Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Volto a abordar este tema, apenas e tão só pela notícia desta segunda-feira a indicar que Hugo Miguel e Luís Godinho, respectivamente árbitro e vídeo-árbitro do recém-Rio Ave - Benfica, aguardam convocatória do Conselho de Arbitragem da FPF para explicarem, com detalhe, todo o processo de decisão que levou à validação do golo apontado por João Félix.

 

2019-05-13 (1).png

 

Indo até mais além, indica a mesma notícia que ambos estão à espera de serem castigados pelo organismo federativo, pela decisão tomada relativamente ao referido golo do Benfica. Alegadamente, no seio da arbitragem, será este o processo a seguir para os dois apitadores, pelas muitas queixas que têm surgido.

 

Diria um cínico que tudo isto não passa de mais uma encenação para "inglês ver", tendo presente o actual domínio do clube da Luz dos corredores do poder do futebol português.

 

Até me encrespa os cabelos a pensar que mesmo que haja alguma consequência para os dois "obreiros do dia", decerto que não passará de ambos ficarem de fora das nomeações na derradeira jornada do campeonato.

 

Não obstante o encanitante adorno retórico dos suspeitos usuais, 'cartilheiros' e afins do universo encarnado, inclusive de alguns dos nossos leitores, está bem à vista (imagem do post e vídeo aqui), que no início do lance em questão houve falta para grande penalidade pelo empurrão de Florentino nas costas de Gabrielzinho, jogador do Rio Ave.

 

download (2).jpg

(Até deu para cartoon)

 

Hugo Miguel está bem posicionado para ver claramente a falta e Luís Godinho, através das imagens de vídeo, não pode ver outra coisa. A conclusão óbvia é que este não é um caso de não se ver o que está bem à vista, mas sim de deliberadamente ignorar.

 

Ainda no mesmo lance, nem sequer vale a pena dirigir mais críticas ao árbitro-auxiliar por também ignorar o tão evidente fora de jogo de João Félix.

 

Mas, resumindo e concluindo, o jogo terminou, o resultado é irreversível, e o Benfica está praticamente garantido mais um título. E nós teremos de nos preparar para a avalanche cachaceira que vai invadir a praça.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:17

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 13.05.19

 

2019-05-12 (1).png

 

Fábio Coentrão deixou duras críticas ao futebol português na flash interview da Sport TV, apontando principalmente o lance a fechar a 1.ª parte, em que o Rio Ave pediu penálti e onde na sequência o Benfica marcou pela segunda vez:

 

"Vocês viram. Voltámos a fazer um bom jogo frente a uma boa equipa, mas agora que estamos no fim, olho para trás e vejo que é complicado jogar nestes clubes em que estou agora, com muito orgulho, atenção! Mas torna-se mais complicado ganhar jogos. No lance do 2-0 há uma falta evidente.

 

Por que é os árbitros não têm coragem de fazer às equipas pequenas o mesmo que fazem às grandes? Se é falta, tem de marcar falta! Ponto final! Assim mais complicado se torna, mas pronto, o nosso futebol, infelizmente, está assim. Demonstrámos que somos uma boa equipa. Tenho muita pena de não tirar pontos ao Benfica.

 

Se a desvantagem ao intervalo pesou muito? Óbvio que sim. Contra uma equipa com o talento que tem o Benfica é difícil. O nosso futebol precisa de uma reflexão...

 

Sempre dei tudo pelo Benfica. Trabalhei bem naquela casa. Dei dinheiro ao Benfica, ajudei o Benfica e o Benfica ajudou-me, mas o futebol é isto. O Benfica que siga a vida deles que eu sigo a minha. Não vou falar mais porque depois as pessoas vão complicar."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:45

 

59972656_2142303532504324_2604927162859388928_o.jp

 

Péssima exibição da equipa de sub-23 do Sporting, derrotada por 4-2 pelo Rio Ave, em jogo a contar para as meias-finais da Taça Revelação.

 

Sem deslumbrar, a equipa de Vila do Conde foi superior à formação leonina e mereceu a vitória, tendo beneficiado de uma "comédia" de erros dos leões.

 

O marcador foi inaugurado com um autogolo de João Sousa, defesa central do Sporting, que ao tentar aliviar o esférico num pontapé de canto, cebeceou a bola para dentro da sua própria baliza.  

 

O lance do segundo golo foi iniciado pelo próprio guarda-redes leonino, Diogo Sousa, que passou a bola a um adversário, resultando num remate frouxo que fez tabela num defesa e traiu o guardião.

 

O terceiro golo resulta da conversão de uma grande penalidade por falta não existente. O avançado do Rio Ave deixou-se cair à entrada da área e o árbitro assinalou o castigo máximo.

 

image.jpg

 

O quarto golo é apenas e tão só um super "frango" de Diogo Sousa, que num remate frouxo e rasteiro deixou a bola passar pelo meio das mãos e das pernas.

 

Na realidade, a equipa do Sporting só começou a jogar futebol digno do nome depois de já estar a perder por 3-0. Pedro Mendes reduziu o marcador aos 67' e Pedro Marques marcou o segundo tento já ao cair do pano.

 

O único jogador leonino em evidência, sem ser surpresa, foi Miguel Luís. Gonzalo Plata, a mais recente contratação do Sporting, muito distanciado do jogo. Terá de assumir uma outra atitude e mostrar um desempenho muito mais elevado se aspira chegar à equipa principal.

 

A outra meia-final, entre Benfica e Aves, está no prolongamento (2-2) no momento que preparo este post.

 

Adenda: Entretanto, o Desportivo das Aves eliminou o Benfica no desempate através de grandes penalidades e vai disputar a final da Taça Revelação com o Rio Ave.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:59

 

fvl_20190421rave_scp_0144.jpg

 

No encontro que antecede a disputa da final four da Liga dos Campeões - joga na sexta-feira com o Inter Movistar -, o Sporting terminou a fase regular do Campeonato Nacional de futsal com uma ampla e moralizadora vitória, ao triunfar por 11-3 na visita ao reduto do Rio Ave.

 

Dieguinho foi a grande figura da partida, ao marcar três golos, ao passo que Pany Varela e Alex se evidenciaram com um bis. Já Rocha, Léo, Pedro Cary e João Matos completaram a lista de marcadores, todos com um golo. Do lado contrário, Rubinho, Simas e Fred Torres foram os marcadores de serviço.

 

Com este resultado, aliado à vitória do Benfica em Braga, os leões fecham a fase regular no segundo lugar, com 73 pontos - menos 2 do que as águias -, e nos quartos-de-final do playoff vão ter pela frente a sétima classificada Quinta dos Lombos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:02

Um Sporting muito confiante

Rui Gomes, em 08.04.19

 

f5fb17c1-77cb-4c8b-9dcf-6e1ed568fa6d.jpg

 

O Sporting realizou uma exibição muito confiante e tranquila, com três golos sem resposta e alguns desperdícios à mistura.

 

Colectivamente, esteve muito bem, mas o desgaste do intenso embate ao meio da semana fez-se sentir em alguns jogadores, nomeadamente na segunda parte. Borja foi substituído ao intervalo, tendo provavelmente acusado alguma questão física pela lesão que sofreu no início do jogo. Depois foi a vez de Acuña e Mathieu aproveitarem para descansar uns minutos.

 

download (1).jpg

 

O Sporting alinhou de início com os seguintes: Renan Ribeiro; Ristovski, Coates, Mathieu e Borja; Gudelj, Wendel e Bruno Fernandes; Acuña, Diaby, e Luiz Phellype.

 

Suplentes: Salin, Bruno Gaspar, André Pinto, Francisco Geraldes, Idrissa Doumbia, Pedro Marques e Jovane Cabral.

 

Três golos da autoria de Luiz Phellype, finalização muito deliberada, Bruno Fernandes a converter uma grande penalidade e finalmente Wendel com um remate letal de belo efeito, para fechar o marcador.

 

download.jpg

 

Com este resultado, o Sporting isola-se pontualmente no terceiro lugar, três pontos à frente do SC Braga, que saiu derrotado de Moreira de Cónegos com um golo do leão Ivanildo Fernandes.

 

Na 29.ª jornada da Liga NOS o Sporting visita a Vila das Aves, em jogo agendado para o próximo sábado, às 20h30.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:20

Convocatória para o Rio Ave

Rui Gomes, em 07.04.19

 

56641415_10155886773236555_6017864637624614912_n.j

 

A lista de 19 jogadores convocados por Marcel Keizer para o embate deste domingo com o Rio Ave.

 

Bas Dost continua ausente a recuperar de lesão e hoje tem a companhia de Raphinha, que se lesionou no jogo de quarta-feira frente ao Benfica. Mais uma boa oportunidade para Luiz Phellype continuar a sua integração na equipa, especialmente depois da boa exibição no último jogo.

 

Apesar de algum cansaço pela partida ao meio da semana, não acredito que Keizer vá fazer quaisquer poupanças. Sendo assim, este poderá ser o seu 'onze' inicial:

 

Renan; Ristovski, Coates, Mathieu e Borja; Gudelj, Wendel e Bruno Fernandes; Acuña, Diaby e Luiz Phellype.

 

Também seria mais uma boa oportunidade para Jovane Cabral, mas reconhece-se que a preferência de Keizer recai quase sempre sobre Diaby.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:18

Sub-23 perdem pontos em Vila do Conde

Rui Gomes, em 06.04.19

 

 

O Rio Ave partilha com o Desportivo das Aves a liderança da Liga Revelação, depois de ter vencido, em jogo da sexta jornada da fase de apuramento de campeão , o Sporting por 2-1.

 

Numa partida muito disputada, a equipa de Vila do Conde marcou por Zé Domingos, aos 6 minutos e Schutte, aos 35. o Sporting reduziu, por Pedro Mendes, aos 51. 

 

O Rio Ave partilha a liderança com 37 pontos e a equipa leonina, à condição, continua no terceiro lugar com 33.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:00

Poderio ofensivo continua demolidor

Rui Gomes, em 20.12.18

 

maxresdefault.jpg

 

O Sporting apurou-se para os quartos-de-final da Taça de Portugal num jogo em que a nova "máquina" ofensiva mais uma vez não teve problemas em marcar golos. Foram cinco, através de Bas Dost (2), Diaby (2) e Bruno Fernandes. Sofreu dois, um deles auto-golo de Bruno de Gaspar, podia até ter sofrido mais, mas também desperdiçou umas quantas oportunidades flagrantes para dilatar o marcador.

 

Onze inicial: Renan; Bruno Gaspar, Coates, Mathieu e Acuña; Gudelj, Bruno Fernandes e Miguel Luís; Jovane Cabral, Diaby e Bas Dost.

 

Suplentes: Salin, André Pinto, Jefferson, Ristovski, Petrovic, Bruno César e Raphinha.

 

Torna-se evidente que a equipa está a jogar com muita confiança, talvez até algo exagerada naqueles momentos em que se exige maior rigor defensivo. No entanto, a veia goleadora continua a compensar algumas falhas no sector mais recuado.

 

download (1).jpg

 

Se o "calculador" não me falha, são trinta golos marcados, nos sete jogos em que Marcel Keizer lidera a equipa. Um verdadeiro hino ao futebol ofensivo.

 

Marcel Keizer

 

"Tentamos jogar futebol para ganhar mas também para os adeptos, pressionar alto. Os jogadores adoram jogar futebol e é isso que estamos a ver, gostam de ter a posse da bola. Podemos melhorar. Hoje (ontem) o Rio Ave teve tanta bola ou mais do que nós. Jogámos contra uma boa equipa e estamos satisfeitos. Eficácia foi determinante? Sim. O Rio ave também teve oportunidades. No final em contra-ataque podíamos ter feito melhor, mas estou satisfeito.

 

Jogar simples é uma das coisas mais difíceis do futebol. Há coisas a melhorar, mas adoro ver a equipa jogar bem. Temos de ter cuidado, porque sofremos alguns contra-ataques na segunda parte".

 

José Gomes

 

"São números excessivos. Foi um grande espectáculo com alguns erros defensivos nossos que pagámos com golos. Estivemos quatro vezes sozinhos com o guarda-redes e não convertemos. Em vários momentos podíamos retomar a disputa da eliminatória, mas o Sporting acabou por ser mais feliz. Parabéns."

 

As oito equipas apuradas para os quartos-de-final da Taça de Portugal:

 

I Liga: Aves, Benfica, SC Braga, Feirense, V. de Guimarães, FC Porto e Sporting.

 

II Liga: Leixões.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:03

Convocatória para o Rio Ave

Rui Gomes, em 18.12.18

 

48421088_10155676666781555_5737470167311450112_n.j

 

A lista de 18 jogadores convocados para o embate com o Rio Ave para esta eliminatória da Taça de Portugal, claramente sublinha o objectivo importante que esta competição é para o Sporting.

 

Nota-se a ausência de Nani, creio por precaução, mas também o regresso de Raphinha após ausência, por lesão, de cerca de dois mses. O seu último jogo foi com o Portimonense, no dia 10 de Outubro. Não se espera, no entanto, que venha a ser titular neste jogo com a equipa de Vila do Conde.

 

Reitero a minha sugestão do último jogo, para Miguel Luís, e não Bruno César, ocupar a vaga no meio campo, pela lesão de Wendel, ao lado de Gudelj e Bruno Fernandes.

 

Acuña regressa após cumprir um jogo de castigo na I Liga, contra o Nacional, e muito embora não seja a solução ideal para a lateral esquerda, deverá substituir o muito irregular Jefferson.

 

Eis o onze do Sporting que eu antecipo ver neste jogo:

 

Renan; Bruno Gaspar, Coates, Mathieu e Acuña: Gudelj, Miguel Luís e Bruno Fernandes; Diaby, Jovane Cabral e Bas Dost.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:23

 

large_201812062111.jpg

 

Começamos por transcrever as expectáveis considerações de José Mota, sublinhando o seu desagrado não só pela grande penalidade assinalada a favor do Sporting, como também outros lances que na sua opinião "penalizaram"  o Desportivo das Aves:

 

"São sempre os mesmos a dar a cara. É penálti? É penálti, eu vi o lance. Mas o jogador do Sporting quando cabeceia já está em queda. Se há contacto? Há. Se é para marcar contactos, então é. Mas porque é que aos 15 minutos não marcaram penálti contra o Nildo? Depois dizem que sou contra vocês, mas não sou. Vi os lances na TV, nunca passou a imagem do Nildo aos 15 minutos. Pois o lance do Sporting estiveram meia hora, aos 15 minutos há um lance sobre o Nildo que podia dar penálti porque é penálti. Aos 45' há contra o Amilton. Fala-se de intensidade? Então no do Sporting há e no do Amilton não?"

 

Devemos esclarecer o sr. José Mota que o lance que levou à grande penalidade foi bem assinalado. O seu jogador pontapeou Diaby e, para o efeito, é completamente irrelevante que o avançado do Sporting já tenha cabeceado a bola ou, como ele diz, que já estivesse em queda, que até não é verdade.

 

O segundo ponto para consideração do treinador do Aves é que apesar de uma primeira parte menos conseguida, este não é o animicamente de rastos Sporting que ele defrontou na final da Taça de Portugal. É uma equipa muito motivada, bem organizada e com grande apetência para marcar golos, especialmente com Bas Dost no topo do seu jogo.

 

download (1).jpg

 

Marcel Keizer também comentou o jogo e a performance da sua equipa:

 

"Começámos não apenas por sofrer um golo mas também não estivemos ao nosso nível. Disse aos jogadores no intervalo quais eram as dificuldades. Tínhamos de pressionar. Os nossos jogadores não estavam satisfeitos e é essa a atitude certa que queremos. Fizemos algumas mudanças, circulação mais rápida. Pressionámos quando perdemos a bola e fizemos golos bonitos. O Aves jogou muito bem na primeira parte, também por causa dos nossos problemas. Mas todo o mérito para eles, dificultaram-nos as coisas."

 

Na opinião de Marcel Keizer, a equipa esteve ainda melhor depois da expulsão de Acuña, aos 56'. O golo de Diaby (59') surgiu com o Sporting reduzido a dez unidades. Bas Dost marcou aos 40 e 48', e Nani aos 45 minutos.

 

O Sporting alinhou de início com Renan; Bruno Gaspar, Coates, Mathieu e Acuña; Gudelj, Wendel e Bruno Fernandes; Nani, Diaby e Bas Dost.

 

Suplentes: Salin, Jefferson, André Pinto, Montero, Bruno César, Petrovic e Jovane Cabral.

 

O homem do jogo foi, merecidamente, Bas Dost. O seu segundo golo, que "matou" o Aves, é deveras espectacular. Poucos jogadores têm o talento para golos daqueles, especialmente com regularidade, como é o caso do nosso avançado holandês.

 

Um elogio também para Abdoulay Diaby, que continua a demonstrar que pode ser um elemento muito importante na equipa esta época.

 

Com este resultado, o Sporting continua em 2.º lugar, com 28 pontos, a dois do FC Porto, um à frente do SC Braga e dois do Benfica. Na 13.ª jornada, agendada para domingo, dia 16 de Dezembro, o Nacional da Madeira visita Alvalade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:03

Foto do dia

Rui Gomes, em 10.12.18

 

img_920x519$2018_12_09_20_00_36_1481768.jpg

"Leões" entre os 35.124 espectadores em Alvalade

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:02

 

 

O Sporting venceu o Rio Ave, este domingo, em partida a contar para a 13.ª jornada da Liga Sport Zone. 

 

O jogo antevia-se menos difícil do que na realidade foi. Alex abriu o marcador logo aos três minutos, numa altura de clara superioridade da equipa leonina; passados dez minutos, Léo ampliou a vantagem, fazendo assim o 2-0, resultado que vigorou até ao intervalo. Antes do primeiro tempo terminar, houve ainda oportunidade de Gonçalo brilhar, ao defender uma grande penalidade, após falta de André Sousa.

 

A segunda parte começou com o Sporting a procurar aumentar o marcador, mas sem a eficácia necessária. A partida tornou-se um pouco mais agressiva, onde o Rio Ave tentou pressionar os leões, e foi num desses casos que acabou por reduzir a desvantagem, por infelicidade de Léo, que marcou auto-golo.

 

A formação verde e branca passou assim o teste frente ao lanterna vermelha, tendo agora em vista o dérbi lisboeta contra o Belenenses. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:00

Este Sporting é outra conversa

Rui Gomes, em 04.12.18

 

bcb331b7-9f4d-402d-a00c-91ff41baeec7.jpg

 

Não deixamos de reconhecer que ainda há aspectos e elementos da equipa leonina que não satisfazem totalmente, no entanto, creio que está à visto do mais crítico que este Sporting sob o comando de Marcel Keizer está a apresentar qualidade de jogo muito mais próxima do que se exige de um candidato ao título.

 

O Sporting alinhou de início com Renan; Bruno Gaspar, Coates, Mathieu, Marcus Acuña; Gudelj, Wendel, Bruno Fernandes; Diaby, Nani e Bas Dost.

 

Suplentes: Salin, Jefferson, André Pinto, Bruno César, Petrovic, Jovane e Thierry Correia.

 

No final da partida, Bruno Fernandes, entre outras considerações, afirmou que "este estilo de jogo traz o melhor de cada um dos jogadores". E quem somos nós para duvidar da palavra dele, além de que até ao momento os resultados estão à vista.

 

A um determinado ponto estava eu a "falar com os meus botões" sobre a necessidade de se contratar um guarda-redes de qualidade superior, entretanto, contudo, Renan executa três defesas de grande nível, mesmo a salvar o golo, que me deixaram a reflectir. Talvez seja necessário dar-lhe mais algum tempo.

 

Por mera coincidência, neste contexto, Marcel Keizer adiantou esta observação: ""Quando cheguei, há algumas semanas, a situação estava assim. As coisas estão a correr bem, no nosso plantel temos bons guarda-redes e bons jogadores. Neste momento está a jogar o melhor".

 

download (1).jpg

 

Destaque final para o golaço de Jovane Cabral, aos 72 minutos, pouco depois de entrar em campo em substituição de Diaby. Magnífica execução do jovem leão. Vale a pena rever aqui.

 

Com esta vitória, o Sporting mantém-se no segundo lugar da tabela classificativa, com 25 pontos, dois atrás do líder FC Porto, um à frente do terceiro classificado SC Braga, e dois do Benfica.

 

O próximo jogo está agendado para domingo, em Alvalade, às 20h00, frente ao Desportivo das Aves.

 

P.S.: No final da partida, José Gomes, treinador do Rio Ave, afirmou que "parece-me que há uma falta sobre Vinícius na área do Sporting". Nem sequer sei a que lance ele se refere, no entanto, a falar do mesmo Vinícius - o tal que ele não trocava por Bas Dost -, na minha opinião, devia ter visto o cartão vermelho e não apenas o amarelo pela entrada dura e faltosa sobre Jefferson.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:04

Convocatória para o Rio Ave

Rui Gomes, em 03.12.18

 

47233402_10155647114116555_5903987956342849536_n.j

 

A maior novidade na lista de 19 jogadores convocados por Marcel Keizer será o jovem Thierry Correia, apesar de ter participado no jogo da Liga Europa na quinta-feira.

 

De resto, o regresso à equipa de Matieu e Acuña, após o jogo de castigo contra o Qarabag, e o jovem guarda-redes Diego Sousa, que decerto não será chamado a equipar-se.

 

Mathieu regressará ao onze inicial, assim como, em princípio, Acuña. Este cenário, no entanto, apresenta um pequeno dilema para Marcel Keizer. Com Gudelj a "6" e a manter Wendel como titular, o técnico terá de abdicar de alguém na linha da frente.

 

Bruno Fernandes, Nani e Bas Dost estão garantidos, resta apenas Diaby. Depois de um jogo em que marcou dois golos, não será uma decisão fácil de tomar. A única outra alternativa é Acuña como lateral, relegando Jefferson para o banco.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:33

 

img_920x518$2018_12_02_12_43_26_1479033.jpg

 

Rio Ave e Sporting fecham hoje a 11.ª jornada da Liga NOS e o treinador dos visitados, José Gomes, espera um "excelente jogo" contra um Sporting de Marcel Keizer que "apresenta um futebol diferente", mas não necessariamente melhor, na sua óptica:

 

"O Sporting apresenta agora um futebol diferente. Não quer dizer que seja melhor. Nós em Portugal temos a tendência de sobrevalorizar o que vem de fora. Eles vivem neste entusiasmo da novidade. Fizeram um excelente jogo na quinta-feira e claro que espero um Sporting forte.

 

A invencibilidade caseira é apenas uma curiosidade no meio de outros números. Vamos lutar para amanhã mantê-la viva. Queremos proporcionar o bom futebol que temos proporcionado até aqui.

O Fábio está convocado. Tem um espírito extraordinário e acrescenta muito à equipa.

Não! Não trocava. O Bas Dost é um grande goleador e conhece muito bem o espaço dentro da área, mas o Vinícius, com a sua mobilidade e velocidade, tem características que o Bas Dost não tem."

 

Parece-me um discurso algo condescendente, mas não há dúvidas que o Rio Ave é uma boa equipa que está a praticar bom futebol. Não é por mero acaso que se encontra em 5.º lugar, com 18 pontos, apenas quatro atrás do Sporting. Outra importante consideração é que não perde no seu recinto há cerca de um ano.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:31

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 07.10.18

 

img_476x268$2018_10_06_22_44_15_1457114.jpg

 

O VAR, em geral, e em particular, em Portugal, tem muito que se lhe diga. Quer se queira quer não, a tecnologia continua a depender de decisão humana e esta é tudo menos infalível.

 

O SC Braga teve umas quantas oportunidades para vencer o Rio Ave, mas não concretizou, e como quase sempre acontece, quem não marca sofre. 

 

Ironicamente, podia ter sofrido ainda mais, se o árbitro ou o VAR tivessem assinalado a flagrante falta para grande penalidade cometida por Bruno Viana sobre Galeno, mesmo ao cair do pano. Tiago Martins até estava bem colocado no lance, e torna-se incompreensível a sua não decisão. A ausência de intervenção do VAR fica no segredo dos deuses.

 

Para "compensar", no entanto, Tiago Martins deu a ordem de expulsão a cinco elementos, durante os seis minutos de tempo extra e após o apito final. Abel Ferreira inaugurou a série, por protestos. Esgaio viu o segundo amarelo e a lista cresceu quando, separados por três minutos, André Vilas Boas e José Gomes receberam ordem para abandonar o banco do Rio Ave. Para finalizar o cenário, Wilson Eduardo viu o vermelho directo no acesso aos balneários.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:03

O futebol tem destas coisas

Rui Gomes, em 01.09.18

 

img_920x518$2018_08_31_18_54_56_1442119.jpg

 

Algo que ninguém esperava no último dia do mercado de transferências era ver Fábio Coentrão ser apresentado como jogador do... Rio Ave. É de crer que a vasta maioria de adeptos dava o defesa como garantido novamente em Alvalade uma vez que a rescisão com o Real Madrid fosse oficializada. Não aconteceu...

 

Eis as suas primeiras declarações depois de ser apresentado como reforço da equipa de Vila do Conde:

 

"Sinto uma felicidade tremenda porque voltar ao clube da terra diz-me muito. Ao contrário do que muita gente possa vir a dizer, neste momento sou uma pessoa feliz.

 

Passei por muito no futebol, já passei pelo maior clube no mundo, já passei por muitos clubes bons, mas cheguei a um ponto na carreira em que preciso de felicidade. Acho que vou encontrar essa felicidade no clube da minha terra. Sei que aqui sou amado e que as pessoas me querem. Não estou a dizer que não me querem noutros sítios, porque no Sporting senti um carinho muito especial e eu próprio tenho um carinho tremendo pelo Sporting.

Acho que fiz a escolha certa, nem pensei duas vezes. Já conquistei tudo no futebol, tive uma carreira muito bonita mas não quero que fique por aqui".

 

Horas mais tarde, o Record publica o que alegadamente são declarações adicionais de Fábio Coentrão, após ser instado a comentar o seu não regresso ao Sporting:

 

"Fiquei à espera até hoje da chamada do clube, pelo qual dei tudo o que tinha o ano passado, e até ao dia 31 recebi zero chamadas. É triste...".

 

Bem... mensagem muito confusa de Fábio Coentrão, com uma versão inicial radicalmente diferente da segunda.

 

Se de facto o Sporting não o tentou recuperar, quero acreditar que hajam razões válidas para essa decisão. A dúvida, no entanto, recai sobre a possível inconveniência de vir para a praça pública dar explicações. Sousa Cintra tem agora a palavra, veremos se dá algum esclarecimento.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:33

Gelson Dala regressa ao Rio Ave

Rui Gomes, em 18.07.18

 

image.jfif

 

O Rio Ave oficializou esta quarta-feira a contratação do avançado angolano Gelson Dala, que chega a Vila do Conde cedido pelo Sporting.

O atacante, de 22 anos, chega por empréstimo, até ao final da temporada, regressando aos Arcos, depois de ter alinhado no Rio Ave, na segunda metade da época passada, também por cedência.

 

Nesses seis meses em que esteve em Vila do Conde, e onde foi afectado por algumas lesões, o internacional angolano participou em seis jogos e apontou um golo.

 

Gelson já acompanhou nesta quarta-feira a equipa da foz do Ave no jogo de preparação frente ao Famalicão, da II Liga e que terminou empatado a um golo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00

Dúvidas sobre a Liga Europa

Rui Gomes, em 21.05.18

 

4B1E1A8C356D4429A7CAA2409F5617BC.jpg

 

Segundo reportagens em Portugal, o Desportivo das Aves não poderá participar na Liga Europa do próximo ano. Isto, porque o vencedor da Taça de Portugal não terá cumprido os requisitos necessários para obter o indispensável licenciamento junto da Federação Portuguesa de Futebol que lhe permitiria estrear-se em provas da UEFA.

 

Ainda dentro desta linha de argumentos, será então o Sporting a entrar directamente na fase de grupos da Liga Europa, por ser o 3.° da Liga NOS, ao passo que o Rio Ave, 5.°, ficará com uma vaga na 2.° pré-eliminatória. 


O SC Braga, por consequência, também beneficiará, começando a competir na 3.ª pré-eliminatória.

 

Com isto em mente, visitámos o portal oficial da UEFA, no que a esta prova diz resposta. Acontece que até a imagem central na primeira página é precisamente o Desportivo das Aves com a Taça de Portugal, seguido por uma lista de clubes já apurados para a fase de grupos da prova:

 

ESPVillarrealReal Betis
GERLeverkusenEintracht
ENGChelseaArsenal
ITALazioAC Milan
FRA: MarseilleRennes
RUSKrasnodar
PORAves
UKRVorskla
BELAnderlecht
TURAkhisarspor
CZE: Jablonec
SUI: Luzern/Zürich

 

Apesar desta informação, a dúvida persiste, dado que o organismo que superintende o futebol europeu aponta que a lista oficial só será revelada mais adiante.

 

Para o Sporting, depois de "abdicar" ingloriosamente dos muitos milhões da Champions, tudo o resto parecerá pouco, mas sempre há uma diferença entre ter que disputar a 3.ª pré-eliminatória e entrar directamente para a fase de grupos, tanto em termos financeiros como no calendário de jogos da próxima época.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:52

 

image.jpg

 

O mérito da 21.ª vitória do Sporting na Liga NOS não está minimamente em dúvida, perante um Rio Ave que se apresentou muito bem organizado, mas sem argumentos suficientes para superar a defesa leonina, hoje com Piccini a ocupar o seu lugar habitual na lateral direita.

 

Enquanto que é verdade que o guarda-redes vila-condense beneficiou de "ferros" muito simpáticos, além de algumas boas defesas que fez, a displicência de finalização do Sporting continua em evidência. Felizmente que a combinação Gelson/Bas Dost mantém-se letal e resolveu a contenda, com o extremo a ser o homem do jogo.

 

Como já foi referido noutros escritos, o Sporting carece de jogadores com "golo nos pés", sendo que não é por mero acaso que em 27 jogos só marcou 53 golos, uma média de 1,96 golos por jogo, comparado com o FC Porto 70 golos (2,59/jogo) e com o Benfica 71 (2,62/jogo).

 

O Sporting alinhou de início com Rui Patrício; Piccini, Coates, Mathieu e Fábio Coentrão; Bruno Fernandes, William, Battaglia e Rúben Ribeiro; Gelson Martins e  Bas Dost.

 

Suplentes: Romain Salin, André Pinto, Lumor, Wendel, Bryan Ruiz, Acuña e Montero.

 

Se há alguma surpresa - se surpresa é o termo - será pelo facto de Jorge Jesus ter alinhado no que me pareceu ser 4X3X3, com Bruno Fernandes a "10", a posição mais adequada às suas características técnicas e que dá à equipa a dinâmica ofensiva que se pretende.

 

img_FanaticaBig$2018_03_18_20_37_00_1376968.jpg

 

O médio brasileiro Wendel "calçou" pela primeira vez desde que chegou a Alvalade, muito embora a sua entrada no jogo aos 88 minutos nem sequer tenha dado para ver a cor das botas. É por de mais óbvio que foi uma contratação de Janeiro com a próxima época em mente.

 

Pela paragem para jogos de selecção, o Sporting irá ter um breve período de descanso, mas não deixa de preocupar que os jogadores "chave" foram convocados pelos seus países, acabando por minimizar o benefício da paragem.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:33

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds