Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

img_920x519$2018_12_16_14_03_02_1484413.jpg

 

A equipa feminina de râguebi do Sporting conquistou a segunda edição da Taça Ibérica, adicionando assim mais um título ao palmarés do Clube.

 

As leoas comandadas por Nuno Mourão bateram as espanholas do Olimpico Pozuelo por 26-8 no Estádio Universitário de Lisboa, este domingo, e levantaram o troféu perante o público Sportinguista.

 

O conjunto verde e branco adiantou-se no marcador bem cedo na partida, não deixando de estar em vantagem até ao final do encontro. Ao intervalo, o resultado estava fixado nos 19-8.

 

Parabéns grandes leoas!!!

 

 

img_920x519$2018_12_16_14_03_31_1484414.jpg

 

 

Equipa do Sporting

 

1 - Tânia Semedo
2 - Inês Marques
3 - Kate Matau
4 - Francisca Baptista
5 - Margarida Arriaga
6 - Sara Saúde
7 - Maria Heitor
8 - Catarina Pargana
9 - Antónia Braga
10 - Isabel Ozório (C)
11 - Josefa Gabriel
13 - Leonor Amaral (VC)
14 - Thamara Rangel
15 - Daniela Correia
16 - Filipa Gavinho
17 - Maria Branco
18 - Maria Teixeira
19 - Ana Freire
20 - Catarina Esaguy
21 - Marcela Máximo
22 - Constança Serra
23 - Marian Sobrinho
24 - Harono Iringa


Treinador - Nuno Mourão

 

publicado às 15:21

 

Isabel-Ozorio-Sporting.jpg

 

Em sentido contrário ao habitual movimento de jogadores neozelandeses de râguebi para os principais campeonatos europeus, a capitã do Sporting, Isabel Ozório, regressou recentemente de uma experiência de seis meses no país onde a bola oval é mais do que uma religião - são os campeões do mundo nos sectores masculino e feminino. E ao serviço dos famosos Counties Manukau sagrou-se vice-campeã neozelandesa.

 

Correspondendo a um sonho de sempre e através dos contactos do atual treinador-jogador do Técnico, Kane Hancy, a internacional com mais de 100 jogos efetuados pela seleção de sevens de Portugal, partiu em maio para Puke Kohe, cidade nos arredores sul de Auckland, a fim de alinhar no Ardmore Marist. Posteriormente, e face ao valor demonstrado, foi escolhida para representar os campeões de 2016, os Counties Manukau, na denominada Farah Palmer Cup, o campeonato provincial neozelandês.

 

"Andava à procura de trabalho e foi a altura certa na minha vida para cumprir este sonho", afirma a licenciada em Gestão de Desporto, de 28 anos, que, como única estrangeira na equipa, se sentiu no início... como um OVNI. "Foi complicado, ainda para mais vindo de Portugal, país que elas nem sabiam onde ficava. Muitas vezes era confundido com Espanha e do qual nem sonhavam que houvesse râguebi." Mas depois da dúvida inicial em que "tentaram perceber o que valia", a confiança foi estabelecida, até por que "os neozelandeses são um povo acolhedor e que gosta que todos os visitantes se sintam bem".

 

E até acabaria por alinhar maioritariamente como médio de abertura, a posição-chave e o verdadeiro maestro de um quinze de râguebi.

 

Artigo da autoria de António Henriques, Diário de Notícias

 

publicado às 12:11

 

Screen Shot 2014-07-03 at 17_20_32.png

 

O Sporting vai deixar de ter equipa de râguebi sénior masculino. Quatro anos após o regresso à modalidade, extinta 48 anos antes, o Clube passa a contar apenas com a formação e a equipa feminina, após uma época em que a principal sofreu até à derradeira jornada para assegurar a manutenção na 1ª Divisão – o 2º escalão nacional.

 

A modalidade que deu a Bruno de Carvalho o primeiro título como presidente do Sporting – campeão da 2ª Divisão na primeira época após o regresso – em Abril de 2013 - vai passar, no entanto, a integrar o grupo de modalidades oficiais e a beneficiar de alguns apoios inerentes a esse estatuto. Ou seja, o râguebi do Sporting era reconhecido pelo Clube mas funcionava de forma completamente autónoma.

 

A proposta, de resto, partiu da Direcção de Bruno de Carvalho e tinha o fim da equipa sénior como contrapartida para entrar no grupo de modalidades oficiais. O Clube não pretende apoiar desportos que não tenham condições para lutar por títulos do escalão principal a curto prazo e, encontrando-se o râguebi nesta situação, os responsáveis pela modalidade optaram por não perder o ‘comboio’ das oficiais podendo, no futuro, e caso as condições se alterem substancialmente, vir a constituir novamente uma equipa sénior – apenas e só se houver condições para chegar ao 1º escalão e discutir títulos a curto prazo.

 

Entre outras vantagens de passar a modalidade oficial, o râguebi leonino vai beneficiar do protocolo existente entre o clube e o Estádio Universitário. O Sporting já usava os campos deste complexo para treinos e jogos em casa; porém, a troco de uma renda elevadíssima, cada vez mais difícil de suportar face à escassez de patrocínios e ao facto de a secção viver sem qualquer apoio logístico ou financeiro da ‘casa mãe’.

 

publicado às 17:54

Foto do Dia

Rui Gomes, em 20.10.15

 

790.gif

 

A dureza do Mundial de râguebi

 

publicado às 03:45

Por vezes, "menos é melhor" !

Rui Gomes, em 06.12.13

 

 

Depois do sucesso do calendário da equipa masculina de râguebi, é a vez das mulheres da Universidade de Oxford vestirem apenas meias e chuteiras.

 

publicado às 13:10

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo