Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Screenshot (43).png

O Sporting CP conquistou, este domingo, os Campeonatos Nacionais de Clubes em pista coberta femininos e masculinos, que se realizaram neste e no fim-de-semana de 13 e 14 de Março, em Pombal.

Os atletas leoninos tinham ficado mais perto dos respectivos títulos no primeiro fim-de-semana da prova, ficando só à espera do que fariam os adversários neste segundo fim-de-semana.

Fechadas as contas, as leoas revalidaram o título com 200 pontos no total, enquanto os leões, que não conquistavam o título desde 2017, amealharam 198 pontos.

Femininos:
1.º SPORTING CP, 200 pontos

2.º ACD Jardim Serra, 159 pontos
3.º GA Fátima, 159 pontos

Masculinos
1.º SPORTING CP, 198 pontos

2.º Juventude Vidigalense, 161 pontos
3.º SC Braga, 143,5 pontos

Parabéns a todos os leões!

publicado às 04:00

Isto também é o Sporting

Rui Gomes, em 26.02.20

publicado às 05:01

Leoas vencem Campeonato Nacional de Atletismo em pista coberta pela 10.ª vez consecutiva

"Benfica sabe que perde e sai de campo"

Rui Gomes, em 24.02.20

87511219_3020309674670425_7467058488162648064_o.jp

O director técnico do atletismo do Sporting, Carlos Silva, criticou este domingo a ausência do Benfica das finais do campeonato nacional feminino de clubes em pista coberta, que as 'leoas' venceram pela 10.ª vez consecutiva:

"Apenas como amante da modalidade, a ausência do Benfica cabe aos seus responsáveis. Colocando-me como participante, não é explicável. É uma estratégia que o Benfica usa para querer denegrir a vitória dos outros: como normalmente sabem que perdem, saem de campo e isso não é desporto".

O Sporting sagrou-se campeão do sector feminino com 100 pontos, contra 82 do Sporting de Braga e 66 da Juventude Vidigalense, num evento que voltou a contar com a ausência do Benfica 11 anos depois, por ter alinhado com menos de sete atletas no apuramento.

"A nossa equipa feminina continua a dar cartas e a renovar alguns sectores. Tivemos resultados muito fortes no fim de semana. Talvez passou um pouco despercebido, mas a marca dos 4x400 [3.37,70 minutos] é um recorde nacional de clubes", destacou Carlos Silva.

Numa "fase diferente" surgiu a formação masculina, que somou 90 pontos, mais 36 que o Sporting de Braga, no derradeiro lugar do pódio, mas foi impotente para travar a terceira conquista consecutiva das 'águias', expressa em 101 pontos.

"Apresentámo-nos de forma bastante digna e competitiva. Perdemos quase ao ponto em cada prova e tivemos muito boas representações, mas estamos numa fase de gestão e o resultado é este. O adversário é muito forte, mas temos de nos preocupar connosco", rematou.

O Sporting arrecadou treze das 26 competições, três em masculinos e dez em femininos, face aos dez triunfos do Benfica nos homens e às três conquistas por parte do Sporting de Braga nas mulheres.

As fases finais dos Nacionais em pista coberta, a mais importante competição colectiva do atletismo português, repartiram 32 equipas de 22 clubes em duas divisões e decorreram desde sábado no Altice Fórum, em Braga.

Reportagem Lusa

publicado às 03:33

Mais títulos no atletismo

Rui Gomes, em 16.02.20

86696183_10156578079246923_2240343645553164288_n.j

As equipas feminina e masculina de juniores sagraram-se

Campeãs Nacionais de Pista Coberta.

Parabéns leões!

publicado às 16:34

 

safe_image.jpg

 

A equipa de atletismo do Sporting CP esteve em grande no Campeonato Nacional de Pista Coberta, disputado no fim-de-semana, no Expocentro de Pombal. Os leões conquistaram um total de 18 títulos (dois deles em desportos adaptados) e vários lugares no pódio.

 

 

 

 

publicado às 15:38

 

1390_20180113001508.jpg

 

O Sporting conquistou este sábado oito títulos nacionais no Campeonato de Portugal de atletismo em pista coberta, em Pombal, com a velocista Lorene Bazolo a bater o recorde da prova nos 60 metros.

 

Em Pombal, Lorene Bazolo obteve a marca de 7,30 segundos, que lhe valeu a revalidação do título nacional e melhorou o registo da competição alcançado por Severina Cravid (7,35), em 2001, e aproximou-se do recorde nacional da distância (7,25), na posse de Lucrécia Jardim desde 1996.

 

Nos 60 metros masculinos, o sportinguista Ancuiam Lopes confirmou o favoritismo e conquistou o título nacional, com o tempo de 6,65 segundos, fazendo a sua melhor marca da época.

 

Jéssica Inchude, do Sporting, que também era totalmente favorita para o lançamento do peso, não deu hipótese e revalidou o título, com a distância de 16,41 metros.

 

O atleta ‘leonino’ João Vieira conquistou hoje o seu 18.º título de campeão nacional de 5.000 metros marcha. Sem concorrência, o sportinguista concluiu a prova no tempo de 19.33,41 minutos, menos 11 segundos do que o benfiquista Miguel Carvalho, segundo classificado.

 

No salto em altura, o título nacional foi partilhado por Catarina Queirós (Associação Juventude da Serra) e Catarina Fonseca (Sporting), com 1,73 metros.

 

A sportinguista Evelise Veiga renovou o título do salto em comprimento, que tinha conquistado em 2017 ao serviço da Juventude Vidigalense, com a marca de 6,22 metros.

 

No salto com vara, Marta Onofre foi campeã no feminino, com 4,25 metros, e Rubem Miranda em masculinos, com 5,44 metros.

 

publicado às 03:12

Europeus de Pista Coberta

Rui Gomes, em 07.03.15

 

2015-102.png

 

Os Europeus de Pista Coberta estão a decorrer este fim de semana em Praga. Portugal tem um registo de 19 medalhas conquistadas na história desta cometição, 11 das quais por atletas que representam ou representaram o Sporting:

 

Medalha de Ouro

 

Rui Silva - 1.500m Valência 1998

Rui Silva - 1.500m Viena 2002

Naide Gomes - comp. Madrid 2005

Naide Gomes - comp. Birminham 2007

Rui Silva - 1.500m Turim 2009

Francis Obikwelu - 60m Paris 2011

Sara Moreira - 3.000m Gotemburgo 2013

 

Medalha de Prata

 

Rui Silva - 3.000m Gent 2000

Naide Gomes - pentatlo Viena 2002

Sara Moreira - 3.000m Turim 2009

Naide Gomes - comp. Paris 2011

 

publicado às 02:47

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo