Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O ataque à Academia em mensagens

Rui Gomes, em 17.11.18

 

img_920x518$2018_11_16_18_40_47_1472881.jpg

 

Despacho de acusação do Ministério Público divulga as ameaças e os planos para o ataque à Academia Sporting em grupos de WhatsApp:

 

"Esse Patrício é uma ganda m...,, não vale um c......, esse é que devia levar umas kinkas, sargento dá uma por mim no Patrício [sic]" (escreveu Gustavo da Conceição Tavares).

 

- "Eu vou dar bastonada no Patrício" [sic]" (escreveu Emanuel Calças).

 

- "Levam todos menos o Bruno Fernandes. Até o Coentrão. Não vou andar aqui a escolher ninguém. É bater em todos e ponto" (escreveu Ricardo Neves).

 

"Um jogador para cada um, Mini fica com o Podence, para ser taco a taco".

 

"Bas Dost é para o Neves".

 

- "Samuka ficas com o Jesus".

 

- "Fico com o Battaglia fdp [sic]".

 

- "Ninguém fica com ninguém. Rodinha no chão, pontapés na cabeça e vão-se f....." (ainda Ricardo Neves).

 

 "Eu quero bater neles e no Jesus também, parecia que tava na praia deitado f******... Inadmissível... Um treinador do Sporting deitado num jogo f****** epa" (escreveu Filipe Alegria).

 

"Vamos... Acuña também as mama... Levam todos, até o Paulinho" (ainda Filipe Alegria).

 

"Os jogadores têm de pensar que o Iraque chegou a eles".

 

"Levo uma caçadeira para arrancar a cabeça do fdp do Acuña [sic]" (escreveu João Gonçalves).

 

"Dentro, vamos com tudo" (escreveu João Gomes).

 

Segundo o despacho da procuradora Cândida Vidal, "Bruno de Carvalho determinou aos elementos da claque a prática de acções violentas contra os jogadores, treinador e restantes elementos da equipa técnica".

 

O plano criado no WhatsApp estava finalmente em marcha. Pelas 12h34 de 15 de Maio, o oficial de ligação aos adeptos, Bruno Jacinto, e Tiago da Silva trocam mensagens. O funcionários dos "leões" pergunta "como estão as coisas" e se "sempre vão à Academia". Tiago confirma que vão, mas pede para que não sejam feitos comentários. "Mas o Musta [ndr: Mustafá] falou com o presi ou o André?", questiona Jacinto. Tiago diz que acha que não, mas que o grupo já deve reunir umas 100 pessoas. Mais tarde, encontram-se os dois, juntamente com Fernando Mendes,  junto ao pavilhão do Sporting – é aí que o antigo presidente da Juve Leo diz ao OLA que se vai deslocar à Academia também. Horas depois, a Academia era invadida.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:02

 

naom_5426dc4f59ee0.jpg

 

Rogério Alves foi instado a comentar, entre outras coisas, a recém-notícia do Correio da Manhã relativamente a mensagens que aparentam ligar Bruno de Carvalho ao ataque à Academia Sporting:

"Não podemos tirar conclusões precipitadas. A coisa tem mau aspecto, digamos assim. Temos de aguardar. Não podemos pegar no facto A, facto B e facto C e construir uma tese. Temos de aplicar os princípios do estado de Direito a toda a gente, mesmo aos que possam não nos merecer simpatia".

Rescisões e processo ao ex-presidente causam conflito de interesses?

"Dizer que se os jogadores não têm razão, não há motivo para haver processo, isso não faz nenhum sentido. Há zonas de intercepção, mas têm reflexos jurídicos diferentes. Pode haver uma conduta errada do presidente que não seja suficiente para os jogadores rescindirem com justa causa mas que seja suficiente para um processo disciplinar. É um sofisma. Não há nenhuma geminação"

Está contra os processos?
 
"A presidência anterior caracterizava-se por uma sistemática ameaça de processos judiciais. Eu próprio fui alvo. É a esse tipo de comportamentos que temos de dizer não. Mas nunca mais. Agora, se as pessoas violam os Estatutos, que são muito claros... A culpa não é dos Estatutos, é de como nós nos comportamos. 
 
Não gostava de ouvir o próximo presidente do Sporting, sempre que fosse criticado, a dizer que processaria A, B ou C, que recomendasse que não se visse televisão, que os comentadores saíssem das televisões...
 
Estamos num espaço de grande liberdade, não vamos andar a marchar, somos pessoas livres. Os processos disciplinares devem seguir os seus termos. Não sou contra a existência, porque os há em todas a instituições. Agora, não podemos fazer do nosso dia a dia uma permanente distribuição de ameaças".
 
..."Não podemos fazer do nosso dia a dia uma permanente distribuição de ameaças"... Parece-me que vivemos mais de cinco anos precisamente sob esse clima persecutório. O derradeiro ajuste de contas não estará muito longe.
 
Alguém terá dito, algures, que "a justiça é a vingança do homem em sociedade".
 
Que assim seja !
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:48

 

img_770x433$2018_05_16_12_47_21_1398702.jpg

 

Eu nunca visito o Correio da Manhã online, no entanto, acabamos por ser confrontados com várias reportagens do matutino por serem propagadas em cadeia pela restante media, nomeadamente a desportiva.

 

E, depois, temos ainda a ocasional reportagem que nos desperta maior interesse e, no caso desta de hoje, que até se deseja que seja bem fundamentada. Caso não seja, a suposta notícia nunca devia ter sido publicada.

 

De qualquer modo, o leitor não deve perder de vista a origem da informação ao considerar a credibilidade do que está para ler neste post.

 

Focando o principal, o referido diário alega esta sexta-feira que Bruno de Carvalho estará ligado aos ataques na Academia de Alcochete. Quando o telemóvel de André Geraldes foi apreendido, a propósito do processo Cashball, as autoridades ter-se-ão depararado com mensagens entre o então 'team manager' do Sporting e o presidente, em que Geraldes teria sugerido enviar elementos de numa claque "para cima dos jogadores".

 

André Geraldes, pelos vistos, declarou não ter conhecimento dessas mensagens e que é "alheio a tudo o que se passou na Academia". As missivas até não são relevantes no que ao processo Cashball diz respeito mas, confirmando-se a sua autenticidade, serão de muito interesse para o DIAP de Lisboa, que investiga os acontecimentos de 15 de Maio, em Alcochete.

 

Para ser justo, não podemos avançar que este é um caso do proverbial "fumo", porque esse "fumo", na mente de muitos sportinguistas, e não só, começou a dar sinais de vida logo a partir do primeiro dia. O passar das semanas desde o infame evento e as subsequentes detenções pelas autoridades policiais, apenas adensaram o clima de suspeitas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:00

 

image_content_1381207_20180321084607.jpg

 

Apenas algumas mensagens de Bruno de Carvalho, enviadas para os jogadores através do Whatsapp, que integram o processo de rescisão de Rui Patrício:

 

Mensagem enviada a Rui Patrício por Bruno de Carvalho no dia 20 de Janeiro de 2018, após o empate com o V. Setúbal

 

"Eu sou o Presidente, Como tal tenho de estar ao vosso lado nos bons e maus momentos. Mas eu também sou profissional e adepto deste Clube que amo. Este resultado colocou-me num estado de nervos que não merecia. Tive de ser assistido no hospital. Eu não mereço, a minha família, que precisa de mim, não merece e os sportinguistas não merecem.

 

Eu vivo o meu papel de Presidente com amor mas também é a minha vida profissional e cada mau resultado coloca em causa a mesma.

 

Milhares de sportinguistas vão os estádios por todo o país sem dinheiro para comer depois.

 

Bem sei que nada se perdeu hoje sem ser dois pontos mas a verdade é que colocámos em tristeza profunda milhões de pessoas que só querem de vocês ser felizes. Que hoje tenha sido a nossa última frustração deste ano. Que a partir de agora só conseguimos dar alegrias...

 

Bem sei que nada se perdeu hoje sem ser dois pontos mas a verdade é que colocámos em tristeza profunda milhões de pessoas que só querem de vocês ser felizes. Que hoje tenha sido a nossa última frustração deste ano. Que a partir de agora só consigamos dar alegrias a todos. Já chega de falhar. Já chega de "para o ano é que é", já chega de não dar alegrias que os sportinguistas merecem.

 

Não vale a pena perder pontos e chorar. Temos é de chorar se preciso é para ganhar sempre os três pontos. Que hoje seja a viragem em definitivo.

 

Nada se ganha até o árbitro apitar e somos demasiado profissionais para errar.

 

Atitude e Compromisso para ganhar as quatro competições onde estamos! Esta época não podemos falhar. Esta época já não temos mais desculpas para dar. Este ano cada objetivo que falharmos será totalmente imperdoável e seremos os únicos culpados. Vamos tirar desta frustração a força final para ganhar tudo pois eu não vou tolerar que seja diferente."

 

Mensagem de Bruno de Carvalho para os capitães, a 19 de Março, no dia a seguir à vitória em casa com o Rio Ave

"Boa noite. E depois dizem-me que eu não defendo o grupo. Vocês são uns convencidos que não respeitam nada nem ninguém. Agora podem ir mostrar isto ao grupo, ficarem amuados mas realmente é uma decepção as v/atitudes.

 

Quanto ao jogo, feliz pela exibição, plena de Atitude e Compromisso. Um dia importante dedicado aos pais (com os jogadores a entrarem com os filhos) e ao enorme Peyroteo (pontapé de saída pelo seu filho, camisolas e inauguração da Tribuna Peyroteo). Que melhor forma de fazer estas duas homenagens do que ganhar e proporcionar um sorriso e uma alegria a todos os que vivem este Clube.

 

Mas hoje também era o início de uma ação de solidariedade que os jogadores decidiram ignorar. Aqui não existem toupeiras, emails estranhos, jogos pagos para perder, vouchers, frutas ou seja lá o que for, mas temos de ter sentido de respeito pelos adeptos e pelo Clube. Ganhar jogos é bom, mas faz parte de servir este Clube. Mas isso não esconde tudo, nem servirá de desculpa para este tipo de atitudes.

 

O Sporting CP é um Clube com princípios, valores e regras, e quem não souber o que são regras vai ter de as aprender rapidamente.

Um dia que tinha tudo para ser um grande dia, mas que fica manchado e não existia razão para isso. Eu vivo 24h para este Clube. Amo-o com todas as minhas forças. Não posso assistir de forma impávida e irresponsável a estes atos de vedetismo.

 

Para mim as vedetas do Sporting CP sempre foram e sempre serão aqueles que lhe juraram ser fiel e amor eterno: os Adeptos e, sobretudo, os Sócios!

 

São estas atitudes, entre outras, que me deixam cada vez mais intrigado, pois nas restantes modalidades nunca se assistiu a coisas destas. Quererá isto dizer que o dinheiro que se ganha é proporcionalmente inverso ao respeito que acham que têm de ter pelos pedidos do Clube?

 

E qual o papel dos capitães no seio dos grupos?

 

Vocês são uns felizardos numa sociedade cada vez mais pobre e com carências... o que vocês fazem, provam o que é pobreza de espírito.

 

Que merda andar sempre a sentir isto de vocês.

 

É um desalento que já não existe paciência.

 

Não tinha custado nada e eu escusava de me sentir assim".

 

Mensagem enviada a Rui Patrício e William de Carvalho no dia 6 de Abril

 

"Boa tarde. Após o jogo do Paços vamos ter a conversa mais séria que vocês tiveram na vossa vida. Tenho 4 filhas e não tenho paciência para amuos ou falsos profetas. Vão perceber de vez o vosso lugar. Crianças amuadas não pertencem ao Sporting a não ser o da Covilhã".

 

Há muito mais, mas estas deixam uma ideia da constante pressão de Bruno de Carvalho sobre a equipa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:30

 

BN-BS902_marcot_GR_20140302111438.jpg

 

Jogadores de futebol não poderão mais levantar suas camisas para exibir uma mensagem na roupa de baixo, mesmo que o conteúdo dela seja de cunho educativo ou solidário, decretou no sábado - dia 1 de Março de 2014 - o International Football Association Board (IFAB). O órgão que regulamenta as regras do futebol também autorizou o uso de vestes para cobrir a cabeça das mulheres, após um período de testes de dois anos, o que também se aplicará a homens.

 

A exibição de mensagens nas camisas de baixo já havia sido banida pela FIFA, órgão máximo do futebol, mas os jogadores continuavam a mostrar mensagens parabenizando alguém ou celebrando o nascimento de uma criança.

 

Nenhuma frase ou imagem em qualquer roupa de baixo poderá ser mostrada, nem mesmo aquelas com boa intenção. A regra valerá a partir do dia 1 de Junho de 2014 e estará em vigor no Campeonato do Mundo, disse o então secretário-geral da FIFA, Jerome Valcke, em entrevista, após reunião com o International Board.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:19

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo