Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Portugal aproxima-se da Rússia

Rui Gomes, em 30.08.19

ranking-u-e-f-a.jpg

Os triunfos do SC Braga e Vitória de Guimarães na Liga Europa permitiram a Portugal reduzir a distância da Rússia, no ranking da UEFA.

A Rússia, em 6.º lugar, segue com 42.716 pontos, enquanto que Portugal regista 42.049 pontos, e ainda com a acrescida vantagem dos russos terem perdido mais um dos clubes nas provas europeias, nomeadamente o Spartak Moscovo, eliminado pelo SC Braga.

Recorde-se que a sexta posição no ranking permite duas equipas com entradas directas na Champions League e uma terceira na pré-eliminatória, para lá de outras três vagas na Liga Europa. Isto, a ter efeito na época 2021/22.

1. Espanha, 86.426 (7/7) - 2. Inglaterra, 75.033 (7/7) - 3. Alemanha, 59.070 (7/7) - 4. Itália, 58.510 (6/7) - 5. França, 50.248 (5/6) - 6. Rússia, 42.716 (4/6) e 7. PORTUGAL, 42.049 (5/5).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:02

Outra nota negativa

Rui Gomes, em 15.09.17

 

Só o Sporting merece nota alta no apanhado rápido que pode fazer-se da estreia das equipas portuguesas na Liga dos Campeões.

 

ribeiro_cristovao_300x300147539a0.jpg

O Benfica já fora arrumado pelos russos do CSKA, num desafio em que se esperava que pudesse ter feito bem melhor, seguiu-se-lhe o Futebol Clube do Porto, que quarta-feira à noite, no Dragão, permitiu que pela primeira vez uma equipa turca saísse de Portugal com três pontos.

 

Mas não foi apenas isso. A exibição dos portistas, apenas convincente em curtos períodos do jogo, deixou à vista carências que permitem reforçar a ideia já expressa por alguns segundo a qual há, na Invicta, equipa, ou plantel se assim entenderem mais adequado, para consumo doméstico, mas que deixa escassas perspectivas de que possa voar com sucesso por essa Europa fora.

 

Constituído por alguns jogadores de grande valia, num lote em que é justo enquadrar Quaresma, Pepe e Talisca, o Besiktas parecia trazer a lição bem estudada para atirar os portistas ao tapete. Preenchendo bem todos os espaços do campo, e procurar ser objectivo ofensivamente, a equipa turca nunca permitiu ao vice-campeão português embalar no sonho de que poderia arrancar na Champions com uma vitória.

 

No Futebol Clube do Porto a “novidade” chamou-se sector defensivo.

 

Rodeado de hossanas nas suas prestações nacionais, e com toda a justiça acentue-se, não foi capaz de manter essa coesão e eficácia frente ao seu adversário. Razões: uma em especial, a grande qualidade dos movimentos ofensivos do Besiktas, que colocaram os portistas muitas vezes em palpos de aranha.

 

Não vale a pena falar do ranking da UEFA, porque aí mais uma vez saímos a perder. A preciosa vitória do Sporting no dia anterior frente aos gregos, sendo importante não chega para fazer sonhar com uma ultrapassagem à Rússia na tabela. E se assim continuarmos, a escalada descendente poderá tornar-se ainda mais perigosa.

 

Artigo da autoria de Ribeiro Cristovão, Rádio Renascença

_________________________________________________

 

Ranking da UEFA

 

Portugal acaba a jornada europeia de Liga dos Campeões e Liga Europa ainda longe do sexto lugar, com 41.582 pontos no ranking da UEFA, comparados aos 45.382 da Rússia.

 

As equipas portuguesas conseguiram duas vitórias (Sporting e Sp. Braga), um empate (V. Guimarães) e duas derrotas (Benfica e FC Porto), enquanto as russas conseguiram um pouco melhor: CSKA Moscovo e Zenit venceram, e Lokomotiv e Spartak Moscovo empataram. Além disso, Portugal divide os pontos acumulados por 6 (o número de equipas com que começou as duas competições), enquanto a Rússia tem de fazer operação idêntica, mas por 5.

 

A vantagem dos russos aumentou (de 3,434 para 3,800) nesta primeira ronda, o que significa que Portugal está mais longe de recuperar as duas entradas directas e uma na 3ª pré-eliminatória na Liga dos Campeões de 2019/20.

 

Recorde-se que Portugal terá na próxima época apenas uma equipa com entrada directa na Liga dos Campeões e uma outra na terceira pré-eliminatória.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:48

 

wip_070815_ucl2015_logo_sting3.jpg

 

Com o primeiro lugar entregue ao Bayern Munique e o segundo lugar entregue ao Leipzig, o principal destaque da última jornada da Bundesliga estava em perceber quem ficava em terceiro lugar e garantia entrada directa na Liga dos Campeões.

 

Borussia Dortmund e Hoffenheim eram os clubes a lutar por este objectivo, tendo no fim sorrido a formação de Dortmund que venceu em casa o Werder Bremen por 4-3 e segurou o último lugar do pódio. Até porque o Hoffenheim não saiu do nulo frente ao Augsburgo.

 

Uma boa notícia para o Sporting, que fica mais próximo de ser cabeça-de-série do sorteio da Champions. Se o Borussia tivesse ficado em quarto e fosse obrigado a disputar o play-off, como tem melhor ranking da UEFA do que o Sporting, seria cabeça-de-série. Sendo o Hoffenheim, que tem pior ranking, as hipóteses de o Sporting o ser aumentam.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:20

 

Logo-blanc-sur-fond-bleu_eng_20131122111850.jpg

 

O Sporting é a quarta equipa entre as seis primeiras Ligas do ranking da UEFA que mais minutos deu aos jogadores formados no clube nos últimos seis meses, segundo um estudo publicado pelo Observatório do Futebol.

A análise do CIES incidiu sobre o período compreendido entre 1 de Novembro e 1 de Maio e concluiu que os jogadores da formação leonina jogaram em média 41,7 por cento dos minutos totais disputados pela equipa. Só Athletic Bilbao (64 por cento), Real Sociedad (49,8 por cento) e Lyon (48,8) estão acima do Sporting.

img_770x433$2017_04_24_22_51_33_1255840.jpg

 

De resto, o Sporting é mesmo o único clube português no top 100, contabilizando todos os campeonatos europeus. Nesta tabela, figura no 28.º posto do ranking. Na liderança está o Tatran, da Eslováquia, com 75,5 por cento. O último clube que figura no top-100 é o VPS, da Finlândia, com 26,3 por cento.

O estudo teve em conta jogadores que estiveram no clube pelo menos três temporadas entre os 15 e os 21 anos de idade.
 
Uma estatística algo surpreendente, considerando que Jorge Jesus não é reconhecido como um grande apostador em jovens, muito embora possa ser argumentado que com o vasto leque de talento proveniente da Academia, a aposta é inevitável, praticamente obrigatória, e até podia ser mais alargada.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:07

 

maxresdefault.jpg

 

Portugal mantém o oitavo lugar no "ranking" de selecções da FIFA. Na mais recente actualização, não houve, aliás, qualquer alteração nos dez primeiros. A Argentina continua a liderar, seguida do Brasil e pela campeã mundial, a Alemanha.

 

Ranking da FIFA:

 

1. Argentina, 1.635 pontos - 2. Brasil, 1.529 - 3. Alemanha, 1.433 - 4. Chile, 1.386 - 5. Bélgica, 1.371 6. - França,1.313 - 7. Colômbia, 1.304 - 8. Portugal, 1.229 - 9. Uruguai, 1.195 - 10. Espanha, 1.168.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:27

 

CxzPsV2WgAATe-Q.jpg

 

A IFFHS (Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol) divulgou esta segunda-feira a lista com os melhores guarda-redes do mundo.

 

Manuel Neuer foi considerado o número 1, pela quarta vez consecutiva. O guardião do Bayern Munique arrecadou 156 pontos, enquanto Gianluigi Buffon ficou em segundo lugar (91 pontos) e Rui Patrício em terceiro (50 pontos).

 

A IFFHS destaca o guarda-redes do Sporting e da Selecção Nacional como "estreante" e salienta a importância do jogador na conquista do Campeonato da Europa.

 

Confira o ranking de 2016:

 

1- Manuel Neuer (Alemanha/FC Bayern München) 156 pontos

2- Gianluigi Buffon (Itália/Juventus Torino FC) 91 pontos

3- Rui Patricio (Portugal/Sporting Portugal) 50 pontos

4- Claudio Bravo (Chile/FC Barcelona/Manchester City FC) 45 pontos

5- David De Gea (Espanha/Manchester United FC) 37 pontos

6- Jan Oblak (Eslovénia/Club Atletico de Madrid) 31 pontos

7- Hugo Lloris (França/Tottenham Hotspur FC) 29 pontos

8- Keylor Navas (Costa Rica/Real Madrid CF) 18 pontos

9- Thibaut Courtois (Bélguca/Chelsea FC) 13 pontos

10-Denis Onyango (Uganda/Mamelodi Sundowns) 5 pontos

11-Petr Cech (República Checa/Arsenal London FC) 4 pontos

12-Samir Handanovic (Eslovénia/FC Inter Milano) 2 pontos

13-Marc André Ter Stegen (Alemanha/FC Barcelona) 1 ponto

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:05

 

img_770x433$2016_12_09_17_44_43_1195055.jpg

 

As novas medidas, aprovadas e divulgadas esta sexta-feira pela UEFA, apresentam algumas mudanças nos cálculos dos coeficientes de cada clube, sendo que este incluirá pontos de bónus por conquistas passadas na provas europeias.

 

Passamos a explicar a tabela de bónus: qualquer clube que tenha conquistado a Liga dos Campeões nos últimos cinco anos recebe 12 pontos de bónus por conquista, enquanto uma conquista da Liga Europa no mesmo espaço de tempo confere um bónus de três pontos.

 

Clubes que tenham conquistado a Liga dos Campeões a partir de 1992/93 e até 2013 recebem oito pontos, enquanto a conquista da Liga Europa (Taça UEFA) no mesmo período vale dois pontos. A conquista da Taça das Taças, agora extinta, vale dois pontos.

 

Uma conquista da Liga dos Campeões antes de 1992/93 vale ao clube quatro pontos, sendo que uma conquista da Liga Europa nesse intervalo de tempo resulta num ponto. Aqui, a Taça das Taças vale um ponto.

 

Com estas alterações, o FC Porto terá sempre mais 16 pontos no cálculo do coeficiente, uma vez que conquistou duas Ligas dos Campeões (1987 e 2004) e duas Ligas Europas/Taça UEFA (2002/03 e 2010/11). O Benfica, por sua vez, beneficiará de oito pontos de bónus, vindos de duas conquistas da Liga dos Campeões, na altura Taças dos Campeões (1960/61 e 1961/62). O Sporting terá um ponto de bónus, proveniente da conquista da Taça das Taças, em 1964.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:00

 

img_infografias$2016_08_26_02_42_40_1148659.jpg

 

Aproveitamos este post para esclarecer o ranking de clubes que fez com que o Sporting se situasse no Pote 3 para o sorteio que foi realizado esta quinta-feira.

 

As regras da UEFA para esta competição ditam que os campeões das principais Ligas do ranking têm acesso directo ao Pote 1. Isto explica a presença do Benfica, além de ser 9.º no ranking da UEFA. O FC Porto situou-se no Pote 2, mesmo tendo disputado o "play-off", devido ao seu ranking, 12.º.

 

O Sporting, mediante o seu ranking, 51.º, por norma, estaria no Pote 4. Acontece que pelo menos dois clubes com ranking superior - Shaktar Donetsk (18.º) e Anderlecht (38.º) - foram eliminados na 3.ª pré-eliminatória, permitindo ao Sporting subir para o Pote 3.

 

Vejo muito o factor "sorte" ser invocado relativamente ao sorteio da Champions, e muito embora haja sempre alguma influência, fica longe de explicar tudo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:58

 

060620142039219068672_2.jpg

 

No último post que publicámos sobre o ranking da UEFA, sublinhámos a importância de uma vitória do SC Braga na Liga Europa, para permitir a Portugal ultrapassar a França no ranking.

 

A vitória do Benfica sobre o Zenit já tinha garantido três equipa lusas na Liga dos Campeões em 2017/18, com a importante diferença que a proeza minhota, e o respectivo  5.º lugar do ranking, melhora as condições de acesso à Liga milionária. Portugal continua nas competições europeias com duas equipas e passou a somar um total de 52.915 pontos contra os 52.582 da França, que apenas tem o Paris Saint-Germain na Liga dos Campeões.

 

Caso se mantenha o quinto lugar no ranking da UEFA, há a possibilidade do terceiro classificado do campeonato português garantir a presença directa no 'play-off' de acesso à Champions na época 2017/2018, uma vez que o actual 6.º lugar apenas dá acesso à 3.ª pré-eliminatória.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:02

 

 

Sem ser surpresa alguma, o Sporting lidera os clubes portugueses com oito jogadores formados no clube a participarem no Mundial do Brasil e ocupa o 8.º lugar no "ranking" de clubes do Observatório do Futebol. Cristiano Ronaldo, Nani, Beto, Miguel Veloso, João Moutinho, William Carvalho, Rui Patrício e Silvestre Varela que constam do estudo, com 502 jogos realizados na equipa principal do Sporting até aos 23 anos.

 

O CIES Football Observatory listou 821 clubes neste ranking - todos os que contribuíram para a formação dos convocados das 32 selecções - e a liderar a lista surge o Feyenoord com 9 jogadores e 882 jogos nas respectivas equipas principais. Seguem-se o Barcelona, também com 9 jogadores mas 783 jogos, Dínamo de Zagreb (8/812 jogos), Ajax (7/867 jogos), Lille (8/760 jogos), Manchester United (7/708 jogos) e o Deportivo Saprissa da Costa Rica com 9 jogadores e 445 jogos.

 

Em relação a outros clubes portugueses, o FC Porto surge em 12.º lugar com 7 jogadores e 471 jogos (Bruno Alves, James Rodriguez, Christian Atsu, Hugo Almeida, Hélder Postiga, Vieirinha e Ricardo Costa). Já o Benfica, também sem ser surpresa alguma, surge em 82.º lugar, com 1 jogador e 353 jogos (João Pereira). Tanto o Belenenses (Rúben Amorim e André Almeida) e o Boavista (Raúl Meireles e Ricardo Costa) surgem muito mais abaixo no ranking com poucos jogos nas respectivas equipas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:58

 

Um estudo elaborado pela "European Club Association" (ECA) determinou o "ranking" das melhores academias do Mundo, com a Academia Sporting  a surgir em 2.º lugar, apenas superada pela do Barcelona. As restantes, em ordem: 3.º Ajax - 4.º São Paulo - 5.º Bayern Munique - 6.º Manchester United - 7.º Nínamo Zagreb - 8.º Santos - 9.º Partizan - 10.º Southampton - 11.º Real Madrid - 12.º Rennes - 13.º Feyenord - 14.º Anderlecht e 15.º Right to Dream Gana.

 

O relatório da ECA dá destaque aos jogadores mais conhecidos que "nasceram" em Alcochete: Cristiano Ronaldo, João Moutinho, Nani, Miguel Veloso, Luís Figo, Paulo Futre, Beto, Simão Sabrosa e Ricardo Quaresma, sublinhando, ainda, que a Academia já formou mais de 100 jogadores que se tornaram profissionais e que representaram selecções nacionais. Em média, sete jogadores em cada uma das selecções portuguesas, com destaque para a selecção principal que se qualificou para o Euro 2012, com oito jogadores formados na Academia Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:32

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds