Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

marcosilva.jpg

 

Ainda não tinha tido ocasião de abordar as declarações de Marco Silva na conferência de imprensa pós-jogo na Alemanha, e aproveito para o fazer hoje, dado que é um dia relativamente calmo no universo leonino:

 

«Fizemos uma primeira parte muito boa, com a estratégia que tínhamos planeado e nunca se viu um grande domínio do nosso adversário. Aliás, a grande oportunidade da primeira parte é nossa.

 

O primeiro golo é um lance que define o jogo, tira tranquilidade e fez com que tivéssemos de arriscar mais. Pouco depois aparece o segundo, num lance consentido pela nossa equipa. Tivemos de arriscar mais, ainda dispusemos de mais uma grande oportunidade, mas a este nível quando não fazes golos acabas por ser penalizado.

 

O Uri teve um jogo competente, dentro da nossa organização, melhor na primeira parte como, de resto, a equipa. O mais importante, porque não gosto de individualizar, é o processo colectivo. Não foi só o William que falhou, também não tivemos o Slimani que ficou fora e é um jogador que faz um trabalho diferente daquele que é feito por Montero e Tanaka. Em alguns momentos, é um jogador importante para nós.

 

Não vi o lance (mão de Vieirinha), mas as informações que tenho é que é grande penalidade. Por norma, e vocês sabem disso, não falo sobre esse aspecto, mas, a ser verdade, era um lance que teria um influência grande no jogo, porque, caso marcássemos, dava outra tranquilidade.

 

Temos de acreditar até ao limite nas nossas capacidades. Temos de dar tudo para inverter e isso só é possível se acreditarmos na nossa qualidade. Vamos jogar em casa, diante dos nossos adeptos, nada está perdido e vamos lutar até ao último minuto.»

 

Creio que não há nada de maior a apontar às apreciações de Marco Silva, embora me tenha deixado boquiaberto quando refere a "estratégia que tínhamos planeado" e "dentro da nossa organização", porque, segundo algumas sumidades que visitam este nosso modesto espaço, o Sporting "não parece ter um plano de jogo claro."

 

Nota: A exibição de Vieirinha contra o Sporting - inclusive da falta para grande penalidade não assinalada que cometeu - devem ter impressionado o emblema alemão, porque logo no dia seguinte ao jogo prorrogou o seu vínculo contratual até 2018. Nunca saberemos o que teria acontecido se o árbitro tivesse cumprido o seu dever. Vieirinha deve-lhe estar muito grato, por várias razões.

 

publicado às 14:25

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo