Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Antevisão de Ricardo Sá Pinto

Rui Gomes, em 18.08.19

sapinto.jpg

Considerações de Ricardo Sá Pinto, treinador do SC Braga, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo deste domingo frente ao Sporting:

"Não considero que o Sporting esteja ferido de algum modo, considero que é uma grande equipa, colectiva e individualmente, tem excelentes jogadores e até acho que o último resultado é injusto, merecia ter vencido na Madeira. 

Por isso, acho que será um jogo muito difícil, diante de uma equipa que quer ganhar, e ainda não ganhou esta época, mas está desejosa de conseguir outro resultado. Espero um Sporting com uma entrada forte em jogo, pressionante, a querer marcar cedo.

Da nossa parte, iremos tentar fazer o melhor jogo e o melhor resultado possível. Vamos para o nosso quarto jogo em 10 dias, depois teremos cinco em 15 dias. É muito exigente para nós, gostávamos de estar mais frescos - em termos mentais estamos - e de ter mais tempo para preparar este jogo".

publicado às 03:32

 

Ricardo+Sa+Pinto+Sporting+Clube+de+Portugal+kQdBPa

 

Questionado esta quinta-feira sobre a possibilidade de vir treinar novamente o Sporting, Ricardo Sá Pinto teve isto para dizer:

 

"Cheguei ontem da Bélgica após uma época que correu de forma extraordinária e tendo decidido, por diversas razões, não continuar. O meu futuro? Em princípio não passará por Portugal, quase de certeza.

 

Como sabem a minha ligação ao Sporting é eterna, para mim treinar o Sporting não é apenas trabalho, é mais do que isso, é uma grande responsabilidade emocional. Tudo o que conseguir no Sporting, seja sucesso ou insucesso, terá um impacto muito grande na minha vida pessoal e profissional. Nesta altura... Estou triste com o que se está a passar, não existe a estabilidade nem condições fundamentais para que volte ao Sporting. Com certeza que voltarei no futuro, mas nesta altura não.

 

Não sei o que se está a passar, notem que estou a chegar a Bélgica. Só tomei esta posição porque muito se falou e especulou, pelo que achei que devia dizer o que disse. União e estabilidade, acho que não existe actualmente no Sporting. Tenho amigos, pessoas de quem gosto e considero, pessoas importantes, que estão divididas.

 

O Sporting não é hoje um clube unido. Só todos juntos poderão fazer um Sporting forte. Não estou totalmente documentado sobre o que se passou e quando assim é, não gosto de opinar. Sei de algumas coisas, mas não da totalidade e quando há duas partes gosto de ser prudente. Eu também fui alvo de coisas menos agradáveis que muito se comentou e falou".

 

Apesar de ainda não dar para perceber que Sporting vamos ter na próxima época, um novo treinador terá de ser contratado e Ricardo Sá Pinto não é quem mais me agrada para o cargo neste momento. Outro nome sobre a mesa mediática é o de Luiz Felipe Scolari, ao ponto de já terem surgido notícias a dar negociações em curso. Confesso, que a ideia do técnico brasileiro também não me seduz.

 

publicado às 13:10

Ricardo Sá Pinto na calha ?

Rui Gomes, em 25.05.18

 

rikarnto-sa-pinto-arxeiou.jpg

 

Uma breve abordagem às notícias do dia que alegam o interesse do Sporting em Ricardo Sá Pinto, para substituir Jorge Jesus, cujo futuro, diga-se, ainda está por esclarecer, nomeadamente no que diz respeito ao seu último ano de contrato.

 

A acreditar nas reportagens, o antigo capitão e treinador do Sporting - que está livre de compromissos após terminar a época no Standard Liège -, dado o respeito que Jorge Jesus lhe merece, não está disposto a abordar quaisquer negociações enquanto a situação do ainda técnico da equipa principal não for definida.

 

Não valerá a pena recapitular o passado de Sá Pinto de "leão ao peito" e apesar de não ser um requisito do cargo, creio que o seu sportinguismo não é minimamente questionado.

 

Se acabar por ser contratado, respeitarei a decisão, mas neste momento não tenho um conceito concreto sobre a sua eventual mais-valia, nomeadamente em termos técnicos e, de igual modo, no que diz respeito ao seu já histórico temperamento.

 

Devido à incerteza sobre a futura liderança do Clube, será fútil, porventura, conjecturar a sua hipotética associação à actual Direcção do Clube, e da SAD. Não estou a ver, no entanto, Ricardo Sá Pinto assumir uma postura de subserviência, quer seja com Inácio ou com o lunático Carvalho.

 

publicado às 17:01

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo