Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



“Mete o Marega!”

Leão Zargo, em 08.03.17

 

Mete o Marega SCP-FCP 2016-17.jpg

 

O maliano Moussa Marega destacou-se no futebol português com a camisola do Marítimo em 2015, o Sporting interessou-se vivamente por ele e pretendeu contratá-lo no período de transferências de Janeiro de 2016. No entanto, como o FC Porto atravessava graves problemas internos, Pinto da Costa procurou desviar a atenção do essencial, e tratou de contratá-lo. Jorge Jesus ficou furioso com a ultrapassagem portista e, pela primeira vez, exigiu publicamente reformas na “estrutura” sportinguista.

 

No Sporting o desvio não foi esquecido, e o maliano surgiu em Alvalade da pior maneira quando os portistas foram ali jogar em 28 de Agosto de 2016. Uma tarja de uma claque leonina gozava com o que seria um flop: “Mete o Marega!”. A claque ironizava com o facto do jogador não ter correspondido no Dragão e estar emprestado ao Vitória de Guimarães.

 

Na época de 2016-17, leões e vimaranenses encontraram-se por duas vezes. Em Guimarães, em 1 de Outubro de 2016, o Sporting vencia por 3-0, a partida aproximava-se do fim e a vitória era certa. Mas, Marega marcou dois golos, aos 74 e 75 minutos, para Francisco Soares empatar mesmo no final. No último domingo, em Alvalade, houve qualquer coisa de semelhante. Os leões venciam por 1-0, mas o maliano empatou o jogo aos 76 minutos e estragou a festa de apoteose da reeleição de Bruno de Carvalho.

 

Eu até acho que Marega não é jogador de equipa “grande”, e fiquei surpreendido com o interesse do Sporting há um ano atrás. Mas, é um grande jogador de equipa “pequena” e merece o respeito de todos os adeptos. Isso é certo.

 

A bazófia de Bruno de Carvalho contagiou a claque leonina. O “Mete o Marega!” remete para o “Bailando”, o “olhem para cima”, o “têm de dar mais luta” e outras fanfarronices do mesmo género. Como o presidente do Sporting ainda não percebeu as consequências da sua prosápia, na noite da vitória eleitoral tratou de acrescentar o “estremeçam”, a “nova era” e o “bardamerda”.

 

É lamentável que a conversa grosseira e a bravata permanente sejam a maneira de estar oficial do Clube. E, pelos vistos, a paparrotada presidencial é contagiosa, como se pôde ver com a tarja do Marega. Não há alternativa a essa dialéctica negativa e quixotesca? É que isso mais parece um ‘karma’ leonino.

 

publicado às 13:05

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Posts recentes


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo