Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Jaime Marta Soares e os "processos"

Rui Gomes, em 31.07.18

 

img_818x455$2017_08_11_14_57_08_657955.jpg

 

Jaime Marta Soares fez um breve comentário, esta terça-feira, sobre os processos que estão no domínio da Comissão de Fiscalização e que se relacionam com a suspensão provisória de Bruno de Carvalho e Carlos Vieira:

 

"Não vou anunciar nenhuma expectativa. É um problema único e exclusivamente da responsabilidade da Comissão de Fiscalização, que tem toda a autonomia. O presidente da Mesa da Assembleia Geral não interfere. Ela terá de anunciar na hora própria, no momento próprio se já concluiu os trabalhos de ouvir as pessoas, e os resultados das penalizações que podem vir a ser aplicadas. Só tenho competência para executar as conclusões da Comissão.

 

Mas não se pode deixar para amanhã o que se pode fazer hoje, pelo que tem de haver uma conclusão antes do fim do prazo da entrega das candidaturas. Se tiver de haver resposta a 3, 4 ou 5 de Agosto é da responsabilidade da Comissão de Fiscalização, é ela que terá de anunciar.

 

Não duvido que haverá uma conclusão antes dos términos da possibilidade de ir ou não às urnas".

 

publicado às 16:43

 

mw-860.jpg

 

Bruno de Carvalho decidiu retirar “de imediato” todos os processos “relativos à publicação pelos atletas de um comunicado nas suas redes sociais”. Esta quarta-feira, o presidente reuniu-se com a Comissão Executiva e a decisão foi tomada. No entanto, a atitude dos jogadores foi criticada:

 

“A atitude dos jogadores da equipa principal de futebol profissional foi incorreta para com a sua entidade patronal. Entendeu-se que o momento atual tem de ser ainda de maior união e coesão, de forma a que possamos cumprir aquelas que são as naturais aspirações do universo sportinguista, isto é, a conquista das provas em que estamos a competir”.

 

Com esta decisão, o presidente espera mostrar que “os superiores interesses do Sporting estão e estarão sempre acima de qualquer situação ou decisão”. Haverá quem diga que é um exemplo clássico de "faz o que eu digo, não faças o que eu faço".

 

Bruno de Carvalho anunciou inicialmente que iria instaurar processos disciplinares a 19 jogadores, que tinham publicado nas redes sociais uma nota que foi entendida como uma crítica ao presidente.

 

download (1).jpg

 

Eis o comunicado na íntegra:

 

"Após reunião do Presidente do Conselho de Administração da SAD com a sua Comissão Executiva, foi deliberado o seguinte:

 

Retirar de imediato os processos disciplinares relativos à publicação pelos atletas de um comunicado nas suas redes sociais.

 

Muito embora tenha sido unânimemente considerado, pela Administração da SAD e pelo Conselho Directivo do Sporting CP, que a atitude dos jogadores da equipa principal de futebol profissional foi incorrecta para com a sua entidade patronal, entendeu-se que o momento actual tem que ser ainda de maior união e coesão, de forma a que possamos cumprir aquelas que são as naturais aspirações do Universo Sportinguista, isto é, a conquista das provas em que estamos a competir.

 

Com este gesto, a Administração da SAD e a Direcção do Clube querem mostrar, mais uma vez, que os superiores interesses do Sporting CP estão e estarão sempre acima de qualquer situação ou decisão. Por vezes, estes superiores interesses, justificam que seja dado um passo atrás, tendo a humildade de reconhecer estar a contribuir para que a Equipa possa, dentro de campo, dar todos os passos em frente que sejam necessários à conquista da Glória, que todos pretendemos alcançar."

 

publicado às 04:48

"Até me dá vontade de rir"

Naçao Valente, em 30.11.17

 

img_817x460$2013_09_24_19_08_52_207448.jpg

 

"Até me dá vontade de rir", disse Dias da Cunha, hoje um ancião, que ontem foi presidente do Sporting e que merecia mais respeito do actual presidente. Esta frase, surge como desabafo, à pretensão do inenarrável senhor Bruno de Carvalho, de processar o antigo Presidente leonino. No parlamento da chamada primeira República, um deputado respondeu a uma acusação de ter mudado de opinião com a expressão : "só os burros não mudam". Eu vou mais longe e até acredito que mesmo os burros mudam, mas quanto a Bruno de Carvalho, tenho de admitir,que não muda  mesmo nadinha. Quando se pensava que tinha enterrado o machado de guerra sobre o passado do Sporting, eis que volta a desenterrá-lo, se é que alguma vez o enterrou.

 

 O homem, está mais que provado, não assume nenhuma das porcarias que faz. E tem feito muitas. Apeteceu-lhe despedir Maurício do Vale, sabe-se lá porquê, e vá de arranjar um estratagema para o pôr no olho da rua, sem lhe dar um tostão, ao arrepio das leis do trabalho. Agora, como a coisa correu mal, sacode a água do capote, e procura encontrar bodes expiatórios. Até me faz lembrar da história do lobo que queria comer o cordeiro. Sim, que embora o homem vista pele de leão, no fundo é bem mais lobo, com todo o respeito pela espécie.

 

Esta atitude não é original nem única. Tem-se repetido ao longo do seu mandato à frente do nosso clube. Muitos casos idênticos podia referir, mas de entre eles, refiro, por ser mais badalado na comunicação social, o despedimento de Marco Silva. Não querendo assumir esse despedimento porque não os tem (...) para bom entendedor, arranjou um processo disciplinar tão absurdo, que, ainda hoje, só dá vontade de rir. Nunca mas mesmo nunca, volto a frisar, foi capaz de assumir um único erro. Sendo o máximo responsável pela equipa de futebol profissional e pelas contratações, quando os resultados eram negativos, a culpa era sempre dos outros, jogadores por ele contratados incluídos. E nesse aspecto sempre foi o desestabilizador que jogou a favor dos adversários.

 

Esta é a atitude do chico-espertismo na sua versão saloia. Os resultados estão à vista. Processos e mais processos perdidos. E por este andar muitos mais perderá. E, meus amigos, quem paga? É preciso dizê-lo? Dinheiro e mais dinheiro, inutilmente deitado à rua, em custas judiciais, advogados, juros e quejandos. Poderia encontrar muitos epitetos para designar este indivíduo Presidente, mas não o faço por uma questão da educação e respeito  que ele não conhece. Mas há uma classificação que não resisto a utilizar: este comportamento parece-me semelhante a personagens de opereta. Puxa pelo riso.

 

O Sporting Clube de Portugal é uma instituição de utilidade pública e uma pessoa de bem que honra os seus compromissos. Ou melhor honrava, porque desde que esta personagem nos calhou na rifa, deixou de o fazer. E se não envergonha os adeptos sportinguistas com esta pseudo defesa do Sporting, é porque está tudo anestesiado com esta refundação de um clube sério e modelo do desporto em Portugal. Pode até ter o maior êxito desportivo do mundo, mas este não é o Sporting que aprendi a amar. Este é o clube do soba Carvalho e da sua corte. Um clube que não  respeita pessoas, que rasga contratos, que rejeita o seu passado. Acima de resultados transitórios desta vida, tem de haver valores. Há uma distância muito ténue entre a civilização e a barbárie.

 

publicado às 03:33

 

O Conselho de Disciplina (CD) teve uma quinta-feira preenchida e mandou instaurar um total de seis processos disciplinares. Dois deles, resultam de participações do Sporting contra elementos do Benfica.

 

O processo n.º 64 tem como alvos Rui Vitória, Rui Costa, Paulo Gonçalves e a SAD encarnada pelos eventos no túnel ao intervalo do «derby» de Alvalade. A novidade aqui é que também o árbitro Artur Soares Dias e os delegados da Liga, Rui Manhoso e Manuel Castelo, têm processo disciplinar, por, no entender do Sporting, não terem relatado a alegada coação de responsáveis do Benfica ao juiz da partida.

 

1486657080537.jpg

 

O outro processo disciplinar que atravessa a Segunda Circular é a Luís Filipe Vieira e também por queixa do Sporting. Neste caso, estão em causa as declarações do presidente do Benfica após o dérbi, em que recordou Vale e Azevedo ao falar de Bruno de Carvalho.

Ambos os processos são instaurados automaticamente, já que resultam de participações de um clube. Agora, compete à Comissão de Instrutores da Liga conduzir a investigação. 

 

Um dos outros processos abertos é a Francisco J. Marques, director de comunicação do FC Porto, e à sociedade portista. Neste caso, resulta de ação direta do CD e tem como motivo as declarações do responsável dos dragões, que apontou o órgão de disciplina como "ponta-de-lança do Benfica".

 

E assim anda a guerra da Segunda Circular, ameaçando não ficar por aqui.

 

publicado às 04:15

O feitiço volta-se contra o feiticeiro

Ricardo Leão, em 06.04.16

 

19422220_D07j2.jpg

 

No já distante ano de 2013 Bruno já ameaçava. Devia, aliás, sonhar com isso. Queria processar tudo e todos na direcção de Godinho Lopes. Depois foi o que se soube: a expulsão do ex-presidente do Sporting de associado do clube, entre outras personalidades leoninas com cargos dirigentes. Agora, como não podia deixar de ser, e Godinho Lopes já o havia garantido publicamente, é Bruno que terá de responder na barra do tribunal, noticia hoje o "Record".

 

Será, aliás, muito curiosa de ver nesse fórum a postura do ainda presidente do Sporting sabendo-se, como se sabe, da sua habitual arrogância. "Piará fininho" desta vez? A acompanhar.

 

publicado às 11:39

Processos contra sócios

Rui Gomes, em 28.09.15

 

campus_de_justica.jpg

 

É aqui - Campos de Justiça de Lisboa - que esta segunda-feira vão ocorrer audiências com os sócios do Sporting Clube de Portugal que estão a ser processados pelo presidente do... Sporting Clube de Portugal.

 

Desconhece-se os detalhes dos casos em questão, nomeadamente as ofensas dirigidas a Bruno de Carvalho através do Facebook - curiosamente, o seu meio de comunicação favorito - mas parece ser lógico concluir que terão ido muito além de o apelidar de cretino, labrego, otário e estúpido, porque esse tipo de linguagem é utilizada pelo próprio presidente, até no seu (deplorável) discurso em plena Assembleia Geral do Clube.

 

publicado às 10:48

 

imprensa-manipulacao.jpg

 

Decerto que já todos terão conhecimento do que foi publicado esta manhã pelo Diário de Notícias sob o sensacionalista cabeçalho "Nani, Jefferson e Jefferson ameaçados com processos". Isto, alegadamente, em relação às respostas dos jogadores às críticas que Bruno de Carvalho dirigiu à equipa no Facebook.

 

Optámos por não comentar esta notícia mais cedo, por a acharmos ridícula, mesmo para um presidente que tem recorrido ocasionalmente a extremos de radicalização.

 

Um íntimo amigo meu, a meu pedido, esteve em contacto com um elemento do Conselho Directivo do Sporting, há pouco mais de uma hora, que afirmou peremptoriamente: "A notícia é pura MENTIRA. Essa hipótese nunca foi falada, muito menos ainda equacionada. É só mais uma tentativa a destabilização.»

 

Não temos razão alguma para duvidar da pessoa em questão, até porque sempre nos deu informações - dentro do que é possível divulgar - dignas de todo o crédito.

 

O objectivo da notícia tanto era de servir interesses obscuros, que surgiu prontamente o inevitável aproveitamento sensacionalista, quando Nani foi confrontado com a mesma em pleno estágio de Selecção.

 

É somente a comunicação social cá do burgo, a qual devia ser responsabilizada pelas suas acções, mas que, em um país como Portugal, tudo passa imune.

 

publicado às 19:39

Últimas notícias

Rui Gomes, em 20.08.13

 

 

Nem vou comentar as perturbantes manchetes nesta capa por desconhecer a sua veracidade e também o seu total significado. Onyewu e Bojinov "despedidos" não sei o que implica uma vez que ambos estão sob contrato, o primeiro até 2014 e o avançado búlgaro até 2016. Ainda mais intrigante é o segundo lote sob a manchete "processados": Pranjic, Turan, Labyad, Elias e até os jovens Fabrice Fokobo e Stajonovic. Será esta a alternativa a não os conseguir colocar - salvo Elias - nos poucos dias que faltam até o fecho do mercado e outros por não renovarem ?

 

Em outros breves apontamentos noticiosos, surge a repetição da hipótese sobre o empréstimo de Cissé que não terá espaço neste Sporting e um outro alegando que Diego Capel pediu para sair. O seu descontentamento há longo que é evidente pelo desde sempre reconhecimento que era um dos alvos transferíveis, e é de admitir que não aprecie esta sua situação e muito menos ainda ser suplente numa equipa onde ainda há pouco tempo era uma das suas maiores referências. Esperar para ver...

 

publicado às 03:44

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo