sub 10 em 2008-09

Tiago Djaló - 18 anos, no Sporting desde os Sub 14 em 2013-14

João Queirós - 20 anos, no Sporting por empréstimo do FC Köln em 2018-19 e 2019-20 

João Silva - 19 anos, no Sporting desde os Sub 17 em 2015-16

 

Médios

 

Nuno Moreira - 19 anos, no Sporting desde os Sub 10 em 2007-08

Dimitar Mitrovski - 18 anos, no Sporting desde os Sub 19 em 2016-17 (Macedónia)

Daniel Bragança - 19 anos, no Sporting desde os Sub 10 em 2007-08

Bruno Paz - 20 anos, no Sporting desde os Sub 14 em 2011-12

Paulo Lucas “Paulinho” - 21 anos, empréstimo do Fluminense desde 2017-18 (Brasil)

Tomás Silva - 18 anos, no Sporting desde os Sub 10 em 2008-09

Miguel Luís - 18 anos, no Sporting desde os Sub 11 em 2009-10

Marco Túlio - 20 anos, contratado ao Atlético Mineiro em 2018-19 (Brasil)

Carlos Jatobá - 22 anos, contratado ao FC Dunav em 2018-19 (Brasil)

 

Avançados

 

Pedro Marques - 20 anos, no Sporting desde os Sub 19 em 2016-17

Elves Baldé - 18 anos, no Sporting desde os Sub 11 em 2009-10

Leonardo Ruiz - 22 anos, no Sporting desde a equipa B em 2016-17 (Colômbia)

Pedro Mendes - 19 anos, no Sporting desde os Sub 19 em 2017-18

Diogo Brás - 18 anos, no Sporting desde os Sub 13 em 2012-13

Mees De Wit - 20 anos, jogador livre contratado em 2018-19 (Holanda)

 

Ao contrário do que se passou com a equipa B, o plantel leonino Sub 23 é constituído essencialmente por atletas formados na Academia de Alcochete. Entre os jogadores contratados, destacam-se João Queirós (empréstimo do FC Köln com opção de compra), o brasileiro Marco Túlio e o holandês Mees De Wit, todos internacionais pelos seus países.

 

publicado às 12:52

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo