Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

large_201812062111.jpg

 

Começamos por transcrever as expectáveis considerações de José Mota, sublinhando o seu desagrado não só pela grande penalidade assinalada a favor do Sporting, como também outros lances que na sua opinião "penalizaram"  o Desportivo das Aves:

 

"São sempre os mesmos a dar a cara. É penálti? É penálti, eu vi o lance. Mas o jogador do Sporting quando cabeceia já está em queda. Se há contacto? Há. Se é para marcar contactos, então é. Mas porque é que aos 15 minutos não marcaram penálti contra o Nildo? Depois dizem que sou contra vocês, mas não sou. Vi os lances na TV, nunca passou a imagem do Nildo aos 15 minutos. Pois o lance do Sporting estiveram meia hora, aos 15 minutos há um lance sobre o Nildo que podia dar penálti porque é penálti. Aos 45' há contra o Amilton. Fala-se de intensidade? Então no do Sporting há e no do Amilton não?"

 

Devemos esclarecer o sr. José Mota que o lance que levou à grande penalidade foi bem assinalado. O seu jogador pontapeou Diaby e, para o efeito, é completamente irrelevante que o avançado do Sporting já tenha cabeceado a bola ou, como ele diz, que já estivesse em queda, que até não é verdade.

 

O segundo ponto para consideração do treinador do Aves é que apesar de uma primeira parte menos conseguida, este não é o animicamente de rastos Sporting que ele defrontou na final da Taça de Portugal. É uma equipa muito motivada, bem organizada e com grande apetência para marcar golos, especialmente com Bas Dost no topo do seu jogo.

 

download (1).jpg

 

Marcel Keizer também comentou o jogo e a performance da sua equipa:

 

"Começámos não apenas por sofrer um golo mas também não estivemos ao nosso nível. Disse aos jogadores no intervalo quais eram as dificuldades. Tínhamos de pressionar. Os nossos jogadores não estavam satisfeitos e é essa a atitude certa que queremos. Fizemos algumas mudanças, circulação mais rápida. Pressionámos quando perdemos a bola e fizemos golos bonitos. O Aves jogou muito bem na primeira parte, também por causa dos nossos problemas. Mas todo o mérito para eles, dificultaram-nos as coisas."

 

Na opinião de Marcel Keizer, a equipa esteve ainda melhor depois da expulsão de Acuña, aos 56'. O golo de Diaby (59') surgiu com o Sporting reduzido a dez unidades. Bas Dost marcou aos 40 e 48', e Nani aos 45 minutos.

 

O Sporting alinhou de início com Renan; Bruno Gaspar, Coates, Mathieu e Acuña; Gudelj, Wendel e Bruno Fernandes; Nani, Diaby e Bas Dost.

 

Suplentes: Salin, Jefferson, André Pinto, Montero, Bruno César, Petrovic e Jovane Cabral.

 

O homem do jogo foi, merecidamente, Bas Dost. O seu segundo golo, que "matou" o Aves, é deveras espectacular. Poucos jogadores têm o talento para golos daqueles, especialmente com regularidade, como é o caso do nosso avançado holandês.

 

Um elogio também para Abdoulay Diaby, que continua a demonstrar que pode ser um elemento muito importante na equipa esta época.

 

Com este resultado, o Sporting continua em 2.º lugar, com 28 pontos, a dois do FC Porto, um à frente do SC Braga e dois do Benfica. Na 13.ª jornada, agendada para domingo, dia 16 de Dezembro, o Nacional da Madeira visita Alvalade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:03

Foto do dia

Rui Gomes, em 10.12.18

 

img_920x519$2018_12_09_20_00_36_1481768.jpg

"Leões" entre os 35.124 espectadores em Alvalade

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:02

 

 

O Sporting venceu o Rio Ave, este domingo, em partida a contar para a 13.ª jornada da Liga Sport Zone. 

 

O jogo antevia-se menos difícil do que na realidade foi. Alex abriu o marcador logo aos três minutos, numa altura de clara superioridade da equipa leonina; passados dez minutos, Léo ampliou a vantagem, fazendo assim o 2-0, resultado que vigorou até ao intervalo. Antes do primeiro tempo terminar, houve ainda oportunidade de Gonçalo brilhar, ao defender uma grande penalidade, após falta de André Sousa.

 

A segunda parte começou com o Sporting a procurar aumentar o marcador, mas sem a eficácia necessária. A partida tornou-se um pouco mais agressiva, onde o Rio Ave tentou pressionar os leões, e foi num desses casos que acabou por reduzir a desvantagem, por infelicidade de Léo, que marcou auto-golo.

 

A formação verde e branca passou assim o teste frente ao lanterna vermelha, tendo agora em vista o dérbi lisboeta contra o Belenenses. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:00

Este Sporting é outra conversa

Rui Gomes, em 04.12.18

 

bcb331b7-9f4d-402d-a00c-91ff41baeec7.jpg

 

Não deixamos de reconhecer que ainda há aspectos e elementos da equipa leonina que não satisfazem totalmente, no entanto, creio que está à visto do mais crítico que este Sporting sob o comando de Marcel Keizer está a apresentar qualidade de jogo muito mais próxima do que se exige de um candidato ao título.

 

O Sporting alinhou de início com Renan; Bruno Gaspar, Coates, Mathieu, Marcus Acuña; Gudelj, Wendel, Bruno Fernandes; Diaby, Nani e Bas Dost.

 

Suplentes: Salin, Jefferson, André Pinto, Bruno César, Petrovic, Jovane e Thierry Correia.

 

No final da partida, Bruno Fernandes, entre outras considerações, afirmou que "este estilo de jogo traz o melhor de cada um dos jogadores". E quem somos nós para duvidar da palavra dele, além de que até ao momento os resultados estão à vista.

 

A um determinado ponto estava eu a "falar com os meus botões" sobre a necessidade de se contratar um guarda-redes de qualidade superior, entretanto, contudo, Renan executa três defesas de grande nível, mesmo a salvar o golo, que me deixaram a reflectir. Talvez seja necessário dar-lhe mais algum tempo.

 

Por mera coincidência, neste contexto, Marcel Keizer adiantou esta observação: ""Quando cheguei, há algumas semanas, a situação estava assim. As coisas estão a correr bem, no nosso plantel temos bons guarda-redes e bons jogadores. Neste momento está a jogar o melhor".

 

download (1).jpg

 

Destaque final para o golaço de Jovane Cabral, aos 72 minutos, pouco depois de entrar em campo em substituição de Diaby. Magnífica execução do jovem leão. Vale a pena rever aqui.

 

Com esta vitória, o Sporting mantém-se no segundo lugar da tabela classificativa, com 25 pontos, dois atrás do líder FC Porto, um à frente do terceiro classificado SC Braga, e dois do Benfica.

 

O próximo jogo está agendado para domingo, em Alvalade, às 20h00, frente ao Desportivo das Aves.

 

P.S.: No final da partida, José Gomes, treinador do Rio Ave, afirmou que "parece-me que há uma falta sobre Vinícius na área do Sporting". Nem sequer sei a que lance ele se refere, no entanto, a falar do mesmo Vinícius - o tal que ele não trocava por Bas Dost -, na minha opinião, devia ter visto o cartão vermelho e não apenas o amarelo pela entrada dura e faltosa sobre Jefferson.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:04

Convocatória para o Rio Ave

Rui Gomes, em 03.12.18

 

47233402_10155647114116555_5903987956342849536_n.j

 

A maior novidade na lista de 19 jogadores convocados por Marcel Keizer será o jovem Thierry Correia, apesar de ter participado no jogo da Liga Europa na quinta-feira.

 

De resto, o regresso à equipa de Matieu e Acuña, após o jogo de castigo contra o Qarabag, e o jovem guarda-redes Diego Sousa, que decerto não será chamado a equipar-se.

 

Mathieu regressará ao onze inicial, assim como, em princípio, Acuña. Este cenário, no entanto, apresenta um pequeno dilema para Marcel Keizer. Com Gudelj a "6" e a manter Wendel como titular, o técnico terá de abdicar de alguém na linha da frente.

 

Bruno Fernandes, Nani e Bas Dost estão garantidos, resta apenas Diaby. Depois de um jogo em que marcou dois golos, não será uma decisão fácil de tomar. A única outra alternativa é Acuña como lateral, relegando Jefferson para o banco.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:33

 

img_920x518$2018_12_02_12_43_26_1479033.jpg

 

Rio Ave e Sporting fecham hoje a 11.ª jornada da Liga NOS e o treinador dos visitados, José Gomes, espera um "excelente jogo" contra um Sporting de Marcel Keizer que "apresenta um futebol diferente", mas não necessariamente melhor, na sua óptica:

 

"O Sporting apresenta agora um futebol diferente. Não quer dizer que seja melhor. Nós em Portugal temos a tendência de sobrevalorizar o que vem de fora. Eles vivem neste entusiasmo da novidade. Fizeram um excelente jogo na quinta-feira e claro que espero um Sporting forte.

 

A invencibilidade caseira é apenas uma curiosidade no meio de outros números. Vamos lutar para amanhã mantê-la viva. Queremos proporcionar o bom futebol que temos proporcionado até aqui.

O Fábio está convocado. Tem um espírito extraordinário e acrescenta muito à equipa.

Não! Não trocava. O Bas Dost é um grande goleador e conhece muito bem o espaço dentro da área, mas o Vinícius, com a sua mobilidade e velocidade, tem características que o Bas Dost não tem."

 

Parece-me um discurso algo condescendente, mas não há dúvidas que o Rio Ave é uma boa equipa que está a praticar bom futebol. Não é por mero acaso que se encontra em 5.º lugar, com 18 pontos, apenas quatro atrás do Sporting. Outra importante consideração é que não perde no seu recinto há cerca de um ano.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:31

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 07.10.18

 

img_476x268$2018_10_06_22_44_15_1457114.jpg

 

O VAR, em geral, e em particular, em Portugal, tem muito que se lhe diga. Quer se queira quer não, a tecnologia continua a depender de decisão humana e esta é tudo menos infalível.

 

O SC Braga teve umas quantas oportunidades para vencer o Rio Ave, mas não concretizou, e como quase sempre acontece, quem não marca sofre. 

 

Ironicamente, podia ter sofrido ainda mais, se o árbitro ou o VAR tivessem assinalado a flagrante falta para grande penalidade cometida por Bruno Viana sobre Galeno, mesmo ao cair do pano. Tiago Martins até estava bem colocado no lance, e torna-se incompreensível a sua não decisão. A ausência de intervenção do VAR fica no segredo dos deuses.

 

Para "compensar", no entanto, Tiago Martins deu a ordem de expulsão a cinco elementos, durante os seis minutos de tempo extra e após o apito final. Abel Ferreira inaugurou a série, por protestos. Esgaio viu o segundo amarelo e a lista cresceu quando, separados por três minutos, André Vilas Boas e José Gomes receberam ordem para abandonar o banco do Rio Ave. Para finalizar o cenário, Wilson Eduardo viu o vermelho directo no acesso aos balneários.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:03

O futebol tem destas coisas

Rui Gomes, em 01.09.18

 

img_920x518$2018_08_31_18_54_56_1442119.jpg

 

Algo que ninguém esperava no último dia do mercado de transferências era ver Fábio Coentrão ser apresentado como jogador do... Rio Ave. É de crer que a vasta maioria de adeptos dava o defesa como garantido novamente em Alvalade uma vez que a rescisão com o Real Madrid fosse oficializada. Não aconteceu...

 

Eis as suas primeiras declarações depois de ser apresentado como reforço da equipa de Vila do Conde:

 

"Sinto uma felicidade tremenda porque voltar ao clube da terra diz-me muito. Ao contrário do que muita gente possa vir a dizer, neste momento sou uma pessoa feliz.

 

Passei por muito no futebol, já passei pelo maior clube no mundo, já passei por muitos clubes bons, mas cheguei a um ponto na carreira em que preciso de felicidade. Acho que vou encontrar essa felicidade no clube da minha terra. Sei que aqui sou amado e que as pessoas me querem. Não estou a dizer que não me querem noutros sítios, porque no Sporting senti um carinho muito especial e eu próprio tenho um carinho tremendo pelo Sporting.

Acho que fiz a escolha certa, nem pensei duas vezes. Já conquistei tudo no futebol, tive uma carreira muito bonita mas não quero que fique por aqui".

 

Horas mais tarde, o Record publica o que alegadamente são declarações adicionais de Fábio Coentrão, após ser instado a comentar o seu não regresso ao Sporting:

 

"Fiquei à espera até hoje da chamada do clube, pelo qual dei tudo o que tinha o ano passado, e até ao dia 31 recebi zero chamadas. É triste...".

 

Bem... mensagem muito confusa de Fábio Coentrão, com uma versão inicial radicalmente diferente da segunda.

 

Se de facto o Sporting não o tentou recuperar, quero acreditar que hajam razões válidas para essa decisão. A dúvida, no entanto, recai sobre a possível inconveniência de vir para a praça pública dar explicações. Sousa Cintra tem agora a palavra, veremos se dá algum esclarecimento.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:33

Gelson Dala regressa ao Rio Ave

Rui Gomes, em 18.07.18

 

image.jfif

 

O Rio Ave oficializou esta quarta-feira a contratação do avançado angolano Gelson Dala, que chega a Vila do Conde cedido pelo Sporting.

O atacante, de 22 anos, chega por empréstimo, até ao final da temporada, regressando aos Arcos, depois de ter alinhado no Rio Ave, na segunda metade da época passada, também por cedência.

 

Nesses seis meses em que esteve em Vila do Conde, e onde foi afectado por algumas lesões, o internacional angolano participou em seis jogos e apontou um golo.

 

Gelson já acompanhou nesta quarta-feira a equipa da foz do Ave no jogo de preparação frente ao Famalicão, da II Liga e que terminou empatado a um golo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00

Dúvidas sobre a Liga Europa

Rui Gomes, em 21.05.18

 

4B1E1A8C356D4429A7CAA2409F5617BC.jpg

 

Segundo reportagens em Portugal, o Desportivo das Aves não poderá participar na Liga Europa do próximo ano. Isto, porque o vencedor da Taça de Portugal não terá cumprido os requisitos necessários para obter o indispensável licenciamento junto da Federação Portuguesa de Futebol que lhe permitiria estrear-se em provas da UEFA.

 

Ainda dentro desta linha de argumentos, será então o Sporting a entrar directamente na fase de grupos da Liga Europa, por ser o 3.° da Liga NOS, ao passo que o Rio Ave, 5.°, ficará com uma vaga na 2.° pré-eliminatória. 


O SC Braga, por consequência, também beneficiará, começando a competir na 3.ª pré-eliminatória.

 

Com isto em mente, visitámos o portal oficial da UEFA, no que a esta prova diz resposta. Acontece que até a imagem central na primeira página é precisamente o Desportivo das Aves com a Taça de Portugal, seguido por uma lista de clubes já apurados para a fase de grupos da prova:

 

ESPVillarrealReal Betis
GERLeverkusenEintracht
ENGChelseaArsenal
ITALazioAC Milan
FRA: MarseilleRennes
RUSKrasnodar
PORAves
UKRVorskla
BELAnderlecht
TURAkhisarspor
CZE: Jablonec
SUI: Luzern/Zürich

 

Apesar desta informação, a dúvida persiste, dado que o organismo que superintende o futebol europeu aponta que a lista oficial só será revelada mais adiante.

 

Para o Sporting, depois de "abdicar" ingloriosamente dos muitos milhões da Champions, tudo o resto parecerá pouco, mas sempre há uma diferença entre ter que disputar a 3.ª pré-eliminatória e entrar directamente para a fase de grupos, tanto em termos financeiros como no calendário de jogos da próxima época.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:52

 

image.jpg

 

O mérito da 21.ª vitória do Sporting na Liga NOS não está minimamente em dúvida, perante um Rio Ave que se apresentou muito bem organizado, mas sem argumentos suficientes para superar a defesa leonina, hoje com Piccini a ocupar o seu lugar habitual na lateral direita.

 

Enquanto que é verdade que o guarda-redes vila-condense beneficiou de "ferros" muito simpáticos, além de algumas boas defesas que fez, a displicência de finalização do Sporting continua em evidência. Felizmente que a combinação Gelson/Bas Dost mantém-se letal e resolveu a contenda, com o extremo a ser o homem do jogo.

 

Como já foi referido noutros escritos, o Sporting carece de jogadores com "golo nos pés", sendo que não é por mero acaso que em 27 jogos só marcou 53 golos, uma média de 1,96 golos por jogo, comparado com o FC Porto 70 golos (2,59/jogo) e com o Benfica 71 (2,62/jogo).

 

O Sporting alinhou de início com Rui Patrício; Piccini, Coates, Mathieu e Fábio Coentrão; Bruno Fernandes, William, Battaglia e Rúben Ribeiro; Gelson Martins e  Bas Dost.

 

Suplentes: Romain Salin, André Pinto, Lumor, Wendel, Bryan Ruiz, Acuña e Montero.

 

Se há alguma surpresa - se surpresa é o termo - será pelo facto de Jorge Jesus ter alinhado no que me pareceu ser 4X3X3, com Bruno Fernandes a "10", a posição mais adequada às suas características técnicas e que dá à equipa a dinâmica ofensiva que se pretende.

 

img_FanaticaBig$2018_03_18_20_37_00_1376968.jpg

 

O médio brasileiro Wendel "calçou" pela primeira vez desde que chegou a Alvalade, muito embora a sua entrada no jogo aos 88 minutos nem sequer tenha dado para ver a cor das botas. É por de mais óbvio que foi uma contratação de Janeiro com a próxima época em mente.

 

Pela paragem para jogos de selecção, o Sporting irá ter um breve período de descanso, mas não deixa de preocupar que os jogadores "chave" foram convocados pelos seus países, acabando por minimizar o benefício da paragem.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:33

Marcelo confirmado no Sporting

Rui Gomes, em 19.03.18

 

img_770x433$2018_03_18_23_45_46_1377032.jpg

 

Miguel Cardoso - treinador do Rio Ave - confirmou que Marcelo vai reforçar o Sporting na próxima temporada:

"Rúben Ribeiro foi o primeiro rosto do trabalho que está a ser feito este ano. O Marcelo foi o segundo. Não tenho de ter problemas em dizê-lo, o carácter dele em campo hoje mostra que posso estar completamente à vontade para dizer que Marcelo é jogador do Sporting. Fez um jogo fantástico e é um profissional intocável. Há um conjunto de jogadores que serão valorizados no final do campeonato".

 

Ainda é muito cedo para falar na próxima época, mas... mais um defesa central ? E, recorde-se, ainda temos o muito promissor Domingos Duarte emprestado ao Chaves.

 

AINDA...

 

Miguel Cardoso foi instado a comentar os rumores de que na próxima época sucederia a Jorge Jesus no comando técnico do Sporting. Recorde-se que essa hipótese foi avançada por comentadores afectos ao Benfica em alguns programas televisivos:

 

"Não, não vamos falar sobre isso. A pessoa certa para responder a essa questão não sou eu. Teria de perguntar no mesmo espaço onde foi noticiado. Eu já fiz a minha parte, em privado, sobre essa questão".

 

Pelos vistos, o técnico do Rio Ave telefonou a Jorge Jesus, quando o tema foi noticiado, a 5 de Março, tendo desmentido quaisquer contactos do Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:32

Convocatória para o Rio Ave

Rui Gomes, em 18.03.18

 

29425540_10155134194681555_3978458249581035520_n.j

 

A lista de 19 jogadores convocados por Jorge Jesus para o embate deste domingo com o Rio Ave.

 

Alguns ausentes devido a lesão, nomeadamente Bruno César, Doumbia Daniel Podence que ainda recupera da cirurgia a que foi submetido.

 

Por aparente opção técnica, Rafael Leão, Josip Misic e Petrovic.

 

Considerando que o campeonato vai ter uma breve paragem para jogos de selecção, é de prever que não teremos poupanças neste jogo. Sendo assim, o provável 'onze' de Jesus será:

 

Rui Patrício; Piccini (se estiver fisicamente em condições), Coates, Mathieu e Fábio Coentrão; William Carvalho e Bruno Fernandes; Gelson Martins, Acunã, Rúben Ribeiro e Bas Dost.

 

A minha preferência, hoje e sempre, apresentaria Battaglia (pela ausência de um "8" nato) a complementar William e Bruno Fernandes a "10", ou seja, na zona intermédia mais próximo de Bas Dost. 

 

Apesar da sua notória inaptidão frente à baliza, Bryan Ruiz atravessa um momento de melhor forma e poderá ser escolha para a titularidade novamente. O meu palpite de ser Rúben Ribeiro a integrar a equipa inicial deve-se apenas por ser contra o seu antigo clube.

 

Os mais prováveis candidatos para a bancada serão Lumor ou Wendel, este último que ainda não "calçou" desde que chegou a Alvalade em Janeiro.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00

A magia de Francisco Geraldes

Rui Gomes, em 15.01.18

 

 

O Rio Ave isolou-se no quinto lugar da I Liga, ao vencer por 2-1 no reduto do Belenenses, em encontro da 18.ª jornada resolvido por um livre directo de Francisco Geraldes, aos 96 minutos. Isto, depois da assistência no primeiro golo.

 

Pela equipa de Vila de Conde, esta época, Francisco Geraldes soma 24 jogos, 20 dos quais como titular, acumulando 1763 minutos de jogo (média de 73,4 minutos por jogo), com 3 golos marcados.

 

Mais um dos talentos da formação do Sporting que não é apreciado por Jorge Jesus.

 

***Caso o vídeo seja retirado, também pode ver aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:52

Gelson Dala emprestado ao Rio Ave

Rui Gomes, em 04.01.18

 

img_770x433$2018_01_04_17_33_54_1350113.jpg

 

O Sporting revelou através de comunicado no site oficial que Gelson Dala foi emprestado ao Rio Ave até ao final da temporada.

 

Já devia ter acontecido no início da época, mas vale mais tarde do que nunca. Uma boa oportunidade para o jovem avançado mostrar que tem capacidade para competir com regularidade na I Liga.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:46

Mais um defesa central ?

Rui Gomes, em 19.12.17

 

Marcelo-46-1024x840.jpg

 

Segundo o jornal O Jogo, há acordo para a transferência para Alvalade de Marcelo, defesa central de 28 anos do Rio Ave.

 

O jogador brasileiro termina contrato com os vila-condenses em Junho, disposição que terá facilitado a saída, caso esta se venha a confirmar.

 

Fica no ar, no entanto, a dúvida sobre a real necessidade de mais um central no plantel leonino, considerando que Jorge Jesus já conta com Sebastián Coates, Jérémy Mathieu, André Pinto e Tobias Figueiredo. Estes dois últimos, que até não registam muitos minutos de jogo até este ponto da época.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:11

Mais uma vitória do futsal leonino

Rui Gomes, em 02.12.17

 

futsal-scp_x_lpsalvo_2.jpg

 

A equipa principal de futsal do Sporting venceu esta sexta-feira o Rio Ave, por 6-2, no Pavilhão João Rocha, em encontro relativo à 13.ª jornada da Liga Sport Zone, permitindo-lhe seguir destacada na liderança, com mais 6 pontos (e mais um jogo) que o clube da Luz, que defronta o Quinta dos Lombos este sábado.

 
Diego Cavinato (2'  35'), Anílton Varela (11'), Dinis Ramos (26' p.b.) e Diogo (28' e 38') marcaram os golos leoninos, enquanto que Cigano (14') e Renato Pontes (33') apontaram para os vilacondenses.

 

Mantém-se assim o leão invicto na Liga Sport Zone, menos de uma semana depois de garantir pela sexta vez o acesso à fase final da UEFA Futsal Cup.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:44

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:38

 

image.jpg

 

O Sporting hoje não esteve bem, mas muito da sua insuficiência fica-se a dever à excelente exibição do Rio Ave, que pecou apenas pela ineficácia de finalização e, em três lances cruciais, viu Rui Patrício negar-lhe o golo com enormes defesas.

 

Como já tinha previsto num outro post, Jorge Jesus optou por uma frente de ataque mais dinâmica com Podence, Gelson Martins, Acuña e Bas Dost, mas, com isso, abdicou de muito controlo do meio campo, disposição que foi bem aproveitada pelo Rio Ave. Mesmo depois da entrada de Battaglia para o lugar de Daniel Podence, as dificuldades nesse sector nunca desapareceram completamente.

 

O Sporting alinhou de início com Rui Patrício; Cristiano Piccini, Sebastián Coates, Mathieu e Coentrão; William Carvalho, Bruno Fernandes, Gelson Martins e Acuña; Daniel Podence e Bas Dost.

 

Suplentes: Romain Salin, Jonathan Silva, André Pinto, Ristovski, Bruno César, Battaglia e Doumbia.

 

image.jpg

 

Além do mérito do adversário, não é fácil apurar as razões para a exibição menos satisfatória do Sporting. Muitos passes extraviados, pobre construção de jogo e muito pouca criatividade. Durante o primeiro período, chegou a estar cerca de 20 minutos sem fazer um único remate. Curiosamente, aos 44 minutos, foi André Pinto que tirou um golo certo da cabeça de Bas Dost. Estariam a pensar na Juventus ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:55

 

OriginalSize$2017_10_27_23_46_52_1328451.jpg

 

Este, o post dos encarnados da Luz na conta do Twitter, logo a seguir ao golo de Bas Dost. Alguém, que não eu, porque não me vou dar ao trabalho de ensinar "cegos" a ver, devia explicar a estes iluminados que o braço não entra na equação da lei do fora de jogo.

 

No contexto da Lei 11 – Fora-de-jogo:

 

  • “mais perto da linha de baliza adversária” significa que qualquer parte da sua cabeça, corpo ou pés se encontra mais perto da linha de baliza adversária do que a bola e o penúltimo adversário. Os braços não se incluem nesta definição.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:54

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds