Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Bruno-Fernandes-1157635.jpg

Bruno Fernandes não vai jogar na Premier League, depois do mercado em Inglaterra ter fechado, esta quinta-feira, às 17h00.

Os clubes ingleses podiam ainda inscrever jogadores até às 19h00, caso informassem a liga que estavam a finalizar negócios. A Premier League anunciou então que existiam ainda seis clubes a negociar transferências, nenhum deles por Bruno Fernandes.

O capitão do Sporting CP teve propostas do Tottenham e Manchester United, sendo que nenhuma delas terá chegado aos 70 milhões de euros que a SAD do Sporting exigia, de forma instransigente, para permitir a saída.

Bruno Fernandes já admitiu, em diversas ocasiões, que quer jogar na Premier League, algo que não acontecerá, pelo menos, até Janeiro.

Excluída a possibilidade do Tottenham e Manchester United, Bruno Fernandes pode ainda deixar o Sporting neste defeso, tendo em conta que há outros mercados abertos até ao final do mês, à semelhança do português. Mónaco e Real Madrid são outros dois clubes que poderão estar interessados no médio.

Se o todo desta "novela" mediática vai afectar a performance de Bruno Fernandes, só o passar dos dias e jogos esclarecerá.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:03

download (1).jpg

A Premier League vai estrear o vídeo-árbitro na próxima época e começa já por marcar a diferença em relação aos outros países. O organismo que rege o principal campeonato inglês de futebol anunciou que os ecrãs gigantes dos estádios irão passar as repetições das jornadas analisadas pelo VAR.

A excepção serão Old Trafford e Anfield Road, casas do Manchester United e Liverpool, respectivamente, por não terem ecrãs gigantes mas apenas marcadores electrónicos.

"Para os clubes que não têm ecrãs gigantes no seu estádio, as comunicações do VAR serão feitas através de uma combinação entre o sistema de som e mensagens nos marcadores", explica a Premier League.

Outra novidade é o facto de um lance ou decisão mudada após análise do VAR ser indicada por grafismos. Os adeptos poderão vir a ter também, através de uma aplicação nos seus telemóveis, as mensagens trocadas entre o vídeo-árbitro e o árbitro principal, tudo pela maior transparência possível.

"Se o VAR considerar que há um vídeo definitivo que ajuda a explicar a mudança de decisão aos adeptos, esse vídeo será transmitido nos ecrãs gigantes. A Premier League vai ainda estudar a possibilidade de tanto vídeos e mensagens serem transmitidas para dispositivos móveis, por via de uma aplicação", detalhou o organismo, em comunicado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:31

D7Q6eDSWsAAE0Ar.jpg

A distribuição das receitas dos direitos televisivos na Premier League não tem paralelo no mundo do futebol, com números que nos deixam boquiabertos.

A imagem reflecte os valores pagos relativamente à época 2018/19, em libras.

A exemplo, o clube que mais recebeu foi o segundo classificado Liverpool = 152,425,146 milhões de libras, que ao câmbio de hoje vale 172,674 milhões de euros.

Torna-se ainda mais espectacular verificar a verba que chegou aos cofres do 20.º e último classificado Huddersfield Town = 96,628,865 milhões de libras, que é equivalente a 109,456 milhões de euros.

Salvo meia dúzia de galácticos no resto da Europa, é impossível competir com este incrível nível de receitas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:55

 

5635588-0-image-a-63_1541029981949.jpg

Um estudo muito interessante com origem no portal TheSportsmancom a Academia de Alcochete em destaque em Inglaterra, sendo o Sporting o quinto clube formador com mais minutos disputados na presente edição da Premier League.

No total, jogadores formados em Alcochete disputaram 12071 minutos, apenas atrás de Manchester United (18080), Manchester City (14037), Southampton (12836) e Tottenham (12815). Números atingidos pelas performances de jogadores como Rui Patrício (3330) e João Moutinho (3040), ambos do Wolverhampton FC, ou Eric Dier (1943) do Tottenham, entre outros, e que colocaram o Sporting como sendo o primeiro emblema estrangeiro nesta tabela, à frente de Barcelona ou Feyenoord.

Ainda além de ser o primeiro clube formador estrangeiro, o Sporting suplanta até alguns nomes de referência do futebol inglês, como por exemplo o Chelsea, que esta época esteve na final da UEFA Youth League, prova conquistada pelo FC Porto.

 

*Reportagem em Portugal de Fábio Lima, jornal Record.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:48

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 10.05.19

 

Os direitos televisivos dos clubes portugueses, em que cada um negoceia individualmente, não têm o mínimo de comparação com o que ocorre na Premier League, onde é a própria Liga a negociar um pacote colectivo.

 

Premier LEague Prize money.jpg

 

Na Inglaterra existem múltiplos factores que entram em equação para a distribuição dos valores. O processo é bastante complexo e não me vou dar ao trabalho de o explicar em detalhe, mas através do gráfico, relativamente à época de 2017/18, fica-se com uma ideia dos montantes recebidos por cada clube e os respectivos critérios do processo.

 

O campeão não é necessariamente o que mais recebe. Na época em questão, a exemplo, o primeiro classificado Manchester City recebeu cerca de 172 milhões de euros, ligeiramente menos do que o segundo classificado Manchester United.

 

A meio da tabela, o 10.º classificado Newcastle recebeu 142 milhões de euros, mais do que o 7.º classificado Burnley, que encaixou cerca de 138 milhões.

 

Mais para o fundo da tabela, o 20.º e último classificado West Bromwich recebeu cerca de 110 milhões de euros, enquanto o 16.º Huddersfield contabilizou cerca de 118 milhões.

 

Poderá não ser um sistema perfeito, mas não parece existir outro equiparável.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:32

Para terminar o dia com um sorriso

Rui Gomes, em 14.08.16

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:44

A "Premier" continua a deslumbrar

Rui Gomes, em 11.04.16

 

CfswFTmXIAII8Ju.jpg

 

Depois de mais uma vitória do surpreendente Leicester City, sobre o Sunderland, por 2-0 - com mais dois golos de Jamie Vardy -, o Tottenham de Eric Dier venceu o Manchester United por 3-0, em jogo da 33ª jornada da "Premier", mantendo os sete pontos de desvantagem para o líder Leicester, mas aumentando a distância para o Arsenal, terceiro classificado.

 
A equipa orientada pelo argentino Mauricio Pochettino só chegou aos golos a 20 minutos do final, por intermédio de Dele Alli, aos 70, tendo Toby Alderweireld (74) e Erik Lamela (76) estabelecido o resultado final.

A derrota do Manchester United, que segue no quinto posto da classificação, com 53 pontos, garante já ao Leicester a presença na próxima edição da Liga dos Campeões, competição na qual a Premier League tem quatro vagas (três directas e uma no "play-off").
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:25

Transferência de Rojo em dúvida ?

Rui Gomes, em 28.08.14
 

 

Notícias vindas de Inglaterra indicam que  transferência de Marcos Rojo para o Manchester United ainda não foi reconhecida pela "Premier League" e, como tal, o jogador argentino continua a não estar apto para jogar.

 

Sem ser novidade alguma, em causa, os direitos económicos do jogador, sobre os quais a Liga inglesa não permite a participação de terceiros e na sua óptica, o diferendo entre o Sporting e a Doyen Sports levanta dúvidas sobre a eligibilidade do jogador poder receber o certificado para jogar.

 

Como já é do conhecimento público, a empresa de investimento recorreu para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), reclamando que pelo seu 75% investimento no passe do jogador tem direito a cerca de 19 milhões de euros (?), que inclui os 5 milhões dos custos salariais de Nani. O Sporting, por sua vez, denunciou o contrato com a Doyen, citando irregularidades, indicando no comunicado que enviou à CMCVM que só pagaria 3 milhões de euros relativos ao investimento do Fundo.

 

A "Premier League" é muito rigorosa com situações deste cariz e, neste momento, desconhece-se como e quando o imbróglio será resolvido. Certo é que tanto o Manchester United como o jogador - já para não evocar o Sporting - estarão decerto preocupados com a possibilidade da própria transferência poder ficar sem efeito. Nem dá para imaginar as consequências desse hipotético cenário.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:53

Muitas bolas vão rolar amanhã...

Rui Gomes, em 25.12.12

Enquanto que em Portugal e outras localidades o futebol para nesta altura do ano, na Inglaterra entendem, e bem, que é oportuno aproveitar o pessoal estar com uns dias de férias, para realizar uma jornada completa da «Premier League».  Acho que é uma excelente ideia e que os jogadores que são de outros países ganham mais do que suficiente para convidar os familiares a visitá-los, seja onde for que eles estejam a jogar. Dias de folga em excesso, desfaste em viagens longas e ausência de treinos. Até compreendo que psicologicamente será saudável, mas nos tempos de hoje o espectáculo não deve parar.

Manchester United  vs  Newcastle

Sunderland  vs  Manchester City

Norwich City  vs  Chelsea

Aston Villa  vs  Tottenham

Arsenal  vs  West Ham United

Stoke City  vs  Liverpool

Reading  vs  Swansea City

Everton  vs  Wigan Athletic

Fulham  vs  Southampton

Queens Park Rangers  vs  West Bromwich

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:37

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo