Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

img_770x433$2017_02_22_00_37_21_1227867.jpg

 

"Paisano" é uma expressão comum nos meios de formação pedagógica/operacionalidade militar, afim de identificar determinados indivíduos que se movimentam nos corredores do poder com claras intenções pessoais, cujo principal incómodo às próprias pretensões se debate com uma pequena classe na sociedade que faz da organização e do exemplo uma forma séria de estar na vida – geralmente, os que tiveram formação académica no ensino militar.

Sendo uma expressão não utilizada pela sociedade civil (ou de formação académica não-militar), congratulo-me por a ver exposta deste modo. Porque me diz muito, acrescentaria que existe um verdadeiro conflito, tanto na sociedade como na política, entre "oficiais" e "paisanos". Bruno de Carvalho é a face mais notória da "paisanada" no futebol português actual, pois nesse âmbito tanto Pinto da Costa, Vieira ou Salvador escolheram um caminho empresarial para sustentar a sua própria vida – com maior ou menor sucesso.

Os paisanos são aqueles que geralmente fizeram de cargos institucionais públicos a sua forma de vida, com claros objectivos de elevar uma condição pessoal de riqueza em função do financiamento alheio, seja pela caça ao orçamento ou outros fluxos. Geralmente após o curso superior, encostam-se aos partidos, procuram mover influências junto dos mais influentes, com o intuito de beneficiarem de um cargo para a vida – o que se denomina vulgarmente como "tacho vitalício".

Grandes homens da nossa sociedade (Ramalho Eanes por exemplo) moveram-se contra esta populaça, até ficarem esquecidos, fruto do lobby que se apoderou da maioria da comunicação social portuguesa. Diria ainda, por experiência pessoal, que o maior terror da "paisanada" são os Economistas de formação militar. Porque salvo raríssimas excepções, estes são incorruptíveis.

Quando escrevi o texto "Sporting, Política e Maçonaria – a nova designação de "Honra", não o fiz por acaso.

 

                                                                                                       Drake Wilson 

publicado às 05:42

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo


subscrever feeds