Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Quer se queira quer não, o mercado mexe com eles

Matheus Nunes no Wolverhampton

Rui Gomes, em 15.08.22

Screenshot (1237).png

Matheus Nunes ainda está longe da sua melhor forma. Até um certo ponto, considerando que estamos ainda no início da nova campanha, é perfeitamente natural, por outro lado, é muito díficil não pensar que o mercado está a mexer com ele.

Até ao momento, inclusive da pré-época, e não obstante o golaço contra o Rio Ave - que ele quase não festejou - o seu melhor futebol só foi visto na primeira parte frente ao SC Braga.

Não duvidamos que já houve um bom número de abordagens de clubes interessados em saber em que condições o Sporting estará disponível para libertar o jogador. Fala-se muito de uma proposta do Wolverhampton - 45 milhões de euros fixos mais 5 milhões variáveis - mas nunca houve confirmação formal dessa proposta.

22341427_9Dk3n.png

A única até agora confirmada foi a do West Ham; 30 milhões de euros fixos mais 5 milhões variáveis. Além dos valores estarem muito distantes do que o Sporting pretende, consta que o próprio jogador rejeitou a hipótese de se transferir para este clube de Londres. Sendo assim, acho que fez muito bem. Merece um clube de nível superior, a exemplo do Liverpool, que a Imprensa inglesa diz que pondera cobrir a cláusula de rescisão de 60 milhões de euros.

Creio que o próximo jogo no Dragão vai ser decisivo, não tanto para a equipa mas mais para o futuro dele. É de esperar que o treinador do FC das Antas tem-lhe destinada uma marcação cerrada, mas também não duvido que o Matheus vai fazer o possível para rubricar uma exibição de encher o olho.

O cenário mais plausível é Matheus Nunes sair do Sporting neste mercado. Falta saber para onde e por quanto. Vão ser uns dias muito intranquilos até ao final do mês.

ADENDA

Ainda não há palavra oficial do Sporting, mas está a ser noticiado que a transferência de Matheus Nunes para o Wolverhampton já está selada. O negócio ficou fechado nas últimas horas e o médio - que não aceitou rumar à equipa de Bruno Lage numa primeira fase - acabou por concordar.

Ao que consta, o Sporting recebe 45 milhões de euros fixos mais 5 milhões por objectivos.

publicado às 22:00

Mercado de Inverno do Sporting

Rui Gomes, em 28.02.22

64351858_2234322316605577_1964703240180203520_n.jp

A Sporting SAD comunicou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) os detalhes de todos os negócios efectuados no mercado de Inverno, com destaque para as contratações de Edwards e Slimani e os empréstimos de Tiago Tomás e Jovane.

Começando pelas entradas, Edwards custou 7,5 milhões de euros, além de um bónus que pode ir até 500 mil euros, por 100 por cento do passe. Os leões pagaram, ainda, comissão de manutenção de 115 mil euros. O inglês assinou contrato até 2026 e ficou com uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros. Por sua vez, o V. Guimarães garantiu 50% de uma futura venda, além de ter garantido Bruno Gaspar em definitivo e Geny Catamo por empréstimo, com direito de preferência em futura cedência.

Quanto a Slimani, o regresso a Alvalade, a custo zero, implicou uma comissão de 250 mil euros. O argelino, ex-Lyon, assinou até 2023 - com opção por mais uma época - e ficou com cláusula de rescisão de 45 milhões de euros.

No capítulo das saídas, o empréstimo de Tiago Tomás ao Estugarda rendeu 500 mil euros aos cofres, a despeito de uma comissão com a Proeleven, cujo valor não foi divulgado. A cedência é válida até 2023, mas os leões asseguraram o direito, se assim o entenderem, de interrompê-la em junho deste ano. O Estugarda ficou com opção de compra, sem que o valor tenha sido especificado, mas que poderá ser 14 milhões de euros.

Jovane rumou, igualmente por empréstimo, à Lazio, num negócio com bónus até 300 mil euros. Os italianos reservaram opção de compra, de novo não especificada, mas que poderá cifrar-se nos 8 milhões de euros.

Os empréstimos de Marco Túlio (CSA), Carlos Jatobá (Santo André), Alexandre Mendes (Almeria) e Luiz Phellype (OFI Creta, com taxa de 45 mil euros) também constam na lista. Quanto às saídas em definitivo, são mencionados os negócios por João Goulart (Mafra), Bernardo Sousa (Chaves) e Duarte Carvalho e Tiago Santos (Estoril) - o Sporting garantiu o direito de preferência por todos e a possibilidade de recompra por este último.

O comunicado da Sporting SAD à CMVM disponível aqui.

publicado às 03:02

size_960_16_9_futebol40.jpg

A pergunta do título do post é algo retórica, dado que através dos comentários já deixei a ideia que aprovo as decisões tomadas pela SAD, em conjunto com Rúben Amorim e o seu staff técnico.

Esperávamos, ou desejávamos, uma surpresa, mas ela não se materializou, nomeadamente no que refere a um defesa central. Compreendemos, no entanto, que quando o dinheiro é curto o leque de opções é forçosamente limitado.

REFORÇOS

Marcus Edwards - Chega a troco de 7,670 milhões de euros, mais 500 mil euros por objectivos colectivos, correspondente aos 50% dos direitos económicos detidos pelo V. Guimarães (o Tottenham detém os outros 50%), a cedência do passe de Bruno Gaspar, o empréstimo de Geny Catamo até ao final da época, salvaguardando o Vitória preferência para extensão do vínculo para 2022/23 e, por fim, o direito de preferência exclusiva sobre Gonzalo Plata, caso ele não permaneça no Valladolid, onde se encontra por empréstimo do Sporting. Edwards assinou até 2026 e vai envergar a camisola número 23.

Screenshot (623).png

Islam Slimani - Rescindiu com o Lyon o vínculo contratual que o ligava até Junho 2022 e ficou jogador livre. É de admitir que há um acordo com o Sporting sobre o seu salário e prémio de assinatura, muito provavelmente. O contrato será por época e meia. Slimani vai envergar a camisola número 9.

SAÍDAS (plantel principal)

Tiago Tomás - Emprestado ao Estugarda até Junho 2023, com o clube alemão a reservar a opção de compra, ao que consta, por 15 milhões de euros.

JOVANE CABRAL - Emprestado à Lazio a troco de um milhão de euros, com aparente opção de compra no final da época por 8 milhões de euros, mediante objectivos.

Observações do nosso colega redactor Leão do Norte...

"O Marcus Edwards é um craque em potência. E trabalhado pelo Rúben Amorim vai ser uma delícia vê-lo jogar no Sporting".

"A desestabilização que o Slimani pode provocar nos adversários, aliada à forma como o seu jogo intenso e aguerrido faz vibrar os nossos adeptos, são os trunfos que o "novo" Slimani aporta ao Sporting".

Também gostei desta manchete em Record...

"Eternos apaixonados: Sporting e Slimani voltam a dar uma chance ao amor".

ADENDA

Segundo Record, o Sporting também assegurou a contratação de Diogo Abreu, médio de 19 anos do FC Porto, a partir da próxima época. O contrato dele terminava em Junho e, por isso, estava livre para assinar com outro clube nesta janela de transferências.

publicado às 03:03

O último dia do mercado

Rui Gomes, em 31.01.22

22236681_coq3C.png

É nossa intenção manter este post no topo da página durante o dia e actualizar, dentro do possível, as informações do mercado. Isto, evidentemente, se houver novidades no que ao Sporting diz respeito. O mercado de transferências em Portugal encerra esta segunda-feira às 23h59.

Para já, como aliás já aqui publicámos, só consta a apresentação oficial de Tiago Tomás no Estugarda, onde chegou por empréstimo até Junho 2023, ficando o emblema alemão com opção de compra no final da cedência, ao que consta, por 15 milhões de euros.

É de acreditar que com a saída do Tiago vai chegar alguém para a frente do ataque e como nós já sabemos os principais candidatos - mediante o que é público - são Marcus Edwards e Slimani, embora em posições e circunstâncias diferentes.

Nos diários desportivos que, a esta hora, já chegaram à banca, vem a notícia que o acordo por Marcus Edwards foi fechado ontem à noite em Guimarães. Jovane e Tabata não estão incluídos, mas falta saber os valores que o Sporting assume pagar pelo jogador. Este, por sua vez, vai assinar contrato até 2026.

ADENDA

Bem... já chegámos ao meio do dia e ainda não há anúncio algum oficial e nem sequer consta que tenha chegado alguém a Lisboa, nem sequer o Edwards, que terá de fazer os exames médicos. Por este andamento, só podemos concluir que a possibilidade de reforços é muito remota.

ADENDA #2

O Sporting rejeitou uma proposta do Sassuolo para o empréstimo de Jovane Cabral até final da época: os italianos queriam levar o avançado para a segunda metade de 2021/22, num negócio com taxa de cedência a rondar os 500 mil euros e uma opção de compra de 7 milhões. Jovane, recorde-se, tem contrato válido com o Sporting até 2023. Foi dos poucos futebolistas que ainda não renovou durante a presidência de Frederico Varandas, pese a intenção - que persiste - da SAD em prolongar a sua ligação com o futebolista.

O Sporting apresentou a última proposta a Slimani e agora compete ao jogador tomar uma decisão. Tem tudo a ver apenas com números. Peter Bosz, treinador do Lyon, comentou a situação: "O Islam ainda está connosco, mas o mercado só fecha à meia-noite". Slimani, no entanto, falhou hoje o treino do clube francês, apesar de ser o único avançado às ordens do treinador. A informação é avançada pelo 'L'Équipe'. Coincidência... ou não!

ADENDA #3

Segundo a CNN Portugal, já há acordo entre Sporting e Slimani e falta apenas o jogador rescindir formalmente com o Lyon, com o qual tem contrato até Junho 2022.

Marcus Edwards já está em Lisboa para realizar os exames médicos e assinar contrato com o Sporting até 2026. Aguardamos, entretanto, informações sobre o acordo entre clubes. O Tottenham tem direito a 50% de uma futura mais valia, segundo o acordo na transferência do jogador para o V. Guimarães em 2019.

ADENDA #4

272996651_4647659285344854_698772388601522571_n.jp

Pelos vistos, à última da hora - o mercado na Itália fechou às 19h00 de Portugal - Jovane Cabral foi cedido à Lazio por um milhão de euros. A concretizarem-se as metas individuais do futebolista, valor a pagar no final da época fixa-se nos 8 M€. Se isto significa uma opção de compra não é claro neste momento, mas é possível que seja.

Muitas versões do negócio de Marcus Edwards. A última, que a transferência foi acordada entre as partes por 7,670 milhões de euros, mais 500 mil euros por objectivos coletivos. O empréstimo de Geny Catamo até ao final da época, com opção de compra não revelada, e o V. Guimarães assegura 10% da mais-valia que seria para o Tottenham, ex-clube do inglês, em caso de futura venda.

Além de Geny Catamo, os vimaranenses também asseguram o regresso de Bruno Gaspar, em definitivo (o defesa, considerado excedentário pelo Sporting, vai assinar contrato até 2026), além do direito de preferência sobre Gonzalo Plata caso ele não fique no Valladolid, onde se encontra emprestado. Se o extremo ficar em Espanha, esse direito fica reservado para outro jogador do Sporting, a definir no Verão mediante a constituição do plantel.

ADENDA #5

Islam Slimani rescindiu contrato com o Lyon e é reforço do Sporting. A confirmação foi dada pelo próprio clube francês. O internacional argelino, de 33 anos, é esperado amanhã em Lisboa para iniciar a sua segunda etapa no clube leonino, que representou entre 2013 e 2016. Nesse período, apontou um total de 57 golos em 111 jogos.

O MERCADO EM PORTUGAL FECHOU

publicado às 03:35

Varandas e PdC.jpg

Excerto da capa do jornal "A Bola".

O Sporting emitiu ontem um comunicado à CMVM, a informar acerca das transacções de jogadores no mercado de Verão.

Ao consultar o comunicado, o mesmo despertou em mim dois sentimentos contraditórios: a felicidade por ver algo muito bem feito, e a revolta por o mesmo espelhar algo que para mim é inaceitável.

O muito bom

A comunicação acerca das transacções de jogadores foi algo implementado no Sporting em 2015 com o propósito de dar transparência acerca da principal actividade do Clube. Apesar da excelente medida, depressa se verificou que novos tempos (mais criativos nos negócios) exigem mais detalhe acerca do principal negócio do Clube e Frederico Varandas mostrou estar bem à altura para responder a essa exigência, não só continuando a divulgação das transferências, mas incluindo cada vez mais informação extra. Este ano não foi excepção e daí que o comunicado nos mostre bastantes detalhes acerca das diversas entradas e saídas, incluindo o nome dos empresários intervenientes no negócio, condições futuras, etc…

Note-se que a elaboração deste comunicado é fundamental para que os sócios e adeptos se possam informar acerca de cada negociação, mas também para trazer uma pressão extra à comunicação social que tanta vez vive de rumores, pois sabendo que os valores reais serão conhecidos, sentir-se-á menos tentada a fazer manchetes baseadas em nada e que tantas vezes prejudicam o futebol.

O assim-assim

Este comunicado em vários aspectos foi apenas “assim-assim”, logo a começar pela data de publicação, pois nunca havia sido publicado tão tarde o que me deixa com a inevitável ideia que se queria esconder algo antes da AG de sábado, pese embora os assuntos fossem completamente distintos.

Depois, e apesar de alguns negócios muito bem detalhados, outros há cuja informação é zero e nesses fica sempre aquele pensamento: “Será que estão a esconder alguma coisa? Ou é tão lesivo para o Sporting que nem divulgam?”

Há ainda algumas situações que clarificaram comunicações anteriores, como por exemplo o empréstimo de Sarabia, que, afinal, incorreu em elevados custos até aqui omitidos.

Por fim, verifica-se que apesar das comissões a empresários muito baixas que o Sporting pagou (redução gigantesca), há ainda ocorrências curiosas, como o pagar comissões quer em compras quer em vendas e ainda em empréstimos, bem como ainda o caso curioso de Domingos Andrade onde o Sporting pagou mais de comissões a empresários que pelo passe do próprio jogador.

O inaceitável  

A divulgação do comunicado veio confirmar os rumores de alguns jornais que diziam que Sporting e FC Porto tinham-se juntado num negócio “fictício”, de troca de jogadores secundários, supra inflacionados, ao estilo do que o Porto já tinha feito com Guimarães.

O silêncio do Sporting acerca deste assunto é ensurdecedor e sem qualquer clarificação por parte da Direcção sobre o mesmo e vendo agora com este comunicado a real dimensão do que foi feito (troca valorizada em 11M em cada jogador), a mim pessoalmente, deixa-me muito, mas mesmo muito desconfortável.

Note-se que sem outros detalhes e justificações (e parece mesmo que não existem), este é um negócio que além das potenciais ilegalidades, não trás qualquer vantagem visível e imediata ao Sporting, tendo apenas e aparentemente ajudado o nosso rival (FC Porto) a livrar-se das amarras do fair-play financeiro da UEFA… e mesmo que este fosse um negócio vantajoso para o Sporting, a total falta de ética e o “chico-espertismo” do mesmo, seriam mais do que suficientes para me manifestar, pois não posso ser um acérrimo critico à “negociata” que o FC Porto fez com o Guimarães e depois assobiar para o lado quando o Sporting faz o mesmo.

Ainda para mais, existe a agravante desta inenarrável acção, ter sido feita com um rival a quém o nosso Presidente chamou “bandido” e que “estaria a mais no futebol”.

Como nota final sobre este assunto, desejo e espero que Varandas venha urgentemente a público explicar esta aparente “negociata”, pois ele mesmo disse uma vez que “cortaria a sua mão se o Sporting se visse envolvido em investigações a transferências…”… é que, depois de deixar o Sporting, a mão far-lhe-á com certeza muita falta para continuar a sua actividade enquanto médico.

publicado às 12:45

Sporting apresentou contas à CMVM

Rui Gomes, em 26.10.21

O Sporting CP comunicou esta segunda-feira, em nota enviada à CMVM, o resumo das operações de entradas e saídas de jogadores no mercado de Verão 2021. Em destaque fica a troca negocial de Rodrigo Fernandes por Marco Cruz com o FC Porto, que movimentou 22 milhões de euros, 11 milhões para cada lado.

De acordo com os dados apresentados, o Sporting investiu neste defeso perto 30 milhões de euros (contando comissões), sendo que, para lá dos 11M€ pagos por Marco Cruz, foram 6,5M€ foram para Manuel Ugarte e 5,5M€ para Ricardo Esgaio. O valor do empréstimo de Pablo Sarabia junto do Paris SG é 2 milhões de euros.

img_920x519$2021_10_25_19_56_30_1920073.pngimg_920x519$2021_10_25_19_56_29_1920072.pngimg_920x519$2021_10_25_19_58_15_1920074.pngimg_920x519$2021_10_25_19_58_17_1920075.png

No capítulo das saídas - excluindo a tal troca de 11 milhões de Rodrigo Fernandes/Marco Cruz - o Sporting recebeu 22,6 milhões de euros; com objectivos podem chegar aos 24M€ (no caso pelas cláusulas de Max, Rosier e Lumor).

ADENDA

Face aos comentários de vários leitores sobre o negócio envolvente de Rodrigo Fernandes e Marco Cruz, aproveito para adicionar a explicação do leitor Jorge Silva, que, creio, ajuda a compreender o aspecto mais técnico da operação. Isto, à parte de o supracitado ter ocorrido com o clube do Norte, tema separado.

"Trata-se de uma mera engenharia financeira que permite melhorar os resultados. Com a venda, os 11 ME são considerados mais-valias do exercício (pois os jogadores oriundos da formação valem zero no activo). Com a compra, aumenta-se o activo e só uma parte vai a gastos (% do valor do passe amortizado pelo número de anos do contrato). Não é ilegal, desde que o valor em que os jogadores são avaliados não seja escandaloso. Com certeza, que este valor de 11 ME foi avaliado por um empresário (Jorge Mendes) e uma vez que os jogadores são jovens e têm potencial não é nenhum valor absurdo. Claro, que se avaliassem cada jogador em 100 ME iriam ter problemas".

publicado às 03:33

Screenshot (163).png

A acreditar nos rumores noticiosos, metade do plantel do Sporting está a ser cobiçado por emblemas fora fronteiras.

- O caso de Nuno Mendes não é novidade, mas, pelos vistos, está em stand-by face ao Euro 2020. Os dois clubes de Manchester, Real Madrid, etc..

- O nome de João Palhinha tem vindo a ser associado ao Nápoles, mas, ao que consta, as exigências do Sporting intimidaram o emblema italiano.

- Matheus Nunes tem estado em grande destaque nos últimos dias, com o Everton no centro das atenções. 20 milhões, dizem os rumores da praça, e um salário milionário para o médio... "cinco vezes mais do que ele aufere no Sporting".

- Outra notícia sem fonte identificada, fala no interesse do Sporting em vender o guarda-redes Luís Maximiano. O Mallorca é um dos clubes interessados, além da Sampdoria e da Udinese.

- Jovane Cabral para sair por 10 milhões de euros, com vários clubes interessados.

- O mais recente rumor relaciona-se com Daniel Bragança. Segundo o site "MilanNews24", afecto ao clube italiano, o médio leonino  agradou pela prestação durante o Europeu de sub-21 pela selecção portuguesa. Consequentemente, o clube rossonero tem 15 a 20 milhões de euros para atacar a sua contratação.

_____________________________________________

Em sentido contrário, parece que as negociações entre Sporting e SC Braga por Ricardo Esgaio estão num total impasse, quase descartadas, enquanto que a contratação de João Mário a título definitivo também não está bem encaminhada.

No entanto, segundo Record, já há acordo com o Valência por Daniel Wass, lateral direito dinamarquês de 32 anos, por 2 milhões de euros. Na época passada, realizou 36 jogos, todos como titular, na La Liga. Inclusive, que Rúben Amorim já falou com o jogador que conheceu no Benfica. Podemos vê-lo jogar hoje pela Dinamarca, na qual ele é usualmente titular, no jogo do Euro 2020 com a Bélgica.

Ainda, negociações em curso com o Famalicão por Manuel Ugarte, médio uruguaio de 20 anos. O Sporting tenta incluir jogadores para baixar o preço.

publicado às 05:04

"Vamos vender mais do que comprar"

Rui Gomes, em 08.03.21

img_920x518$2021_03_05_12_32_37_1822531.jpg

Considerações de Salgado Zenha, vice-presidente do Sporting com responsabilidade pela pasta financeira, em entrevista ao Jornal Económico, sobre a actividade do próximo Verão:

"O Sporting é, como já lhe disse, um vendedor líquido de jogadores. O Sporting e todos os clubes portugueses! Com certeza que vamos vender mais do que vamos comprar. Tudo vai depender de como evoluir o mercado, das propostas que chegarem e das alternativas que surgirem. No ano passado reforçámos bem a equipa além dos jogadores de que já falámos. O Adan veio a custo zero, o Feddal também... Há formas de reforçar sem gastar muito dinheiro. O objectivo será reforçar a equipa nas posições que o futebol profissional entender, mas na linha que temos definida: vamos vender mais do que vamos comprar.

Estamos a trabalhar no sentido de manter a espinha dorsal da equipa. Quando falo em resultados operacionais sem transacções de jogadores é exactamente para podermos ter mais conforto e não termos tanta necessidade de vender. Mas continuaremos, como lhe disse, a ser um clube vendedor. Este Verão também."

publicado às 03:03

img_920x518$2021_02_17_12_41_30_1816099.jpg

O Sporting CP informou esta quarta-feira a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) de todos os negócios que a SAD realizou no mercado de Inverno. No documento é também formalizada a compra da totalidade do passe de Matheus Nunes, tendo sido pagos 450 mil euros ao Estoril por 50%,

publicado às 12:30

As últimas do mercado

Rui Gomes, em 28.01.21

a724facb5087f78d7c9c32781790da42.jpg

A acreditar na reportagem de hoje de Record, o Sporting prepara-se para fazer o "ataque final" por Paulinho, avançado do SC Braga.

Segundo o diário desportivo - informação proveniente de "várias fontes" - em cima da mesa estará uma transferência que custará 12,5 milhões de euros aos cofres sportinguistas e envolverá a cedência de Borja e Rodrigo Fernandes (60 e 80% dos respectivos passes). Isto, por 70% dos direitos económicos do atacante do emblema minhoto. Ainda que a vontade do jogador pode ser decisiva, dado que este "quer dar o salto para o Sporting".

Parece-me excessivo, mesmo reconhecendo a qualidade do jogador e a necessidade de um ponta de lança por parte do Sporting.

- Afastado do grupo de trabalho desde o início da época, Stefan Ristovski recebeu várias sondagens da Grécia. Goradas as hipóteses de prosseguir a carreira no Olympiacos e no PAOK, o lateral está agora em negociações com o AEK de forma a não correr o risco de ficar parado toda a época.

A Sporting SAD estará receptiva a um empréstimo com opção de compra no valor de 2,5 milhões de euros. Contudo, não compartilhará o salário.

- Actualmente a jogar na equipa B para ganhar ritmo, Rafael Camacho também está a negociar a saída do Sporting por empréstimo, e o ala tem ofertas oriundas da Alemanha, França, Grécia e Turquia.

- A vinda de Matheus Reis já em Janeiro continua dependente de um acordo com o Rio Ave sobre compensação. Empréstimo de Luiz Phellype estará a ser equacionado, embora o jogador não esteja muito receptivo a deixar Alvalade.

publicado às 14:00

Últimas do mercado

Rui Gomes, em 02.01.21

21980998_wRF8m.jpeg

- Tiago Ilori terá recebido uma proposta da MLS para jogar no New York Red Bulls, mas rejeitou a possibilidade de dar continuidade à carreira nos Estados Unidos. O clube norte-americano pretendia o empréstimo do jogador até Dezembro de 2021.

- A Sporting SAD estará a negociar com Bruno Gaspar a rescisão do contrato do lateral-direito de 27 anos que não entra nas contas de Rúben Amorim e está sem competir, com o intuito de chegar a uma solução favorável para ambas as partes. O seu salário de 1,4 milhões de euros anuais é factor incontornável.

- Rumor sem sentido algum (na minha opinião) do jornal A Bola, em que o SC Braga está interessado em Stefan Ristovski, jogador que neste momento não faz parte dos planos de Rúben Amorim e que ainda tem contrato com o Sporting até Junho 2022 e cujo passe está avaliado em 3,85 milhões de euros.

publicado às 13:30

Últimas do mercado

Rui Gomes, em 26.12.20

vai-e-vem-do-mercado-brasileiro.jpg

- Ausente nas últimas três convocatórias do Almería, Pedro Mendes poderá estar a viver os seus últimos dias enquanto jogador da formação da Segunda Divisão espanhola. Segundo adianta o jornal 'AS', o avançado não entra nas contas de José Gomes e os dirigentes do clube vão tentar junto do Sporting garantir um acordo para terminar o acordo de cedência já no mês de janeiro. A ideia do Almería passa por reduzir o seu longo plantel, que conta com 28 jogadores.

Chegado no mercado de Verão, quando o Almería tinha acabado de perder Darwin Nuñez para o Benfica, Pedro Mendes disputou dez encontros, não conseguindo apontar qualquer golo. Tem contrato com o Sporting até Junho 2023.

- Sem espaço nas opções iniciais de Rúben Amorim, Cristian Borja pode deixar o Sporting no mercado de Inverno. Segundo o portal 'Futbol Total', o Toluca vai tentar garantir junto dos leões o regresso do colombiano, que em 2018/19 trocou os relvados mexicanos pelo conjunto de Alvalade por 3,2 milhões de euros.

Ao que consta, o técnico Hernán Cristante, vê em Borja uma boa solução para reforçar a equipa para atacar o Clausura 2021. Tem contrato com o Sporting até Junho 2024.

- Segundo a imprensa belga, Bas Dost vai trocar o Eintracht Frankfurt pelo Club Brugge, num negócio que se fez por 4 milhões de euros e que fará com que o Sporting receba 600 mil euros, referentes aos 15% de uma futura venda que os leões tinham reservado aquando da saída do holandês rumo ao emblema alemão no início de 2019/20.

- De acordo com o jornal espanhol "Marca", a SAD do Sporting pretende terminar, com efeitos imediatos, o empréstimo do extremo maliano Abdoulay Diaby ao Getafe. Até esta altura, o jogador, de 29 anos, foi utilizado em apenas um jogo, e durante 17 minutos, numa partida contra o Valência.

Ciente do pouco rendimento de Diaby no futebol espanhol, o Sporting pretende o regresso do jogador para poder transferi-lo a título definitivo, por exemplo para o futebol belga onde tem mercado. Diaby foi contratado ao Club Brugge no Verão de 2018, a troco de 7,4 milhões de euros e tem contrato com o Sporting até Junho 2023.

publicado às 03:03

Mensagem clara

Rui Gomes, em 11.11.20

Screenshot (372).png

Miguel Braga, director de comunicação do Sporting, recorreu às redes sociais para reiterar a recém-mensagem de Rúben Amorim, a propósito do reforço do plantel quando reabrir o mercado em Janeiro.

Na antevisão do jogo com o V. Guimarães, Rúben Amorim disse: "O mercado está ainda muito longe, não temos qualquer ideia, fazemos as coisas de forma planeada e não é por estarmos em primeiro que vamos investir mais ou menos. Há um processo, as ideias são claras, ninguém está a pensar no mercado."

E se "alguém" (do Sporting) está a pensar no mercado, faz muito bem em nada divulgar na praça pública.

publicado às 12:00

auto.jpg

Os clubes de futebol gastaram menos 1.608 mil milhões de euros (ME) em transferências de jogadores na janela de transferências de verão, em relação ao mesmo período em 2019, anunciou a FIFA.

Num relatório publicado, esta sexta-feira, pelo organismo de cúpula do futebol mundial, fica evidente o impacto da pandemia de Covid-19 nos mercados, sobretudo na janela de transferências europeia, com a FIFA a registar, ao todo, um volume de cerca de 3,317 mil ME gastos em transacções neste defeso.

Os principais gastadores foram os clubes europeus, com um terço dessa fatia dedicada ao futebol inglês, e também a Europa regista o principal volume de vendas, num relatório da FIFA que não inclui valores relativos a transferências dentro de um mesmo país.

Desde 2010 que os clubes são legalmente obrigados a partilhar os detalhes financeiros de transferências entre emblemas de países diferentes, registados numa plataforma dedicada, com o futebol feminino a fazer o mesmo desde 2018.

Neste campo, o valor quase duplicou em relação a 2019, mas mesmo assim ascendeu ainda apenas a cerca de 700 mil euros, entre Junho e os primeiros dias de Outubro.

Reportagem da Lusa

publicado às 03:48

img_920x519$2020_10_08_11_54_41_1763552.jpgimg_920x519$2020_10_08_11_54_40_1763551.jpgimg_920x519$2020_10_08_11_54_39_1763550.jpg

img_920x519$2020_10_08_11_54_38_1763549.jpg

img_920x519$2020_10_08_11_54_37_1763548.jpg

O Sporting CP fez esta quinta-feira um balanço do mercado de transferências leonino destacando os "reforços com qualidade" e o "investimento baixo". No jornal oficial do Clube, são divulgados os valores oficiais de todas as operações realizadas até ao dia de fecho do mercado, 6 de outubro, terça-feira.

Bruno Tabata, ex-Portimonense que assinou contrato por cinco anos com o Sporting com uma cláusula de 60 milhões, custou 500 mil euros... mas pode custar 4,5 milhões. Os leões pagaram meio milhão de euros aos algarvios pelo passe do extremo, mas os algarvios ficam com 90% de uma futura venda, tendo o Sporting opção por reduzir essa futura venda para 50% por mais 4,5 milhões.

Já Feddal (ex-Betis) custou aos cofres de Alvalade 2,15 milhões de euros e não 3M€ como era público até ao momento. Geny Catamo chegou a custo zero do Amora, com o Sporting a deter já 25% do passe podendo comprar os restantes 75%.

Finalmente, Nuno Santos custou 3,75 milhões e não 3 M€, com Francisco Geraldes e Gelson Dala incluídos no negócio. O Rio Ave reservou 20% de uma futura venda de Nuno Santos, enquanto o Sporting "mantêm 25% de futura venda e direito de preferência" sobre Geraldes e Dala.

_______________________________________________

ADENDA

A SAD do Sporting informou a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) da sua actividade no mercado de verão e, além dos valores anteriormente anunciados no Jornal Sporting, no comunicado enviado esta quinta-feira é possível observar que os leões pagaram, no imediato, cerca de 5 milhões de euros em comissões (4,951 milhões de euros).

No capítulo das entradas em definitivo, a Administração teve encargos adicionais nas contratações de Antunes (comissão de 135 mil euros) e Zouhair Feddal (comissão de 400 mil euros), bem como nos dossiês de Pedro Gonçalves (comissão anual de manutenção de 85 mil euros), Antonio Adán (comissão anual de manutenção de 80 mil euros), Nuno Santos (comissão anual de manutenção de 142 mil euros) e Bruno Tabata (comissão anual de manutenção de 54 mil euros).

No que toca aos dois jogadores que entraram por empréstimo, Porro (comissão de 175 mil euros) e João Mário (comissão de 100 mil euros) também entram nestas contas.

Por outro lado, nas saídas do Clube, o Sporting pagou igualmente comissões nos negócios de Matheus Pereira (825 mil libras, o que rondará os 900 mil euros); Acuña (1,05 milhões de euros) e Wendel (1,78 milhões de euros). A este propósito, refira-se que a transferência de Acuña foi intermediada pela Gestifute, de Jorge Mendes.

Já nos jogadores que abandonaram Alvalade cedidos, apenas Diaby obrigou ao pagamento de uma comissão de 50 mil euros.

publicado às 12:54

Último dia do mercado

Rui Gomes, em 06.10.20

Islam-Slimani-Arsenal-Liverpool-Transfer-News-6795

- Quando tudo indicava que o regresso de Slimani a Alvalade estava bem encaminhado, parece ter havido um retrocesso nas negociações, pelo menos à hora que publicamos este post.

Segundo Record, o jogador argelino mostrava-se disponível para reduzir substancialmente o salário que actualmente aufere no Leicester (2.8M€ livres de impostos por época), mas mesmo assim não terá sido o suficiente para persuadir a SAD. Admite-se, também, que terá sido exigido um prémio de assinatura cujo valor se desconhece.

O mercado em Inglaterra já fechou, mas em Portugal o prazo só termina hoje, pelo que poderá ainda existir um volte-face.

- Já o mesmo não acontece com João Mário, que é esperado esta terça-feira para assinar contrato por uma época com o Sporting. Tal como foi reportado ontem, o Clube assumirá um terço do seu salário, cerca de um milhão de euros.

- Paulinho continua a ser prioridade para Rúben Amorim, mas tendo presente as elevadas exigências do SC Braga, a transferência é muito improvável. Embora tenha marcado 25 golos na época passada, em todas as competições, há quem argumenta que não justifica um investimento ao nível de o que está a ser exigido. O portal Transfermarkt avalia o seu passe em 13,2 milhões de euros.

- Wendel já assinou um contrato de cinco anos com o Zenit.

*** Tentaremos actualizar este post mediante os acontecimentos do dia.

Tags:

publicado às 04:17

Últimas horas do mercado

Rui Gomes, em 05.10.20

Idrissa.Doumbia1.jpg

- Sporting e Zenit fecharam no sábado o acordo com vista à transferência de Wendel. O negócio vai render aos cofres da SAD leonina 20 milhões de euros fixos, mas terá ainda uma componente por objectivos que poderá garantir um encaixe adicional de 4 milhões de euros.

- Idrissa Doumbia foi emprestado ao Huesca, da Liga espanhola, até ao final da época, com opção de compra no valor de 10 milhões de euros. O Huesca assume a totalidade do salário do jogador costa-marfinense.

- Valentin Rosier já foi apresentado no Besiktas, onde chegou por empréstimo do Sporting. O clube turco fica com a opção de compra por 7 milhões de euros e paga a taxa de um milhão pela cedência.

- Sporting estará a tentar o regresso de João Mário por empréstimo do Inter.

Tags:

publicado às 05:04

Rumores fantasistas do mercado

Rui Gomes, em 06.07.20

17025319_SW4A5.jpeg

Para rumores do mercado absolutamente fantasistas relativamente ao Sporting CP, nada melhor que os jornais A Bola O Jogo, especialmente o primeiro.

Um dos 'rumores' mais recentes dá conta do alegado interesse do Sporting em Danilo Barbosa, médio de 24 anos que se encontra ao serviço dos franceses do Nice, para onde foi transferido em 2017, pelo SC Braga, a troco de 10 milhões de euros.

Esta época, pelo emblema francês, Danilo Barbosa regista participação em 18 jogos, 13 dos quais como titular, acumulando 1213 minutos de jogo.

O portal Transfermarkt não está muito impressionado, pelos vistos, porque só avalia o seu passe em 7,150 milhões de euros.

Nas circunstâncias, exige-se uma imaginação muito fértil para perspectivar interesse do Sporting.

Mas não é caso para desanimar, amanhã teremos mais rumores deste calibre.

publicado às 02:17

1584138304_808758_noticia_normal.jpg

A FIFA divulgou esta terça-feira um documento com as recomendações para os clubes e ligas mundiais, relativamente à melhor forma de lidar com contratos e com o mercado de transferências depois da disrupção causada pelo Covid-19.

Contratos

Sobre os contratos que tinham validade até ao original final de época ou que começavam no inicio de época original, a FIFA recomenda que a data seja alterada conforme o as novas datas de final/início de época, ou seja, se o contrato acabava na data original de época (30 de Junho) deverá ser prolongado até ao novo final de época, o mesmo deverá acontecer nos contratos que começam na nova época.

Contratos de trabalho durante a paragem das competições

A FIFA recomenda que jogadores e clubes encontrem uma solução que agrade às duas partes país a país e Liga a Liga.

"Apesar de ser da responsabilidade das entidades nacionais encontrar a solução que se adapte melhor às circunstâncias do país, a FIFA recomenda que seja analisado todos e quaisquer aspectos de todas as situação de forma justa, incluindo tendo em conta as medidas governamentais para apoiar clubes e jogadores", escreve a organização.

Contudo, se um acordo não for alcançado entre as partes e o assunto chegar à FIFA, o organismo já deixou explicados os pontos que serão tidos em conta nessa análise:

- Se existiu uma tentativa genuína do clube de alcançar acordos com os jogadores;

- Qual é a situação económica do clube;

- A proporcionalidade de qualquer ajustamento ao contrato dos jogadores;

- A receitas dos jogadores depois de um ajustamento contratual;

- Se os jogadores foram tratados de forma justa entre si.

Janelas de transferências

A FIFA sublinha ainda a sua total flexibilidade em ajustar as janelas de mercado conforme necessário e de forma a adaptarem-se às novas circunstâncias.

Assim sendo, o organismo que comanda o futebol mundial está disponível para alterar as duas principais janelas de transferências para 'encaixarem' nas novas datas de final de época e início da próxima.

Além de tudo isto, a FIFA deixa ainda o aviso que "irá tentar garantir, onde for possível, um nível geral de coordenação e irá ter em consideração a necessidade de proteger a regularidade, a integridade e o funcionamento correcto das competições, para que os resultados desportivos não sejam injustamente afectados".

publicado às 05:02

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 24.03.20

mercado-de-transferencias2-e1536676410211.png

"O coronavírus chegou e ninguém sabe quando se vai embora. Mas é fácil prever que vai ter efeitos devastadores no mercado de transferências, uma das principais – muitas vezes a principal – fontes de receita dos clubes portugueses. Quem contava com os milhões vindos de Inglaterra, Espanha, Itália ou de qualquer outro país para tapar buracos abertos durante a época, deve estar agora muito apertado. O estado de cada um dos clubes no final desta tormenta poderá reescrever o mapa do futebol profissional em Portugal".

Sérgio Krithinas, Record

publicado às 03:32

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds