Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

maxresdefault (1).jpg

 

Com este breve post não pretendemos defender nada nem ninguém, no entanto, ao ler o comunicado desta quinta-feira da CMTV e Correio da Manhã, fomos confrontados com a realização que credibilidade - a de Paulo Silva, neste caso - não é uma estrada de um só sentido:

 

"É totalmente falso. A CMTV e o Correio da Manhã nunca pagaram nada a esse senhor. Todos os nossos contactos processaram-se sempre através dos advogados. Os nossos jornalistas fizeram a investigação a partir do momento em que tomaram conhecimento dos factos". 


Foi assim que Carlos Rodrigues, director executivo do Correio da Manhã/CMTV, reagiu à notícia de que o empresário Paulo Silva, um dos detidos no caso "Cashball", teria dito em tribunal que recebeu dinheiro dos jornalistas do Correio da Manhã.
 

De acordo com um documento em evidência no Tribunal Judicial da Comarca do Porto, a que o jornal Expresso teve acesso, o notório 'arrependido' disse às autoridades que deu a entrevista ao diário "porque já andava a ser abordado e pressionado pelos jornalistas para esse efeito" e ainda porque "precisava de dinheiro para sustentar os filhos e se encontrar desempregado desde o início do ano de 2018 até ao fim de Abril".

 

Paulo Silva, que é um dos quatro arguidos neste caso, afirmou ainda que "aceitou dar essa entrevista, por lhe ter sido oferecido, em contrapartida, quantia monetária de valor elevado".

Entretanto, a Cofina Media também divulgou um comunicado esta sexta-feira a refutar as declarações de Paulo Silva:

"Face às alegadas declarações do arguido Paulo Silva ao Ministério Público, em que afirmou que terá recebido dinheiro do Correio da Manhã e da CMTV, a Cofina Media desmente categoricamente estas alegadas afirmações e informa que tomará todas as medidas necessárias ao seu dispor para que a verdade seja reposta.

O jornalismo independente dos órgãos de comunicação social da Cofina Media não se coaduna, nem aceita, qualquer tipo de comportamento menos ético".
 
Não deixamos de reconhecer a ironia ao ver órgãos da comunicação social portuguesa - e muito em especial o Correio da Manhã - evocar "comportamentos éticos".
 

publicado às 18:32

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo