Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



As modalidades vitoriosas

Rui Gomes, em 04.10.20

120455494_10157183576881923_7820259707658159603_n.120533027_10157183211841923_315966841933744223_o.j

120602347_10157183287716923_628101211862572015_o.j

Excelentes vitórias das equipas de hóquei em patins, andebol e voleibol, a complementar triunfos no futsal e no futebol de praia e, claro, a conquista da Supertaça pelos leões do ténis de mesa.

Nada menos do que fantástico!

Lamentavelmente, não conta muito para alguns sportinguistas que só vivem para o futebol sénior.

Parabéns a todos leões!!!

publicado às 03:46

Troféu Stromp - Modalidades

Rui Gomes, em 01.09.20

edit-sporting-tv-2.jpg

O Troféu Francisco Stromp, competição que visa homenagear uma das mais importantes figuras da história do Sporting Clube de Portugal e apresentar as equipas das modalidades de pavilhão aos Sportinguistas, vai arrancar no próximo sábado no Pavilhão João Rocha.

Esse dia marcará o regresso dos jogos no reduto leonino, cinco meses após a paragem forçada devido à pandemia, e contará com três encontros.

A primeira equipa a entrar em acção é a do voleibol, que irá medir forças diante do Castêlo da Maia GC, às 14h00, seguindo-se a do futsal que se irá apresentar frente do Viseu 2001, às 16h30, e por fim a do hóquei em patins que jogará com o HC Turquel, às 19h00.

Já as equipas de andebol e basquetebol disputarão o troféu apenas nos dias 8 e 10 de Setembro, respectivamente, às 20h30.

De referir que, de forma a cumprir as medidas estipuladas pela Direção-Geral da Saúde, estes jogos irão disputar-se sem público nas bancadas, mas todos eles serão transmitidos em directo e em exclusivo na Sporting TV.

publicado às 04:47

O regresso das modalidades

Rui Gomes, em 14.07.20

50b7d9712bc73b4a0146a7f03c28cab2.jpg

Andebol, basquetebol, futsal, hóquei em patins e voleibol voltam, em princípio, no dia 22 de Agosto.

Competições serão sem público e treinos retomam a 1 de Agosto. 

As datas ainda carecem de aprovação governamental até final de Julho.

Reportagem da Agência Lusa

publicado às 03:15

As competições nacionais de andebol, basquetebol, hóquei em patins e voleibol foram ontem definitivamente canceladas pelas respectivas federações, devido à pandemia de Covid-19, anunciaram as estruturas num comunicado conjunto.

As federações de Basquetebol, Andebol, Voleibol e Patinagem (hóquei em patins) assinam um comunicado conjunto onde, entre outras questões, confirmam o final da temporada 2019/20 sem a atribuição dos respectivos títulos nacionais.

"No seguimento da estreita colaboração entre as Federações de Andebol, Basquetebol, Patinagem e Voleibol, e tendo em vista a resolução de um conjunto de situações que são similares no que concerne às competições nacionais, fortemente afectadas pelo surto da 'COVID-19', as referidas Federações realizaram um conjunto alargado de reuniões com as suas respectivas estruturas – clubes, associações e demais representantes dos agentes desportivos", pode ler-se no comunicado.

2020-04-29 (3).png

O cancelamento das competições deixa sem campeões ou descidas os campeonatos destas quatro modalidades de pavilhão, que tinham as provas suspensas desde 11 e 12 de Março, seguindo o desfecho decidido para o futsal, em 08 de Abril, pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

O Benfica era o líder nos campeonatos de voleibol e hóquei em patins (5 e 3 pontos), o FC Porto o de andebol (1 ponto) e o Sporting o de basquetebol (1 ponto).

No andebol, a fase regular do campeonato nacional de andebol tinha acabado de chegar ao fim quando a interrupção da prova foi decretada. O FC Porto tinha terminado essa fase invicto e partia para a fase de apuramento do campeão com um ponto de vantagem sobre o Sporting, segundo classificado.

No voleibol, na data da interrupção, o Benfica liderava, invicto, ao fim de 24 jornadas, a fase regular do campeonato nacional da 1.ª divisão masculina, seguido do rival Sporting, que tinha vencido todas as suas partidas com excepção das duas frente às 'águias'.

No basquetebol o Sporting seguia no topo da tabela classificativa ao fim de 22 jornadas da fase regular, com 21 triunfos e apenas uma derrota. Os rivais Benfica e FC Porto estavam na perseguição, com menos um e três pontos, respectivamente.

Nota: Para as competições europeias 2020/2021, a ordem de prioridade a comunicar às Federações Internacionais, assentará no critério desportivo da classificação no momento da suspensão das respectivas competições.

publicado às 03:19

Isto também é o Sporting

Rui Gomes, em 21.02.20

86853651_10156588856841923_2422307863557832704_n.j

publicado às 18:00

O mais ecléctico dos clubes portugueses

Naçao Valente, em 18.02.20

2020-02-17 (2).png

*Título extraído de um comentário de Leão Zargo, num post sobre Joaquim Agostinho

O Sporting Clube de Portugal foi fundado por homens que gostavam de jogar futebol, uma modalidade, importada da Inglaterra, mas com muita aceitação no início do século XX. Mas quem consultar a história do Clube encontra logo no período da sua fundação várias outras modalidades, como ténis, atletismo e ginástica. Igualmente curioso é constatar que houve, desde sempre, grande participação de mulheres atletas na vida do Clube, como por exemplo Hortense Roquette.

O Sporting CP é um clube ecléctico, o campeão do eclectismo em Portugal. É e sempre foi. Sendo o futebol como modalidade popular, menos exigente em meios, e portanto acessível a todos os que o quisessem praticar,  depressa se popularizou. Bastava uma bola, às vezes feita de trapos para se reunirem interessados, num espaço mais ou menos amplo, e para se organizar um jogo.

No entanto, outras modalidades foram gradualmente ganhando o seu lugar, captando atletas e competindo ao mais alto nível interno e externo. Não foi por acaso que o Clube ganhou desde muito cedo títulos nacionais e europeus. É uma pena que esta rica história desportiva, não seja mais divulgada, porque é pouco conhecida da gerações mais recentes. Refere-se o ciclismo, que levou ao clube até ao país mais recôndito, o atletismo  com mais de sessenta medalhas internacionais, o hóquei em patins, com oito medalhas de ouro europeias, só para dar alguns exemplos.

2020-02-17 (3).png

Quando se aprecia a grandeza de um clube, tem que se ter em consideração o papel que desempenhou, não apenas no desenvolvimento e divulgação do futebol, mas no trabalho que foi feito noutras modalidades. Esta herança que vem do passado, mas que continua a estar presente, devia orgulhar todos os sportinguistas, e, diga-se, até os portugueses que apoiam outros clubes.

No Camarote Leonino, ao contrário de outros espaços, dá-se grande relevo a todas as modalidades. Um serviço de evidente valor que se presta ao Sporting e que merece ser devidamente reconhecido. Pena é que muitos dos seus leitores passem ao lado dessa divulgação. Pena é que os adeptos sportinguistas, e de todos os clubes, só vivam focados no futebol, com uma cegueira que não permite ir mais além. Deste modo, o chamado desporto rei, que também sigo com paixão, aliena mais do que liberta, como devia ser a função do desporto.

Os sportinguistas precisam de olhar para o Clube de uma forma mais ampla, valorizando o seu historial, passado e presente, unindo-se à sua volta com a convicção que não somos, de nenhum modo, inferiores aos nossos adversários. E  devemos mostrar que como adeptos de um clube ecléctico, apoiamos o eclectismo.

Isto é o verdadeiro Sporting e não o que hoje pulula nas redes sociais!

publicado às 03:33

diretorscp.jpg

No dia em que a equipa de futsal do Sporting foi considerada a melhor da década para a UEFA, Miguel Albuquerque, director-geral para as modalidades do Clube, aproveitou a presença no ‘Sporting Grande Jornal’ deste domingo, programa transmitido pela Sporting TV, para lembrar a importância deste feito e, depois disso, fazer um balanço do ano de 2019:

Ao longo destes anos, fomos desenvolvendo um trabalho sério que tinha como grande objectivo colocar o Sporting CP no topo da Europa do futsal. Fizemo-lo com todas as adversidades que nos foram colocadas, mas a verdade é que nunca perdemos o foco no nosso grande objectivo: ganhar a UEFA Futsal Champions League. Mais tarde ou mais cedo, todos sabíamos que este dia acabaria por chegar. (…) Esta é uma distinção muito importante para o Sporting CP, para o futsal nacional e para o desporto em Portugal.

É um ano único. São sete conquistas europeias. Não sei se há algum clube no mundo que se possa gabar de um feito destes. Temos que ter orgulho no que conquistámos e no que fazemos. Sete títulos europeus em apenas um ano é algo inesquecível.

Apesar disso, não podemos esquecer que nem só de coisas positivas foi feito o ano. Não conquistámos nenhum título nacional quando na época anterior tínhamos conseguido quatro. Foi uma mudança de paradigma grande e não podemos esquecer que, já este ano, falhámos o acesso à final four da UEFA Futsal Champions League. Tínhamos mais do que a obrigação de marcar presença nessa fase. Ainda assim, temos de olhar para as coisas boas e más que fizemos para perceber que há muito a melhorar e tanta coisa boa que ainda pode acontecer.

Em cinco modalidades de pavilhão, três lideram os seus campeonatos e duas estão na vice-liderança, a apenas um ponto do primeiro lugar. Todas as outras modalidades, como o atletismo, continuam competitivas. O judo, por exemplo, continua a conquistar títulos e a natação, há duas semanas, conseguiu os melhores resultados de sempre nos campeonatos nacionais. Ou seja, as modalidades verdes e brancas continuam fortes. O Sporting é isto mesmo e queremos manter esta vitalidade. Ainda assim, isso só pode ser alicerçado numa coisa: títulos.

Que o Sporting continue na ribalta do desporto nacional, que continue a ser competitivo em todas as modalidades, que encontre o seu equilíbrio e que continue a dar tantas alegrias como tem dado aos Sócios, não só nestas modalidades, mas também no futebol”.

publicado às 05:00

Leões das modalidades vitoriosos

Rui Gomes, em 15.12.19

2019-12-14 (3).png

- No andebol, Sporting e FC Porto lideram a tabela classificativa com 53 pontos. O Benfica segue em terceiro com 46.

- No basquetebol, Sporting, Benfica e FC Porto lideram com 23 pontos, seguidos pela Oliveirense com 20.

- No voleibol, Sporting lidera com 37 pontos, seguido pelo Benfica com 35 (menos um jogo) e o Sporting de Espinho com 31.

publicado às 03:00

Registo das modalidades

Rui Gomes, em 24.11.19

76688912_10156362015666923_6121872957233954816_o.j76730135_10156361674861923_1596077995439685632_o.j77372888_10156361161791923_5148098069006385152_n.j

- Com esta vitória, a equipa de hóquei em patins ocupa o 3.º lugar, em igualdade pontual com o Benfica, ambos dois pontos atrás da Oliveirense e OC Barcelos.

- Apesar da derrota na 'negra', a equipa de voleibol continua a liderar a classificação com 25 pontos, dois à frente do Benfica (jogo a menos) e Sporting de Espinho.

- Com 7 vitórias em 8 jogos, a equipa de basquetebol situa-se no 2.º lugar, em igualdade pontual com o Benfica e Oliveirense, um ponto atrás do líder FC Porto.

- A equipa de futsal feminino do Sporting foi a casa do CR Golpilheira vencer por 1-2, em jogo da 8.ª jornada do Campeonato Nacional. A sétima vitória em oito jogos.

- A equipa de juniores masculinos de judo do Sporting assegurou este sábado a medalha de bronze no Campeonato Nacional de Equipas. Os leões bateram o Judo Clube de Lisboa no derradeiro duelo pelo terceiro lugar e saíram vencedores por 3-2.

- Em jogo para a 8.ª jornada do Campeonato Nacional da I Divisão de voleibol feminino, o Sporting perdeu por 3-2 na deslocação ao pavilhão do Castêlo da Maia GC. As leoas voltam a jogar este domingo, visitando o Porto Vólei 2014 AD.

- No primeiro de dois jogos neste fim-de-semana, a equipa masculina de ténis de mesa do Sporting recebeu e venceu o CD 1.º de Maio por 4-0, em jogo da 9.ª jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão. Bode Abiodun, Diogo Carvalho e Aruna Quadri, venceram sem grandes dificuldades.

- A equipa de râguebi feminino do Sporting, detentora de hegemonia na modalidade na Península Ibérica, entrou da melhor forma na primeira fase do Campeonato Nacional da Divisão de Honra. No primeiro dos jogos realizados em Cascais, as leoas bateram o Benfica por 10-0. No encontro seguinte, as leoas derrotaram de forma expressiva (43-0) o Belas RC/CR São Miguel.

publicado às 04:02

As modalidades no fim-de-semana

Rui Gomes, em 23.11.19

2019-11-22 (1).png

No andebol,o Sporting pode apurar-se hoje, desde que vença o Bidasoa e os suecos do Savehof percam com os eslovacos do Presov, para o playoff de acesso aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, na penúltima jornada do Grupo C. O cenário é pouco provável, mas mesmo que não aconteça, haverá uma derradeira oportunidade quando receber na última ronda a turma nórdica, na série que apura os dois primeiros classificados.

publicado às 03:30

As modalidades vitoriosas

Rui Gomes, em 17.11.19

78347985_10156344440621923_5893902273620213760_n.j75237610_10156343674151923_2209416578192113664_o.j

- Este resultado da equipa de hóquei em patins coloca o Sporting CP na liderança isolada do grupo, com seis pontos, uma vez que o Reus Deportiu perdeu em casa do AW Lodi.

- Com 7 vitórias em 7 jogos, a equipa de voleibol assume a liderança isolada, à condição.

74935236_10156344551336923_6177595227277099008_n.j72847424_10156344629021923_5772643462679625728_o.j

- Pela equipa de basquetebol, Travante Williams e James Ellisor, com 21 pontos cada um, foram os melhores marcadores. FC Porto lidera a classificação, com 14 pontos, seguido pelo Sporting e Benfica, ambos com 13.

- Na Liga Placard de futsal, o clube da Luz continuar a liderar a tabela classificativa com 31 pontos, seguido pelo Sporting com 28.

publicado às 03:33

75282175_10156328503521923_2276451495740178432_o.j74800704_10156328442496923_8664534639173435392_o.j

72730495_10156326148696923_4157670514535432192_o.j75356829_10156327989086923_4897657207421665280_o.j

- O Sporting Clube de Portugal é campeão regional de paintball. Os leões levaram a melhor sobre o C4-RUT (2-1) na final e conquistaram o título pela primeira vez.

- A equipa de voleibol feminino do Sporting foi a casa do líder da I Divisão do Campeonato Nacional, a AJM/FC Porto, perder por 3-1, em jogo da 6.ª jornada da competição.

- Em jogo da 5.ª jornada do Campeonato Nacional, a equipa de hóquei em patins feminina do Sporting foi a casa da AA Coimbra vencer por 0-1.

- A equipa de futsal feminino do Sporting derrotou no sábado o UA Povoense por uns expressivos 3-8, em jogo da 6.ª jornada do Campeonato Nacional.

publicado às 04:30

Resumos das Modalidades

Rui Gomes, em 29.10.19

Sporting vs Maia BC

Sporting vs Leixões

Paço de Arcos vs Sporting

publicado às 03:15

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 13.04.19

 

miguelalbuquerque1.jpg

 

Miguel Albuquerque, director geral para as modalidades, à margem do Sporting Summit que  tem estado a decorrer em Alvalade, foi instado a comentar as notícias que dão conta do investimento de 20 milhões de euros nas modalidades do Clube, durante o consulado do ex-presidente destituído:

 

"Investimento elevado? Só posso saber se é elevado ou curto se comparar com os outros… Quando os outros clubes mostrarem o investimento deles, poderemos comparar.

 

Acho é que as modalidades do Sporting são vencedoras. Isto é como quando compramos um carro, podemos comprar um Mercedes ou um Renault...

 

Já que quiseram mostrar o nosso investimento, mostrem o dos outros e comparamos. Se têm o mesmo investimento mas não revelam? Se calhar têm maior…".

 

publicado às 04:31

Sporting Summit - Modalidades

Rui Gomes, em 29.03.19

 

56169768_10155828950176923_7201244937898164224_n.j

 

O Sporting CP vai marcar mais uma vez a diferença ao tornar-se no primeiro clube a nível nacional a organizar um Summit, com um painel de oradores sem precedentes.

 

É já nos próximos dias 11, 12 e 13 de Abril que o Sporting irá organizar o Sporting Summit – Modalidades, a primeira cimeira de formação e troca de experiências no âmbito do treino desportivo, numa conferência direccionada, principalmente, para os titulares de cédula de treinador de desporto.

 

publicado às 04:00

 

img_818x455$2016_06_11_18_24_44_543303.jpg

 

Nos dias 6 e 7 de Outubro, a casa das modalidades leoninas abre as portas às equipas de futsal feminino, voleibol feminino, juniores de andebol, juvenis de futsal e hóquei sub-17, que disputam os respectivos campeonatos.

 

Numa clara e positiva aposta de 'dar palco' e reconhecimento aos escalões de formação e às formações femininas, o dia de sábado no Pavilhão João Rocha começa às 16h00, com o jogo de futsal feminino entre o Sporting e o Venda Luísa, seguindo-se (18h30) a partida das leoas do voleibol contra o Gueifães, que marca a estreia na II Divisão. Às 21h00, o #DiadeSporting termina com o hóquei sub-17 a entrar no ringue, para defrontar o Paço d'Arcos.

 

No domingo, há mais duas partidas agendadas. Os juvenis de futsal disputam mais um jogo da primeira fase do Campeonato Nacional, frente ao Miranda do Corvo, pelas 15h00. Logo depois, os juniores de andebol encontram o Benavente - 17h30 é a hora do jogo que marca o adeus a um fim-de-semana repleto de Sportinguismo no 'palco dos campeões'.

 

Última nota, mas não menos importante: todos os desafios têm entrada gratuita

 

publicado às 18:20

 

img_FanaticaBig$2017_12_22_18_06_14_1346803.jpg

 

Segundo o jornal Record, a Comissão de Gestão fez um primeiro levantamento às contas do clube e chegou à conclusão que o Sporting está a gastar cerca de 20 milhões de euros por ano em todas as modalidades. Este valor abrange as equipas seniores, os escalões de formação e o futebol feminino.

 

Dos 20 M€ supracitados, a Comissão de Gestão conclui também que 8 milhões de euros advêm das quotas (algo que nesta altura está contratualizado com a SAD) e 1 milhão resulta de patrocínios. Fica por enquanto por apurar a proveniência dos restantes 11 milhões de euros.

 

Dívidas a fornecedores

O Sporting tinha, a 31 de Março, 36 milhões de euros em valores por pagar a fornecedores. A informação consta do relatório e contas enviado à CMVM a 18 de Maio, e corresponde a dívida, de facto, mas não a incumprimento. O montante é de resto inferior ao de Benfica (perto de 60 M€) e FC Porto (66 milhões), cujos últimos resultados conhecidos remontam a 31 de Dezembro.

 

publicado às 10:50

Quem não tem cão caça com gato

Rui Gomes, em 30.05.18

 

radio_brasileira_1978_benf_porto.jpg

 

Há um velho ditado que diz "quem não tem cão caça com gato". E há quem se contente com poucochinho. Apenas em função de fracos resultados no futebol, por muito menos, já caíram presidentes.

 

É preciso relembrar os desmemoriados selectivos, que o Sporting foi fundado como um clube de futebol e que como tal se fez grande. Quando nas aldeias longínquas ouvíamos os relatos ao domingo, era pelo futebol e pelas estrelas da época.

 

Tirando o ciclismo que nos passava à porta, e o atletismo mais tarde com as suas medalhas sabíamos lá de "modalidades". É o futebol que gera dinheiro e patrocínios fundamentais.

 

Se assim não for, modalidades bye bye.

 

Nação Valente

 

publicado às 04:03

Sábado desportivo com altos e baixos

Rui Gomes, em 09.04.17

 

juniores_cfb_x_scp_4_1.jpg

 

A equipa de juniores do Sporting foi a Belém vencer o Belenenses por 3-1, com golos de Pedro Marques, Rafael Leão e João Riciulli. Com a derrota do Vitória de Guimarães às mãos do FC Porto, por 2-0, o Sporting isolou-se no topo da tabela classificativa com 16 pontos, 2 à frente dos vimarenenses e 3 do Belenenses.

 

17523237_10154288633691555_8290874396783648975_n.j

 

O Sporting CP repetiu este sábado o resultado da primeira volta frente ao Benfica (4-1) e garantiu uma primeira fase perfeita, com a 18.ª vitória no 18.º encontro realizado no Campeonato Nacional de ténis de mesa.

 

Os leões, campeões em título e vencedores da Taça de Portugal e Supertaça, já estavam qualificados para o play-off entre os quatro primeiros e chegaram aos 69 pontos, reforçando uma liderança que já era confortável: 10 pontos de avanço.

 

17800000_10154288640141555_4717948802794057793_n.j

 

Em jogo a contar para o Campeonato Nacional de hóquei em patins, o Sporting empatou com o OC Barcelos 6-6, num daqueles embates difíceis de explicar e de compreender, em que a equipa leonina desperdiçou uma vantagem de 4 golos a três minutos do final, com o empate a surgir mesmo nos últimos segundos. Os golos leoninos foram marcados por Pedro Gil (2), Sergi Miras, Tuco, Caio e Poka.

 

O campeonato é agora liderado pelo Oliveirense, com 51 pontos, seguido pelo Benfica com 50, FC Porto 49 e o Sporting em 4.º lugar, com 42 pontos.

 

sporpor2.jpg

 

O Sporting visitou e foi derrotado pelo FC Porto, por 30-28, em jogo da terceira jornada da fase final do Campeonato Nacional de Andebol. O Sporting dominou a primeira parte e, ao intervalo, vencia por seis golos (19-13), mas na segunda parte caiu de rendimento, marcou apenas nove golos e o FC Porto recuperou, foi mais forte e acabou por se impor, com Marko Matic, no ataque, e também Quintana, na baliza, em bom plano.

 

O Sporting acumulou erros atrás de erros e falhas técnicas e o FC Porto, fortemente apoiado pelo seus adeptos, instalou-se depois no comando do marcador (28-25) e, mais sereno e confiante, venceu este duelo.

 

Os portistas recompuseram-se, assim, da derrota sofrida na jornada anterior, com o ABC, em Braga (30-28), e, com sete jornadas ainda por disputar, dependem só de si para serem campeões, tendo 3 pontos de vantagem sobre o Sporting.

 

Classificação Jogos/Pontos

 

1. FC Porto 3/46 - 2. Sporting 3/43 - 3. Benfica 3/40 - 4. ABC 4/39 - 5. Madeira SAD 4/37 - 6. Águas Santas 3/32

 

safe_image.jpg

 

O atletismo do Sporting CP esteve este sábado em destaque em Huelva, com Bruno Albuquerque a sagrar-se campeão nacional dos 10.000 metros. Na competição sénior, o atleta leonino terminou a prova em 29.06,13 minutos, tendo batido o recorde pessoal. Os verdes e brancos estiveram ainda representados por mais um fundista no pódio, com Miguel Marques, também a registar o recorde pessoal, a terminar no segundo lugar, concluindo o percurso em 29.51,27 minutos. Um tempo que fez com que o jovem se sagrasse campeão nacional de sub-23 e garantisse o apuramento para o Campeonato da Europa do escalão.

 

publicado às 06:17

Um desvario é apenas um desvario

Leão Zargo, em 07.06.16

 

Jornal Sporting 1958.jpg

 

Bruno de Carvalho voltou ao seu registo habitual num jantar-convívio no núcleo sportinguista de Alcobaça, realizado na passada 6ª feira. Segundo os jornais, terá afirmado que “o Sporting deu um murro na mesa e disse chega. O desporto será diferente se o Sporting abandonar modalidades.”

 

O desvario a propósito de uma hipotética extinção das modalidades é apenas isso. Um desvario, felizmente inconsequente, porque ele não põe e dispõe do Clube. Mas, serviu para desiludir aqueles sportinguistas que, pelas recentes movimentações na área da Comunicação, chegaram a acreditar que estava na forja um outro “Bruno de Carvalho”, mais ponderado e assertivo e consciente da especificidade da sua condição de presidente do Sporting. Afinal, continua tudo na mesma, até porque o que nasce torto, tarde ou nunca se endireita.

 

Apesar de inconsequente, a catilinária de Bruno de Carvalho teve a mérito de trazer o ecletismo leonino para o centro das conversas entre os sportinguistas, por ser uma matriz identitária do Sporting e permanente na sua já longa duração histórica. Aliás, o jornal Sporting, em 1958, evidenciava a toda a largura das suas páginas a grandeza eclética do Clube e destacava o Estádio José Alvalade que tinha sido inaugurado dois anos antes. Como se sabe, o Estádio ostentava os anéis olímpicos na bancada central.

 

Muitos de nós recordam-se de como tudo acontecia em Alvalade, desde o futebol às diversas modalidades. Foi precisamente em virtude desse ecletismo que o Sporting se tornou na maior potência desportiva nacional e divulgou no país e no estrangeiro as modalidades desportivas ao mais alto nível. São motivo de orgulho para os sportinguistas os 20 mil títulos conquistados, as 23 taças europeias e as 9 medalhas olímpicas. É por um Clube assim que caminhamos para o Estádio com um olhar de entusiasmo e de ambição.

 

publicado às 12:52

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo