Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Pergunta da Semana

Rui Gomes, em 12.02.16

 

18031868_VV8uf.png

 

A pergunta da semana, sobre o Sporting, que foi apresentada ao painel de comentadores do Lugar Cativo do CM:

 

Sporting está a atravessar a pior fase da temporada ?

 

Leonor Pinhão - Em menos de um mês perder 4 pontos em casa com equipas de outro campeonato - Tondela e Rio Ave - pode ser considerado como uma fase menos boa do Sporting em função das expectativas. E o facto do Benfica prosseguir sem quebrantes na perseguição também não ajuda à tranquilidade da equipa.

 

Francisco José Viegas - Se quisesse ser mauzinho diria: "Não. Ainda vem pior". Mas deixo essas coisas para Jorge Jesus, o mestre das piadinhas. Nota-se um certa ineficácia na equipa, e nem tudo Slimani pode resolver (nem Montero que já seguiu...). Ora, num modelo como o de Jorge Jesus, eficácia é a palavra-chave.

 

Paulo Andrade - Não se pode considerar que uma equipa que no mês de Janeiro vence o FC Porto e o Sp. Braga em casa e vai ganhar fora em Paços e Setúbal esteja a atravessar um mau momento. O que não podemos é perder pontos em casa com equipas que não são do nosso campeonato, como aconteceu com o Tondela e Rio Ave.

 

publicado às 04:22

A incomparável Leonor Pinhão

Rui Gomes, em 24.09.15

 

leonor_pinhao.png

 

 Pergunta da semana ao painel do Lugar Cativo, onde também participam Francisco José Viegas (FC Porto) e Paulo Andrade (Sporting:

 

 

Sporting está a gerir bem o caso da renovação de André Carrillo ?

 

Se o propósito do Sporting é perder tempo, perder dinheiro, perder o jogador, provocar uma comoção interna, deixar o treinador em maus lençóis perante o grupo e alimentar uma novela de contornos sul-americanos, nesse caso está a gerir muito bem.

 

publicado às 03:59

Outra coisa não era de esperar...

Rui Gomes, em 03.09.15

 

18031868_VV8uf.png

 

De vez em quando visito o painel Lugar Cativo do Correio da Manhã, por mais que não seja, para ver os alarves provenientes da imaginação destorcida de Leonor Pinhão, a representante "encarnada" em evidência. A pergunta desta semana no que ao Sporting concerne é a seguinte:

 

Sporting tem sido prejudicado pela arbitragem nesta época ?

 

 

LEONOR PINHÃO

 

«O Sporting está a provocar pela força da propaganda uma onda de histerismo indiscriminado sobre os árbitros para pressionar todas as decisões tomadas em campo e de as fazer reverter a seu favor. Gostava de ouvir a opinião de Pedro Proença sobre o assunto.»

 

 

FANCISCO JOSÉ VIEGAS

 

«Qual época ? A que começou agora ? Acho que o Sporting pode-se queixar de coisas pontuais - normais, as mesmas de outros jogos. Infelizmente. Mas talvez os seus líderes pensem que essa vitimização constante é uma boa estratégia (e esperem resultados).»

 

 

PAULO ANDRADE

 

«Nesta e nas anteriores. Este início de época tem sido inacreditável. Já sofremos um golo marcado em fora de jogo e depois com o braço. Assinala-se penálti contra nós num corte limpo, depois não se vê a rasteira sobre Slimani após ter tocado na bola. Surreal.»

 

publicado às 03:37

In extremis...

Rui Gomes, em 19.08.15

 

18031868_VV8uf.png

 

... será o termo que melhor posiciona os representantes "encarnados" no painel denominado Lugar Cativo, que semanalmente comenta incidências várias do futebol português. Se Pedro Guerra já era uma "boa prenda", Leonor Pinhão não é melhor.

 

Uma das questões que foi apresentada também a Francisco José Viegas (FC Porto) e Paulo Andrade (Sporting):

 

Sporting mostrou atributos para ser campeão na primeira jornada ?

 

Leonor Pinhão

 

«Não houve um único atributo para ser campeão que o Sporting não mostrasse com o Tondela. Em primeiro lugar porque ganhou o jogo. Em segundo lugar porque para o ganhar beneficiou de uma desatenção do bandeirinha. Já se vê o dedo de Pedro Proença.»

 

 

Francisco José Viegas

 

«Na primeira jornada ninguém mostra atributos para isso. Após um jogo de grande ritmo, na Supertaça, esperava-se ver um Sporting demolidor que deixasse poucas dúvidas. Não foi o que aconteceu, mas ainda é cedo para ver como Jorge Jesus cilindra a equipa.»

 

 

Paulo Andrade

 

«Comparando a exibição do Sporting com a dos rivais é natural que considere que é um sério candidato ao título. Há uma nova dinâmica no futebol do Sporting que só não resulta em resultados mais volumosos por falhas na finalização das oportunidades.»

 

publicado às 13:40

 

17819751_PEMqW.png

 

Voltei a visitar o Lugar Cativo do Correio da Manhã, cujo painel de comentadores sofreu alterações em dias recentes. No lugar de Pedro Guerra, em representação do Benfica, surge agora António-Pedro Vasconcelos , figura bem conhecida pela sua participação durante alguns anos no programa Trio d'Ataque da RTP. Se não era admirador do primeiro, muito menos sou do seu substituto, personagem que eu sempre considerei de um facciosismo extremo. Os dois restantes elementos continuam a ser Francisco José Viegas, do clube do Norte, e Paulo Andrade do Sporting.

 

Foram apresentadas as usuais três perguntas para o comentário do painel:

 

- De quem é o mérito pelo título Nacional do Benfica ?

 

- Lopetegui tem condições para continuar a treinar o FC Porto ?

 

- Marco Silva e Bruno de Carvalho estão em rota de colisão ?

 

 

Para o efeito deste texto, abordo apenas a questão que mais interessa a sportinguistas. Eis as observações de cada um dos comentadores:

 

 

António-Pedro Vasconcelos

É há muito evidente. Não adianta esconder o sol com uma peneira. Ganhe ou perca a Taça, não acredito que Marco Silva continue. A sorte de Bruno de Carvalho é que ele tenha uma boa proposta, ou terá de abrir os cordões à bolsa para pagar a indemnização.

 

 

Francisco José Viegas

Sinceramente, com a equipa que teve, com as limitações que lhe foram impostas e a ter de levar com Bruno de Carvalho, Marco Silva fez um bom trabalho. Nada de anormal: o presidente do Sporting está normalmente em rota de colisão, até com o treinador.

 

 

Paulo Andrade

A minha preocupação centra-se na vontade de ganharmos os últimos jogos da época. Bruno de Carvalho, recentemente, voltou a manifestar apoio a Marco Silva. Neste momento, temos de estar unidos em torno do objectivo de vencer a Taça de Portugal.

 

 

As respostas dos nossos adversários não me surpreenderam. Quer se concorde com eles ou não, fica a ideia que não contornaram o ponto em discussão, mas já o mesmo não posso dizer de Paulo Andrade. Respeito a pessoa e sei que há quem o considera digno de um dia assumir a presidência do Sporting, mas não aprecio a sua já conhecida ambivalência em público e o querer agradar a "gregos e troianos".

 

Além de contornar a essência da questão, recorreu ao extremo do exagero - praticamente da inverdade - pela sua afirmação que Bruno de Carvalho manifestou recentemente apoio a Marco Silva. É por de mais óbvio que não teve conhecimento da recém-conferência de imprensa.

 

"Neste momento temos de estar unidos... " ! A quem se refere Paulo Andrade e que forma de união pretende ele ver ? Será uma mensagem subtil para o foro interno do Sporting ?... É possível, mas parece-me que neste momento a união mais importante é a do grupo de trabalho que se prepara para a final do Jamor, e creio que há abundante evidência nesse sentido.

 

Quanto a nós, adeptos, não duvido que estamos unidos no apoio incondicional à equipa e em querer vencer a final do dia 31. Não vejo como as nossas diferenças de opinião sobre o estado da situação entre presidente e treinador, venham a alterar de algum modo este estado de união e, muito menos ainda, o que esperamos que seja uma entrega total da equipa no último embate oficial de 2014/15, para levar a Taça para Alvalade.

 

publicado às 03:54

"Faltou-lhe jogar contra dez"

Rui Gomes, em 25.03.15

 

17819751_PEMqW.png

 

Só hoje tive ocasião de visitar o painel Lugar Cativo, do Correio da Manhã, com os usuais intervenientes Pedro Guerra (SLB), Francisco José Viegas (FCP) e Paulo Andrade (SCP).

 

Não me vou dar ao trabalho de transcrever e comentar a totalidade do segmento, salvo duas respostas da autoria do representante do clube do Norte, que apreciei, por razões diferentes, não obstante algum sarcasmo da sua parte.

 

O que faltou ao Benfica na visita a Vila do Conde ?

 

Pedro Guerra, como era de esperar, invocou a proverbial "falta de sorte" e injustiça no resultado; Paulo Andrade deu uma resposta "politicamente correcta", algo inconsequente e o holofote focou Francisco José Viegas:

 

Faltou-lhe jogar contra dez. O Benfica já não está habituado nem a jogar contra onze nem a que lhe castiguem os excessos dos seus jogadores. E faltou-lhes, naturalmente, futebol. Depois de marcar, ficou à espera que expulsassem um jogador do Rio Ave. Azar.

 

O que resta fazer ao Sporting na edição deste ano da Liga ?

 

Pedro Guerra sublinhou que o Sporting foi o grande vencedor da jornada e que ainda tem uma palavra a dizer; Paulo Andrade recorreu ao discurso comum "lutar jogo a jogo", etc. e, novamente, Francisco José Viegas com um comentário que me parece certeiro, indiferente se está ou não a ser sincero:

 

Acabar com a pressão sobre Marco Silva e os jogadores, e deixar de fazer sair notícias de Alvalade sobre a saída do treinador. Isso era um bom passo para que a equipa mantivesse um bom nível de concentração, a fim de garantir o terceiro lugar e a nova época.

 

Viegas não quer admitir a possibilidade do Sporting poder chegar ao segundo lugar, o que até é natural considerando a sua condição como adepto portista, mas nem por isso deixa de ser uma realidade matemática. Veremos como se traduz no relvado. Quanto à referida "pressão", será sem dúvida a situação ideal nesta altura da época, quando ainda há objectivos importantes, que não o título.

 

publicado às 14:06

 

17819751_PEMqW.png

 

Depois da visita do Benfica a Moreira de Cónegos, esperava que as incidências do jogo fossem comentadas pelo painel do "Lugar Cativo" do Correio da Manhã. Acabei por ser desapontado, uma vez que a Redacção do diário esquivou-se à questão - não sei bem porquê (?). Contudo, houve, por vias indirectas, a expectável troca de "mimos".

 

Perante a pergunta "Pizzi faz esquecer Enzo Pérez no meio campo do Benfica ?", o portista Francisco José Viegas ignorou a questão, completamente, e respondeu:

 

«O que não faz é esquecer as arbitragens vergonhosas que têm transportado o Benfica todas as semanas como a Senhora da Agonia num andor (da Agonia, porque cada vez pior). São 12 jornadas a jogar contra equipas de 10. Esta vergonha não faz esquecer.»

 

A segunda pergunta "Julen Lopetegui fez bem em dar a titularidade a Hernâni ?", ofereceu o ensejo ao benfiquista Pedro Guerra para alvejar o FC Porto:

 

«Fez mal. E o FC Porto só ganhou porque foi beneficiado pelo árbitro - devia ter expulsado Quaresma, com o segundo amarelo, aos 47 minutos, e Jackson, com vermelho directo, aos 63 minutos. Com nove em campo jamais ganharia. Ou seja, a pressão surtiu efeito !".

 

Paulo Andrade evitou envolvimento na troca de comentários "ruidosos".

 

Em conclusão, nada de novo, portanto, tendo em conta de que se trata do futebol português, mas servirá, decerto, para animar as conversas de café.

 

publicado às 18:01

"A pergunta dá vontade de rir !"

Rui Gomes, em 17.02.15

 

17819751_PEMqW.png

 

De vez em quando, gosto de dar uma olhadela pelas apreciações do painel do chamado "Lugar Cativo", composto por Pedro Guerra (Benfica), Francisco José Viegas (FC Porto) e o nosso Paulo Andrade, porque sempre me oferece algum motivo para rir, ou, em alguns casos, para me irritar, e quando me sinto irritado escrevo melhor. Duas perguntas esta semana de maior interesse, e nenhuma me irritou:

 

Benfica foi beneficiado pela arbitragem no jogo com o V. Setúbal ?

 

Pedro Guerra: A pergunta dá vontade de rir ! O suposto penálti de Jardel é mais uma ficção. Admito que o segundo golo é precedido de uma falta de Ola John. Mas o treinador e os jogadores do V. Setúbal reconheceram a superioridade do Benfica e a justeza da vitória.

 

Francisco José Viegas: Talvez o jogo fosse diferente se tivesse sido assinalado o penálti sobre Rambé a favor do Setúbal. Não foi só este jogo - em oito partidas, os adversários do Benfica tiveram jogadores expulsos. Se pensarmos que o V. Guimarães acabou o jogo com onze...

 

Paulo Andrade: Não foi apenas beneficiado neste jogo. Infelizmente, na presente época, das 21 jornadas já disputadas, só não surgiram erros a beneficiar o Benfica nas 1.ª e 16.ª jornadas. Com possível influência no resultado houve erros em oito: sete a favor e um contra.

 

 

Erro de Rui Patrício com o Belenenses pode afectá-lo psicologicamente ?

 

Pedro Guerra: Não. Rui Patrício é um bom guarda-redes e, como todos os jogadores nessa posição tão específica, comete erros. É titular da selecção e já provou o seu valor. Mas fica a lição para a habitual arrogância dos sportinguistas, que gozam com os guardiões do Benfica.

 

Francisco José Viegas: Não foi um erro - foram dois, graves, de que apenas um resultou em golo. Rui Patrício é um bom guarda-redes e, por isso, as suas fífias notam-se mais. Acontece com todos.O Júlio César levou 7 da Alemanha e continuou. O Patrício só levou um do Belenenses.

 

 Paulo Andrade: Claro que não. Todos nós sabemos que os melhores guarda-redes mundiais já cometeram erros que afectaram resultados de encontros. O Rui Patrício sabe bem que é o melhor nessa posição e que tem a confiança dos adeptos do Sporting.

 

publicado às 16:03

Opiniões e Opiniões

Rui Gomes, em 23.12.14

 

17819751_PEMqW.png

 

Ultimamente, tenho-me deixado seduzir pelo painel do Lugar Cativo do Correio da Manhã, para mais que não seja, para rir im pouco com a clarividência "inclinada" dos intervenientes.

 

Em relação à pergunta se o Benfica foi "beneficiado" pela arbitragem de João Capela - semelhante a perguntar se o sol nasce no Oriente - o incontornável fanático "lampião" Pedro Guerra, considera que o fora de jogo de Maxi Pereira é um "offside de televisão", a primeira vez que me constou a expressão:

 

«Existe uma irregularidade no lance que dá origem ao golo. Maxi Pereira está em fora de jogo, mas é um lance difícil de avaliar. É o chamado "offside" de televisão. Troco os dois pontos a mais do jogo com o Gil Vicente pelos três sonegados ao Benfica, em Braga, por erros clamorosos da arbitragem.»

 

A isto, Paulo Andrade (Sporting) respondeu que nunca houve um campeonato com uma equipa tão beneficiada:

 

«Após 14 jornadas, existiram erros em todos os jogos (do Benfica) com excepção da 1.ª e 13.ª rondas. Oito pontos graças a esses erros. O Pai Natal não larga a Luz.»

 

Em relação à pergunta se as declarações de Bruno de Carvalho uniram o plantel do Sporting, Paulo Andrade optou por ser evasivo e não explana a sua opinião, Pedro Guerra opina que "o líder é o principal foco de instabilidade interna, mas a resposta mais "engraçada" foi a do portista Francisco José Viegas:

 

«Quando um elefante entra numa loja de porcelana não me parece que o resultado seja muito favorável à porcelana. Claro que os jogadores não são vidrinhos no balneário, mas é injusto para Marco Silva estar sujeito à pressão de um chefe de claque sentado no banco. Não é a melhor maneira de unir o plantel.» 

 

Por vezes, a brincar, diz-se a verdade.

 

publicado às 14:30

Abastecer o humor

Rui Gomes, em 02.12.14

 

ImagemDefaultCM_757_426.jpg

 

Por várias razões, não sou fã deste jornal e muito menos ainda leitor assíduo, mas, uma vez por outra, gosto de abastecer o meu humor e visito a sua coluna desportiva denominada "Lugar Cativo", em que figura um painel de três adeptos de futebol, cada um a representar um dos "grandes" de Portugal. Diria que esta coluna não serve como exemplo de opinião objectiva e desportivismo, com cada um dos comentadores a recorrer a extremos para "puxar a brasa à sua sardinha".

 

Entre as usuais três perguntas do quadro, esta semana surgiu esta, cujas respostas me divertiram:

 

FC Porto foi beneficiado pela arbitragem no jogo perante o Rio Ave ?

 

PEDRO GUERRA (Benfica)

 

«Foi uma arbitragem catastrófica. É difícil encontrar um jogo com tantos erros a beneficiar sempre a mesma equipa - dois penálties por assinalar, duas expulsões perdoadas (Alex Sandro e Brahimi) e o primeiro golo do FCP precedido de falta. Já para não falar no jogo violento de Casemiro, punido apenas com amarelo !»

 

* Já na pergunta anterior, Pedro Guerra tinha feito referência ao primeiro golo do Sporting ter sido precedido de um lance irregular, que "deverá dar azo à repetição do jogo."

 

FRANCISCO JOSÉ VIEGAS (FC Porto)

 

«É que nem sei do que estão  falar: julgava que me iam perguntar sobre o golo de Luisão... Suponho que os "benefícios" dados ao FC Porto num jogo que termina com cinco golos de vantagem sejam coisas escandalosas - golos com a mão, bárbaras agressões ao guarda-redes, degolar adversários. Foi Isso ?»

 

PAULO ANDRADE (Sporting)

 

«Numa época em que, jornada após jornada, vimos o Benfica a ser beneficiado com erros grosseiros, já só faltava que o mesmo começasse também a acontecer com o FC Porto. Foram muitos os erros cometidos pelo árbitro, tendo os mais graves prejudicado fortemente o Rio Ave. Uma arbitragem para recordar.»

 

Como não assisti aos jogos dos nossos adversários, reservo comentário, mas, por qualquer motivo, não me sinto objectivamente informado pelos acima referidos pareceres. Por outras palavras, tudo "normal" no futebol português. Nem outra coisa seria de esperar.

 

publicado às 15:19

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo