Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Reflexão do dia

Rui Gomes, em 15.04.19

 

img_920x519$2019_04_14_18_50_06_1534014.jpg

 

Os três grandes venceram de forma clara e a boa notícia é que, pelo menos esta semana, não haverá extensímetros ligados ou com discussões sobre foras de jogo de cabelos.

 

Na Luz, o SL Benfica repetiu o resultado da quinta-feira europeia, mostrando as mesmas virtudes e defeitos: muita qualidade na frente e alguma tremedeira em situações em que se exigia um controlo maior da bola e do próprio jogo. Palmas para o V. Setúbal, que soube encarar o adversário e não se deixou afundar com o golo sofrido aos 2’.

 

Quem deu a entender que até já desistiu mesmo antes do jogo começar é o Marítimo, a próxima equipa a visitar a Luz. Edgar Costa e Joel Tagueu forçaram amarelos diante do Feirense que os deixam de fora do jogo com o Benfica, juntamente com Zainadine.

 

Na UEFA, quem ousa fazer algo semelhante é punido com um jogo extra de suspensão, no mínimo; em Portugal, os regulamentos nada prevêem. Petit – louve-se, pelo menos, a honestidade – assumiu que se tratou de uma mera estratégia, lembrando que também tinha poupado futebolistas no encontro do Dragão com o FC Porto.

 

O Marítimo até pode acabar por obter um resultado positivo na Luz, mas ninguém de bom-senso pode achar que será mais fácil sem alguns dos melhores jogadores. Este é um problema da prova: o desequilíbrio é tal que já chegámos ao ponto em que alguns jogos não vale a pena disputar. Vamos assobiar para o ar?

 

Sérgio Krithinas, Director Adjunto Record

 

Nota: "Louve-se, pelo menos, a honestidade de Petit"... ???

 

Octávio Machado: "A confissão de Petit é uma vergonha".

 

Carlos-Pereira (2).jpg

 

"O problema do futebol português é não se poder ser verdadeiro e diferente dos outros. A gestão do plantel deve ser feita pelo chefe de equipa que é o Petit, que procura geri-lo da melhor forma e tem de o fazer da forma que lhe pode garantir mais pontos.

 

A verdade às vezes é dura. E também é cruel para quem é verdadeiro. As pessoas podem interpretar da forma que quiserem, mas a nós compete-nos gerir, pois na hora da aflição ninguém nos deita a mão".

 

Carlos Pereira, presidente do Marítimo (hoje)

 

O mesmo que em 29 de Abril de 2013, no dia de jogo com o Benfica, disse isto:

 

"Ambas as equipas vão querer vencer. Nada farei para que o Benfica não seja campeão, mas também nada farei para que o Marítimo não vá à Liga Europa".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Posts recentes


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo


subscrever feeds