Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O «Messias»

Ricardo Leão, em 22.12.16

 

"O Homem que chegou para nos salvar"

 

A Bola.png

 

O Sporting e o seu presidente correm o risco de desbaratar o talento e a riqueza da obra já feita pela fancaria do porte e da palavra inútil.
 
Bruno de Carvalho todos os dias e a todas as horas. Veste-se com as roupas bélicas de um cavaleiro que monta um leão e traz a boa nova ao futebol português. Grita que o império está podre e que ele, enfim, chegou para nos salvar. Quem dele discorda quer destruir o seu reino de deus e é pertença ou lacaio da orla dos infiéis do exército vermelho.
Há sempre uma imagem do dia com Bruno de Carvalho rodeado de microfones e câmaras de televisão e, quando assim se apresenta, o seu rosto ilumina-se de um contentamento juvenil. Nada lhe dará mais prazer do que ser visto pelo mundo. Infelizmente, ainda é apenas o pequeno mundo pacóvio e um tanto bruto de um Portugal pequenino e desleixado do entendimento da devida proporção das gentes e das coisas, bloqueado na lucidez pela chuva implacável da informação sem filtro. Nada desinforma mais do que o excesso de informação que hoje em dia nos chega por todos os meios, formais e informais.
 
Bruno de Carvalho, a isso, dá também um importante contributo. Mete no mesmo saco de gatos o supremo tribunal suíço, onde, como se sabe, apenas pontificam descarados benfiquistas, o Conselho de Disciplina da FPF, os juízes do TAD, os comentadores de imprensa, das rádios e das cassetes piratas, os empresários e os fundos.
 
Por ele e contra eles Bruno de Carvalho é o principal autor de uma saga terrível, usando o seu temível Facebook, ou o Facebook de um dos seus fiéis escudeiros como infalíveis armas de arremesso. O pequeno universo da pasmaceira nacional excita-se com tão fantásticas proclamações. Ouve, muitas vezes sem perceber o assunto; vê, só raras vezes entendendo a que respeita a metralha de impropérios.
 
Bruno de Carvalho não estremece, uma única vez, sequer, com a possibilidade de já estar a ser ouvido, no sentido do entendimento do que diz, mas apenas a ser visto como um factor de entretenimento popular. Parece sempre confiar na sua dimensão de Messias que traz a verdade iluminada e que se predispõe a expulsar os vendilhões do templo. Não repara nos preocupantes sorrisos em seu redor.
 
Bruno de Carvalho tem um Jesus a comandar os seus discípulos, mas é ele quem encarna a figura do redentor, do Homem que veio ao mundo para nos salvar da desgraça de um futebol de benfiquistas e de portistas corruptos. O problema da palavra que tão energicamente anuncia é que ela se desacredita pelo desgaste do uso. Ou seja: o problema maior de Bruno de Carvalho é o da credibilidade do que diz, por culpa de como e quando o diz.
 
Bruno de Carvalho acha-se um mestre na arte de comunicar e dá a si próprio o direito de julgar os outros. «O presidente do Benfica fala pouco e não diz nada de jeito» - acusou, recentemente, sem pestanejar. Não percebe que quem fala de mais não é ouvido e não entende que já ninguém verdadeiramente o ouve com atenção e respeito.
 
O lado dramático da coisa é que nem tudo o que Bruno de Carvalho diz é disparatado e desproporcionado. Há, no meio do caos, assuntos importantes, ideias relevantes e uma lucidez perdida na irresistível tentação do conflito. Tal como há obra no Sporting. Há trabalho realizado, há um povo leonino mobilizado para os combates desportivos do presente e do futuro, regressado a um orgulho que se julgava perdido. Há um candidato de corpo inteiro regressado à luta, indisponível para continuar a ser conformado e paciente.
 
O problema do Sporting e dos sportinguistas é que o seu presidente corre realmente o risco de desbaratar o talento e a arte da obra bem feita pela fancaria do porte e da palavra inútil.
 
 
Vítor Serpa - jornal A Bola
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00

Esta fica para a História

Rui Gomes, em 12.04.13
 

O «MESSIAS» LIDERA E O CAMINHO ESTÁ LIVRE

« CONSEGUI ALCANÇAR EM APENAS DUAS SEMANAS O QUE NÃO FOI ALCANÇADO EM 17 ANOS »

Absolutamente incrível !... Ver para acreditar... e há quem acredite !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo


subscrever feeds