Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Jefferson chegou ao Sporting no Verão de 2013 proveniente do Estoril Praia, por uma verba originalmente noticiada como tendo sido 400 mil euros, por 60 por cento dos seus direitos económicos. Posteriormente, através do Relatório e Contas da Sporting SAD, foi revelado que a aquisição foi mais dispendiosa do que tinha sido anunciado, tendo ficado por 700 mil euros. O lateral esquerdo brasileiro, de 25 anos, assinou na altura um contrato válido por quatro épocas, ou seja até 2017.

 

No contrato de compra e venda estava incluído uma cláusula que permitia ao Sporting adquirir mais 20 por cento do passe até ao final desta época, presume-se por valores pré-estipulados. Segundo o que é noticiado esta quarta-feira, o Sporting, face à importância crescente do jogador na equipa, decidiu exercer essa cláusula - embora os valores não tenham sido revelados - e adicionar mais um ano ao contrato, até 2018, com um aumento salarial. esta disposição, garantirá - em princípio - os serviços do jogador até aos 30 anos de idade.

 

Esta época Jefferson realizou 15 jogos como titular na I Liga, acumulando 1372 minutos de jogo ( 15,2 jogos), falhando 4 jogos, 3 por lesão e um por castigo. Regista ainda um jogo na Taça de Portugal e 3 na Taça da Liga, nesta com 283 minutos em campo.

 

Creio ser indiscutível que Jefferson tem sido uma mais-valia para o Sporting e uma "peça" importante na equipa e sistema de jogo de Leonardo Jardim. Esta decisão da SAD em adquirir mais 20 por cento do passe parece ser mais do que lógica e, potencialmente, um bom investimento, desportiva ou financeiramente.

 

publicado às 22:31

O Ilori

Desert Lion, em 13.09.13

O passe do Ilori foi vendido por 6 milhões de euros. O Sporting poderá ainda receber mais 1,5 milhões de euros, em funcão do rendimento desportivo do jogador. Zahavi 1 - Sporting 0.

 

publicado às 09:05

Que confusão !!!

Rui Gomes, em 24.06.13

Sempre constou por todas as vias de informação disponíveis que o Sporting era suposto ter 65 por cento do passe de Rui Patrício. À parte das palermices proferidas por Carlos Severino durante a campanha eleitoral, esta percentagem, salvo erro, foi confirmada pelos outros candidatos. Qual é o enorme espanto quando Bruno de Carvalho surge esta segunda-feira a afirmar que o Sporting só detém 35 por cento do passe e que "Com a reestruturação financeira poderemos recuperar 20 por cento de uma proposta que surgir, senão equivale a zero.".

 

Bem, terei de recorrer a quem estiver melhor informado para me explicar esta: tínhamos 65 por cento, agora só temos 35 por cento, e se a reestruturação financeira não for aprovada - impedindo recuperar 20 por cento - teremos o equivalente a zero.

 

Há aqui qualquer coisa que não bate certo e desconheço o que é.

 

Nota: Ainda hoje a comunicação social reiterou que "nas contas apresentadas ao mercado, a SAD do Sporting tem referido que possui apenas 65 por cento do passe de Rui Patrício." Supostamente, os restantes 35 por cento são da pertença, em partes iguais, de Rui Patrício e do seu empresário Jorge Mendes. Indiferente de quem possui os 35 por cento, o Sporting aparenta ainda possuir o balanço. (?)

 

Adenda: De acordo com o Relatório e Contas do 1.º semestre de 2012/13 - que o nosso estimado leitor "AM" teve a gentileza de enviar - o Sporting tinha 65 por cento do passe de Rui Patrício a 31 de Dezembro de 2012. O Relatório e Contas seguinte não faz referência a esta questão. Por conseguinte, não havendo qualquer equívoco, algo terá ocorrido entre Janeiro e Março de 2013. Isto não obstante, continua a não explicar como é que Bruno de Carvalho considera que os 35 por cento sem os adicionais 20 por cento que é possível recuperar, equivale a zero. Uma computação deveras incrível, pela informação disponível. Rui Patrício tem contrato com o Sporting até 30 de Junho de 2018, o mais longo de todos do plantel. Os que mais se aproximam são Adrien Silva, Rojo, Labyad e Viola cujos contratos são válidos até 30 de Junho de 2017.

 

publicado às 23:40

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds