Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ainda os vouchers: mais um mero equívoco?

TVI diz que PJ tem indícios de corrupção desportiva contra o Benfica

Rui Gomes, em 02.03.20

A TVI avança que a Polícia Judiciária tem fortes indícios de corrupção desportiva contra o Benfica no caso dos 'Vouchers'.

Numa reportagem do Jornal das oito deste domingo, a TVI avança que a PJ descobriu que 'vouchers' oferecidos pelo Benfica a árbitros não eram apenas de 35 euros e que, nalguns casos, chegaram aos 600 euros, já que os mesmos estendiam-se a pessoas da intimidade dos árbitros, observadores e assistentes.

2020-03-01 (1).png

A estação avança que a investigação fez um levantamento da facturação do restaurante Museu da Cerveja onde a conta das refeições terá andado entre os 500 e 600 euros.

Na investigação da PJ que a TVI teve acesso, alguns 'kits Eusébio' oferecidos pelo Benfica a árbitros ultrapassaram os 245 euros, montante definido pela UEFA como sendo o limite.

O caso original já foi arquivado na justiça desportiva mas continua no Ministério Público, juntamente com o caso dos emails, que alegadamente configuravam um esquema do clube da Luz para controlar a arbitragem.

Reacção do Benfica através de comunicado:

"A respeito de uma peça divulgada na TVI ("Benfica e Arbitragem"), promovendo o jornal de domingo às 20h00, o SL Benfica torna público que não foi notificado de nenhuma "conclusão do Ministério Público" relativamente a qualquer inquérito judicial que esteja em curso.

Aliás, não deixa de ser muito curioso e significativo o timing desta peça. Aquele inquérito está, como é sabido, sujeito a segredo de justiça, pelo que o SL Benfica reservará qualquer actuação para o momento e local próprios.

Mais aproveita o SL Benfica para relembrar que no designado caso dos 'vouchers', a que parece aludir a TVI, todas as decisões processuais de instâncias nacionais e internacionais até agora conhecidas concluíram pelo arquivamento do processo".

publicado às 02:33

 

Branding_1-1-1200x565.jpg

 

O caso das e-mails do Benfica tem feito correr muita "tinta" e tudo indica que vai dar para mais. Esta sexta-feira veio-se a saber que a Polícia Judiciária (PJ) esteve na sede da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) em Julho, a fim de consultar as classificações dos árbitros das últimas temporada.

 

Ao que foi possível apurar, pelas notícias do dia, os inspectores da Polícia Judiciária levaram alguns documentos, mas não houve buscas, já que o processo foi feito sem mandado, mas pela insistência do próprio Fernando Gomes que contactou a PJ e a Procudoria Geral da República com vista à facultação de total acesso à documentação relativa às nomeações, classificações e relatórios dos árbitros desde Dezembro de 2011, data em que assumiu a liderança do organismo.

 

Estas declarações do líder federativo foram proferidas a 23 de Junho, numa altura que se encontrava na Rússia com a Selecção Nacional, que disputava a Taça das Confederações. A visita da PJ ocorreu semanas depois, já após o regresso da comitiva a Portugal.

 

Como já é do conhecimento público, esta mesma autoridade judicial, há cerca de duas semanas, esteve no Estádio da Luz, bem como nas casas de Luís Filipe Vieira, Paulo Gonçalves e Pedro Guerra, também no âmbito da investigação do caso das e-mails. Neste caso, houve um mandado de busca para o efeito.

 

Depois do que ocorreu com os infâmes processos dos "apitos", um cínico não pode deixar de questionar se este novo processo vai resultar em algo de positivo para o futebol português.

 

publicado às 03:48

Os tentáculos do "polvo"

Rui Gomes, em 26.10.14

 

7416_vieira123_jpg-550x0.jpg

 

Este tema surgiu pela troca de opniões sob o post que refere à suspensão de Paulo Pereira Cristóvão pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, simpática referência do nosso leitor "L".

 

O facto de eu desconhecer este cenário não quer dizer muito, mas fez-me pensar - mais uma vez - que as coisas nem sempre são o que aparentam ser e que há situações de contexto muito profundo. No caso concreto do antigo dirigente do Sporting, leva a questionar quanto mais haverá nos bastidores que não chegou à praça pública.

 

O breve texto sobre a história por detrás da foto de Luís Filipe Vieira e "camaradas" está disponível aqui.

 

publicado às 02:39

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo