Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Convocatória de Rui Jorge

Rui Gomes, em 26.08.21

Rui Jorge.jpg

Rui Jorge divulgou a lista dos 24 jogadores convocados da Selecção Sub-21 para o jogo com a Bielorrússia, marcado para 6 de Setembro, no  Estádio José Gomes (Amadora).

Este será o primeiro encontro oficial da fase de qualificação para o Campeonato da Europa Geórgia/Roménia 2023. A concentração da equipa das quinas está agendada para 30 de Agosto, numa unidade hoteleira de Oeiras.

Lista de convocados

Guarda-redes: Celton Biai (Vitória SC), João Monteiro (B SAD) e João Gonçalves (Boavista FC).

Defesas: Eduardo Quaresma (CD Tondela), João Mário (FC Porto), Jota Gonçalves (CD Tondela), Nuno Tavares (Arsenal FC), Tiago Djaló (LOSC Lille), Tiago Araújo (FC Arouca), Tomás Tavares (SL Benfica) e Tomás Araújo (SL Benfica).

Médios: Afonso Sousa (B SAD), André Almeida (Vitória SC), Fábio Vieira (FC Porto), Paulo Bernardo (SL Benfica), Tiago Dantas (CD Tondela), Tomás Händel (Vitória SC) e Vítor Ferreira (FC Porto).

Avançados: Fábio Silva (Wolverhampton Wanderers FC), Francisco Conceição (FC Porto), Gonçalo Ramos (SL Benfica), Gonçalo Borges (FC Porto), Henrique Araújo (SL Benfica) e Tiago Tomás (Sporting CP).

Pelos vistos, e sem ser surpresa, o Sporting carece de jovens com talento suficiente para satisfazer as exigências de Rui Jorge. Entre os 24 chamados, apenas Tiago Tomás integra o grupo, além de Eduardo Quaresma, actualmente emprestado ao Tondela.

*** Considerações de Rui Jorge...

"Estamos numa realidade muito melhor. É deveras incomparável, o patamar em que nos encontramos hoje, em termos de colocação e jogadores, o nível em que estão a jogar. É superior ao que tivemos no passado. Outra coisa é desejarmos que tenham mais minutos. A nível de Sub-21, também sabemos que é aquele período e local em que alguns jogadores são menos conhecidos do público em geral e este é o espaço em que começam a ter visibilidade diferente. Alguns deles passam de jantar descansados para depois passarem a ser figuras principais do restaurante. É isso que vamos tentar fazer".

"Não quero colocar carimbo algum no jogador que foi internacional sub-21 e depois foi internacional A. Se este espaço servir para mostrar alguma coisa mais do que aquilo que se consegue ver nos clubes, perfeito. Queremos sim pôr o carimbo da qualidade, esse é o único carimbo. O João Palhinha não passou por este nosso espaço e pessoalmente fico enormemente satisfeito por o ver agora na selecção principal e a ser escolha contínua do seleccionador".

Bem... pode adicionar Gonçalo Inácio a essa lista!!!

publicado às 17:15

EwhMlFQXIAAqaR1.jpg

Rui Jorge deu hoje a conhecer a convocatória da Selecção Nacional sub-21 para a fase de grupos do Euro’2021.

Na Cidade do Futebol, por videoconferência, o seleccionador nacional divulgou os eleitos para a primeira fase, que vai decorrer entre 25 e 31 deste mês na Hungria e na Eslovénia.

Portugal jogará sempre em solo esloveno e vai defrontar Croácia (25), Inglaterra (28) e Suíça (31). As eliminatórias decorrem de 31 de Maio a 6 de Junho.

Rui Jorge viu-se obrigado a explicar que a ausência de Nuno Mendes deve-se ao facto de ele ir integrar a convocatória da Selecção principal.

Recorde-se que Fernando Santos vai divulgar amanhã os convocados para o triplo embate de qualificação para o Mundial'2022, frente a Azerbaijão, Sérvia e Luxemburgo.

publicado às 13:00

Antigas glórias: Rui Jorge

Rui Gomes, em 11.05.20

publicado às 03:31

Rui Jorge é um desejo antigo

Rui Gomes, em 30.06.18

 

Rui+Jorge+Portugal+v+Argentina+Men+Football+f6rMnx

 

Não sei se Rui Jorge seria um nome consensual para assumir o leme da equipa principal do Sporting, mas creio que é um desejo antigo de muitos sportinguistas. O facto do Dr. Frederico Varandas fazer cartaz dele na sua campanha eleitoral, passa apenas por ser um aproveitamento sensacionalista do óbvio

 

Rui Jorge, 45 anos, actual selecionador nacional sub-21, é um dossier complicado e há vários obstáculos a contornar. Por isso, neste momento é prematuro dizer-se que Rui Jorge vai regressar a Alvalade onde esteve como futebolista durante sete temporadas. Será preciso que o treinador esteja disposto a abdicar de um projecto que se iniciou em 2011 e que tem sido coroado de êxito significativo - há Europeu da categoria no próximo ano, em Itália. As coisas ficam ainda mais difíceis quando se sabe que Rui Jorge tem contrato com a Federação Portuguesa de Futebol até junho de 2021.

 

José Sousa Cintra vai tentar contratar um treinador que não seja apenas até às eleições. Vingou a ideia de Cintra dentro da comissão de gestão, pois outros elementos mostraram-se mais inclinados para uma opção temporária como Luís Martins ou Tiago Fernandes, actual treinador dos juniores.

 

O antigo presidente vai contratar um técnico cujo vínculo será de, pelo menos, um ano. José Couceiro, que tem sido associado ao inédito cargo de Director Técnico Nacional da Federação Portuguesa de Futebol, era, em princípio, uma da apostas mais realistas do administrador da SAD, mas Rui Jorge também foi um nome equacionado.

 

Foi Augusto Inácio que lançou Rui Jorge no escalão maior do futebol português (época 1991/92 no Rio Ave) tendo depois o reencontrado, como adjunto de Carlos Alberto Silva e Bobby Robson, o actual selecionador sub-21 nas Antas. Voltariam a encontrar-se na época 1999/2000 em Alvalade na época em que os leões quebraram um jejum de 18 anos. E depois disso Rui Jorge seria novamente campeão em 2001/2002 no último ano em que os verdes e brancos festejaram o título nacional. O seu treinador nessa época foi o romeno Laszlo Bölöni que no seu livro "Bloco de Notas" confidenciou que Rui Jorge tinha sido o jogador "mais inteligente que tinha conhecido".

 

Na base da preferência por Rui Jorge estará a sua experiência  em trabalhar com jovens, não sendo despiciendo o facto de conhecer os cantos à casa. Teve apenas uma experiência curta na principal equipa do Belenenses (dois encontros), mas goza de crédito junto das pessoas com quem trabalhou em Alvalade e Alcochete e que ainda permanecem no clube. Fica por saber se a decisão de Sousa Cintra em querer contratar um treinador para, pelo menos um ano, não hipoteca esta possibilidade. Isso, e/ou a vontade de Rui Jorge em continuar como seleccionador nacional sub-21.

 

As próximas horas serão decisivas para se perceber o que pretende fazer o Sporting no que diz respeito ao seu comando técnico. Com a dispensa de Sinisa Mihajlovic e o plantel a apresentar-se na próxima segunda-feira, data limite imposta pelo próprio Sousa Cintra para anunciar o novo técnico, o tempo joga claramente contra os dirigentes leoninos.

 

publicado às 12:00

Convocatória de Rui Jorge

Rui Gomes, em 03.11.17

 

ruijorge1.jpg

 

Rui Jorge convocou 23 jogadores para a dupla operação Roménia/Suíça da selecção de Sub-21. Uma convocatória onde se destaca a estreia do médio luso-canadiano do Leixões Stephen, e que inclui quatro jovens do Sporting.

 

Portugal joga dia 10 na Roménia e dia 14 recebe a Suíça em Paços de Ferreira.

 

Lista de convocados

 

Guarda-redes: Joel Pereira (Manchester United), Diogo Costa (FC Porto) e André Ferreira (Leixões SC).

 

Defesas: Diogo Dalot (FC Porto), Fernando Fonseca (Estoril Praia), Ivanildo Fernandes (Sporting CP), Rúben Dias (SL Benfica), Jorge Fernandes (FC Porto), Francisco Ferreira (SL Benfica), Yuri Ribeiro (Rio Ave FC) e Pedro Amaral (SL Benfica).

 

Médios: João Gamboa (Marítimo Madeira), Stephen (Leixões SC), Pedro Delgado (Sporting CP), João Félix (SL Benfica), Xadas (SC Braga), João Carvalho (SL Benfica), Rafael Barbosa (Sporting CP) e Gil Dias (AC Fiorentina).

 

Avançados: Diogo Jota (Wolverhampton), Heriberto Tavares (SL Benfica), Diogo Gonçalves (SL Benfica) e Rafael Leão (Sporting CP).

 

Como já referimos no post sobre a convocatória de Fernando Santos, não é claro quantos, se alguns, jovens chamados à Selecção Nacional "A" integrariam a lista de Rui Jorge. Instado a comentar esse cenário na conferência de imprensa realizada esta sexta-feira, na Cidade do Futebol, limitou-se a ser "politicamente correcto", declarando que é uma situação que não o preocupa. (Don't rock the boat!).

 

publicado às 17:29

 

Rui-Jorge.jpg

 

Na conferência de imprensa em que revelou a lista dos sub-21 convocados para os amigáveis com a Noruega e Alemanha, Rui Jorge foi tudo menos dócil quando questionado por um repórter da Sporting TV sobre o "resgate" encetado pelo Sporting a Daniel Podence e a Francisco Geraldes durante o mês de Janeiro. Fez ainda pausa para reflexão, quando o dito repórter recorreu ao termo "aposta" pelo meio:

 

«Aposta?... Aposta de um clube... No Moreirense estavam com muitos minutos de competição. No Moreirense vieram à selecção Sub-21. Jogaram com muita regularidade no Moreirense. Deram, acredito, um salto significativo na carreira que os fez vir a esta selecção.

 

Acredito nas qualidades deles e esperamos que continuem a ter minutos porque é muito importante para o seu crescimento. Como será importante estarem rodeados de excelentes jogadores como o Sporting tem. Quanto mais alto é o nível, a probabilidade de crescimento é maior e esperemos que isso aconteça».

 

Bruno de Carvalho sentiu na "pele" as palavras de Rui Jorge e não tardou a dar resposta, tentando, em vão, relativizar as considerações do seleccionador nacional de Sub-21:

 

«Ele estava a querer dizer que ele (Francisco Geraldes) já era uma aposta dele antes de regressar ao Sporting. Também foi importante para eles passar pelo Moreirense e era importante regressar a casa. Acho que já chega».

 

Claro que "já chega", até porque não há explicação alguma minimamente sensata para a tomada de decisão conjunta, dele e do melhor treinador do Planeta e arredores. Daí, a inconveniência do tema ser comentado.

 

Não me surpreenderá que haja quem venha criticar Rui Jorge pela sua "ousadia", no entanto, o que diriam estes críticos se ele não tivesse convocado os jovens pela sua pouca utilização no Sporting, no caso de Francisco Geraldes, praticamente nula ?

 

publicado às 02:43

 

Rui-Jorge.jpg

 

Depois de Fernando Santos, temos Rui Jorge a escolher o seu lote de talentos sub-21 para os amigáveis frente à República Checa e a Holanda. A grande novidade é a inclusão de Kevin Rodrigues, avançado que joga nos espanhóis do Real Sociedad B.

 

Da última convocatória saem o guarda-redes Miguel Silva e André Moreira, e os médios Rony Lopes e João Teixeira. Entram Carlos Mané, Iuri Medeiros e os guarda-redes Joel Pereira e Rui Silva.

 

Os Sub-21 irão jogar frente a República Checa no dia 11 de Novembro, às 18h15, e contra a Holanda, no dia 15 de Novembro, às 18h30.

 

Eis a lista dos 23 convocados:

 

Guarda-redes: Joel Pereira (CF Belenenses), Bruno Varela (Vitória FC) e Rui Silva (CD Nacional);

 

Defesas: Domingos Duarte (Belenenses), Edgar Ié (Villarreal CF), Fernando Fonseca (FC Porto), Rebocho (Moreirense FC), Rúben Semedo (Sporting CP) e Tobias Figueiredo (CD Nacional);

 

Médios: André Horta (SL Benfica), Bruno Fernandes (Sampdória), Francisco Geraldes (Moreirense FC), João Carvalho (SL Benfica) e Rúben Neves (FC Porto);

 

Avançados: Bruma (Galatasaray), Daniel Podence (Moreirense), Diogo Jota (FC Porto), Gonçalo Guedes (Benfica), Ricardo Horta (SC Braga), Carlos Mané (Estugarda), Iuri Medeiros (Boavista FC) Kevin Rodrigues (Real Sociedad) e Simão Azevedo (SC Braga).

 

Trabalho nada menos do que extraordinário que Rui Jorge tem vindo a fazer com os jovens talentos portugueses, como Seleccionador Nacional Sub-21.

 

publicado às 17:13

A figura-chave do Portugal novo ?

Rui Gomes, em 16.10.16

 

Arranjar substituto para Rui Jorge seria um grande problema. Por outro lado, substituir Fernando Santos talvez não...

 

 

19668301_GZJst.jpg

«Desde 2011 terão passado, talvez, cem jogadores pela Selecção de sub-21, mas um só treinador. Rui Jorge é o único denominador comum no recorde europeu de cinco anos sem derrotas que a equipa, melhor dizendo, as várias equipas atingiram terça-feira com a maior goleada de sempre (7-1 ao Liechtenstein) conseguida fora do país. Os números que sobram não espantam menos. Nos 30 jogos feitos nesses cinco anos, os sub-21 chegaram aos 91 golos, ou seja, uma média sólida de três golos por jogo. E só 19 sofridos, correspondentes a um golo por cada cinco jogos.

 

Estes são os factos, aqueles para os quais a opinião não é tida nem achada: bastaria a Rui Jorge puxar por eles para encerrar qualquer discussão que um eventual marciano pudesse levantar. Depois, há os pontos de vista e as análises. Na minha, o seleccionador sub-21 também não pode ser estranho às várias promoções decisivas dos seus ex-jogadores à selecção principal. Nestes cinco anos, o futebol de formação começou a sentir os efeitos de mudanças executadas imediatamente antes, como o regresso das equipas B (com esteróides), o alargamento da fase final de juniores A ou a internacionalização destes últimos, com a Youth League da UEFA. Mas não era menos relevante que, para fazer render tudo isso, estivesse a personagem certa na posição-chave.

 

Por menos palavras, Rui Jorge talvez seja a pessoa mais importante da nova vida do futebol português nesta fase. Ou, pelo menos, não gostaria de ser eu o encarregado de encontrar alguém capaz de o substituir. Já para substituir Fernando Santos, quando for altura, a solução seria mais do que óbvia».

 

*Mais um excelente artigo de José Manuel Ribeiro (jornal O Jogo), neste caso a dar justo reconhecimento ao soberbo trabalho de Rui Jorge à frente do escalão nacional de sub-21. De facto, dá para pensar que ele será a escolha lógica para eventualmente suceder a Fernando Santos na liderança da selecção principal. Isto, se entretanto não for seduzido por algum clube. Há muito que pergunto a mim próprio se não seria uma opção lógica para o Sporting, considerando que pela formação do Clube, Rui Jorge poderia vir a ter muita influência no desenvolvimento dos jovens que chegam ao escalão superior, algo que se verifica muito pouco com o treinador actual.

 

publicado às 10:34

Rui Jorge, 5 anos sem perder

Rui Gomes, em 12.10.16

 

ruikii.jpg

 

A selecção de sub-21 tem sido uma autêntica máquina de futebol e resultados. Ontem, 3.ª feira, fez exactamente cinco anos que Rui Jorge perdeu o primeiro e único jogo oficial à frente dos sub-21. Aconteceu a 11 de outubro frente a Rússia por 2-1, no Arena Khimki, em jogo do Grupo 6 de apuramento. Portugal terminaria esta fase com 15 pontos, menos dois que a líder Rússia, pelo não se apurou para o play-off que antecedeu a fase final. Na derradeira jornada empatou 0-0 com a Polónia, num jogo onde a vitória daria o apuramento.

 

Além do vasto leque de talento à disposição, muito mérito para a organização e condução da equipa por Rui Jorge e os seus adjuntos. Parabéns !

 

publicado às 14:48

Convocatória de Rui Jorge

Rui Gomes, em 26.08.16

 

image.jpg

 

Fernando Fonseca, Paulo Henrique, André Horta, Francisco Geraldes, João Carvalho e Simão Azevedo são as novidades de Rui Jorge, que esta sexta-feira anunciou a lista de convocados os jogos com Israel (2 de Setembro) e Grécia (6 de Setembro), da qualificação para o Europeu de Sub-21, que terá lugar na Polónia, em 2017. Estes seis jogadores nunca tinham sido convocados para esta selecção.

A lista dos convocados:

 

André Moreira (Atlético de Madrid), Bruno Varela (V. Setúbal) e Joel Pereira (Manchester United); Edgar Ié (Villarreal), Fernando Fonseca (FC Porto), Paulo Henrique (Paços de Ferreira), Rúben Semedo (Sporting), Simão Azevedo (Braga), Tobias Figueiredo (Nacional), Yuri Ribeiro (Benfica), André Horta (Benfica), Bruno Fernandes (Sampdória), Francisco Geraldes (Moreirense), João Carvalho (Benfica), Rúben Neves (FC Porto), Tomás Podstawski (FC Porto), Carlos Mané (Sporting), Diogo Jota (Atlético de Madrid), Gelson Martins (Sporting), Gonçalo Guedes (Benfica), Gonçalo Paciência (FC Porto), Iuri Medeiros (Sporting) e Ricardo Horta (Braga).

 

publicado às 13:35

 

image.jpg

 

«Estamos felizes pela passagem aos quartos de final e o objectivo passa por tentar fazer o melhor possível. Estamos a um jogo de poder disputar o jogo das medalhas e é nisso que nos vamos concentrar agora. Esta partida já foi um pouco vivida em função da próxima pela gestão que fizemos e agora é pensar nesse jogo».

 

Declaração de Rui Jorge, após o empate a um golo com a Argélia, esta quarta-feira, que garantiu a liderança do Grupo D.

 

Portugal tem agora pela frente a Alemanha, segundo classificado do Grupo C, em jogo agendado para o próximo sábado, às 17h00 (Portugal continental).

 

Acreditamos que esta equipa olímpica sob a liderança de Rui Jorge, tem a qualidade necessária para passar mais este obstáculo no seu percurso até à final dos Jogos do Rio.

 

Boa sorte !

 

publicado às 05:14

 

UBLU684M.jpg

 

O treinador da equipa olímpica de futebol, Rui Jorge, foi instado a comentar, entre outras coisas, a convocatória para os Jogos Olímpicos:

 

«Tudo o que temos nesta altura são algumas notícias de jornais. Temos tido alguns contactos com os clubes, mas é ainda uma fase muito precoce para termos certezas. Os plantéis dos clubes ainda não estão totalmente definidos, ainda não se sabe em que clubes estarão alguns dos jogadores que estão pré-convocados. Ainda é muito cedo para conseguirmos definir aqueles com que vamos poder contar.

 

Estamos numa fase muito precoce da convocatória, saiu agora a pré-convocatória, há dois dias. Entreguei a pré-convocatória com 35 jogadores, mas ainda não temos certezas, em relação aos jogadores com quem podemos contar.

 

A esta distância não me parece, nem acho provável (sobre a possibilidade de Cristiano Ronaldo participar); vir de uma competição da dimensão do Campeonato da Europa e ir aos Jogos Olímpicos é complicado, por duas razões; a primeira tem a ver com o descanso do atleta, pois acaba a época, vai para o Euro, depois para os Jogos e depois tem de voltar ao seu clube e fica sem férias; a segunda, passa pelo facto do Futebol Olímpico não ser a maior competição desportiva, pois os Euros e os Mundiais são mais apelativos.

 

É um dos que está pré-convocado, tal como outros que estão no Europeu (a inevitável pergunta sobre o novo "boy wonder" do futebol português, Planeta e arredores).

 

Fizemos esta pré-convocatória, tentando fazer os melhores 35 dentro daquilo que pensávamos, dentro daqueles que já trabalharam connosco e que participaram neste apuramento para os Jogos Olímpicos. Mas volto a dizer nesta fase é difícil dizer quem são.

 

Era positivo poder contar com a maior parte dos jogadores vice-campeões europeus de sub-21, pois era uma base excelente sem dúvida, mas só terei certezas em meados de Julho quando tiver de enviar a lista definitiva.

 

Não foi o resultado que todos gostávamos (empate da Selecção Nacional com a Islândia) mas que nos deixa totalmente dentro dos objectivos e estou confiante de que vamos atingir esses objectivos. Vai tudo correr bem, pois Portugal tem uma boa equipa e um excelente treinador».

 

publicado às 03:43

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo