Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Relvado de Alvalade tramado pelo microclima

Responsável da empresa que substituiu relvado explica razões para tantos problemas

Rui Gomes, em 21.11.21

Rúben Amorim foi, depois do jogo com o Varzim, o 10.º oficial em Alvalade esta época, taxativo sobre o estado do relvado. “Obviamente que me preocupa, apesar de saber que as pessoas estão a fazer o melhor que podem”, atirou o treinador, reconhecendo, porém, que o estado do tapete teve “impacto” na lesão contraída por Jovane Cabral.

Frederico Machado, principal administrador da empresa ‘Sport Relva’, responsável pela substituição do relvado ao fim de cinco anos e respectiva manutenção, explica as questões "históricas" que persistem desde a abertura do estádio a 6 de Agosto de 2003, já lá vão 18 anos:

img_920x518$2021_09_26_03_09_14_1908320.jpg

"Temos de olhar para o passado do estádio e perceber que sempre apresentou problemas complexos, desde a fraca ventilação ao facto de receber momentos de luz diferentes em várias zonas do recinto; a zona Sul, por exemplo, recebe muito menos sol que a maioria da área em questão.

Estando a falar de um ser vivo, um relvado natural, sabemos que podemos controlá-lo até certo ponto, mas que é uma planta e que tem vontade própria, ou seja, que sente o microclima onde está e que isso tem consequências. Estamos, por isso, a incentivar o relvado a ganhar raiz, algo que lhe falta, e intensificámos as acções – já diárias – nessas tais zonas em que apanha pouca luz.

O relvado estará pronto para o jogo com o Borussia Dortmund. Ao receber um novo tapete, há uma fase de adaptação, especialmente na primeira época que é sempre mais instável, mas não há risco de agravamento".

Relvados de Alvalade XXI.png

No site da Liga, verifica-se que Alvalade é classificado como o quinto melhor relvado, fruto das avaliações dos delegados (média de 4,18 numa escala de 1 a 5 em 6 jogos). A nota mais baixa foi um 3,39 na jornada 7, na recepção ao Marítimo.

Reportagem parcial de Bruno Fernandes, em Record

publicado às 03:05

Trabalho no relvado de Alvalade

Rui Gomes, em 12.10.21

img_355x200$2021_07_24_10_30_27_1880641 (2).jpg

A actual pausa competitiva não beneficia apenas a equipa do Sporting, sendo igualmente importante para o próprio relvado do José Alvalade. A despeito de ter sido colocado há poucos meses, durante o Verão, nas últimas partidas já foi bem visível o claro mau estado do tapete em algumas zonas do terreno, dentro e fora das quatro linhas, iria obrigar a uma intervenção na paragem para as selecções. Os trabalhos já se iniciaram e vão prolongar-se, pelo menos, até ao próximo duelo em casa, no dia 23, contra o Moreirense.

Será esse o primeiro de uma série de quatro encontros consecutivas em semana e meia (do dia 23 a 3 de Novembro) em Alvalade, seguido de Famalicão, V. Guimarães e Besiktas, o que muito naturalmente irá levar o relvado ‘ao limite’, contrastando com o descanso que recebeu no último mês – o Sporting jogou pela última vez no seu ‘reino’ a 24 de Setembro, com o Marítimo, na Liga.

Neste sentido, o tratamento que tem vindo a ser realizado não é de fundo, ou seja não exige a remoção por completo do relvado, mas de qualquer maneira as sessões têm sido diárias com o intuito de melhorar o nível de enraizamento e, consequentemente, diminuir os tufos. De resto, é bem sabido que a própria arquitectura do estádio é um dos principais factores que conduzem ao surgimento de problemas.

Este foi, precisamente, um dos temas na ordem do dia na Assembleia Geral da SAD, que teve lugar no passado dia 6. Instado quanto à mudança da empresa que gere o tapete do José Alvalade - o contrato com a ‘RED’ terminou antes do Verão e a ‘Sport Relva’ foi a sucessora -, Frederico Varandas justificou a escolha com motivos financeiros, assumindo que a apresentação de um preço mais competitivo acabou por ser determinante.

Reportagem de Ricardo Granada, em Record

publicado às 03:00

Foto do dia

Rui Gomes, em 15.07.21

img_920x519$2021_07_14_10_36_53_1876259.jpg

O novo relvado do Estádio José Alvalade que, em princípio, será estreado

frente ao Lyon, dia 25, em mais uma edição do Troféu Cinco Violinos.

publicado às 03:00

Foto do dia

Rui Gomes, em 02.07.21

img_920x518$2021_06_30_23_26_02_1870565.jpg

O Estádio José Alvalade está, neste momento, ainda mais verde. A bancada inferior

nascente do recinto já se encontra quase preenchida com as cadeiras verdes.

A colocação do novo relvado continua em marcha. 

publicado às 03:31

Novo relvado em Alvalade

Rui Gomes, em 21.06.21

publicado às 03:00

Foto do dia

Rui Gomes, em 24.07.20

img_920x519$2020_07_23_09_07_06_1730469.jpg

Está em andamento a colocação de um novo relvado na Academia Sporting, no local onde normalmente treina a equipa sub-19. O tapete verde já tinha 18 anos, pois ainda era o original e devia ter sido trocado... cinco anos após ter sido colocado em Alcochete.

publicado às 03:29

Foto do dia

Rui Gomes, em 13.02.19

 

img_920x519$2019_02_12_18_12_07_1504632.jpg

Terminou esta terça-feira a primeira fase das obras na Academia  Sporting

com a conclusão da substituição de um dos relvados sintéticos.

As equipas de formação irão já hoje experimentar a renovada infraestrutura. 

 

publicado às 04:46

Foto do Dia

Rui Gomes, em 09.12.17

 

ng8965222.jpg

O jogo entre o Vardar e o Rosenberg da sexta jornada da Liga

Europa, teve a visita inesperada de um cão brincalhão.

 

publicado às 04:32

 

f67edb6f54bc02c443f09346eea3f170--romania-places-t

 

O Steaua Bucareste empatou este sábado, em casa, 1-1, com o Astra, na 6.ª jornada do campeonato romeno. A equipa onde joga o português Filipe Teixeira e adversário do Sporting, que na próxima terça-feira se desloca a Alvalade, para o jogo da primeira mão do play-off de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões, situa-se em terceiro lugar na tabela classificativa, com 12 pontos, um atrás dos líderes Botosani e Cluj.

 

O árbitro alemão Felix Brych foi este domingo nomeado pela UEFA para o jogo de terça-feira. Esta será a 13.ª vez que Felix Brych se cruzará com o futebol português, a segunda num jogo do Sporting. Na primeira, o germânico apitou o jogo entre os 'leões' e os holandeses do Twente, da terceira pré-eliminatória de acesso à Champions.

 

Entretanto, um jornalista romeno partilhou uma imagem do Arena Nacional, de Bucareste, onde o Sporting vai jogar a segunda-mão do play-off, num jogo agendado para quarta-feira, dia 23 de Agosto: ou seja, daqui a dez dias.

 

1024.jpg

 

Na fotografia pode ver-se como o relvado se apresenta num péssimo estado, com várias clareiras onde parece não existir relva. O Arena Nacional é o estádio utilizado pela selecção romena e que desde Março de 2015 se tornou também a casa do Steaua.

 

publicado às 04:29

 

naom_5719b8ab09288.jpg

 

A substituição do relvado do Estádio José Alvalade começou na segunda-feira. O estudo levado a cabo pelo Sporting revelou a necessidade de remodelar, também, a caixa de sustentação onde o ‘tapete’ se encontra inserido, razão pela qual o valor ascenderá aos 200 mil euros.

 

Os trabalhos de substituição do relvado terão, necessariamente, de ser mais profundos. Depois de retirar o antigo tapete, o subsolo irá passar por uma fase de tratamento e de fertilização. Só depois será colocado o novo relvado.

 

O Apofrting aproveita a paragem nas competições para realizar uma obra, de forma a que, quando tiver lugar o jogo de apresentação, em Julho, o relvado esteja em óptimas condições para a prática do futebol.

 

Este será o sétimo relvado que o recinto irá conhecer desde a sua inauguração, em Agosto de 2003, devido a falhas na arquitectura, que dificulta a eficaz circulação do ar e, consecutivamente, leva a um excesso de temperatura que acaba por deteriorar as raízes.

 

A Direcção ainda não abandonou a ideia de remover o fosso, mas o elevado custo do investimento, na ordem dos 10 milhões de euros, coloca, para já, o projecto na ‘gaveta’.

 

publicado às 06:10

Foto do Dia

Rui Gomes, em 13.03.16

 

img_FanaticaBig$2016_03_12_21_00_18_1075870.jpg

 [Foto: Record]

 

 

Na realidade, o título do post devia ser "Foto absurda do dia", publicada pelo Record, com esta manchete:

 

"ÁREA DO SPORTING TERMINOU NESTE ESTADO"

 

«O forcing final do Estoril em busca do empate ainda agravou o estado do relvado na área de Rui Patrício, como as imagens documentam. O Sporting, recorde-se, bateu os canarinhos por 2-1 e subiu à liderança provisória da Liga NOS».

 

Uma publicação ridícula por parte do jornal - faz-me lembrar quando rasuraram o emblema do Sporting na touca do seu nadador Alexis Santos - ao querer fazer acreditar que apenas 15 minutos de jogo era o suficiente para provocar este estado do relvado na área do guarda-redes, deixando omisso, claro, que na primeira parte a baliza teve um outro "dono".

 

publicado às 11:29

Visitar os nossos amigos na Internet

Rui Gomes, em 29.10.15

 

informationtechnology.jpg

 

Referência a um extenso artigo publicado no Relvado, intitulado Há sportinguistas injustiçados, da autoria do nosso leitor Profeta, no qual este comenta os mandatos de vários presidentes do Sporting, desde José Roquette até Bruno de Carvalho. Eis um breve excerto deste artigo:

                

«Desde que Bruno de Carvalho se tornou presidente do Sporting, tem sido lançado, no meu entender, um mito na blogosfera leonina, de que o projecto de José Roquette foi o grande responsável pelo fracasso desportivo dos últimos anos, sendo que o próprio José Roquette é dado como o pai do descalabro.

 

Falando por mim, confesso que na época de 2012-2013, quando o Sporting chegou a estar numa posição de "luta pela permanência", alguns boatos são mais fáceis de atingir o alvo, face ao desgaste emocional perfeitamente natural que nós sentíamos, por vermos a nossa equipa a ocupar os últimos lugares na Liga portuguesa, o que nos torna mais vulneráveis. Os meus primeiros artigos neste site foram precisamente a alimentar esse mito, face a alguma ingenuidade, e tristeza, que sentia nesses tempos.»

 

publicado às 03:05

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds