Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



img_920x519$2019_06_09_22_04_56_1559618.jpg

Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa:"É uma alegria, numa competição que arranca, o primeiro vencedor ser Portugal e em Portugal. Começamos assim o Dia de Portugal. Costumo dizer que quando somos muito bons somos os melhores dos melhores e hoje fomos".

Primeiro-ministro António Costa: "Ganhámos esta primeira Liga das Nações. O Dia de Portugal começou umas horas mais cedo graças à nossa equipa. Fizeram um jogo de grande qualidade e com o merecido resultado".

Presidente da Liga de Clubes Pedro Proença: “É uma imensa satisfação e orgulho assistir a mais este feito do futebol português. Esta é uma equipa de exceção e a prova que o trabalho a longo prazo traz benefícios claros. Uma palavra para a equipa directiva da Federação Portuguesa de Futebol, na pessoa do seu presidente, Fernando Gomes, que tem trabalhado de forma muito profissional para que estes sucessos todos acontecessem. Parabéns”.

Seleccionador Nacional Fernando Santos: "Graças a Deus que vamos atrás dos objetivos, procuramos com toda a nossa capacidade, os jogadores são inexcedíveis. Isto é fruto do trabalho deles e dos meios que a federação coloca à nossa disposição. Há 5 anos somos uma família quase indestrutível, que sabe do que é capaz e o que pode fazer. Sabíamos que podíamos vencer este jogo. Sempre disse disso aos jogadores e eles sabiam que podíamos ganhar. Tivemos pela frente um grande adversário, a Holanda é uma grande equipa e Portugal fez um excelente jogo."

Seleccionador holandês Ronald Koeman: "Eles marcaram, nós tivemos problemas em criar grandes ocasiões porque acho que Portugal defendeu muito bem. Jogaram em casa e defenderam bem. Estamos orgulhosos pela nossa campanha, encontrámos quase as 4 equipas mais fortes da Europa , mas claro que estamos tristes. Portugal é um justo vencedor."

Capitão Cristiano Ronaldo: “As coisas têm corrido bem à Selecção Nacional nos últimos anos. Portugal tem ganho coisas muito importantes como o Euro2016 e agora a Liga das Nações. Parece trabalho fácil, mas é muito árduo, envolve muita dedicação e crença. Os jogadores estão todos de parabéns e obviamente foi crucial o apoio do público. Sentimos a energia deles e as coisas correram bem."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:19

000_1612FM-1024x682-1024x682.jpg

"Inacreditável o futebol miserável jogado por Portugal...A capacidade que Fernando Santos tem para pôr grandes talentos a jogar tão bem como eu jogo, é épica... Imagine-se a quantidade de talento que existe nesta selecção, nas mãos de um treinador a sério...

Semedo, Neves, Bernardo, Bruno Fernandes, João Félix e até Cristiano, completamente perdidos em campo, quase todos fora das suas posições, a jogarem um centésimo daquilo que sabem jogar. Depois temos Cristiano Ronaldo, que mesmo nesta miséria exibicional, resolve o jogo com a naturalidade dos grandes deuses do futebol...

E Fernando Santos lá continua...".

Leitor: João Paulo Gonçalves

 

download (2).jpg

O capitão da Selecção Nacional, de 34 anos, facturou aos 25', na transformação perfeita de um livre directo, e, depois, decidiu o jogo com um bis sobre o final, aos 88' e 90'. São já 88 golos pela equipa das quinas, sendo que o recorde mundial são 107, do irianiano Ali Daei.

A verdade é que Cristiano Ronaldo tornou-se num 'predador' dentro da área. Especializou-se em meter a bola dentro da baliza, como atestam os seus números. Antes dos 30 anos, tinha marcado 52 golos em 118 jogos com a camisola da Selecção Nacional. Depois dos 30, o capitão já marcou 34 golos em apenas 39 jogos. Cristiano Ronaldo parece estar mesmo como o vinho do Porto: quanto mais velho, melhor.

Cris-ti-aaaaa-no Ronaldo, Cris-ti-aaaaa-no Ronaldo, Cris-ti-aaaaa-no Ronaldo!!!

Adenda: Deliberadamente, não expressei a minha opinião sobre o jogo, o que faço agora em termos muito breves. Acho que Portugal fez uma exibição que deixou muito a desejar, com vários elementos com performances muito aquém das suas capacidades. O colectivo não funcionou como se exige, nomeadamente o meio-campo.

As razões desta circunstância são discutíveis, obviamente, mas sinto que se deve a dois factores principais: mérito da Suíça que, como sempre, apresentou-se muito compacta e organizada, criando constantes dificuldades a Portugal; segundo, demérito de Fernando Santos pelo sistema de jogo - embora não seja novidade - com vários jogadores a pisar espaços que não lhes são habituais.

Não sou fã de Rúben Neves, mas pela sua juventude reconheço que deve ter preferência sobre João Moutinho, no entanto, o também médio do Wolverhampton devia ter entrado muito mais cedo no jogo. O meio-campo "gritava" por solidificação, nas duas vertentes.

Cristiano Ronaldo realizou mais uma exibição espectacular, por um muito simples motivo: a razão de ser dele são os golos, e marcou três. Mais nada lhe pode ser apontado.

Comento o jovem João Félix por uma única razão. Não se refuta o mérito da sua presença na selecção AA, depois da excelente época que realizou. Contudo, devia ter alinhado pela selecção de sub-20.

Porquê?... muito simples: nesta altura, a principal equipa das quinas passa bem sem ele, tem alternativas, o que não é o caso da formação de sub-20 que estava "apenas" a disputar o Campeonato do Mundo. A sua vergonhosa participação é facto incontestável, muito pela ausência de golos, e, nesse capítulo, o ainda jovem avançado poderia ter sido uma solução importante e até decisiva.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:33

Foto do dia

Rui Gomes, em 17.06.18

 

download (1).jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:55

 

41b7065f.jpg

 

A Selecção Nacional parte para o Mundial da Rússia a 9 de Junho, seis dias antes da estreia, frente à Espanha, informou esta sexta-feira a Federação Portuguesa de Futebol. Em reunião preparatória do ‘staff’ federativo com jornalistas representantes dos ‘media’ portugueses, esse foi o principal detalhe logístico revelado sobre o programa da equipa das quinas.

 

Antes da partida, e já em estágio para a fase final, Portugal cumpre três particulares, dois em solo luso, a 28 de Maio, com a Tunísia, em Braga, e a 7 de Junho, com a Argélia, e um na Bélgica, com a selecção local, a 2 de Junho.

 

Na Rússia, o técnico Fernando Santos vai trabalhar com a equipa no centro de treinos do Saturn FC, situado em Kreatovo, a cerca de 50 quilómetros de Moscovo, que conta com três campos de futebol (dois relvados e um sintético), ginásio e alojamento, o que permite evitar deslocações de autocarro para os treinos.

 

O centro de estágio tem a cerca de 10 quilómetros o Aeroporto Internacional Jukovsky, que a comitiva lusa vai utilizar para se deslocar para os jogos, sendo certo que regressa à base após cada desafio do Mundial.

 

Portugal estreia-se a 15 de Junho frente à Espanha, em Sochi (18h de Lisboa), defronta cinco dias depois Marrocos, em Moscovo (12h), e fecha a fase de grupos a 25, em Saransk (18h) frente ao Irão, de Carlos Queiroz.

 

A fase final do Mundial 2018 realiza-se na Rússia, de 14 de Junho a 15 de Julho.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00

Foto do Dia

Rui Gomes, em 11.02.18

 

5F4LE2AA.jpg

280KZIE9.jpg

Portugal Campeão Europeu de Futsal 2018

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:14

Portugal na final do Europeu

Rui Gomes, em 09.02.18

 

img_770x433$2018_02_08_20_26_31_1362663.jpg

 

Portugal vai disputar a final do Campeonato da Europa de futsal pela segunda vez na sua história, depois de o ter feito em 2010. A Selecção Nacional venceu a Rússia, por 3-2, conseguindo dar a volta ao resultado após ter estado a perder por 1-0.

 

Segue-se o duelo decisivo no sábado frente à Espanha, que derrotou o Cazaquistão, por 3-1, no desempate por penáltis, após o empate 5-5 registado no final do prolongamento, em Ljubljana.

 

Parabéns a todos !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:44

 

2CA5DU4J.jpg

 

Rui Vitória, fundamentalmente, é vítima da política de gestão, para não dizer arrogância, de Luís Filipe Vieira e da SAD do clube da Luz, muito embora, na minha opinião, desde o primeiro dia, não é treinador para este ou qualquer outro dos "grandes" do futebol português.

 

Aliás, penso o mesmo de Sérgio Conceição, não obstante esta fase inicial muito positiva, e também não me agrada ver Jorge Jesus no Sporting, por razões várias, já aqui referidas repetidamente em outros textos.

 

Dito isto, não deixo de reconhecer o mérito de termos três técnicos portugueses ao leme dos três tradicionais candidatos ao título. Se considerarmos o SC Braga logo a seguir nesta escala, Abel Ferreira também está a fazer um bom trabalho.

 

Apesar da polémica diária em que o futebol português está inserido, há positivos que não devemos deixar passar despercebidos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:59

 

DMSl-w1WsAAFe1h.jpg

 

Os incêndios já destruíram este ano em Portugal mais de 316.100 hectares - o equivalente a 316 mil campos de futebol - segundo o sistema da Comissão Europeia. Só no domingo ficaram destruídos 54.000 hectares, naquele que foi o pior dia do ano em número de fogos.


Os dados disponíveis ao início da manhã de hoje no EFFIS - Sistema do Centro de Investigação Comum da Comissão Europeia, que apresenta áreas ardidas cartografadas em imagens de satélite, indicavam que só na zona do Pinhal Litoral, que abrange o Pinhal de Leiria, arderam no domingo e na segunda-feira 11.394 hectares.

Depois desta, a maior área destruída pelas chamas que deflagraram no domingo foi na região do Pinhal Interior Norte, que abrange os concelhos de Penacova e Arganil, entre outros, onde arderam mais de 16.000 hectares, segundo o EFFIS.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:49

Portugal conquista Eurosurf 2017

Rui Gomes, em 15.10.17

 

image.jpg

 

A Selecção Nacional fez história este domingo na praia de Bore, na Noruega, com a conquista do Eurosurf 2017. Um título que desde 2011 teimava em fugir a Portugal, mas que nem as frias águas norueguesas conseguiram impedir. Além do título colectivo, foram conquistados quatro dos cinco títulos individuais em disputa, no resumo de quatro medalhas de ouro, duas de prata e uma de bronze.

 

Num dia deveras memorável, Daniel Fonseca, no bodyboard open, Teresa Padrela, no bodyboard feminino, Carol Henrique, no surf feminino, e João Dantas, no longboard, juntaram ao troféu de equipa a medalha de ouro na respectiva categoria.

 

À entrada para esta última ronda de competição, a equipa portuguesa já contava com uma clara vantagem para os adversários mais directos, pelo que só um dia mau lhe poderia roubar o título europeu que já perseguia desde 2011, ano em que se sagrou campeã na Irlanda.

 

Parabéns a todos os campeões europeus !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:12

 

5039ea9e1a03aa83d88e30722e85ea56.jpg

 

O Portugal-Suíça passou a ser o programa mais visto de televisão em Portugal, em 2017.

 

O jogo desta semana em que a Selecção Nacional garantiu o apuramento para o Mundial 2018 foi transmitido na RTP1 e teve audiência média de 2,5 milhões de pessoas, com 51,2% de share, de acordo com dados da GFK, empresa que mede o mercado de televisão em Portugal.

 

O momento de maior audiência aconteceu no final do jogo, quando mais de três milhões de pessoas (61 em cada 100 pessoas que viam televisão àquela hora!) partilhavam com a Selecção a alegria do apuramento.

 

A flash interview dos jogadores e seleccionador nacional também passou na RTP1 e foi vista por 1,5 milhões de espectadores, um número assinalável.

 

A RTP1 foi a estação de televisão mais vista do dia, com 21,4 por cento de share.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:36

 

 

7WCD7SL9.jpg

 

 

Portugal venceu a Hungria por 1-0 em Budapeste, em jogo do Grupo B da qualificação Europeia ao Mundial 2018.

 

Apesar de ter jogado cerca de uma hora com mais um jogador, a 'equipa das quinas' só marcou um golo, por André Silva, no início do segundo tempo. A vitória garante, para já, um lugar no play-off e deixa Portugal a depender de si para chegar ao primeiro lugar e conseguir o apuramento direto. Para tal só tem de vencer os dois jogos que lhe resta e ficar à frente da Suíça, líder do Grupo que ontem venceu a Letónia.

 

Não obstante o cartoon, não sei se será inteiramente justo afirmar que Portugal jogou mal. Entrou bem no jogo, mas acusou muitas dificuldades em lidar com o poderio físico e a agressividade (muitas vezes excessiva) dos húngaros. A superioridade numérica não foi muito benéfica, dado que o adversário remeteu-se à sua defesa e passou a apostar em passes longos a tentar explorar as costas da defensiva lusa.

 

Pior foi a saída de Fábio Coentrão por lesão muscular, sensivelmente aos 29 minutos. Eliseu é um jogador limitado tecnicamente e não conseguiu dar a fluidez de jogo que Portugal necessitava na ala esquerda.

 

Com dois jogos em tão poucos dias, já era de esperar que Fernando Santos viesse a efectuar algumas alterações, ficando a dúvida, contudo,  se terão sido as melhores opções, nomeadamente no meio-campo.

 

Tudo bem que acaba bem, e resta agora esperar pelos últimos dois jogos. Não há nada garantido no futebol hoje em dia - o Luxemburgo não empatou com a França ? - mas, havendo lógica, a decisão final terá lugar no dia 10 de Outubro, diante da Suíça, em Portugal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:05

 

gedson1dr.jpg

 

Portugal venceu a Holanda na meia-final do Campeonato da Europa de sub-19, por 1-0, e espera agora o vencedor do embate entre a Inglaterra e a República Checa, para conhecer o seu adversário na final da competição, jogo agendado para o próximo sábado às 17h00 (Portugal).

 

Muito bom jogo da equipa portuguesa, que se apresentou muito bem organizada, com uma defesa sólida e apenas a faltar melhor aproveitamento em algumas das oportunidades criadas. A justiça do resultado não está em dúvida, mas, ironicamente, o golo vitorioso surgiu por intermédio de Gedson Fernandes, aos 24', num lance em que o guarda-redes holandês não ficou bem na fotografia.

 

Portugal perdeu duas finais do Europeu sub-19, frente a Itália (2003) e Alemanha (2014), mas, antes de 2002, venceu o torneio europeu de juniores (1961) e o Europeu de sub-18 (1994 e 1999), somando ainda mais cinco finais perdidas.

 

P.S.: Portugal já conhece o adversário para a final do Europeu de Sub-19. Será a Inglatera. Os britânicos carimbaram a passagem à final frente à República Checa com um golo marcado ao cair do pano (93m).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00

A diferença é de 374 milhões

Rui Gomes, em 24.06.17

 

Portugal-vs-New-Zealand-head-to-head-football.gif

 

A equipa de Portugal na Taça das Confederações é 25 vezes mais valiosa do que o conjunto da Nova Zelândia. Os jogadores lusos estão avaliados em 390 milhões de euros e os da Confederação Oceânica em 15,75 milhões.

 

Os dados são estimativas do site Transfermarkt e mostram a diferença abismal de mais de 374 milhões no valor das equipas que se defrontam este sábado em São Petersburgo. Ronaldo é o jogador mais valioso da competição, com uma quotação superior a 100 milhões de euros, e vale cerca de seis vezes mais do que o plantel dos neozelandeses.

 

De resto, a campeã da Oceânica é a menos valorizada das oito em prova na Rússia, e Portugal surge no segundo lugar atrás da Alemanha (410 milhões). CR7 é de longe o jogador mais caro na competição e Bernardo Silva é o segundo mais valioso da Selecção Nacional (40 milhões de euros), seguido por André Silva que foi recentemente transferido por 38 milhões. Segue William Carvalho, que tem um valor de mercado de 30 milhões de euros.

 

O jogador com menos cotação de Portugal é Bruno Alves, avaliado em 800 mil euros. O elemento mais valioso da Nova Zelândia é o capitão Chris Wood, activo do Leeds United, que vale 6 milhões de euros. No extremo oposto, o avançado Monty Petterson está avaliado em 50 mil euros.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:31

 

 

Alvo de muitos debates, o vídeo-árbitro acabou por ter influência na vitória de Portugal sobre o Irão (2-1), triunfo que garantiu a passagem da equipa lusa aos oitavos de final do Mundial de sub-20.

 

Aos 73 minutos, o árbitro assinalou grande penalidade contra a equipa de Emílio Peixe. Perante algumas dúvidas no lance, o juiz recorreu ao vídeo-árbitro para analisar melhor a jogada, acabando por anular a decisão.

 

Por aquilo que é possível compreender, a iniciativa de recorrer ao vídeo-árbitro foi do próprio juiz, perante as dúvidas que sentia sobre o lance. Na realidade, uma vez que tinha dúvidas não devia ter assinalado a falta, sem a necessidade do vídeo-árbitro. Ainda, pela sua posição no terreno, devia ter visto que o jogador português tinha o seu braço junto ao corpo e não fez movimento algum deliberado para a bola.

 

Isto é o que vai acontecer com frequência no futuro e com a inevitável consequência de afectar a fluidez do jogo. Os árbitros vão tomar determinadas decisões, mesmo quando não têm a certeza do lance, conscientes de que poderão de seguida recorrer às imagens televisas para rever o que ocorreu. Com o passar do tempo, veremos a frequência de situações deste género e o seu impacte global no jogo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:31

 

maxresdefault.jpg

 

Portugal mantém o oitavo lugar no "ranking" de selecções da FIFA. Na mais recente actualização, não houve, aliás, qualquer alteração nos dez primeiros. A Argentina continua a liderar, seguida do Brasil e pela campeã mundial, a Alemanha.

 

Ranking da FIFA:

 

1. Argentina, 1.635 pontos - 2. Brasil, 1.529 - 3. Alemanha, 1.433 - 4. Chile, 1.386 - 5. Bélgica, 1.371 6. - França,1.313 - 7. Colômbia, 1.304 - 8. Portugal, 1.229 - 9. Uruguai, 1.195 - 10. Espanha, 1.168.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:27

 

6T84ROEO.jpg

 

Em jogo realizado depois de Portugal ter superado as Honduras, a Argentina venceu a Argélia, por 2-1, resultado que assegura o apuramento da Selecção Olímpica portuguesa para os quartos-de-final da competição.

 

Consequentemente, Portugal lidera o Grupo D, com seis pontos, e as Honduras e Argentina, respectivamente segunda e terceira classificadas com três pontos, vão discutir entre si o segundo apurado, enquanto a Argélia, sem pontos, já está eliminada.

 

Excelente campanha olímpica de Portugal até agora. Parabéns a Rui Jorge e aos seus "pupilos".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:34

Foto do Dia

Rui Gomes, em 13.07.16

 

image.jpg

Ainda a Selecção Nacional - com ênfase nos adeptos que nunca a abandonaram...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:28

A Marcha Final

Rui Gomes, em 09.07.16

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:05

 

bandeira_portuguesa.jpg

 

Não é apenas um caso de mera fé ou optimismo passageiro, acredito mesmo que Portugal vai sagrar-se Campeão da Europa no domingo.

 

Para me explicar, não vou escrever um longo e complexo texto com análises do foro técnico e adiantar comparações entre as duas equipas.

 

A minha crença é assente em factores muito simples. Indiferente do resultado da final, podemos e devemos debater os quês e porquês desta campanha, nomeadamente o trabalho e as opções de Fernando Santos. Mas, neste momento, será igualmente justo reconhecer que ele reagiu a tempo para corrigir algumas situações óbvias, mas, sobretudo, e aqui reside o seu verdadeiro mérito, soube cultivar um incontornável espírito de grupo e incutir uma mentalidade competitiva como raramente se tem visto na equipa das quinas ao longo dos anos.

 

É com base nesta premissa que eu acredito que esta Selecção Nacional está destinada a fazer história. É também evidente que não é factor insignificante podermos contar com um muito mais experiente e sábio Cristiano Ronaldo que se tornou num verdadeiro líder, dentro e fora das quatro linhas, e que apesar de nem sempre estar ao seu melhor nível, tem vindo a demonstrar um espírito de sacrifício exemplar em prol do todo, além de continuar com a capacidade de resolver o jogo em qualquer momento, com a sua inigualável "magia".

 

Não sem alguma ironia, alguém terá dito algures "Quem quer vencer deve armar-se da força do leão e da prudência da serpente", sendo esta, a figura simbólica de Fernando Santos.

 

VIVA PORTUGAL !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:05

Portugal celebra

Rui Gomes, em 07.07.16

 

img_FanaticaBig$2016_07_06_22_13_25_1126371.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:15

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo